Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

O que fazer em Morro de São Paulo: Passeios e Roteiro

Uma foto tirada do alto de um mirante – com vista para uma baía com água cristalina e areia clara – é o cartão postal mais convincente para fisgar os viajantes que estão em busca dos melhores passeios para fazer em Morro de São Paulo. O cenário, que tem como protagonistas a Primeira e a Segunda Praia, é tão perfeitinho que pode causar desconfiança sobre quantos filtros foram utilizados para alcançar tamanha beleza em uma imagem.

Pode acreditar: se um roteiro em Morro de São Paulo tivesse como único objetivo avistar essa paisagem panorâmica ao vivo e a cores, o esforço para chegar à ilha, e também ao tal mirante, teria sido recompensado.

Porém, saiba que há muito mais o que fazer em Morro de São Paulo. Só de pedaços de areia que seguem o mesmo padrão inovador de nomenclatura tem ainda mais três: a Terceira, a Quarta e a Quinta Praia. E, saindo desta sequência de praias ordinais nada ordinárias, dá para esticar a programação até destinos como Gamboa, Garapuá e Boipeba.

Além disso, e menos óbvio do que a existência de praias em uma ilha, Morro de São Paulo também é dada a uma vida noturna intensa. Não é exatamente o tipo de agito que agrada a todos, é verdade. Porém, sair para curtir nem que seja ao menos uma noite de festa faz parte do ritual dos turistas que vão até lá.

Portanto, para conseguir incluir tudo isso no itinerário e ainda ter tempo de descansar durante as férias, a primeira dica que eu deixo sobre o que fazer em Morro de São Paulo é: vá com calma – tanto na organização do seu dia a dia como também nas bebedeiras.

o que fazer em Morro de São Paulo

Vista da Primeira e da Segunda Praia desde o Mirante do Farol

Onde fica Morro de São Paulo?

Morro de São Paulo é um destino que fica na Bahia – mais especificamente no Arquipélago de Tinharé – e pertence ao município de Cairu.

O jeito mais comum para chegar a Morro de São Paulo é fazendo a travessia a bordo dos catamarãs que saem de Salvador. As embarcações partem do Terminal Turístico Náutico da Bahia, atrás do Mercado Modelo, o tempo de viagem é de aproximadamente 2h30 e a passagem custa na faixa de R$ 140,00 por pessoa.

onde fica Morro de São Paulo?

Morro de São Paulo é um destino no Arquipélago de Tinharé, na Bahia

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Morro de São Paulo

Quantos dias ficar em Morro de São Paulo?

Para fazer todos os passeios em Morro de São Paulo e ainda ter um dia livre para ficar à toa na praia que mais gostou, recomendo passar 5 dias na ilha. Ou seja, considerando também os dias de ida e volta que serão praticamente todos perdidos com deslocamento, o tempo ideal é de 7 dias.

Ainda assim, se você não puder fazer uma viagem a Morro de São Paulo por tanto tempo, saiba que com 4 dias no total – ida + 2 dias livres na ilha + volta – a jornada já vale a pena. Portanto, com disposição e orçamento, dá até mesmo para encarar um feriadão prolongado.

Por outro lado, ir até lá para ter somente 24 horas livres para aproveitar os passeios e as praias de Morro de São Paulo, na minha opinião, não vale a pena. Isso porque, além da viagem se tornar cansativa, não haverá tempo suficiente para visitar as principais atrações do destino.

quantos dias fiar em Morro de São Paulo?

Na minha opinião, o ideal é organizar um roteiro de 5 dias em Morro de São Paulo

Melhores passeios para fazer em Morro de São Paulo

Há dezenas de agências em Morro de São Paulo que providenciam passeios de barco, quadriciclo, trilhas e mergulhos. Praticamente todas atendem via Whatsapp e já podem deixar os seus tours reservados antes de você chegar à ilha – o que é ótimo para quem está com os dias contados e não tem tempo a perder.

