Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

O que fazer em Porto Seguro: 10 passeios e roteiro

Não é em vão que esta cidade, localizada no litoral sul da Bahia, tornou-se um dos principais destinos praianos do Brasil: há sim muito o que fazer em Porto Seguro. E, embora as praias de água morna sejam as grandes estrelas de um roteiro, há também outras atividades que podem complementar as suas férias.

Aliás, há tantos passeios para fazer em Porto Seguro que normalmente os viajantes não conseguem esgotar todas as possibilidades em uma única viagem. Não à toa, é comum encontrarmos forasteiros que estão batendo cartão por estas bandas pela segunda ou terceira vez.

Em um primeiro momento pode parecer exagero. No entanto, há um detalhe que justifica as recorrentes viagens para um mesmo destino: Porto Seguro é, pelo menos, 4 em 1. Apesar da cidade ser a porta de entrada e o cartão de visitas para este trecho do litoral baiano, Arraial d’Ajuda, Trancoso e Caraíva são distritos que pertencem ao município e podem ser considerados destinos à parte.

Ainda assim, saiba que se você tem pelo menos uma semana já é possível conhecer os principais pedaços de areia deste eixo turístico, que é conhecido como Costa do Descobrimento.

Quantos dias ficar em Porto Seguro?

O tempo mínimo que eu recomendo para uma viagem a Porto Seguro é 7 dias. Excluindo os dias de ida e volta parcialmente perdidos com deslocamentos, cinco dias inteiros é um bom ponta pé inicial para conhecer a região. Neste caso, além de visitar as praias e atrações da área urbana da cidade, dá para incluir na programação passeios bate-volta aos destinos vizinhos.

Por outro lado, tenha em mente que se você puder viajar por 10 dias as suas andanças serão ainda mais completas. Dessa forma, um bom plano é dividir a estada em dois lugares diferentes, como por exemplo, metade do tempo em Porto Seguro e a outra metade em Arraial d’Ajuda, Trancoso ou Caraíva.

Em todo caso, se você só consegue viajar durante um feriado prolongado, saiba que dá para ter um tira-gosto da Costa do Descobrimento. Se assim for, recomendo que você dedique o seu roteiro apenas em uma região, preferencialmente Porto Seguro ou Arraial d’Ajuda – que são os locais com acesso mais ágil para uma viagem curta.

o que fazer em Porto Seguro em 7 dias

Porto Seguro tem passeios e atrações para pelo menos uma semana de viagem

» Clique aqui para encontrar ofertas de hotéis em Porto Seguro

Como fazer os passeios em Porto Seguro?

Apesar de Porto Seguro não ser um destino compacto, é bastante fácil se locomover de um canto a outro.

Para quem gosta de dirigir e tem orçamento para alugar um carro, circular por conta própria é um bom plano. Dessa forma, além de maior liberdade na programação, você consegue conhecer mais atrações no mesmo dia.

Ainda assim, os viajantes desmotorizados conseguem se virar muito bem fazendo uma combinação de deslocamentos com veículos por aplicativo, passeios guiados oferecidos pelos receptivos turísticos e, dependendo do caso, até mesmo com o transporte público.

Para ir do aeroporto ao seu hotel e circular pela área central da cidade – incluindo as praias urbanas – os aplicativos de transporte funcionam razoavelmente bem, apesar de corridas serem canceladas com mais frequência do que gostaríamos.

Algumas vezes, quando o deslocamento era curto, achei mais prático seguir para o ponto de ônibus e utilizar o bom e velho transporte público. Foi assim, inclusive, que descobri que Porto Seguro é adepta das corridas particulares compartilhadas sem aplicativo. Portanto, se algum carro parar no ponto de ônibus informando o destino para onde está indo, trata-se deste tipo de serviço. O valor da corrida depende do trecho, mas normalmente custa entre R$ 5,00 e R$ 10,00.

Por fim, os passeios guiados são a melhor maneira para chegar às praias de Porto Seguro que estão mais afastadas da área central ou em outros distritos. Além disso, também é a única forma para conseguir visitar lugares que dependem de deslocamento de barco, como por exemplo, piscinas naturais, ilhas e bancos de areia.

