Trindade: Dicas para organizar uma viagem. Descubra quando ir, como chegar de ônibus, onde se hospedar, o que fazer, quais praias visitar e onde comer.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Trindade é um dos poucos lugares que eu já perdi a conta de quantas vezes visitei. Localizada a vinte quilômetros do centro histórico de Paraty e a uma hora do centro de Ubatuba, sua localização estratégica acaba sendo uma desculpa para que eu sempre volte mais uma vez. Afinal, não escondo de ninguém que Ubatuba é meu canto favorito no litoral de São Paulo e que faço questão de ir sempre que possível.

No entanto, apesar das minhas constantes andanças por estes lados, não se engane: uma viagem a Trindade não é daquelas cheias de atrações imperdíveis, novidades, ou mil e uma coisas pra fazer. Na verdade, o que mais me atrai na vila é exatamente o oposto, sua tranquilidade – na baixa temporada – e a obrigação de não fazer nada, apenas observar os dias passarem vagarosamente de frente para o mar.

Pois bem. Se você já entendeu o que te espera neste destino e ficou ainda mais empolgado para conhecê-lo, neste post eu te darei algumas dicas para você se organizar. Vou te contar qual a melhor época para ir, como chegar de ônibus até lá, onde se hospedar e quais praias e lugares conhecer.

Leia também: Onde ficar em Trindade | Dicas e lugares para se hospedar

1- Quando ir

Assim como os outros destinos da Costa Verde, Trindade tem sua alta temporada durante o verão – apesar das chuvas frequentes – e picos durante feriados prolongados. Para mim, estas duas épocas são as piores para conhecer essa simpática vilazinha.

É claro que se você não tem outras datas para viajar poderá aproveitá-la assim mesmo. Porém, coloque na mala uma boa dose de paciência e vá ciente de que você não encontrará praias vazias.

Já o outono, mais especificamente depois da Páscoa, é para mim a melhor época para ir a Trindade. Além dos dias ensolarados, a chance de chuva é pequena e a tranquilidade volta a reinar nas suas praias.

Outra época intermediária interessante é durante a primavera, nos meses de setembro, outubro e novembro.

Praia de Fora vazia na segunda quinzena de abril

2- Como chegar

Se você pretende viajar de ônibus, seu primeiro destino deve ser Paraty. É da cidade histórica que saem os ônibus municipais até Trindade. Como são ônibus de linha comum que vão parando de ponto em ponto, o deslocamento de 20 quilômetros leva entre 40 minutos e uma hora para ser percorrido. Lembrando ainda que os ônibus partem da rodoviária de Paraty de hora em hora.

Já para chegar a Paraty, saindo de São Paulo a empresa Reunidas Paulista faz essa rota diariamente. A viagem leva cerca de seis horas e a passagem custa em torno de R$ 80,00.

Se for sair do Rio de Janeiro a empresa responsável é a Costa Verde. O deslocamento dura aproximadamente cinco horas e a passagem custa cerca de R$ 80,00.

3- Onde se hospedar

Trindade possui uma boa oferta de pousadinhas, campings e casas pra alugar. Porém, vale lembrar que praticamente todas as opções são bastante simples e longe de qualquer sofisticação.

Quem curte se hospedar em hostel ou quer economizar ficando em um quarto compartilhado, o Samblumba Hostel tem uma boa reputação e está a menos de cinco minutos da praia. Já o Ti Hostel abriu a pouco tempo e me pareceu ter uma estrutura bacana.

Já os viajantes que não abrem mão de privacidade, a Pousada da Rosa, Pousada Solstício de Verão e a Pousada em Busca do Sol são três opções bem avaliadas e que não custam muito.

viagem para Trindade, no Rio de Janeiro
Rua principal de Trindade

>>> Confira outras ofertas de hospedagem em Trindade

4- O que fazer em Trindade

Trindade é um destino pra relaxar e curtir a praia, sem listas de obrigações ou pontos turísticos para conhecer. Suas praias podem ser percorridas em um único dia, caso você queira. Mas para mim, nada melhor do que passar no mínimo uma manhã ou tarde em cada uma delas.

A Praia do Cepilho é a primeira da vila. Possui estrutura limitada e ondas fortes. Seguindo a direita, na mesma faixa de areia, você chegará na Praia de Fora, que costuma ser uma área pouco ocupada (na baixa temporada, claro). Já no canto direito está a Praia dos Ranchos, a mais movimentada devido aos seus quiosques e estrutura mais adequada.

Lembrando que estas três praias estão na mesma faixa de areia. Do canto esquerdo, que é a Praia do Cepilho, ao canto direito, na Praia dos Ranchos, são apenas dois quilômetros de caminhada.

Outra praia para visitar em Trindade é a Praia do Meio, que fica pertinho da Praia dos Ranchos mas não tem a estrutura da sua vizinha. E, uma vez na Praia do Meio, uma trilha bem fácil e curta te leva até a Praia do Cachadaço, de onde você poderá seguir até a piscina natural e a famosa Pedra que Engole.

E claro, você também pode aproveitar para conhecer o centro-histórico de Paraty, que está a vinte quilômetros, ou a belíssima Praia do Sono. Para chegar nessa última é preciso percorrer uma trilha de três quilômetros que se inicia na Vila Oratório, a uns dez quilômetros de Trindade.

praias de Trindade - dicas
Praia do Meio

5- Onde comer

A rua principal de Trindade possui boas opções de restaurantes. No entanto, assim como as acomodações, não espere nada muito requintado. A maioria dos estabelecimentos oferecem pratos executivos do dia a dia (R$ 20,00) e porções. Alguns ainda incluem no cardápio menus mais elaborados que servem duas pessoas, e custam na faixa dos R$ 80,00.

Um lugar onde eu sempre almoço é o Muvuca, que fica numa esquina bem central na rua principal de Trindade. A estrutura e o atendimento são bons e a comida bem gostosa. Além dos pratos executivos, servem também diversos tipos de porções, que custam entre R$ 25,00 e R$ 70,00, além de hambúrgueres a partir de R$ 22,00.

3 lugares para se hospedar em Trindade

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Samblumba Hostel é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Pousada Cachadaço e a Pousada da Rosa têm ótimo custo-benefício.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Trindade

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here