Melhores passeios em Cusco, no Peru: Descubra quais os melhores tours para incluir no seu roteiro de viagem (com dicas de Machu Picchu!)
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

É claro que Machu Picchu é a grande atração por estas bandas, no entanto, há muitos outros passeios em Cusco.

Principal destino peruano, a cidade que é o ponto de partida para visitar o mais importante sítio arqueológico da cultura Inca, também oferece outras dezenas de atrações para incluir no roteiro de viagem.

Como se não bastassem os pontos turísticos da própria cidade, há também muitos tours no esquema bate-volta que levam os viajantes para terras mais afastadas.

Portanto, a primeira dica que deixo para que você consiga fazer os melhores passeios em Cusco, é: tenha ao menos cinco dias inteiro disponíveis para a sua viagem. Ainda assim, caso possa ficar mais tempo, pode apostar que não faltarão atividades para incluir na programação.

E, para que você consiga se organizar adequadamente, neste texto eu indicarei quais são os principais atrativos para o seu itinerário.

Leia também: Seguro viagem para o Peru | Dicas Indispensáveis

# Melhores passeios em Cusco

Você não precisa fazer todos os seus passeios em Cusco com agência. Aliás, recomendo que todos os viajantes reservem um tempo no roteiro para bater perna sem rumo pela cidade. 

Conhecer museus no seu ritmo, visitar os mercados públicos sem pressa e esbarrar em restaurantes pitorescos, são ótimos programas para fazer sozinho ou com sua companhia de viagem.

No entanto, os tours guiados em grupo também têm seu valor por vários motivos.

Primeiro, porque como bom destino histórico que é, os passeios em Cusco ganham mais sentido quando você tem um guia contando detalhes da história da cidade.

Além disso, para visitar lugares mais afastados, os passeios guiados agilizam o deslocamento até estes locais. Em muitos casos, fazer um bate-volta utilizando o transporte público é inviável.

Portanto, tenha em mente que um bom plano para o seu roteiro em Cusco é combinar estes dois tipos de atividade na programação.

Sobre como reservar seus passeios em Cusco, uma boa ferramenta á a Get Your Guide – uma plataforma onde é possível pesquisar, reservar e comprar seus tours com praticidade e segurança. Inclusive, todos os passeios que serão indicados a seguir são experiências oferecidas pela Get Your Guide.

1- City tour em Cusco

Um dos primeiros passeios em Cusco que eu recomendo que você faça é um city tour pelos principais atrativos de lá.

Além de te dar uma orientação geográfica da cidade, esse tour te levará aos principais pontos turísticos numa única tarde. E o melhor: durante todo o tempo você estará acompanhado de um guia que contará a história de cada lugar.

Junto com o serviço de guia e com o deslocamento em carro entre as atrações mais distantes, o passeio também inclui as entradas para a Catedral de Cusco e o Coricancha (Templo do Sol).

Outros locais que fazem parte do itinerário, são: Fortaleza de Sacsayhuaman, Kenko, Puca Pucara e os Baños de Tambomachay.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

city tour em Cusco
Centro histórico de Cusco

2- Machu Picchu

É impossível não associar Machu Picchu a Cusco e vice-versa. Afinal, os turistas que vão a Cusco certamente chegaram até lá pelo desejo inicial de conhecer Machu Picchu.

Como não poderia deixar de ser, se você tiver tempo para um único passeio em Cusco é Machu Picchu quem será o escolhido para emplacar seu roteiro.

No entanto, saiba que há toda uma logística necessária para visitar Machu Picchu.

Localizado a cento e trinta quilômetros de Cusco, a base para visitar a cidade sagrada dos Incas é, na realidade, o pequeno povoado de Aguas Calientes.

Um bom plano para conhecer Machu Picchu descansado, é: ir para Aguas Calientes depois do almoço, pernoitar na cidade, conhecer Machu Picchu no dia seguinte, e voltar a Cusco no final do dia.

Para fazer todos estes deslocamentos há várias possibilidades. Dá tanto para ir por conta própria ou com alguma excursão. Vai do perfil e do orçamento de cada um.