Quando precisei deste tipo de serviço, contratei os passeios em Porto Seguro com a empresa Nativo Turismo. Tudo ocorreu perfeitamente bem e conforme o combinado.

passeios para fazer em Porto Seguro

Porto Seguro

Melhores passeios para fazer em Porto Seguro

Confira a seguir uma lista de passeios para fazer em Porto Seguro. Tenha em mente, porém, que nem todos eles precisam estar no seu itinerário. Afinal, algumas atividades podem ser mais atraentes para um ou outro perfil de viajante. Além disso, como normalmente não temos tempo para visitar todas as atrações, o ideal é selecionar apenas àquelas que têm mais chance de nos agradar.

1- Cidade histórica de Porto Seguro
2- Passarela do Descobrimento (antiga Passarela do Álcool)
3- Reserva da Jaqueira
4- Taperapuã e outras praias de Porto Seguro
5- Parque Marinho de Recife de Fora
6- Coroa Alta [Santa Cruz Cabrália]
7- Um dia de praia em Arraial d’Ajuda
8- Arraial Eco Parque
9- Praia do Espelho
10- Bate-volta para Trancoso

Porto Seguro roteiro de viagem

As praias são as grandes estrelas de um roteiro de viagem a Porto Seguro

1- Cidade Histórica de Porto Seguro

Situada na parte alta da cidade, a menos de dois quilômetros do centro comercial, a Cidade Histórica de Porto Seguro preserva um simpático conjunto de construções que guardam parte do passado deste destino e do Brasil. Apesar de ser uma área pequena, visitar essa região por uma manhã ou tarde é um excelente passeio para incluir no roteiro.

Se possível, tente fazer um tour acompanhado de um guia e logo no seu primeiro dia de viagem. Isso porque, além de aprender muita história com estes profissionais do turismo, esse conhecimento será uma excelente base para o restante da sua estada.

Alguns dos pontos turísticos de Porto Seguro que você visitará nesta área histórica, são: Igreja de Nossa Senhora da Pena, Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia, Igreja de São Benedito, Museu do Descobrimento e Farol de Porto Seguro.

Cidade Histórica de Porto Seguro

Reserve uma manhã ou tarde do seu roteiro para visitar o centro histórico de Porto Seguro

2- Passarela do Descobrimento (antiga Passarela do Álcool)

Rebatizada como Passarela do Descobrimento há poucos anos, essa região é a antiga Passarela do Álcool, que tempos atrás era dominada por barraquinhas de drinks docinhos que garantiam a ressaca dos viajantes no dia seguinte. Atualmente, embora as barracas de bebidas para maiores de 18 anos continuem funcionando, o local perdeu esse apelo – ainda bem!

Se antigamente a Passarela do Álcool era o melhor lugar para fazer o esquenta da noitada, hoje em dia a Passarela do Descobrimento é o melhor pedaço da cidade para bater-perna à noite, independente de qual seja a sua intenção. Além das barraquinhas de comes e bebes, também há uma infinidade de artesanato local, bares e restaurantes.

Inclusive, é justamente por toda essa facilidade de serviços que há pelos arredores da Passarela do Descobrimento que o centro da cidade é um dos melhores bairros para ficar em Porto Seguro. Apesar da falta de uma praia própria para banho, essa comodidade para passear à noite – e também as tarifas mais baixas das acomodações – acabam conquistando uma parcela dos turistas.

Em todo caso, mesmo que você se hospede em outras vizinhanças, vale a pena reservar ao menos uma noite da viagem para perambular pela Passarela do Descobrimento. Normalmente, o movimento começa depois do pôr do sol, por volta das 18h, pois durante o dia – com exceção de um ou outro restaurante – os estabelecimentos ficam fechados.

Passarela do Descobrimento Porto Seguro

Passarela do Descobrimento

3- Reserva da Jaqueira

Situada em uma área de mata nativa próxima da Praia de Taperapuã, a Reserva da Jaqueira é uma aldeia indígena Pataxó que, além de preservar as suas tradições, também está aberta para apresenta-las aos visitantes. Portanto, se você quer entender um pouco mais como é o dia a dia deste grupo indígena, saiba que é possível fazer um passeio até lá.

Além de um bate-papo contando a história dos Pataxó por estas bandas da Bahia, durante a visita à Reserva da Jaqueira os turistas têm a oportunidade de conhecer os seus espaços culturais, a maneira como a aldeia é organizada e até mesmo provar um pouco da sua culinária típica.

Apesar de a Reserva da Jaqueira não estar longe da área urbana de Porto Seguro, para quem está sem carro o jeito mais prático de fazer este passeio é contratando um tour guiado com os receptivos turísticos. No caso, as agências apenas cuidam do deslocamento até lá, pois todas as atividades dentro da aldeia são conduzidas pelos próprios Pataxó.

