COMPARTILHAR

CouchsurfingVocê já pensou em se hospedar na casa de uma pessoa que você conheceu através de uma rede social? Pois saiba que existe uma com apenas esse objetivo, o Couchsurfing. A princípio a ideia pode parecer um pouco estranha, se hospedar na casa de um “desconhecido” e sem ter que pagar nada por isso. Provavelmente a primeira pergunta que deve estar surgindo na sua cabeça é se isso não é perigoso, o que é compreensível, já que a mídia nos mostra diariamente rios de noticias sobre assaltos, sequestros, tentativas de homicídio ou seja lá o que for. Porém, uma das primeiras coisas que você se da conta ao viajar é que há muito mais pessoas  boas do que más nesse mundo, e é com essa ideia que você deve iniciar uma viagem – principalmente se for utilizar o Couchsurfing.

 O que é o Couchsurfing?

Resumidamente é uma rede social onde você pode buscar por hospedagem ou hospedar alguém na sua casa sem nenhum custo financeiro, esse é o principal objetivo. Digo sem nenhum custo financeiro pois com  certeza a pessoa que irá te hospedar quer aprender sobre uma nova cultura, lugar ou simplesmente fazer novas amizades.  Portanto o pagamento é exatamente essa troca de conhecimentos.

Como participar?

Para isso basta criar um perfil no Couchsurfing. Você preencherá seus dados básicos e muitas outras informações relacionadas aos seus gostos, hobbys e lugares para onde você já viajou. Você pode confirmar seu perfil efetuando o pagamento de uma taxa com cartão de crédito (o que dará mais credibilidade ao  perfil), porém isso não é requisito obrigatório para participar da rede.

Preencha seu perfil de forma completa, coloque algumas fotos e seja honesto com o que escreve, afinal é através do perfil que as pessoas terão a primeira impressão sobre você. No seu perfil, você ainda poderá escolher se quer ser apenas  host (quem recebe as pessoas na sua casa), surfer (quem se hospeda na casa dos host) ou os dois. Você não é obrigado a receber ninguém para poder hospedar-se e vice versa.

Santa Marta
Santa Marta

 

Buscando por host

Para isso basta informar para qual cidade você está indo e em qual data.  Aparecerá uma lista com vários hosts disponíveis, leia atentamente cada perfil e as avaliações referente a ele. Caso você se identifique com a pessoa basta enviar lhe uma solicitação contando um pouco mais sobre você e o que pretende fazer na cidade. Envie a solicitação a uma pessoa que possua um perfil parecido com o seu, isso o ajudará no decorrer de sua estadia tornando essa experiência mais agradável para ambos.

 É seguro?

De uma maneira geral sim, conheço varias pessoas que se hospedam assim há algum tempo e nunca tiveram problemas, mas não posso afirmar que é 100% seguro. Tenha em mente que a maioria das pessoas inscritas no site são viajantes assim como você, que querem economizar durante a viagem , aprender sobre uma nova cultura ou simplesmente fazer novos amigos.

Uma ferramenta muito bacana é a avaliação dos usuários. Após se hospedar na casa de alguém ou receber algum viajante você não só pode como deve deixar uma avaliação no perfil da pessoa contando como foi a experiência, assim outros usuários terão alguma referencia (positiva ou negativa) sobre a pessoa.

 Minha experiência

Me hospedei através do Couchsurfing pela primeira vez aqui na Colômbia, fiquei por dois dias na casa do Facundo, um argentino que mora com seu primo e um amigo em Santa Marta. Uma das grandes vantagens do Couchsurfing é que estar com alguém que conhece o lugar facilita muito a vida de todo viajante. Além de dar todas as informações que necessitava sobre a cidade, Facundo ainda me acompanhou por um dia a uma vila perto de Santa Marta que eu nunca tinha ouvido falar. Resumindo de forma objetiva, como essa experiência contribuiu na minha viagem:

 – Fiz novos amigos

– Conheci melhor a cidade que visitei

– Economizei com hospedagem

– Aprendi mais sobre a cultura argentina e lugares nos quais eles já visitaram

 

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here