Você já sabe tudo o que há de bom para fazer em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo?

Sim, ficar à toa na praia é uma ótima pedida para um ou dois dias. No entanto, saiba que há outras atividades que você pode incluir no seu roteiro de viagem para torna-lo ainda mais divertido.

Apesar de não ser um destino com mil e uma atrações, há passeios em Peruíbe suficientes para preencher quatro ou cinco dias das suas férias. E, com mais tempo, saiba que há muito lugares menos visitados que você também poderá conhecer.

Portanto, a minha recomendação é que você não deixe para decidir o que fazer em Peruíbe na última hora. Isso porque, tenho certeza de que se você se planejar antecipadamente, conseguirá aproveitar muito mais os seus dias de descanso.

Leia também: 7 pousadas baratas em Peruíbe

# Dicas do que fazer em Peruíbe

1- Curtir as praias de Peruíbe
2- Passeio de barco
3- Passeio de Jipe
4- Trilhas e Cachoeiras
5- Passear à noite no centrinho

1- Curtir as praias de Peruíbe

Como não poderia deixar de ser, curtir as praias de Peruíbe é uma das melhores coisas para fazer por lá. Afinal, elas são, de fato, a grande atração da cidade.

A Praia do Centro de Peruíbe é uma das mais movimentadas e, embora não seja uma lindeza, ganha pontos pela boa estrutura de quiosques à beira-mar.

Além disso, a praia central da cidade possui uma enorme faixa de areia, fácil acesso (já que muitos viajantes ficam hospedados no próprio centro!), e vagas para estacionar o carro na orla.

Alguns quiosques bem arrumados e que me chamaram a atenção, são: Quiosque Terral, Quiosque Aloha e Quiosque Jangada. Estes dois últimos, inclusive, têm uma área de parquinho, que é ideal para famílias com crianças.

Perto da Praia do Centro, do outro lado do Rio Peruíbe, está a Praia do Costão. Lá você encontrará um ambiente menos urbano, mais vegetação e apenas um quiosque no seu canto direito. (Há também alguns trailers que vendem bebidas e petiscos na areia!)

Entrando na Estação Ecológica de Juréia-Itatins, as duas praias mais próximas ao centro são a Prainha (4 km) e a Praia de Guaraú (8 km).

A Prainha não possui estrutura e é, na minha opinião, uma das melhores praias de Peruíbe.

A Praia de Guaraú também é lindíssima é vale muito a visita, porém, tem um astral diferente da Prainha. Em Guaraú, você terá um pedaço de areia muito mais extenso e quiosques de frente para o mar.

Por fim, algumas praias selvagens de Peruíbe, mais afastadas do burburinho central, são: Praia do Arpoador, Praia do Caramborê e Barra do Una.

lugares para conhecer em Peruíbe
Praia do Centro de Peruíbe
passeios em Peruíbe
Prainha
o que fazer em Guaraú - Peruíbe
Praia de Guaraú

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Peruíbe

2- Fazer um passeio de barco

Como bom destino de praia que é, uma das coisas para fazer em Peruíbe é um passeio de barco. No caso, o tour que eu recomendo é o que vai para a Ilha do Guaraú e para a Praia do Arpoador.

Embora possa ter diferença no itinerário dependendo da agência com a qual você contratar o passeio, a dinâmica é basicamente a mesma.

A aventura começa por volta das 9hs da manhã. Se acaso você estiver hospedado no centro, as empresas oferecem o transporte até o local de embarque, que é no canto direito da Praia de Guaraú, no Rio Guaraú.

A primeira parada da atividade costuma ser na Ilha do Guaraú, onde os viajantes têm cerca de 30 minutos para mergulhar e se divertir na água.

Minha opinião sobre a Ilha do Guaraú que ninguém solicitou mas que deixarei assim mesmo: é bonita, mas o que faz o passeio realmente valer a pena é a Praia do Arpoador.

Em seguida, o passeio segue para uma das praias mais lindas da Unidade de Preservação Juréia-Itatins: a Praia do Arpoador.

Acessada somente por barco, ou através de longas trilhas que deve ser feita com o acompanhamento de guia, a Praia do Arpoador é selvagem, de mar aberto e sem nenhuma estrutura.

Como a parada por lá pode durar de duas a três ou horas, ou seja, o retorno do passeio é somente depois do horário de almoço, você deve levar água e petiscos suficientes para esse tempo.

