Caribe colombiano: Dicas práticas para você organizar sua viagem. Descubra quando ir, quantos dias ficar. quais lugares conhecer, como se locomover e como montar o seu roteiro.
Salve essa imagem no seu Pinterest!!!

Desde 2014 o caribe colombiano está na lista de destinos mais cobiçados pelos brasileiros.

Depois de muitos anos com o turismo enfraquecido por conta dos problemas relacionados à segurança, a Colômbia soube se posicionar muito bem para o mercado mundial e, principalmente, para público brasileiro. Tanto é que já somos a segunda nacionalidade que mais manda viajantes ao país.

E claro que tamanho sucesso tem suas razões.

O primeiro, como não poderia deixar de ser, é que o mar azulado do caribe realmente fascina e por si só justifica qualquer viagem.

Além disso, o custo de uma viagem pra lá não é dos mais exorbitantes. Não pense, porém, que seja uma barateza total. Costuma sim ser mais em conta do que viajar para outras ilhas caribenhas. No entanto, nem por isso uma viagem ao caribe colombiano é das mais baratas pelo nosso continente.

Digamos que passar as férias por estes lados tenha um excelente custo-benefício. Nem lá e nem cá, quando pensamos sobre os gastos.

Junte a isso o povo simpático, a comida deliciosa e a possibilidade de incluir no roteiro cidades históricas ou vilarejos na serra, que temos todos os ingredientes necessários para uma viagem inesquecível.

Pois bem. Se você já se convenceu de que conhecer as praias do Caribe da Colômbia é uma boa ideia, leia este texto atentamente até o final, e descubra tudo o que precisa saber para organizar sua viagem.

Leia também: Colômbia | Dicas de turismo, viagem e mochilão

# Dicas de viagem ao Caribe Colombiano

1- Documentos necessários
2- Quando ir ao Caribe Colombiano?
3- Principais lugares para conhecer no Caribe Colombiano
4- Quantos dias ficar?
5- Roteiro pelo Caribe Colombiano
6- Como se locomover?
7- Câmbio
» Fazer cotação de seguro viagem para a Colômbia

1- Documentos necessários

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia caso a viagem seja a turismo por até 90 dias.

Aliás, devido à existência do Acordo Mercosul, brasileiros podem entrar no país utilizando apenas o documento de identidade (RG). É necessário, no entanto, que o RG esteja em bom estado de conservação e que o titular seja claramente reconhecido na foto do documento.

Se acaso preferir, você pode entrar na Colômbia utilizando um passaporte válido.

Além disso, os brasileiros devem apresentar o Certificado de Vacinação Contra a Febre Amarela, sendo que a vacina deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da data de embarque.

Seguro viagem para a Colômbia

Apesar de não ser obrigatório, recomendo que você contrate um seguro viagem para sua viagem ao caribe colombiano. Aliás, esse é um cuidado que, na minha opinião, devemos ter em qualquer ocasião em que vamos sair do nosso país.

Uma boa plataforma para contratar seu seguro é a Seguros Promo. Lá você encontrará planos de diversas seguradoras que custam a partir de R$ 15,00 por dia de viagem.

Além disso, saiba que utilizando o cupom VOLTOLOGO5 você ganha 5% de desconto. E, fazendo o pagamento através de boleto bancário, pagará mais 5% a menos. Portanto, sua economia pode chegar até 10%.

Se acaso quiser fazer uma cotação online, clique aqui.

2- Quando ir ao Caribe Colombiano?

Evite viajar ao caribe colombiano entre a segunda quinzena de setembro e as primeiras semanas de novembro. Essa é a época mais chuvosa por lá e sua viagem pode ser prejudicada.

Ainda assim, adianto que sempre há casos de viajantes que viajaram neste período e pegaram tempo bom. Eu, no entanto, não arriscaria. Se mesmo assim você optar em ir, vá sabendo das possíveis consequências. Só não dá pra reclamar depois… hehehe

De dezembro a abril é a alta temporada e quando chove menos.

Por fim, de maio a agosto as chuvas podem aparecer ocasionalmente, mas nada muito preocupante.

viagem pelo caribe colombiano
Ilha de Providencia | Crédito: Camila Lisboa, do blog O Melhor Mês do Ano

3- Principais lugares para conhecer no Caribe Colombiano

Engana-se quem pensa que o caribe colombiano possui poucos destinos, praias ou atrações. Na verdade, são tantos lugares para conhecer que é difícil visitar todos eles numa única viagem.