Ainda assim, mesmo que você chegue lá sem ter pesquisado nada de antemão será bastante simples conseguir se encaixar em um grupo para os dias seguintes. Recomendo ter uma antecedência maior apenas durante a alta temporada, porém, nas demais estações, dá para contratar quando chegar a Morro de São Paulo.

Um bom site para reservar os passeios em Morro de São Paulo é o Civitatis.

 Além disso, vale lembrar que para chegar às praias centrais de Morro de São Paulo você dependerá apenas de você e sua disposição para caminhar. Aliás, para circular entre o burburinho central até o início da Quarta Praia, só a pé. E, vale lembrar também, que o vocábulo “Morro” não faz do nome deste destino em vão: há muito sobe e desce por lá.

1- Mirante e tirolesa do Farol
2- Caminhada da Primeira a Quarta Praia
3- Piscinas naturais em Morro de São Paulo
4- Passeio de barco volta à Ilha de Tinharé
5- Passeio bate-volta a Garapuá
6- Praia da Gamboa
7- Pôr do sol na Bossa Nova Bistrô ou na Toca do Morcego

passeios para fazer em Morro de São Paulo

Primeira Praia de Morro de São Paulo

» Clique aqui para reservar os melhores passeios em Morro de São Paulo

1- Mirante e tirolesa do Farol

A vista mais bonita que você pode ter durante a sua viagem é do Mirante do Farol de Morro de São Paulo. E, é deste mesmo local, onde se inicia a aventura dos mais corajosos que se atrevem a descer em uma tirolesa a mais de 50 metros de altura que tem como ponto de chegada o mar da Primeira Praia.

Ainda assim, mesmo que você não queira sobrevoar pendurado em um cabo por mais de 300 metros, vale a pena fazer a trilha até o mirante para pelo menos registrar a vista de lá do alto.

O acesso ao mirante se dá por um caminho bem marcado que começa perto da Igreja Nossa Senhora da Luz, no burburinho da vila. Aliás, é o mesmo percurso que se usa para chegar à Toca do Morcego, porém, esse bar-restaurante fica bem antes do mirante. Espere gastar aproximadamente 20 minutos para concluir esse trajeto de muita subida.

Chegando lá, se você resolver descer na tirolesa, é possível embalar os seus pertences para que eles desçam por outra guia sem o risco de molharem.

O preço da diversão é de R$ 80,00 por pessoa e com mais R$ 30,00 você pode contratar o serviço de foto e vídeo.

tirolesa de Morro de São Paulo

Uma das grandes atrações em Morro de São Paulo é a tirolesa que aterrissa no mar da Primeira Praia

2- Caminhada da Primeira a Quarta Praia

O primeiro passeio que eu indico para fazer em Morro de São Paulo é uma caminhada de reconhecimento de praia da Primeira à Quarta. Afinal, dessa forma você terá uma ideia de como são os pedaços de areia deste destino e poderá decidir com mais propriedade em qual deles esticar a canga.

Do centrinho até o início da Quarta Praia são aproximadamente dois quilômetros e você levará em torno de 30 minutos para concluir essa caminhada. Atualmente, devido ao calçamento e aos decks que foram instalados na beira-mar, é possível fazer este percurso mesmo durante a maré alta.

No geral, os dois trechos mais ocupados pelos banhistas são a Segunda e a Quarta Praia. A Primeira Praia tem pouca estrutura e acaba não caindo no gosto dos forasteiros, enquanto a Terceira perde completamente a sua faixa de areia durante a maré alta e é também o local onde barcos ficam atracados.

 A Segunda Praia é o pedaço mais tumultuado de Morro. Além da enorme oferta de bares e restaurantes mais estruturados, o fato de estar mais próxima das pousadas em Morro de São Paulo acaba encurtando a distância para se chegar à areia.

Além disso, no canto direito da Segunda Praia está a pequena Ilha da Saudade, que além de oferecer uma linda paisagem natural, deixa o banho de mar mais agradável.