Além disso, capriche no protetor solar, leve repelente e todas as parafernálias que você precisa para passar essas horas na praia.

Como fazer o passeio de barco em Peruíbe

Eu fiz meu passeio de barco em Peruíbe com a empresa Roteiros Eco Trilhas e tive uma excelente experiência.

O passeio é realizado diariamente, mas é necessário ter um mínimo de 4 pessoas para que ele aconteça.

De um modo geral, durante a alta temporada e aos finais de semana sempre há grupos. Ainda assim, recomendo que você entre em contato com a empresa alguns dias antes para demonstrar o seu interesse e ir ajustando o roteiro caso seja necessário.

O preço do passeio é de R$ 100,00 por pessoa.

Se acaso você decidir fazer o passeio de última hora e não conseguir vaga com nenhuma empresa, uma possibilidade é ir direto para a Praia de Guaraú, e lá tentar fechar um passeio na hora.

Quando estive na Praia de Guaraú notei que é algo bastante comum (ao menos na alta temporada!). Inclusive, muitas pessoas vieram me oferecer este tour. Além disso, na própria areia há algumas tendas de pessoas que vendem o passeio.

Dica Bônus: A Roteiros Eco Trilhas oferece muitas atividades, porém, algumas delas acontecem apenas em datas específicas.

Se acaso você tem interesse em fazer outros passeios em Peruíbe, recomendo conversar com eles antecipadamente para verificar se há alguma outra programação para as datas da sua viagem. 

Ilha do Guaraú
Ilha do Guaraú
passeio de barco em Peruíbe
Praia do Arpoador

3- Fazer um passeio de Jipe

Além do passeio de barco, outro tour que você pode incluir na programação da sua viagem a Peruíbe é um passeio de jipe ou jardineira.

A principal agência que oferece essa atividade é a Eco Tour Passeios Ecológicos, e o passeio acontece diariamente, desde que tenha no mínimo 4 pessoas. Portanto, recomendo que você entre em contato com a empresa antecipadamente para demonstrar seu interesse e agendar para o dia em que tiver saída.

Embora a Eco Tour Passeios Ecológicos tenha mais de um roteiro de passeio, o mais tradicional é o que vai para as Corredeiras do Perequê, Praia do Caramborê e Praia da Barra do Una.

O passeio dura o dia inteiro, aproximadamente das 8hs às 17hs, custa R$ 100,00 por pessoa, sendo que crianças de até 5 anos não pagam. Além disso, durante o tour é feita uma parada para almoço, que é opcional e custa R$ 25,00 por pessoa.

4- Trilhas e Cachoeiras

Além das praias e passeios já indicados nesta lista do que fazer em Peruíbe, a cidade oferece ainda muitos outros atrativos em meio à natureza.

Para quem gosta de cachoeira, as duas mais famosas da região são a Cachoeira do Perequê e a Cachoeira do Paraíso.

Se você estiver motorizado, dá para chagar por conta própria nas duas. Inclusive, depois de estacionar o carro você não precisará andar tanto em nenhuma delas. No entanto, tenha em mente que a estrada até lá é um pouco chatinha – vá com atenção e evite ir em dias de chuva.

Para quem não estiver de carro, algumas agências oferecem passeios para a Cachoeira do Paraíso, mas as saídas não são diárias. O preço varia entre R$ 50,00 e R$ 70,00 por pessoa.

Além disso, também dá para chegar até a Cachoeira do Paraíso de ônibus, gastando menos de R$ 5,00. Com disposição para sacolejar em um circular por quase uma hora, basta pegar o ônibus que vai para a Barra do Una, e avisar o motorista que você quer descer na Cachoeira do Paraíso (a parada é muito perto do local de acesso à cachoeira!).

Mas atenção: antes de ir consulte os horários de ida e volta dos ônibus para a Barra do Una porque há pouquíssimas saídas por dia. Você pode ver os horários atuais no site da empresa responsável pelo transporte público de Peruíbe, a Jundiá.

Os ônibus para a Praia da Barra do Una saem do ponto em frente a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), e passa por algumas ruas próximas ao centro, inclusive, na rua da rodoviária da cidade.

Sobre as trilhas, você deve fazê-las com acompanhamento de guia, afinal, você estará em uma área de preservação ambiental. A rota mais clássica é a Trilha das Sete Praias, que passa pelas praias Caramborê, Desertinha, Juquiazinho, Paranapuã, Arpoador, Brava e Guarauazinho.