Reserva da Jaqueira Porto Seguro

Reserva da Jaqueira

4- Taperapuã e outras praias de Porto Seguro

Localizada a sete quilômetros do centro da cidade, Taperapuã é a principal praia urbana de Porto Seguro.

 Além de reunir boa oferta de pousadas e hotéis, é onde você encontrará a maior quantidade de restaurantes de frente para o mar. Inclusive, é por aqui onde estão as famosas barracas Axé Moi e Toa Toa. Outros bons quiosques em Taperapuã, são: Barraca do Gaúcho, Cabana Área Beach e Cabana Malibu.

Embora o mar nem sempre esteja cristalino e a presença de ondas é quase certa, trata-se de uma das melhores praias de Porto Seguro para passar o dia sem precisar fazer um passeio com agência ou passar muito tempo na estrada. Como se não bastasse, Taperapuã também é a vizinhança mais adequada para quem quer se hospedar próximo do mar.

Se você gostou da ideia de ficar a poucos passos da praia, alguns hotéis bem cotados para a sua estada, são:  Atlântida Park HotelPortobello Park HotelVila Miola Hotel e  Resort Arcobaleno.

Além disso, também há outras praias urbanas de Porto Seguro onde você poderá esticar a canga. Dividindo a mesma faixa de areia com Taperapuã, e ainda mais perto do centro da cidade, as praias de Mundaí e Curuípe têm boas barracas e costumam estar mais sossegadas do que a sua vizinha mais famosa.

A Praia de Taperapuã é a principal praia urbana de Porto Seguro para incluir no seu roteiro de viagem

Praia de Taperapuã

5- Parque Marinho de Recife de Fora

Para quem gosta de passeios à piscina natural, o Parque Marinho de Recife de Fora é o melhor representante desta categoria em Porto Seguro. Portanto, no caso da maré estar baixa nas datas da sua viagem, reserve um período para a diversão oceano adentro.

O embarque para o tour ao Recife de Fora acontece no píer municipal do centro de Porto Seguro, ao lado da Praça do Relógio. A navegação até lá dura aproximadamente 1h e é realizada em escunas de grande porte que incluem todos os clichês deste tipo de passeio: música alta, guia animado e serviços de bar a bordo.

Com o objetivo de manter os recifes preservados há dois cuidados durante o passeio. O primeiro, é que as escunas param afastadas das piscinas naturais e o percurso até lá é realizado em botes menores.  O segundo, é que é preciso estar calçando uma sapatilha de borracha para entrar na água (fornecida pela própria agência antes do embarque).

Por fim, chegando às piscinas naturais os viajantes têm entre 1h30 e 2h para aproveitar a atração.

Parque Marinho de Recife de Fora Porto Seguro

O Parque Marinho de Recife de Fora é o melhor passeio em Porto Seguro para quem gosta de piscinas naturais

6- Coroa Alta [Santa Cruz Cabrália]

O passeio de barco conhecido como Coroa Alta – também chamado de 3 Ilhas – foi o único tour do meu roteiro em Porto Seguro que eu não gostei. Embora eu tenha notado que muita gente do meu grupo se divertiu à beça, para o meu gosto, ele entra na categoria de pequena furada nossa de cada dia.

Antes de tudo, vale deixar um esclarecimento: Santa Cruz Cabrália é um município vizinho de Porto Seguro, a 20 quilômetros do centro. Há belas praias por lá, como por exemplo, a enseada de Coroa Vermelha, que rende um bom passeio de meio período. O que particularmente não me agradou foi este passeio específico, e não o destino como todo.

Embora, em teoria, a logística do tour seja simples, na prática, os embarques e desembarques da escuna travam a fluidez do passeio. Afinal, durante todo o tour acontecerá pelo menos 4 embarques e 4 desembarques de aproximadamente 100 pessoas, que é a capacidade média das escunas.

Para mim, essa chateação até poderia valer a pena se os destinos a serem visitados fossem bacanas. Porém, na minha opinião, nenhum dos três lugares do itinerário – a Coroa Alta, a Ilha de Santo André e a Ilha do Sol – causam um deslumbramento justificável.

Além disso, outro detalhe é que o único momento para banho de mar é na Coroa Alta, onde os viajantes podem se divertir por cerca de 1h. A parada na Ilha de Santo André é apenas para almoço, enquanto na Ilha do Sol a “grande” atração é um banho de lama e a possibilidade de comprar doces caseiros.