Mais adiante, a Quarta Praia é dona do maior território na ilha e ostenta quatro quilômetros de extensão.

Além de dois grandes restaurantes com boa estrutura, o início da Quarta Praia também tem alguns quiosques mais modestos para quem não faz questão de tanto conforto e preços altos. Porém, conforme você vai caminhando em direção a Quinta Praia, as comodidades de cadeiras, guarda-sol e bebida gelada vai diminuindo até quase desaparecer.

o que fazer em Morro de São Paulo em 5 dias?

Segunda Praia

dicas do que fazer em Morro de São Paulo

Terceira Praia

roteiro em Morro de São Paulo

Quarta Praia

Vale a pena seguir até a Quinta Praia?

Conforme mencionado, a Quarta Praia tem quatro quilômetros de extensão. Ou seja, para você chegar à Quinta Praia – que também é conhecida como Praia do Encanto – você precisará percorrer todo este caminho pela faixa de areia. Vale a pena? Depende.

Em termos de beleza natural, na minha opinião, se você for até metade da Quarta Praia já está de bom tamanho. Porém, para quem gosta de caminhar e fotografar, esticar a pernada pode ser válido. Inclusive, eu fui até lá e não me arrependo.

Além disso, o astral na Quinta Praia, mais especificamente na altura do Restaurante Águas do Panã e da Barraca Carapitangui, é ainda mais sossegado que nas suas vizinhas.

Em todo caso, se você não faz questão destas caminhadas, não fique encanado de não ir até lá. Até porque, um dos passeios que ainda será indicado para a sua lista do que fazer em Morro de São Paulo contempla uma parada rápida na Quinta Praia.

dicas do que fazer em Morro de São Paulo

Quinta Praia

3- Piscinas naturais em Morro de São Paulo

As piscinas naturais de Morro de São Paulo estão ali, pertinho da costa, sem a necessidade que você pegue um barco para ir até elas. Durante a maré baixa, a Segunda Praia e o início da Quarta são os melhores locais para aproveitar esse momento.

Não tem segredo: basta ir até essas praias que você verá os turistas em volta destes lugares. Seu único planejamento prévio é o de consultar a tábua das marés para verificar em que horário do dia ela estará baixa. Porém, essa informação você consegue facilmente na pousada em que estiver hospedado.

Caso não queira correr o risco de chegar a Morro de São Paulo durante um período de maré alta durante o dia, marque a sua viagem para as épocas de lua cheia e nova. Isso porque, são nessas fases da lua que a maré fica baixa em um horário conveniente para os turistas aproveitarem a formação das piscinas naturais.

Além disso, saiba que também há outras duas piscinas que você pode incluir no seu roteiro em Morro de São Paulo: Garapuá e Moreré (em Boipeba). Porém, para chegar até elas você precisará fazer os passeios que serão indicados nos próximos tópicos.

piscinas naturais em Morro de São Paulo

As piscinas naturais de Morro de São Paulo se formam próxima da faixa de areia

4- Passeio de barco volta à Ilha de Tinharé

Se você preza por de fazer um passeio de barco em Morro de São Paulo, o Volta à de Tinharé – ou simplesmente Volta à Ilha – é a navegação número um deste destino. Com saídas a partir da Terceira Praia, esse é aquele tipo de atividade que dura o dia inteiro e tem várias paradas no itinerário.

Normalmente, a programação começa nas piscinas naturais de Garapuá e/ou Moreré, a depender da coincidência do horário de saída do passeio com a maré baixa. Em seguida, o tour vai para a Ilha de Boipeba, onde há uma parada na Praia da Cueira com a possibilidade de ir caminhando com o guia até a Boca da Barra.

Por fim, a navegação segue para um bar flutuante especializado em ostras e termina com um pit-stop no centro histórico de Cairu. O retorno para Morro de São Paulo acontece por volta das 17h30.