A Roteiros Eco Trilhas oferece esse passeio, mas as saídas são em datas específicas, portanto, caso tenha interesse, consulte antecipadamente.

5- Passear à noite no centrinho

Um dos principais passeios para fazer em Peruíbe à noite é bater-perna pelo seu centrinho. Isso porque, além de muitas lojinhas de comércios em geral, você encontrará alguns bares e restaurantes para encerrar o dia.

O principal burburinho do centro é na Praça Ambrósio Baldin – também conhecida como Boulevard. Nesta região há uma enorme concentração de comércios, trailers de comida e lanchonetes.

Além disso, é por estas bandas que também se encontra um pequeno parque de diversão, que pode ser um bom passatempo para quem está com crianças.

Se acaso você não encontrar nada que agrade seu estômago na Praça Ambrósio Baldin, ao longo da Avenida Padre Anchieta – uma das principais da cidade – há outras opções de restaurantes.

Curiosamente, na orla à beira-mar da Praia do Centro de Peruíbe praticamente não há comércios. Portanto, ir para lá em busca de um lugar para jantar não é uma boa ideia – a menos que você já tenha um endereço certo.

Peruíbe
Praça Ambrósio Baldin
o que fazer em Peruíbe à noite
Centro de Peruíbe

# O que fazer em Peruíbe com chuva?

Verdade seja dita: não há muito o que fazer em Peruíbe com chuva. Afinal, os principais lugares para conhecer na cidade são ao ar livre.

O mais adequado é se programar para tentar evitar a época de aguaceiros, que acontece com maior intensidade entre dezembro e março.

Dá para pegar praia durante o verão? Claro que sim! Mas também será bastante comum ter que encarar tardes chuvosas.

Portanto, se você for viajar nestes períodos mais molhados, vale a pena colocar um livro na mala, ou até mesmo escolher uma pousada que tenha TV com uma boa seleção de canais.

Quer bater-perna nestes dias? Aproveite as boas cafeterias que há no centro de Peruíbe.

Passar uma tarde chuvosa no Pão de Maçã, no Café Farol ou no Café Paris, não será de todo ruim – aliás, muito pelo contrário.

o que fazer em Peruíbe com chuva
Bolo do Pão de Maçã

+ Dicas do que fazer em Peruíbe

Há ainda alguns pontos turísticos em Peruíbe que, dependendo do seu perfil e tempo disponível, pode fazer sentido incluir no seu roteiro de viagem.

Por outro lado, há também atrativos que, na minha opinião, você não perderá nada se evitar.

Na entrada da cidade, a nove quilômetros do centro, as Ruínas do Abarebebê é um dos cartões postais de Peruíbe. Trata-se do que restou de uma das primeiras igrejas construídas no Brasil.

Seu deslocamento até lá até poderia valer a pena se não fosse o fato do local estar fechado (janeiro/2020) e ligeiramente abandonado.

Relativamente perto das ruínas, o Mirante da Torre seria uma possibilidade para ver a cidade do alto. Fui até lá, mas não teria feito falta se eu não tivesse ido.

Além do mirante estar bastante abandonado, aparentemente, há um bom tempo, não há nenhum tipo de estrutura turística. Aliás, a estreita ruazinha de acesso já foi parcialmente invadida pelo mato e lá em cima mal há local para estacionar o carro.

Perto do centro da cidade há três atrações praticamente uma ao lado da outra: o Aquário de Peruíbe, o Lamário e o Mercado de Peixes.

No Mercado de Peixes há algumas barracas onde você pode almoçar frutos do mar por um preço bastante camarada. Além disso, também é possível comprar o seu próprio peixe e solicitar para o pessoal dos quiosques e barraquinhas prepará-lo. Neste caso, a fritada custa em torno de R$ 18,00/quilo.

Por fim, se acaso você tiver com dias vagos na sua programação, considere fazer um bate-volta para visitar as praias de Itanhaém. Afinal, esta outra cidade do litoral paulista está a apenas 30 quilômetros de Peruíbe.

3 lugares para se hospedar em Peruíbe

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Hotel Pousada Peruíbe Hostel é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a  Praia Sul Studios tem um ótimo custo-benefício. 

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes da Pousada Píer 36.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Peruíbe.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

8 COMENTÁRIOS

  1. Sou de São Paulo e não conheço Peruíbe. Adorei a foto do calçadão com as mesinhas, está super coloridas. Valeu pelas dicas sobre o que fazer por lá!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here