Embora não seja muito correto empacotar uma cidade do porte de Blumenau em um único evento, um fato é incontestável: muitos dos viajantes que vão para este destino têm como único objetivo aproveitar a festa cervejeira Oktoberfest.

Aliás, minha primeira viagem a Blumenau se resumiu em ir da Vila Germânica para o hotel e do hotel para a Vila Germânica.

No entanto, saiba que o turismo em Blumenau não precisa se limitar a brindes de cerveja ao som de música alemã. Afinal, estamos falando da terceira maior cidade de Santa Catarina, e que possui atrações suficientes para preencher um roteiro muito mais diversificado.

E, para que você consiga organizar todos os detalhes das suas férias, neste texto eu contarei tudo o que você deve saber para aproveitar ao máximo a sua viagem.

viagem a Blumenau
Parque Vila Germânica, uma das principais atrações durante uma viagem a Blumenau

# Dicas de viagem a Blumenau

1- Melhor época para viajar a Blumenau

2- Quantos dias ficar?

3- Como chegar e se locomover?

4- Passeio bate-volta para Blumenau

5- Hospedagem em Blumenau

6- Pontos turísticos de Blumenau

7- Onde comer em Blumenau?

8- Oktoberfest Blumenau

9- Outros eventos na cidade

1- Melhor época para viajar a Blumenau

Diferente dos destinos do litoral catarinense, o que costuma determinar a melhor época para viajar a Blumenau não é o clima, mas sim, o calendário de eventos da cidade. Isso porque, há festivais bacanas em qualquer estação do ano.

Ainda assim, neste tópico explicarei sobre o que dá para esperar das condições climáticas em Blumenau durante as quatro estações. Portanto, deixarei para comentar sobre os eventos no último tópico deste texto.

Via de regra, se você pretende fazer apenas o turismo convencional em Blumenau, dá para visitar a cidade em qualquer época. Porém, isso não significa que você encontrará o clima igual ao longo do ano.

O verão é um período quente e úmido em Blumenau, sendo que a temperatura pode passar dos 30°C e o índice pluviométrico costuma ficar acima de 200 mm ao mês.

Aliás, por falar em índice pluviométrico, saiba que as chuvas estão presentes em Blumenau durante o ano todo. Mesmo no inverno, que é a época mais seca, é comum chover mais de 100 mm ao mês.

Durante o outono a temperatura fica mais amena, e é um bom período especialmente para atividades ao ar livre. Isso porque, além dos aguaceiros darem uma trégua, os termômetros costumam ficar entre 18°C e 26°C.

Por outro lado, durante a estação mais fria do ano as temperaturas caem consideravelmente, com mínimas perto dos 10°C e máximas dificilmente acima dos 20°C.

Por fim, durante a primavera, época em que é realizada a Oktoberfest, o calor volta a ser uma realidade, assim como também as chuvas mais frequentes.

quando viajar para Blumenau
Parque Ramiro Ruediger

2- Quantos dias ficar?

Para visitar os atrativos da área urbana de Blumenau recomendo passar dois dias inteiros na cidade.

Por outro lado, para incluir locais mais afastados do burburinho central, como por exemplo, a Vila Itoupava, vale a pena reservar mais 24 horas para o passeio.

Por fim, se além de conhecer os pontos turísticos você também pretende participar de algum festival, vale a pena passar quatro ou cinco dias em Blumenau. Na minha opinião, um bom esquema seria reservar o final de semana para o evento, e mais dois dias para as outras atividades.

quantos dias ficar em Blumenau
Outro ângulo do mesmo Parque Ramiro Ruediger

3- Como chegar e se locomover?

Não há aeroporto em Blumenau. Portanto, para chegar de avião é necessário desembarcar em alguma cidade vizinha e seguir viagem de ônibus, carro alugado ou transfer.

Chegando de avião

O aeroporto mais próximo de Blumenau é o Aeroporto Internacional de Navegantes (NVT), localizado a 55 quilômetros de distância. Se acaso você não pretende alugar um carro poderá continuar o percurso de ônibus ou transfer.

A empresa Transporte Executivo faz o deslocamento de ônibus entre o Aeroporto de Navegantes e o centro de Blumenau em aproximadamente 1h30, e a passagem custa R$ 60,00. Os horários de saídas funcionam de acordo com os horários de chegada dos voos em Navegantes.

Outra possibilidade é seguir a viagem a Blumenau com um transfer compartilhado. No site da Easy Travel Shop você encontra este serviço por R$ 310,00 ida e volta – ou seja, R$ 155,00 cada trecho.

Além disso, como os voos para o aeroporto de Navegantes são limitados e normalmente mais caros, uma alternativa é desembarcar no Aeroporto Internacional de Florianópolis (FLN), localizado a 160 quilômetros de Blumenau. Neste caso, para ir de ônibus até Blumenau você precisará ir até a rodoviária de Florianópolis, e lá pegar um ônibus para o seu destino final.

Chegando de ônibus

É possível chegar de ônibus em Blumenau saindo de diversas cidades catarinenses e até mesmo de outros estados. Atente-se, porém, pois os horários de saídas – dependendo do local – pode ser apenas uma vez ao dia.

Algumas rotas comuns, são:

– Balneário Camboriú x Blumenau (empresa Catarinense): R$ 32,00, 1h40 de viagem.

– Itajaí x Blumenau (empresa Catarinense): R$ 25,00, 1h30 de viagem.

– Joinville x Blumenau (empresa Catarinense): R$ 43,00, 2h20 de viagem.

– Florianópolis x Blumenau (empresa Catarinense): R$ 57,00, 3h30 de viagem.

