Peaia Olho de Boi, em Búzios: Dicas práticas para quem pretende conhecer a praia de nudismo mais famosa da Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Logo que comecei minhas pesquisas sobre as principais praias de Búzios, a Praia Olho de Boi me chamou a atenção por dois motivos. O primeiro deles, é que merecidamente ela sempre está nas listas dos pedaços de areia mais lindos da cidade. Basta ver uma foto da sua paisagem que automaticamente desejamos conhecer tal lugar. Já a segunda razão, que talvez faça com que alguns viajantes deixem de conhecê-la, é que esta é uma praia de nudismo.

Apesar de nunca ter considerado visitar uma praia com esta particularidade – pelo simples fato de nenhuma vez ter pensado sobre o assunto – achei que pudesse ser uma boa experiência. Além de sair da minha zona de conforto, o passeio também renderia algumas imagens de cenários pra lá de fotogênicos.

No entanto, como não poderia deixar de ser para qualquer viajante que nunca foi a uma praia de nudismo, o dilema “ir ou não ir, eis a questão” só terminou no último dia da minha viagem a Búzios, quando eu já nem mais pensava em visita-la por conta das chuvas frequentes.

Leia também: Onde ficar em Búzios | Melhores praias, bairros e pousadas

# Como chegar na praia de nudismo Olho de Boi, em Búzios

Além de vencer uma possível timidez, o viajante que quiser conhecer a praia de nudismo Olho de Boi terá que enfrentar também uma trilha pouco simpática. Embora a caminhada não seja das mais longas – cerca de um quilômetro, percorrido em aproximadamente vinte minutos – a rota exige atenção.

A trilha para a Praia Olho de Boi começa no canto direito da Praia Brava, e, ao menos quando fui, não havia nenhum tipo de marcação indicando o seu início. Apenas vi um caminho que aparentava ser a trilha e comecei a subir.

Aliás, a trilha se resume a uma subida íngreme e, consequentemente, uma descida. Praticamente não há trecho plano durante o percurso. Além disso, é preciso atenção na hora de caminhar pois algumas pedras podem ser escorregadias. Inclusive, recomendo que você faça a trilha com um tênis confortável.

Outro detalhe é que a parte final do caminho não estava muito bem demarcada por conta da vegetação e árvores ao arredor. Ir com uma blusa de manga longa pode evitar arranhões quando passar por estes trechos.

Leia também: 15 praias para conhecer em Búzios

# Como foi minha visita a Praia Olho de Boi

Depois de quase meia hora caminhando sob o sol forte, avistar a pequena faixa de areia clarinha e o mar azulado da Praia Olho de Boi foi, de fato, uma recompensa gratificante. Além disso, os rochedos no seu entorno deixa o cenário ainda mais belo e selvagem.

Porém é claro, para se refrescar no mar agitado (vá com calma porque as ondas são fortes e há rochas próximas a areia) era preciso tirar todas as peças de roupa. Afinal, o nudismo na Praia Olho de Boi é obrigatório.

Acredito que por não estar tão cheia, e pelo fato dos outros turistas já estarem despidos – inclusive o vendedor do único carrinho de bebidas que havia por lá – minha timidez na hora de ficar pelado foi praticamente zero. Ok, talvez tenha sido um pouco mais nos primeiros instantes, mas não levou mais do que um ou dois minutos para eu me acostumar com a situação.

Devidamente acomodado numa das poucas áreas de sombra que há na estreita faixa de areia, comecei a me dar conta que àquela era realmente a praia mais cativante de Búzios. E, além da beleza natural, outro fator importante para isso é que ali reinava absoluta tranquilidade.

Diferente das demais praias que tinha conhecido na cidade, onde para conseguir um espaço na areia era preciso chegar cedo e ouvir apenas o som do mar não era uma escolha, na Praia Olho de Boi só estava eu, um casal jovem (faixa dos 30 anos), um casal que deveriam ter aproximadamente 50 anos, uma argentina (faixa 40 anos), uma paranaense (faixa 30 anos), um gaúcho (faixa 25 anos) e um carioca (faixa 40 anos). 

Mais do que a minha rápida adaptação ao ambiente nudista, o que mais me surpreendeu foi fato da maioria ter ido até lá sozinho, e, talvez até por isso, estarem dispostos a conversarem entre si – o que não costuma ser tão habitual numa praia convencional.

Depois de uma manhã agradável dedicada à leitura, bate-papo e algumas cervejas, me vesti e comecei a trilha de volta à Praia Brava. Afinal, já estava na hora do almoço e fome começava a dar os primeiros sinais.

Praia Olho de Boi , em Búzios - Dicas
Vista durante a trilha para chegar a Praia Olho de Boi
praia de nudismo Olho de Boi, em Búzios
Praia Olho de Boi

Leia também: 7 dicas do que fazer em Búzios

# Dicas práticas e importantes!

» Evite conhecer a Praia Olho de Boi se o tempo estiver nublado e com chance de chuva. O caminho ficará mais escorregadio e perigoso.

» A única estrutura que há na praia é um carrinho vendendo bebidas, e com dois guardas sol disponíveis para alugar. Para tal comodidade, no entanto, é preciso estar disposto a pagar valores acima da média, já que para levar tudo isso até lá o esforço é alto.

Portanto, leve água e alguns petiscos se pretende passar o dia.

» Use a abuse do protetor solar. Além de parte da trilha ser aberta, a única sombra na praia é próximo ao rochedo e seu entorno. Ou com muita sorte, talvez consiga ocupar um guarda-sol disponibilizado pelo vendedor de bebidas.

» Se praia de nudismo definitivamente não é pra você, uma vez que esteja na Praia Brava, faça ao menos metade da trilha até a Praia Olho de Boi. Tenho certeza de que irá gostar da vista de lá do alto.

» Os dias mais vazios para curtir o sossego da Praia Olho de Boi são durante a semana. Eu, por exemplo, fui numa terça-feira e havia apenas nove pessoas. Já nos finais de semana o movimento é maior e talvez ela não esteja tão tranquila.

NOTA DE ATUALIZAÇÃO [19/10/2018]

 » Embora minha experiência tenha sido extremamente agradável, e de ter compartilhado a praia apenas com pessoas que realmente só estavam ali para aproveitar aquela natureza exuberante, nem todos os viajantes relatam o mesmo.

Em algumas avaliações do TripAdvisor há comentários de turistas que detestaram conhecer a praia por conta de assediadores que estavam no local. Algumas mulheres, inclusive, não recomendam de forma alguma ir sozinha até lá. Para ler todas as avaliações do TripAdvisor clique aqui.

3 lugares para se hospedar em Búzios

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Che Lagarto é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Pousada Pôr do Sol tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes da Pousada Santa Fé.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Búzios

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here