Além disso, também é possível fazer um passeio no esquema bate-volta saindo de Cusco. Neste caso, os viajantes vão para Aguas Calientes de madrugada, visitam Machu Picchu e voltam para Cusco – tudo no mesmo dia. Embora seja cansativo, é uma solução viável para quem está com o roteiro apertado.

Outra vantagem de fazer o passeio bate-volta é que as agências cuidam de tudo. No valor, já costuma estar incluído o transporte até Aguas Calientes, transporte entre Aguas Calientes e Machu Picchu, acompanhamento de guia durante todo o passeio (inclusive dentro de Machu Picchu) e a entrada no parque.

» Preço, avaliações e outras informações importantes sobre excursão de 1 dia para Machu Picchu

» Ingresso oficial para Machu Picchu

passeio para Machu Picchu
Machu Picchu

3- Valle Sagrado

Os principais passeios em Cusco funcionam em função da história do Império Inca. E, quem pensa que só verá essa influência em Cusco e em Machu Picchu está enganado.

Na verdade, toda essa região do Peru possui muitos vilarejos onde não faltam referências da cultura Inca.

Antes mesmo de ir para Machu Picchu, recomendo que você faça o tradicional passeio pelo Valle Sagrado dos Incas. Isso porque, este tour funciona como uma espécie de introdução à grande atração da sua viagem a Cusco.

Chegar em Machu Picchu já sabendo parte da história dos Incas dará muito mais sentido ao seu passeio.

Tenha em mente, porém, que há várias cidades e vilarejos que fazem parte do Valle Sagrado. Um bom roteiro por essa região deve dedicar dois dias para conhecer os principais locais.

Caso não tenha este tempo disponível, opte por fazer apenas o tour mais tradicional, que vai até os povoados de Pisac, Urubamba, Ollantaytambo e Chinchero.

Além do transporte e acompanhamento de guia, este passeio da Get Your Guide já inclui almoço no preço cobrado – o que é essencial, já que esta é uma aventura que dura o dia inteiro.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

4- Moray e Minas de Sal

Outro passeio em Cusco que tem como objetivo explorar o Valle é Sagrado é o tour que vai para Moray e as Minas de Sal.

Além de muitos sítios arqueológicos, durante o dia os viajantes passarão por paisagens dignas de cartão postal.

Para deixar a trip ainda mais divertida, esse passeio oferecido pela Get Your Guide é realizado em quadriciclos, que pode ser individual ou compartilhado entre duas pessoas.

Para se organizar adequadamente, saiba que este passeio dura cerca de seis horas, e há saídas de manhã e à tarde.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

5- Montanha de 7 Cores

Um dos passeios que surgiram faz poucos anos, e que rapidamente se tornou uma das grandes atrações de Cusco, é o tour que vai até a Montanha de Vinicunca – também conhecida como Montanha Colorida ou Montanha de Sete Cores.

Localizada a cento e trinta quilômetros de Cusco, Vinicunca chama atenção pela sua formação colorida. Ao invés das tradicionais cores acinzentadas, marrom ou verde, a Montanha de Sete Cores apresenta tonalidades de vermelho, amarelo e azul – formando assim um verdadeiro arco-íris.

Embora seja um dia bastante cansativo, o passeio bate-volta saindo de Cusco é a maneira mais conveniente para conhecê-la. Isso porque, não há muito o que fazer pela região.

A aventura começa de madrugada, por volta das 4hs, quando os viajantes são buscados em seus hotéis pela agência que contratou. Em seguida, são quase três horas de estrada para chegar ao início da trilha.

E por falar em trilha, vá preparado! Embora a o caminho percorrido não seja tão extenso, a altitude da Montanha Vinicunca chega a 5.200 metros acima do mar. O que, consequentemente, deixa a caminhada muito mais difícil.

O tempo de trilha varia de acordo com o ritmo de cada pessoa, mas costuma exigir entre duas e três horas. Como você deve imaginar, trata-se de um passeio que dura o dia inteiro.