Pode ser que tenha faltado romantismo da minha parte para enxergar as belezas deste passeio? Talvez. Porém, se você for e sair com a mesma impressão, não diga que não foi avisado.

passeios em Porto Seguro

Coroa Alta

7- Um dia de praia em Arraial d’Ajuda

Arraial d’Ajuda é um distrito de Porto Seguro que funciona como vila independente e está a uma curta travessia de balsa da cidade-mãe. Ou seja, fazer um passeio bate-volta até lá é perfeitamente viável até mesmo por conta própria. Aliás, para quem está hospedado no centro de Porto, é até melhor ir desta forma.

Para chegar lá, basta ir à Rua do Cais, que está localizada a menos de 10 minutos de caminhada da Passarela do Descobrimento, e embarcar na próxima balsa que fará a travessia de uma margem à outra do Rio Buranhém. De um lado, é Porto Seguro, do outro, é Arraial d’Ajuda. As balsas saem a cada 30 minutos, a passagem custa R$ 6,00 e o deslocamento não leva nem 10 minutos.

Uma vez do outro lado, basta pegar um carro de aplicativo, ou até mesmo uma van ou ônibus, e seguir para o burburinho central de Arraial d’Ajuda, onde estão as suas principais atrações e o acesso à Praia do Mucugê. Apesar de ser a praia com mais estrutura de quiosques pé na areia, a minha recomendação é que você passe o dia em outro pedaço de areia, como por exemplo, Parracho e Pitinga – podendo fazer ainda uma caminhada até Taípe.

Apesar de poucas barracas, o visual na Praia da Pitinga é mais bonito e menos tumultuado do que em Mucugê.

Depois de passar o dia de frente para o mar, antes de voltar a Porto Seguro você pode bater perna pelos arredores da Rua do Mucugê, Rua Bróduei e da praça principal. Além de bares, restaurantes e comércios em geral, por essa região também está a Igreja Matriz Nossa Senhora d’Ajuda e, atrás dela, o fotogênico mirante com fitinhas do Senhor do Bonfim amarradas ao guarda corpo.

passeio bate-volta para Arraial d'Ajuda

Praia do Parracho

dicas do que fazer em Porto Seguro

Mirante de Arraial d’Ajuda

8- Arraial Eco Parque

Mesmo não sendo nenhum grande entusiasta de parque aquático decidi incluir o Arraial d’Ajuda Eco Parque, que está localizado em Arraial d’Ajuda, na minha lista do que fazer em Porto Seguro. E, para minha surpresa, foi um dos lugares mais bacanas que conheci durante a minha viagem.

Mais do que as atrações em si, o que mais me impressionou no Arraial d’Ajuda Eco Parque é a beleza do seu paisagismo completamente rodeado de vegetação nativa e de frente para o mar. Logo de cara, sua imensa piscina de ondas azulzinha contrasta com o verde das árvores, formando assim um cenário onde não tem ângulo feio.

Em frente à entrada da piscina estão os quiosques que garantem os comes e bebes. Há acarajé, tapioca, churrasquinho, pizza, hambúrguer, crepe, cachorro quente e yakisoba – os preços são ligeiramente mais altos do que você encontraria na rua, mas está longe de assustar. Além disso, também há um restaurante para quem preferir fazer um almoço mais reforçado.

Sobre as atrações, o parque tem quatro toboáguas radicais, tirolesa, arvorismo, rio de correnteza, quadras de areia e caiaque para utilizar no mar. No caso, a maior parte dos brinquedos também tem uma versão infantil para as crianças, além de outros espaços exclusivos para os pequenos (escalada e playground).

No mais, saiba que o parque não funciona todos os dias. E, na minha visita durante um sábado de fevereiro, as filas dos brinquedos estavam bem rápidas.

parque aquático em Porto Seguro

Arraial Eco Parque

9- Praia do Espelho

Localizada a 45 quilômetros de Porto Seguro está a estrela mais brilhante do litoral sul da Bahia: a Praia do Espelho. Portanto, este é um dos melhores passeios bate-volta para incluir no seu roteiro.

Como não poderia deixar de ser, a Praia do Espelho não atingiu o estrelato sem motivos. Seu visual composto por um marzão a perder de vista, água azulzinha com poucas ondas, falésias e vegetação que inspiram um ambiente selvagem, e um bem apessoado conjunto de barracas pé na areia, tornam este lugar um pedaço do paraíso.