Cartagena

Começando pelo continente, quem reina em absoluto é a histórica Cartagena.

Com sua muralha e construções que nos levam de volta ao passado, o ápice por aqui é a Ciudad Amurallada – como é chamado seu centro-histórico.  Sobre as praias, é melhor deixar para conhecer algumas ilhas especificas do que as da cidade.

Um passeio que costumava entrar o roteiro de todos os viajantes, mas que já se tornou o pesadelo de muitos deles, é o tour de um dia até Playa Blanca. Apesar da natureza ser realmente privilegiada, formando aquele cenário paradisíaco que tanto desejamos, o turismo descontrolado transformou a ilha num cenário caótico.

Além disso, preços inflacionados, vendedores desagradáveis e turistas aglomerados compartilham o mesmo espaço sem harmonia, tornando a experiência em Playa Blanca ainda menos agradável.

Com tempo disponível, talvez seja melhor considerar passar alguns dias no Arquipélago San Bernardo, que está a duas horas de barco de Cartagena. Ao menos por enquanto, suas ilhas e praias ainda não foram invadidas pelo turismo em massa, e rendem dias de sossego de frente para o mar.

caribe colombiano - viagem
Cartagena

Santa Marta

A 240 quilômetros de Cartagena, Santa Marta é o ponto de partida para explorar o conhecidíssimo Parque Tayrona. Apesar de ficar lotado aos finais de semana, o parque ainda é um refúgio para se desconectar da correria do dia a dia, e relaxar nas suas praias selvagens.

Partindo de Santa Marta você também pode incluir na sua viagem pelo caribe colombiano a bucólica vilazinha de Minca. Não tem praia, mas não faltam cachoeiras e outras formas de interagir com a natureza.

San Andrés

Por fim, o destino do caribenho que mais tem atraído os brasileiros é sem dúvida San Andrés.

Localizada a 780 quilômetros da costa da Colômbia, a ilha está na realidade muito mais próxima da Nicarágua (180 quilômetros) e já foi motivo de disputa entre os dois países.

Apesar das suas paisagens terem todas as características do Caribe, o turismo já se instalou de vez por lá e durante a alta temporada – de dezembro a abril – as praia principais perdem parte do seu encanto por conta da quantidade de viajantes. Porém, não se preocupe, pois a viagem continua valendo a pena.

E, para deixar seus dias pelo caribe colombiano ainda melhor, você pode incluir no seu roteiro dois ou três dias pelas praias da Ilha Providencia, a vizinha mais pacata de San Andrés. 

caribe na Colômbia - Providencia
Cayo Cangrejo, em Providencia | Crédito: Camila Lisboa, do blog O Melhor Mês do Ano

Leia também: Cayo Cangrejo | Um paraíso em Providencia

4- Quantos dias ficar?

Para conhecer todos os destinos que mencionei anteriormente, recomendo que você passe de duas a três semanas nesta região da Colômbia.

Eu sei, nem todos os viajantes têm tanto tempo ou orçamento pra férias desse porte. E foi por isso que eu disse que dificilmente se conhece todas as atrações do caribe colombiano numa única viagem.

Mas fique tranquilo pois dá pra fazer belas trips com menos tempo disponível.

Com dez dias, por exemplo, você pode fazer um roteiro clássico por San Andrés + Cartagena; Cartagena + Santa Marta ou Cartagena + Arquipélago de San Bernardo.

Não recomendo fazer três cidades com esse tempo, afinal, você perderá praticamente três dias com deslocamento (ida, volta e um dia entre as cidades).

Com oito ou sete dias você até consegue juntar dois lugares, mas saiba que você terá que abrir mão de certas atividades e pode ficar corrido.

Além disso, precisará de uma logística bem pensada e favorável com relação aos horários de voos, para que consiga assim aproveitar o máximo possível.

Com cinco dias disponíveis dedique sua viagem a uma única cidade e a explore ao máximo.

5- Roteiro pelo Caribe Colombiano

Para ficar claro como organizar os seus dias pelo caribe colombiano, deixarei uma sugestão de como distribuir o seu tempo em cada cidade.

O roteiro passará por todos os destinos indicados, porém, sinta-se a vontade para adequá-lo a sua realidade.

E claro: a quantidade de dias em cada lugar depende dos seus interesses na cidade e do ritmo de viagem que você prefere.

Parte do seu primeiro dia de viagem pelo caribe colombiano será dedicado ao deslocamento até Cartagena. Portanto, não faça muitos planos porque você provavelmente estará cansado, ou nem mesmo terá tempo suficiente para aproveitar a Cidade Amuralhada.