Sobre o preço deste passeio, custa R$ 250,00 por pessoa, sendo que as refeições durante as paradas são pagas à parte.

» Reservar passeio de barco Volta à Ilha

roteiro em Morro de São Paulo e Boipeba

A Praia da Cueira, em Boipeba, é uma das paradas do passeio de barco

5- Passeio bate-volta a Garapuá

Localizada a 14 quilômetros de Morro de São Paulo, Garapuá é um mini vilarejo capaz de entregar a tranquilidade que falta às praias centrais de Morro. Para quem quer fugir da muvuca ou simplesmente passar o dia inteirinho em uma única praia com boa estrutura de frente para o mar, esse é um excelente tour para incluir no roteiro.

Além disso, a paisagem por aqui também tem seus méritos por tornar este passeio um dos mais legais para fazer em Morro de São Paulo. Mesmo com boa parte da faixa de areia sumindo durante os períodos de maré alta, a água clarinha e sem ondas torna o banho de mar ainda mais prazeroso.

Como se não bastasse, a partir da Praia de Garapuá dá para fazer passeios complementares: piscinas naturais (R$ 20,00) e caiaque pela região de mangue (R$ 70,00).

O passeio mais convencional para chegar à Praia de Garapuá é com veículos 4×4 que têm carroceria adaptada para levar os passageiros. Basicamente, o passeio é o transporte até lá. Na volta para Morro de São Paulo até há uma parada rápida para fotos na Quinta Praia. Porém, não pense que esse é um tour para visitar vários lugares.

Outra possibilidade é ir até lá de quadriciclo, no caso, você mesmo dirigindo o veículo. Estes passeios acontecem com um guia que vai pilotando na frente e todos os outros participantes vão o seguindo, formando assim uma longa fila de quadriciclos. O maior senão é que esta modalidade custa bem mais cara que a anterior.

Enquanto o passeio compartilhado em 4×4 custa R$ 130,00 por pessoa, o passeio de quadriciclo custa R$ 500,00 podendo ser dividido em até dois passageiros.

» Reservar passeio a Garapuá

Morro de São Paulo passeio de quadriciclo

Praia de Garapuá

6- Praia da Gamboa

Para quem está com tempo de sobra, Gamboa é outra faixa de areia mais sossegada para os dias de descanso. Além da tranquilidade, sua bela paisagem com mar sem ondas e a boa estrutura-sem-firulas – que garantem os comes e bebes por preços mais camaradas do que nas praias centrais de Morro – serão a sua companhia durante o dia.

Para chegar lá há três possibilidades: caminhando pela faixa de areia, passeio com outras paradas ou pegar um barquinho direto à Gamboa.

Andando, você deve pegar o acesso rumo à Praia do Porto de Cima. Uma vez na faixa de areia é só ir caminhando para esquerda. O percurso total tem cerca de dois quilômetros e se gasta em torno de 30 minutos para percorrê-lo. Mas atenção: só faça esse caminho durante a maré baixa porque em alguns trechos não dá para passar quando ela estiver alta.

Se na hora de você voltar a maré já tiver subido, faça a volta de barco. É comum que haja barqueiros em Gamboa que ficam oferecendo a viagem até o cais de Morro. O percurso não dura nem 15 minutos e deve custar R$ 30,00 por pessoa.

Aliás, se você quiser ir à Gamboa dessa mesma maneira saiba que também é possível. Inclusive, é uma das opções que mencionei acima. Neste caso, você precisa pegar o barco no porto principal de Morro de São Paulo.

Por fim, a última maneira de conhecer Gamboa é através de um passeio de barco que dura o dia inteiro e inclui outras paradas na programação, como por exemplo, na Ilha de Caitá e/ou na Ilha da Coroa do Meio. Particularmente, não vejo necessidade em fazer desta forma. Afinal, dá para ir por cota própria sem complicação.