Apesar de sua beleza e do seu agradável banho de mar serem incontestáveis, vale destacar: para encontrar a Praia do Espelho em todo o seu esplendor é preciso visitá-la na melhor época para ir a Porto Seguro. Ou seja, chegar lá em um dia de céu azul, e preferencialmente durante os períodos de maré baixa, fará diferença na sua primeira impressão.

Os passeios de Porto Seguro para a Praia do Espelho duram o dia inteiro e custam na faixa de R$ 100,00 por pessoa.

Além disso, adicione os gastos que você terá nas caríssimas barracas de praias de lá. Normalmente, os restaurantes de frente para o mar cobram uma taxa de consumição mínima, que pode variar entre R$ 100,00 e R$ 250,00 por pessoa. E, sobre os preços, eles acompanham a fama do destino. Uma cerveja long-neck, por exemplo, pode custar R$ 20,00.

passeio bate-volta para a Praia do Espelho

Visitar a Praia do Espelho é um dos melhores passeios bate-volta para fazer em Porto Seguro

10- Bate-volta para Trancoso

Localizado a 28 quilômetros de Porto Seguro, Trancoso é um dos destinos mais cobiçados do litoral sul da Bahia. Além de belas praias, o colorido Quadrado e as chiquetosas barracas de praia dão um toque ainda mais especial a esta antiga vila de pescadores.

E, caso você queira tirar a prova se Trancoso é realmente tudo isso que dizem por aí, um dos passeios para fazer em Porto Seguro é um bate-volta até lá. Neste caso, se você não estiver de carro, é melhor contratar um tour guiado para agilizar o deslocamento.

Normalmente, os passeios para Trancoso são bastante simples: levam os viajantes até lá, passa o dia em alguma praia central (Nativos ou Coqueiros) e no final da tarde dão uma volta pelo Quadrado. Na minha opinião, vale a pena usar o tempo livre na praia para ir andando pela faixa de areia e conhecer também outros trechos vizinhos, como por exemplo, Rio Verde e Itapororoca, que estão a 20 e 30 minutos de caminhada da área central.

No mais, tenha em mente que os preços nas barracas de praia de Trancoso podem assustar. Inclusive, se o seu orçamento estiver apertado recomendo que nem faça este passeio.

Para você ter uma ideia dos valores, é comum os quiosques cobrarem entre R$ 100,00 e R$ 300,00 de consumação mínima por pessoa. E não pense que você irá consumir muito com este montante, afinal, uma cerveja long neck pode custar R$ 20,00, uma caipirinha R$ 35,00 e uma moqueca para duas pessoas a partir de R$ 220,00.

Porto Seguro passeios

Praia dos Nativos

O que fazer em Porto Seguro à noite?

Sair para jantar, beber em barzinho com música ao vivo e cair na farra até o amanhecer: estes são alguns programas para fazer em Porto Seguro à noite.

Independente do dia da semana, o burburinho mais movimentado é a região da Passarela do Descobrimento, onde há muitos bares, restaurantes e barraquinhas de comidas. Por lá, você pode simplesmente fazer a sua refeição antes de dormir, ou se divertir em um ambiente mais animado.

Para os viajantes que preferem focar nas andanças gastronômicas, os restaurantes Colher de Pau, Esquina do Mundo e Vovó Bela são bons endereços. Por outro lado, para os forasteiros que priorizam copo cheio, petiscos e música ao vivo, o San Diego providencia animação durante qualquer dia da semana.

Saindo da Passarela do Descobrimento, mas ainda na região central, o Gallo Deck é um excelente lugar à beira-rio. Além de um cardápio recheado de petiscos e refeições completas, o ambiente descontraído com mesinhas na calçada – e às vezes música ao vivo – formam uma excelente combinação para o final de tarde e a noite.

Na orla das praias, a melhor festa é o Luau do Toa Toa, que acontece sempre às sextas-feiras, a partir das 21h30.

Por fim, outra possibilidade é dedicar ao menos uma noite para ir até Arraial d’Ajuda – especialmente aos finais de semana. Isso porque, diferente do que acontece em Porto Seguro, em Arraial a diversão tem apenas um endereço, a Rua do Mucugê. Apesar de ter diversos bares e restaurantes, é bastante fácil circular a pé e parar naquele que estiver mais convidativo. Ainda assim, anote estes dois nomes: Beco das Cores e Morocha Club – são neles onde a farra dura por mais tempo.

o que fazer em Porto Seguro à noite

A Passarela do Descobrimento é um dos lugares mais movimentados para aproveitar a noite em Porto Seguro

lugares para visitar em Porto Seguro

Acarajé da Jaque

O que fazer em Porto Seguro com chuva?