Não menos importante, vale destacar que neste passeio já está incluído – quase – tudo o que o viajante precisa. Além do transporte e acompanhamento de guia, faz parte do pacote café da manhã, almoço, bastões para caminhada, entrada no parque e cilindro de oxigênio (caso necessário!).

Cabe a você, no entanto, levar muita disposição e energia para a aventura.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

6- Laguna Humantay

Seguindo a mesma dinâmica do passeio à Montanha Vinicunca, o passeio a Laguna Humantay ocupa um dia inteiro de um roteiro em Cusco e proporciona uma aventura intensa em contato com a natureza.

Situada a cento e sessenta quilômetros de Cusco, os tours rumo a Humantay começam de madrugada, entre às três e quatro horas da matina. Depois de quase quatro horas na estrada, chega-se ao local onde se inicia a trilha até a lagoa.

Para finalmente estar diante da Laguna Humantay, que ostenta uma água azul turquesa impressionante, é necessário caminhar entre uma hora e meia e duas horas.

Mais uma vez, o fator altitude será um obstáculo a ser vencido. Afinal, caminhar a mais de 4.000 metros acima do nível do mar não é para qualquer um.

Para garantir a energia necessária para este passeio, o tour inclui café da manhã e almoço. Tenha em mente, porém, que as refeições são básicas e sem muitas firulas. Para complementar, é bom levar alguns lanchinhos na mochila.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

7- Rafting no Rio Urubamba

Fazer rafting não estava na minha lista inicial de passeios em Cusco. No entanto, depois que cheguei na cidade, acabei descobrindo este tour e decidi reservar um dia para o passeio.

A atividade acontece no Rio Urubamba, a quase duas horas distante de Cusco. Além do transporte até lá, o tour já inclui as roupas especiais necessárias para fazer o rafting, acompanhamento de guia, instruções teóricas sobre o esporte, e almoço.

Ainda assim, vale destacar: por ser um passeio que pode ser feito em muitos lugares, recomendo incluir no seu roteiro em Cusco somente se você estiver com dias sobrando.

Isso porque, ao menos na minha opinião, é preferível priorizar o seu tempo para as atrações históricas e culturais – e até mesmo naturais – que só podem ser encontradas na região do Império Inca.

» Veja preço, avaliações e outras informações importantes sobre este passeio

ingressos para passeios em Cusco
Rafting em Cusco

# Como comprar ingressos para passeios em Cusco?

Para deixar toda sua programação acertada antes de sair de casa, uma boa maneira de comprar ingressos para passeios em Cusco é através da Get Your Guide, um site onde você pode pesquisar e encontrar detalhes de tours, verificar os preços e já fazer sua reserva imediatamente – tudo online.

Além de oferecer um ambiente seguro, outra vantagem da Get Your Guide é que você pode fazer alterações nas datas dos passeios, ou ainda, muitas atrações têm cancelamentos gratuitos até 24 horas antes do início da atividade.

Outro benefício, embora nem sempre, é que dependendo do passeio os preços são bastante realistas. Alguns podem até ser mais em conta do que comprando direto com as empresas responsáveis, já que como eles tem um grande volume de reservas conseguem tarifas mais simpáticas.

Ainda assim, antes de fazer sua reserva recomendo que fique atento a estes três detalhes para não ter nenhuma surpresa desagradável:

» Caso você ainda não tenha certeza das datas da sua viagem a Cusco, verifique se a atração indica que o cancelamento é gratuito.

» A maior parte dos passeios em Cusco são com guias que falam espanhol e inglês. Alguns até incluem guias em português, mas não costuma ser regra!

De qualquer forma, os guias que falam em espanhol costumam se virar muito bem no portunhol e isso não chega a ser um grande problema.

» Leia atentamente toda a descrição do passeio: o que está incluso no valor, quais itens são opcionais no momento da compra (refeições, traslados…), qual a duração e horário da atividade e onde é o ponto de encontro.

» Se preferir, clique aqui e encontre outros passeios em Cusco.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here