» Reservar passeio de barco à Praia de Gamboa

passeios em Morro de São Paulo

Praia da Gamboa

7- Pôr do sol na Bossa Nova Bistrô ou na Toca do Morcego

O momento mais clichê de qualquer viagem praiana pode ser alcançado em grande estilo em Morro de São Paulo. Isso porque, há vários endereços onde dá para acompanhar a melancólica despedida do sol depois de mais um dia de serviço prestado aos visitantes.

Para aproveitar esse momento em um ambiente bacana, com boa música, drinks e petiscos, o Bossa Nova Bistrô (gratuito) e a Toca do Morcego (R$ 50,00 a entrada) são os dois espaços mais conhecidos. Enquanto o primeiro tem um perfil mais barzinho-aconchegante-intimista, o segundo é famoso pela sua diversão jovial que costuma se estender noite adentro.

Lembre-se, porém, de não perder a hora. O ideal é chegar entre às 16h30 e 17h, tanto para conseguir uma boa mesa como também não perder o pôr do sol – que costuma acontecer por volta das 17h30.

pôr do sol em Morro de São Paulo

Pôr do Sol no Bossa Nova Bistrô

O que fazer em Morro de São Paulo à noite?

Nem só de praia se faz uma viagem a Morro de São Paulo, afinal, trata-se de um destino que também entrega diversão depois que o sol se põem. E veja bem, não estou falando apenas dos restaurantes e barzinhos que cumprem função até às 23h. Por aqui, há também uma série de festas que começam a partir da meia-noite e vão até o raiar do dia.

Para os menos empolgados que já torceram o nariz para uma noitada tão intensa, fique tranquilo: os restaurantes e bares de Morro de São Paulo também são excelentes programas para não deixar a noite passar em branco e, ainda assim, conseguir acordar sem ressaca para aproveitar o dia seguinte.

O burburinho gastronômico da ilha está pelos arredores da Praça Principal e se estende por toda a Rua da Prainha até a Primeira Praia. A partir da Segunda Praia o agito troca de figurino: por aqui, os restaurantes de frente para o mar têm longas fileiras de mesas e cadeiras na faixa de areia e garantem também música ao vivo. Para quem quer ouvir axé, comer e beber, é na Segunda Praia que você vai ser feliz.

Para uma diversão mais rueira, o lugar mais bombado é no início da Rua da Fonte Grande, próximo do pórtico. O Restaurante Morena Bela garante não apenas os comes e bebes, mas também, música ao vivo com os sucessos mais conhecidos do samba, pagode e axé.

Depois destes possíveis esquentas, é hora de definir qual será o rumo da sua noite em Morro de São Paulo: ir para pousada dormir ou esticar a noitada em alguma festa sem hora para acabar.

Festas em Morro de São Paulo

Há pelo menos meia dúzia de festas em Morro de São Paulo que se intercalam entre os dias da semana para garantir diversão noite adentro para os forasteiros.

Normalmente, estas baladas estão mais afastadas do burburinho central, o fervo começa a partir da meia-noite e o ingresso custa pelo menos R$ 100,00 apenas para sorrir. Aliás, é importante você comprar a entrada antecipada – ao longo do dia você verá promoters destas festas distribuindo flayers e vendendo os ingressos pela ilha.

Aos finais de semana e durante a alta temporada é comum que mais de uma festa aconteça no mesmo dia. Portanto, pesquise qual delas terá o som que mais te agrade. E não ignore esse detalhe musical, pois alguns lugares tocam apenas um tipo de música, como por exemplo, eletrônica, e pode não ser exatamente aquilo que você mais gosta de ouvir.

Para os festeiros de plantão, as quatro baladas que fazem mais sucesso entre os turistas, são: Toca do Morcego, Pulsar Mix, Mama África e Teatro.

o que fazer em Morro de São Paulo à noite?

A Segunda Praia é um bom lugar para aproveitar a noite em Morro de São Paulo

O que fazer em Morro de São Paulo com chuva?

