COMPARTILHAR
como escolher hotel e hostel para viagem
Hostel Playa, em Playa del Carmen

Uma das dúvidas mais comuns na hora de planejar uma viagem é decidir em qual hostel ou hotel ficaremos hospedado. O que é perfeitamente compreensível, afinal,  na maioria das vezes essa escolha será determinante para você adorar ou odiar a sua viagem- sem exagero.

Acredite, a sua casa longe de casa tem esse poder.

Por isso é fundamental que tenhamos muito cuidado na hora de fazer essa escolha. Nesse post vou lhes mostrar como faço para decidir os lugares onde ficarei hospedado.

1- Onde pesquisar?

Antes de saber o que você deve analisar na hora de escolher uma hospedagem, é preciso saber onde encontrar as melhores opções.

Eu particularmente costumo utilizar três fontes para obter as informações que preciso: blogs, guia de viagem e sites de busca específicas.

Assim como eu faço no Volto Logo, muitos outros blogs sempre deixam uma breve avaliação sobre onde se hospedaram quando escrevem de alguma cidade. Fique atento a essas dicas, principalmente se ela vier de algum site que você já tem bastante confiança.

Indicações de guias de viagem já me salvaram de boas enrascadas. Costumava consultá-los em casos de emergência, quando chegava em algum lugar sem reserva, por exemplo.

Outra ferramenta que eu aconselho fortemente que você utilize são sites como Booking.com. Esses sites nos dão uma ótima referência sobre os melhores bairros para se hospedar. Além disso, possuem um sistema de avaliação feito por pessoas que já se hospedaram nesse lugar, trazendo assim diversas opiniões.

Leia também: Seguro viagem | Tudo o que você deveria saber

2- Preço

Agora que você já sabe onde encontrar sua hospedagem, é preciso adotar alguns critérios para filtrar as opções disponíveis.

Eu sempre uso o preço como primeiro critério, assim já descarto aquelas opções surreais que são muito caras para o meu bolso e fico apenas com as que de fato eu posso pagar.

Caso você encontre algum lugar muito mais barato que a média é bom desconfiar um pouco e analisá-lo com mais cuidado. Lembre-se que muitas vezes o barato sai caro.

Leia também: Como calcular os gastos da sua viagem?

3- Localização

Esse é um item importantíssimo na hora de eleger a sua hospedagem, principalmente em grandes cidades onde você dependerá do transporte público.

Um hotel bem localizado é sinônimo de economia, seja ela de tempo ou dinheiro. Para isso é preciso ter pelo menos uma ideia dos lugares que você pretende visitar na cidade.

Por exemplo, se você quer conhecer a vida noturna do lugar que está visitando, talvez seja interessante se hospedar em um bairro onde isso seja possível sem depender de ônibus ou táxi.

Se você quer fazer os seus passeios utilizando apenas ônibus ou metrô, você deve verificar se a hospedagem fica próxima de alguma estação.

dicas-hospedagem-localização

Leia também: Como fazer um roteiro de viagem?

4- Serviços

Imagine a seguinte situação: depois de muitas horas viajando você chega no hostel em que fez reserva e a única coisa que você quer é tomar um banho e tranquilidade para descansar. Eis que você descobre que escolheu um party hostel, ou seja, completamente o oposto daquilo que você esperava.

Coisas assim acontecem, porém, com certeza podemos evitá-las.

Se informe de tudo que o lugar pode ou não te oferecer, principalmente se for ficar em hostel. Café da manhã, wifi, lockers, serviço de lavanderia, cozinha equipada, toalhas de banho e se o lugar aceita cartões de débito/crédito,  são apenas alguns dos itens que você deve se informar.

dicas-hospedagem-serviços

Leia também: Cinco motivos para se hospedar em um hostel

5- Reputação

No próprio Booking é muito simples obter as avaliações de determinado estabelecimento. Além das notas gerais, você tem acesso a avaliações mais especificas como localização, limpeza e atendimento. Além disso, você ainda pode ler a opinião que os outros hóspedes escreveram. Apesar de algumas reclamações serem bizarras, essas informações te darão um bom parâmetro.

Leia também: 10 coisas que eu odeio (em alguns) hostels

# Dica extra: Devo fazer reserva?

Outra questão que gera muita dúvida é se você deve ou não fazer a reserva antecipadamente. Eu particularmente não gostava de fazer reservas com muita antecedência. Porém, desde que passei um baita perrengue em Montañita, no Equador, nunca mais deixei de reservar. 

Quando a viagem é muito longa e não estou muito certo sobre as datas em que ficarei em cada cidade, vou fazendo as reservas durante a trip. Sempre alguns dias antes de chegar no destino em questão.


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links, banners e caixas de pesquisa que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

Compare e contrate seu seguro viagem através da Real Seguros


E então?!  Ficou com alguma dúvida ou tem outras dicas para escolher a sua hospedagem? Deixe um comentário abaixo

Esse post te ajudou ou foi útil de alguma maneira? Curta e compartilha clicando nos botões abaixo. Não custa nada e é uma forma de sabermos se você está gostando do nosso conteúdo. Além de deixar um blogueiro muito feliz! xD

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here