Cidade do México turismoGigante e louca. Por mais que eu pense, não consigo encontrar outros adjetivos para melhor definir a Cidade do México. A capital mexicana me conquistou como poucas cidades grandes conseguem. Movimentada, alegre, cosmopolita, interessante e cheia de contrastes, esse é um daqueles destinos turísticos que oferecem opções para todos os gostos e bolsos.

Se você está pensando em conhecer uma das maiores cidade do mundo, nesse post você encontrará algumas dicas práticas para planejar a sua viagem. Irei te contar qual a melhor época para ir, como se locomover, onde se hospedar e quais são os principais gastos na Cidade do México. 

# Quando ir

Lembre-se que o México está acima da linha do equador, portanto, as estações do ano não seguem a mesma sequência que a nossa. Localizada a 2.250 metros de altitude, a temperatura na capital mexicana é amena durante todo o ano. Leve ao menos uma blusa de frio, mesmo no verão as temperaturas costumam cair bastante durante a noite. A época com maior quantidade de chuvas é de junho a setembro. Já a estação seca é de novembro a abril.

Leia também: As fascinantes pirâmides de Teotihuacán, no México

# Como se locomover

Apesar de possuir congestionamentos de fazer inveja a São Paulo, se locomover pela Cidade do México é bem fácil graças a um eficiente e diversificado transporte público.

Pra começar, o Aeroporto Internacional Benito Juaréz não é longe da cidade e é interligado por diversas linhas de ônibus e pelo metrô. Ou seja, você não precisa gastar seu rico dinheiro com táxi, a não ser que queira.

O metrô da Cidade do México é um dos maiores do mundo, e possuí mais de 150 estações espalhadas por toda a cidade. Foi o meio de transporte que mais utilizei quando estive por lá. A passagem custa apenas cinco pesos (aproximadamente um real).

Outras opções que também são rápidas e baratas é o Trólebus e o Metrobús, ambos circulam em faixas exclusivas evitando os congestionamentos.

Cidade do México dicas de viagem

Leia também: O que fazer na Cidade do México ?

# Onde se hospedar na Cidade do México

Apesar de ter um transporte público bastante eficiente, se hospedar em uma boa localização facilitará sua vida. Como a Cidade do México é imensa, a melhor localização vai depender das atividades e passeios que você quer fazer na sua trip.

Por exemplo, se você quer aproveitar a vida noturna, todos os dias em que estiver por lá, o melhor lugar para se hospedar é próximo da Zona Rosa. Se você está interessado em conhecer museus e a parte histórica da cidade, se hospedar pelo Centro Histórico pode ser uma boa opção. Os bairros Roma e La Condesa também possuem uma boa estrutura para o turista com muitos hotels, restaurantes, bares e fácil acesso ao transporte público.

Eu fiquei hospedado no Mexico City Hostel e recomendo muito o lugar. Ele fica próximo a Catedral Metropolitana (El Zócalo), no Centro Histórico. Os dormitórios são bem espaçosos e com locker. O café da manhã estava incluído na diária e foi bem servido. A diária em um quarto compartilhado me custou US$ 10,00. Tive um desconto de US$ 2,00 por noite porque paguei três diárias adiantadas e em dinheiro. O preço normal desse dormitório é US$ 12,00/ noite. 

turismo na Cidade do México

Leia também: Onde ficar na Cidade do México | Os melhores bairros, hostels e hotéis

# Principais gastos (março/2015)

Uma das características das grandes cidades é que os preços normalmente são mais elevados que em cidades menores. Em contrapartida, a oferta por serviços e produtos também é muito maior. Ou seja, pesquisando é possível encontrar ótimas opções seja de hospedagem, alimentação e até passeios.

Para economizar com alimentação, a Cidade do México oferece uma infinidade de lugares onde é possível comer tacos, tortas (lanche), pizzas  e outras especialidades mexicanas por até R$ 5,00. Outra coisa que é muito barato é o transporte público, a passagem de ônibus ou metrô custa cinco pesos (aproximadamente um real).

>>> Hospedagem em quarto compartilhado: US$ 11,00/noite
>>> Almoço, “plato del dia”: US$ 6,00
>>> Comida de rua (tacos, tortas, quesadillas): US$ 2,00
>>> Garrafa de água 1 litro: US$ 0,70
>>> Passagem de transporte público: US$ 0,35
>>> Cerveja long neck em supermercados ou lojas de conveniência: US$ 1,00
>>> Cerveja long neck na balada: US$ 3,00
>>> Táxi: Não é caro e pode ser uma boa opção desde que você divida com outras pessoas

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here