Os passeios para fazer em Morro de São Paulo com chuva são os mesmos que você faria no caso de tempo firme. Afinal, as praias são as grandes estrelas deste destino e não há pontos turísticos em ambientes fechados que possam preencher todo o seu roteiro.

No máximo, o que dá para fazer é dedicar mais tempo aos bares, restaurantes e cafeterias da ilha.

Ainda assim, a boa notícia é que se você não viajar no período de chuvas mais intensas – que vai de abril a julho – o mais provável é que os aguaceiros sejam passageiros e que você consiga aproveitar a praia. Durante a minha estada, por exemplo, choveu um pouco todos os dias, mas sempre era um chuvisco rápido pela manhã ou uma pancada no final da tarde e à noite.

Em todo caso, se você quiser diminuir as chances do clima em Morro de São Paulo atrapalhar as suas férias, saiba que os meses com menor volume pluviométrico é entre setembro e fevereiro. Agosto e março é época de transição e as chuvas podem dar as caras mais vezes, porém, também são períodos aproveitáveis.

Sobre as temperaturas não há com o que se preocupar, pois os termômetros estão sempre em alta. É claro que durante o verão o calorão é mais intenso, mas mesmo nas outras estações o calor continua favorável para esticar a canga na areia.

o que fazer em Morro de São Paulo com chuva?

Para diminuir a sua chance de pegar chuva em Morro de São Paulo, evite viajar entre os meses de abril e julho

O que fazer em Morro de São Paulo em 5 dias?

Deixarei a seguir uma sugestão de passeios para fazer em Morro de São Paulo em 5 dias. Ou seja, considerando os dias de ida e volta, você precisará de sete dias para cumprir essa programação indicada.

Porém, se você dispuser de menos dias, basta utilizar as sugestões de passeios que achar que tem mais a ver com os seus gostos. Inclusive, mesmo que você viaje por uma semana o ideal é que você faça uma seleção daqueles passeios que tenham o seu perfil.

Por fim, saiba que a ordem dos dias está indicada de acordo com a minha preferência dos passeios. Portanto, se eu não pudesse viajar por tanto tempo, os últimos indicados seriam àqueles que eu deixaria de fora da programação.

» Primeiro dia: Chegada, check-in na pousada e se der tempo aproveitar o pôr do sol no Bossa Nova Bistrô.

» Segundo dia: Mirante e tirolesa do Farol + Caminhada da Primeira a Quarta a Praia.

» Terceiro dia: Passeio de barco volta à Ilha de Tinharé.

» Quarto dia: Bate-volta a Garapuá + Pôr do sol na Toca do Morcego.

» Quinto dia: Caminhada à beira-mar até a Praia da Gamboa. Ou, se preferir, também dá para ir até lá com um passeio de barco.

» Sexto dia: Dia livre para voltar à praia que mais gostou.

» Sétimo dia: Regresso.

3 lugares para se hospedar em Morro de São Paulo

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Che Lagarto é a melhor opção para a sua estada.

($$) Para quem faz questão de privacidade, a Pousada Ilha da Saudade oferece excelente relação preço x conforto.

($$$) Querendo investir em uma estada mais especial, consulte as suítes da Passárgada Pousada.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Morro de São Paulo.

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
LUIS EDUARDO FERREIRA disse:

LEGAL BELAS DICAS!!! POÍS LOGO ESTAREI NESTE PARAÍSO ASSIM FICA MAIS FACIL ……PARABÉNS PELO BLOG!

Murilo Pagani disse:

Oi, Luís, tudo bem?

Espero que aproveite os passeios em Morro de São Paulo.

Abraço

Thaís disse:

Ótimas dicas! Já vou aproveitar boa parte deste roteiro. Parabéns pelo blog!

Murilo Pagani disse:

Oi, Thaís, tudo bem?

Espero que aproveite esse tantão de coisas legais que tem para fazer em Morro de São Paulo.

Abraço