Verdade seja dita: não há muito o que fazer em Porto Seguro com chuva a não ser os mesmos passeios que você já faria em dias de tempo firme. Passar mais tempo na área histórica da cidade ou aumentar os passeios gastronômicos até podem te tirar do ócio em caso de aguaceiros, porém, não são suficientes para preencher toda a programação de férias.

Resorts com sistema all inclusive, com boa área de lazer e programação dentro das suas dependências, também facilita a diversão em dias de chuva. Porém, ficar ou não neste tipo de hospedagem é uma decisão a ser tomada antes de viagem. Ou seja, se você pretende viajar na estação com maior chance do clima em Porto Seguro atrapalhar os seus passeios, talvez valha a pena investir em uma acomodação deste porte.

Ainda assim, o ideal é marcar a viagem para a melhor época para ir a Porto Seguro. E, a boa notícia, é que há vários momentos do ano em que isso acontece. Diferentes de outros destinos do Nordeste, Porto Seguro tem chuvas bem distribuídas ao longo do ano.

Por um lado, isso é excelente, afinal, uma viagem pode acontecer sem grandes complicações em praticamente qualquer estação. Por outro, chuvas – ainda que fracas e passageiras – também podem dar as caras a qualquer momento.

Para garantir, prefira ir a Porto Seguro em dezembro, janeiro, fevereiro, julho, agosto e setembro, que historicamente são os meses mais secos do ano. Na outra ponta, os meses com maior índice pluviométrico acumulado são março, abril, outubro e novembro.

o que fazer em Porto Seguro com chuva

Os mesmos passeios que você faria em dias de sol, são as atividades para fazer em Porto Seguro com chuva

O que fazer em Porto Seguro em 7 dias

Deixarei a seguir uma sugestão de passeios para fazer em Porto Seguro em 7 dias. Particularmente, é o itinerário que eu faria se estivesse viajando por este período e ficasse hospedado na cidade durante toda a viagem. Porém, sinta-se à vontade para ajustar a programação às suas preferências e aos seus horários de chegada e partida no destino.

» Primeiro dia: Chegada em Porto Seguro, check-in na pousada e tarde no centro histórico.

» Segundo dia: Reserva da Jaqueira de manhã + Praia do Mutá à tarde.

» Terceiro dia: Parque Marinho de Recife de Fora (no horário da maré baixa) + Praia de Taperapuã no restante do dia.

» Quarto dia: Bate-volta à Praia do Espelho.

» Quinto dia: Praias de Arraial d’Ajuda (Mucugê, Parrachos e Pitinga).

» Sexto dia: Arraial Eco Parque (dia inteiro) + centrinho de Arraial d’Ajuda (final de tarde).

» Sétimo dia: Retorno.

3 lugares para se hospedar em Porto Seguro

($) Para os viajantes que querem economizar, o Hotel Bem Brasil é um dos mais em conta da cidade.

($$) Se preferir ficar perto da praia, o Vila Miola Hotel tem um dos melhores custos-benefícios.

($$$) Querendo investir em mais estrelas, o Best Western Shalimar é uma das melhores pedidas.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Porto Seguro.

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Luiz disse:

Murilo, belê?
Cara, não sei se você já foi até Corumbau, à frente de Caraíva. Muito top o lugar, parece outro mundo, com um mar lindo, barracas tranquilas, sem tumulto, sem sons exagerados. Se já foi, fale aí para os internautas. Valeu irmão.

Murilo Pagani disse:

Oi, Luiz, tudo bem e você?

Estive lá no início do ano. De fato, foi o lugar que mais gostei durante os meus dias em Caraíva.

Realmente, a paisagem naquele cantinho é surreal.

Ah, inclusive, indiquei Corumbau no post que escrevi sobre as melhores praias de Porto Seguro. hehehe

https://www.voltologo.net/praias-de-porto-seguro/

Abraço

Miguel disse:

Bom dia meu amigo
Meu nome é Miguel e trabalho com canoa havaiana aqui em porto seguro. Arraial D’ajuda e coroa vermelha.
Já deixo aqui um convite para conhecer essa experiência única que eu tenho certeza que vai entrar entre os 10 melhores passeios se não o melhor. Aloha

Murilo Pagani disse:

Oi, Miguel, tudo bem?

Que bacana!

Dica anotada para a próxima vez que for a esta região.

Se desejar, deixe seu contato aqui nos comentários para outros leitores que tiverem interesse e agendar o passeio.

Abraço