Recomendo passar três dias completos em Cartagena.

Depois de se acostumar com o calorão desta região da Colômbia, pegue um barco e vá para o Arquipélago de San Bernardo. Recomendo que passe ao menos duas noites por lá e visite lugares como a Isla Tintipan, Isla Mucura e Islote Santa Cruz.

Após alguns dias de sombra e água fresca, volte para Cartagena, passe mais uma noite lá, e no dia seguinte pela manhã viaje a Santa Marta.

Para conhecer o Parque Tayrona e Minca, recomendo reservar mais cinco dias para esta parte do roteiro pelo caribe colombiano.

Em seguida, volte para Cartagena, que é onde você pegará o voo para San Andrés.

Apesar de ser mais cansativo e exigir mais logística, essa é a opção mais econômica para se locomover nesta etapa da viagem. Como não há voo direto entre Santa Marta e San Andrés, obrigatoriamente você faria uma escala em Cartagena, e isso aumenta bastante o valor da passagem aérea.

Para a última parte das férias, dedique quatro dias para San Andrés e dois dias para Providencia. Lembrando que para conhecer San Andrés é necessário pagar uma taxa de turismo que custa aproximadamente R$ 150,00.

praias do caribe colombiano
Parque Tayrona

6- Como se locomover?

Uma viagem pelo caribe colombiano pode envolver vários tipos de deslocamento.

Salvo raras exceções, a primeira parte até à Colômbia será feita de avião. Neste caso, chegar por Cartagena costuma ser uma escolha adequada.

Desde a cidade-histórica é possível ir de avião para San Andrés (1h30min, R$ 300,00, cada trecho), de barco para o Arquipélago de San Bernardo (2h, R$ 150,00, cada trecho), e de ônibus ou transporte privado para Santa Marta (4h, R$ 60,00, cada trecho).

Se quiser chegar por Santa Marta, saiba que existe um aeroporto na cidade que recebe voos domésticos da Colômbia.

Desde Santa Marta você pode ir para Minca de ônibus ou táxi coletivo (1h, R$ 20,00), para o Parque Tayrona de ônibus (50 minutos até a entrada do parque), e para Cartagena de ônibus ou transporte privado (4h, R$ 60,00).

Para ir de San Andrés para a Ilha de Providencia as possibilidades são de catamarã ou avião de pequeno porte.

De barco, a empresa responsável pelo deslocamento é a Conocemos Navegando. O percurso leva aproximadamente 3 horas e custa em torno de R$ 600,00 (ida e volta).

A viagem de avião dura no máximo 30 minutos e custa aproximadamente R$ 800,00 (ida e volta). As companhias aéreas que fazem essa rota são a Santena, TAC e Searca.

7- Câmbio

A primeira dica de câmbio para uma viagem pelo caribe da Colômbia, é: não compre pesos colombianos no Brasil. Fazer isso sem dúvida alguma será o pior negócio.

Entre levar real ou dólar, atualmente (outubro/2020), utilizando as cotações oficiais para fazer as contas, não haverá nenhuma diferença significativa.

Resumidamente, comprar US$ 100,00 no Brasil custaria R$ 580,00; e quando trocasse o dinheiro americano na Colômbia receberia 382.500,00 pesos colombianos.

Caso trocasse os mesmos R$ 580,00 quando chegasse à Colômbia, receberia 390.000,00 pesos colombianos.

Porém a grande questão é que em destinos muitos turísticos, como os que fazem parte deste roteiro, o real tende a ser comercializado por cotações inferiores, enquanto o dólar mantém o patamar oficial.

Ou seja, mesmo aparentemente o real apresentando uma leve vantagem, eu optaria em levar dólares por este motivo. Na prática, é o dólar que poderá te oferecer um câmbio mais favorável.

Além disso, vale lembrar que o uso de cartão de crédito na Colômbia não é tão comum quanto no Brasil. É sempre bom ter dinheiro em espécie na carteira para as despesas do dia a dia.

Evite este erro na sua viagem pela Colômbia

Não contratar um bom seguro para sua viagem à Colômbia é um erro do qual você não gostará de se arrepender. Ainda mais quando descobrir que ele pode custar muito menos do que você imagina.

Portanto, clique aqui e faça uma cotação online que compara os planos com melhor custo-benefício do mercado.

E, se sua viagem já estiver com as datas definidas, contrate um plano agora mesmo para não esquecer (e se arrepender) depois.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here