COMPARTILHAR
Baños, no Equador
La Casa del Árbol

Cercada por três vulcões, a pequena cidade de Baños é parada obrigatória para quem está em busca de aventura e muita natureza no Equador. Falando em vulcões, o Tungurahua (em quéchua “Garganta de Fogo”), já causou e, até hoje causa, muita preocupação entre moradores e turistas. Em 1999 colocou todos os habitantes para fora da cidade por cerca de três meses. Em 2006, 2008 e 2010, voltou a entrar em forte atividade deslocando alguns moradores.  O vulcão é monitorado através de um observatório especial e em caso de alguma emergência, toda a população já sabe como deve agir. Apesar disso, a cidade vive cheia de viajantes do mundo inteiro.

Como Baños é bem pequena, tudo na cidade fica perto e pode ser feito a pé. No Centro, perto da Basílica está localizado a maioria dos hotéis, restaurante, mercados e agências de turismo que oferecem diversos tipos de passeios.

# Como chegar

A rodoviária de Baños fica a umas três quadras do centro. A partir de Quito, Ambato e Riobamba há muitos ônibus durante todo o dia e não é necessário comprar passagem com antecedência. De Cuenca não há ônibus direto para Baños, é necessário ir até Riobamba ou Ambato e de lá seguir viagem . Um detalhe, em Ambato o ônibus irá parar em uma avenida e não em um terminal, para pegar o ônibus para Baños é só atravessar a rua.

>>> Quito – Banõs: 4 horas, US$ 3,50
>>> Ambato – Baños: 1 hora, US$ 1,00
>>> Riobamba – Baños: 2 horas, US$ 2,00
>>> Cuenca – Ambato: 7 horas, US$ 8,00
>>> Cuenca – Riobamba: 5 horas, US$ 6,00

Leia também: Equador, tudo o que você precisa saber

# Onde se hospedar

A região central de Baños, aos arredores da praça principal, é o melhor local para você se hospedar na cidade. Há muitos hotéis, hostels, pousadas. Normalmente oferecem bons serviços e ótimos preços.

Fiquei no Planta y Blanco e recomendo. O hostel é bem grande e há diversos tipos de dormitórios. Fiquei em um quarto compartilhado para seis pessoas e paguei US$ 6,00, sem café da manhã. Caso queira, o café é cobrado à parte, custa US$ 3,00 e inclui: ovos mexidos, um pedaço de bolo, pão, geleia, manteiga, café (puro, com leite ou chá) e suco.

Já para quem quer ficar em quartos privativos, o Hostal & SPA Casa Real parece ser uma ótima escolha. Quartos para duas pessoas custam a partir de R$ 125,00.

Baños onde ficar
Praça principal de Baños

>>> Confira outras ofertas de hospedagem em Baños

# O que fazer em Baños, no Equador

>>> La Casa del Árbol

É nessa casa na árvore que fica o famoso “Balanço do fim do mundo”.  Apesar das fotos assustarem um pouco, chegando lá você se da conta que na verdade o balanço é bem seguro e não fica em um precipício como as fotos sugerem.  A casa foi construída por Carlos Sanchez – um senhor de 74 anos, que após a erupção do vulcão Tungurahua em 1999 decidiu monitorá-lo de perto.

Como chegar

Trilha: Há algumas trilhas saindo de Baños que levam até o local do balanço. Duração: de 2 a 3 horas. Lembre-se de que você está a mais de 1800 metros de altitude e isso irá influenciar no seu ritmo.

Ônibus: Há um único ônibus que vai até a Casa da Árvore diariamente. A saída é pontualmente às 14h e o regresso às 16h. Valor: US$ 1,00.

Táxi: Irá cobrar de 10 a 15 dólares ida e volta.

Baños o que fazer

>>> Rota das Cascadas

Para fazer esse caminho você pode alugar uma bicicleta ou então contratar um tour. Fiz de bicicleta, pois além de você aproveitar mais e ficar o tempo que quiser em cada cachoeira, é mais barato.

Há muitos lugares para alugar bicicleta em Baños, os preços variam entre US$ 5,00 e US$ 10,00 , dependendo do modelo. Junto com a bicicleta você receberá um mapa do percurso, capacete e um kit básico para consertá-la caso aconteça alguma coisa. Fiz o caminho mais curto de apenas 20 km até a Cascada Machay, passando também pela Manto de la Novia e Pailon del Diablo. Apenas na Machay é possível nadar.

Em cada cachoeira que você for visitar é necessário pagar um ou dois dólares. Para ir, o caminho é praticamente todo em descida, caso não queira voltar pedalando é possível pegar uma caminhonete por US$ 2,00.

Baños viagem e turismo
Cachoeira Pailon del Diablo

Leia também: Roteiro de 15 dias no Equador 

>>> Esportes de Aventura

As opções são muitas: rafting, tirolesa, rapel e saltos de ponte estão entre os mais procurados. Para isso será necessário comprar o passeio com alguma agência, os preços são em torno US$ 30,00.  Há muitas por toda a cidade, vale a pena dar uma pesquisada e negociar o preço.

baños equador

>>> Amazônia

Baños serve como base para os que querem se aventurar pela Amazônia no Equador. Os passeios mais comuns são de três ou quatro dias, mas também há outras opções. Mais uma vez será necessário fechar o tour com alguma agência. Normalmente, os pacotes já incluem alimentação, transporte e hospedagem.

>>> Águas termais

As piscinas com águas aquecidas também fazem bastante sucesso entre moradores e turistas de Baños. Há várias em toda a cidade , porém a única que abre a noite é  a Baño de la Virgen – 5h às 17h e das 18h às 22h. As entradas custam aproximadamente US$ 4,00.

> NOTA: Os preços apresentados nesse post são de Novembro/2014


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links, banners e caixas de pesquisa que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

Compare e contrate seu seguro viagem através da Real Seguros


E aí, ficou com alguma dúvida ou tem outras dicas de Baños, no Equador? Deixe um comentário abaixo!

Esse post te ajudou ou foi útil de alguma maneira? Curta e compartilha clicando nos botões abaixo. Não custa nada e é uma forma de sabermos se você está gostando do nosso conteúdo. Além de deixar um blogueiro muito feliz! xD

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here