COMPARTILHAR

Atenção Viajante!!!

Economize no seu seguro viagem fazendo uma cotação online, que compara as melhores seguradoras do mercado.

»»» Clique aqui e descubra agora quanto você vai precisar investir na sua segurança durante a sua viagem.

PS: Pode apostar que é menos do que você imagina! :)

aiesec intercâmbio
© AIESEC
Já pensou em fazer um intercâmbio profissional na Índia? Ou então, que tal ensinar inglês em um pequeno vilarejo no Vietnã? Difícil? Pois saiba que encontrar essas e muitas outras oportunidades é mais fácil do que você imagina.

Quando contei a amigos e familiares que iria fazer um trabalho voluntário na Colômbia, a pergunta que mais escutei foi: “Como você conseguiu essa vaga?”. E ao mesmo tempo em que respondia que o intercâmbio seria realizado através da AIESEC, muitas outras perguntas eram disparadas. Horas com curiosidade e outras vezes com desconfiança por nunca terem ouvido falar sobre essa organização. No post de hoje, vou te contar como funciona essa organização que já existe há mais de cinquenta anos.

Leia também: Viajar e trabalhar pelo mundo, a minha experiência pela América Latina

# Afinal, o que é a AIESEC?

A AIESEC é a maior organização sem fins lucrativos gerida por jovens, que visa desenvolver liderança responsável e empreendedora por meio de intercâmbios realizados em parceria com organizações, instituições e negócios ao redor do mundo. Atualmente, está presente em 113 países e territórios e realiza cerca de 20.000 mil intercâmbios por ano.

Ela surgiu após a Segunda Guerra Mundial, fundada por estudantes de sete países europeus com o propósito de promover o intercâmbio de técnicas administrativas e de recursos humanos. No entanto, o intercâmbio era apenas uma ferramenta para se alcançar o objetivo maior de contribuir para a integração entre diferentes culturas. Promovendo assim, o entendimento e a cooperação entre seus países membros, fortalecendo desta forma as relações de amizade entre as várias nações.

Leia também: Viajar e suas consequências, algumas verdades que você deve saber

# Quais as características de um intercâmbio pela AIESEC?

A missão da AIESEC é possibilitar que os jovens descubram e desenvolvam seus potenciais de liderança para causar um impacto positivo na sociedade, através das oportunidades de liderança, intercâmbios profissional e voluntário e participação em um ambiente global de aprendizagem.

Além disso, ela ajuda os jovens a desenvolver algumas habilidades como liderança, autoconhecimento, responsabilidade social e a lidar com a diversidade cultural.

aiesec intercâmbio e trabalho voluntário
Fonte: Shutterstock

Leia também: 10 coisas que nenhum mochileiro gosta de ouvir

# Quais tipos de intercâmbio são oferecidos?

Há dois tipos de programas- o intercâmbio voluntariado, chamado de Cidadão Global, e o intercâmbio profissional conhecido como Talentos Globais.

O Cidadão Global realiza ações voluntarias em ONGS e instituições educacionais, promovendo projetos em diversas áreas. As possibilidades são muitas: educação cultural, ensino de novas línguas, execução de workshops sobre AIDS e DST são apenas alguns exemplos. Esse programa tem duração de 6 a 12 semanas.

Já o Talentos Globais tem seu foco em oferecer estágio remunerado no exterior para jovens que atuam na área de gestão, engenharias e tecnologia da informação. Sua duração é mais longa, de três meses a um ano.

Leia também: Aos meus amigos de viagem, muito obrigado por existirem

# Pré-requisitos, benefícios e obrigações.

Apenas três requisitos são solicitados para poder se inscrever na AIESEC: ser graduando, pós graduando ou formado em até dois anos; ter entre 18 e 30 anos e falar inglês ou espanhol em nível intermediário (importante lembrar que determinadas vagas podem exigir níveis avançado ou fluente desses, ou outros idiomas).

A AIESEC se compromete a ter dar todo o suporte necessário antes, durante e depois do seu intercâmbio. Mais especificamente, ela irá te ajudar a criar um currículo internacional, auxiliá-lo com entrevistas e negociações com as vagas, preparação cultural para o intercâmbio e suporte a busca por informações sobre o país e documentações.

Pelo outro lado, o intercambista deve arcar com os custos de sua viagem, e providenciar toda a documentação necessária (passaporte, visto, seguro saúde).

Leia também: 8 erros que cometi no meu primeiro mochilão

# Como participar?

>>> Passo 1

O primeiro passo é fazer sua inscrição no site da AIESEC, você irá preencher algumas informações básicas, escolher para qual programa você pretende realizar seu intercâmbio e qual o comitê da AIESEC mais próximo de você.

>>> Passo 2

Após a inscrição, a AIESEC entrará em contato. Nessa etapa você pode esclarecer diversas dúvidas caso algo não esteja muito claro. Caso já tenha entendido como funcionam os programas de intercâmbio, é hora de realizar a entrevista.

>>> Passo 3

A entrevista é bem simples e tem como objetivo verificar se o que você busca é realmente o que a AIESEC pode te oferecer e vice versa. Caso seja aprovado, o próximo passo é assinar o contrato e efetuar o pagamento referente à taxa de inscrição.

>>> Passo 4

Após assinar o contrato e efetuar o pagamento, você terá acesso ao sistema Myaiesec. É nesse sistema que você pesquisará sobre os projetos existentes em diversos países. Cada vaga possui uma “Job Description”, que nada mais é que descrição do projeto. Nela, você encontrará informações como data de inicio e término do projeto, habilidades necessárias, descrição do serviço que será realizado e possíveis benefícios como acomodação e alimentação.

>>> Passo 5

Após encontrar um projeto que te agrade, o próximo passo é enviar um e-mail para a pessoa responsável pela vaga no país  destino, manifestando seu interesse. Caso o retorno seja positivo, vocês farão uma entrevista via Skype.

>>> Passo 6

Após ser aprovado para a vaga, e ter certeza de que essa é a sua escolha, a última etapa é o “Match”. Consiste em uma troca de cartas onde cada parte se compromete a cumprir tudo o que está na “Job Description”.

IMPORTANTE: Pesquise o máximo que puder sobre o país em você pretende fazer o intercâmbio e, principalmente, sobre o comitê local da AIESEC responsável pelo seu projeto.

Há diversos grupos no Facebook onde você pode conversar com outros intercambistas e descobrir como foram as experiências deles. Infelizmente, alguns comitês deixam a desejar com as suas obrigações, o que pode atrapalhar a experiência.

Para mais informações ou se cadastrar, basta acessar o site da AIESEC.

Fonte: http://www.aiesec.org.br

Leia também: Intercâmbio pela América Latina | Dicas essenciais

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here