– Curitiba x Blumenau (empresa Catarinense): R$ 70,00, 5hs de viagem.

– São Paulo x Blumenau (empresas Catarinense e Gadotti): R$ 160,00, 11hs de viagem.

Como se locomover em Blumenau?

Para se locomover na região central de Blumenau dá para se virar muito bem com o transporte público ou com os carros de aplicativos de corrida. Porém, para deslocamentos até lugares mais afastados do burburinho turístico o ideal é estar com um carro próprio.

Para ir do centro de Blumenau até a Vila Itoupava (25 km), por exemplo, você até pode conseguir chamar um motorista no deslocamento de ida. No entanto, na hora de voltar, será bem mais complicado encontrar um veículo disponível.

como chegar em Blumenau
A rodoviária de Blumenau se encontra a 6 quilômetros do centro da cidade

4- Passeio bate-volta para Blumenau

Se você estiver em Balneário Camboriú, Itajaí ou até mesmo Florianópolis, saiba que há receptivos turísticos que fazem passeio bate-volta para Blumenau. E, em alguns casos, o tour pode incluir também outra cidade do Vale do Itajaí no mesmo roteiro.

Os passeios são em grupo e dura o dia inteiro. Normalmente, as vans buscam cada viajante em seu hotel, visitam os principais pontos turísticos de Blumenau ao longo do dia, e depois retornam para a cidade de partida.

Apesar de Blumenau ter atrações suficientes para passar mais tempo, o passeio de um dia contempla os principais atrativos de lá e não deixa de ser uma possibilidade para o seu roteiro.

No site Easy Travel Shop há este passeio e ele custa a partir de R$ 75,00 por pessoa. Como as saídas não são diárias, o ideal é você reservar com antecedência – tanto para não correr o risco de ficar sem vaga, como também para organizar melhor sua a programação dia a dia.

» Passeio bate-volta de Balneário Camboriú para Blumenau (R$ 75,00/pessoa).

passeio bate-volta para Blumenau vale a pena?
Museu Hering

5- Hospedagem em Blumenau

Os dois melhores bairros para ficar em Blumenau são o centro e o Velha, afinal, é nestas duas vizinhanças onde se concentra a rede hoteleira da cidade.

No caso, o bairro Velha é onde está o Parque Vila Germânica. Portanto, o ideal é se hospedar pelos arredores do parque – especialmente se a sua intenção for aproveitar a Oktoberfest.

Por outro lado, o mais comum é que as pousadas mais baratas em Bluemenau sejam encontradas na área central da cidade. O que não chega a ser um grande problema porque do centro à Vila Germânica são apenas três quilômetros.

Sobre o preço dos hotéis em Blumenau, nos meses comuns a diária em uma suíte para duas pessoas custa, em média, entre R$ 150,00 e R$ 230,00. Na outra ponta, durante a Oktoberfest os quartinhos mais básicos nestas regiões provavelmente custarão mais de R$ 500,00 por dia.

Por fim, tanto para encontrar acomodações como também para reservar a sua hospedagem, vale a pena ficar de olho nas promoções de hotéis em Blumenau no site Booking.com.

Hotéis e pousadas em Blumenau

Possivelmente um dos hotéis mais baratos no centro de Blumenau, o Hotel Hermann é ideal para quem está em busca de economia, mas sem abrir mão de boa localização e conforto. Inclusive, foi lá onde eu fiquei hospedado e com toda certeza ficaria outras vezes.

Outra opção econômica com diárias normalmente abaixo de R$ 200,00 é o Ibis Blumenau, que fica praticamente na esquina de um ótimo trecho da Rua XV de Novembro.

Com excelente custo-benefício e reputação nas alturas, o Hotel Glória é um dos lugares mais tradicionais para ficar em Blumenau. Além das suítes aconchegantes, vale destacar também o seu café da manhã que nos dá vontade de repetir muitas e muitas vezes.

Fazendo a linha mais convencional, o Slaviero Essential Blumenau é um quatro estrelas classudo que proporciona uma ótima estada na cidade.

Se acaso você deseja se hospedar pelos arredores do parque Vila Germânica três opções bem cotadas, são: Pouse Bem, Pousada by Rieger e Blu Terrace Hotel.

hospedagem em Blumenau - dicas
Os arredores da Rua XV de Novembro, no centro, é uma das melhores regiões para se hospedar na cidade

6- Pontos turísticos de Blumenau

Blumenau tem belas construções históricas, parques e museus. E, a boa notícia, é que os pontos turísticos da cidade ficam muito próximos uns dos outros – em sua maioria, no centro, pelos arredores da Rua XV de Novembro.

Dentre o conjunto arquitetônico da área central alguns prédios que chamam a atenção são a Prefeitura de Blumenau, o Teatro Carlos Gomes e a Catedral São Paulo Apóstolo.

Para quem gosta de museus, a uma curta caminhada do centro estão quatro lugares para incluir na sua lista do que fazer em Blumenau: Mausoléu Dr. Blumenau, Museu da Cerveja, Museu de Hábitos e Costumes e Museu da Família Colonial. É possível visitar todos eles dedicando cerca de três horas do seu dia.

Outro local para visitar – independente da época do ano – é o Parque Vila Germânica. Além de ser o local onde acontece a Oktoberfest, a Vila fica aberta todos os dias. Mesmo quando não está acontecendo nenhum evento, os bares e restaurantes permanecem de portas abertas para o público em geral.

Praticamente ao lado do Parque Vila Germânica está o Parque Ramiro Ruediger. Trata-se de espaço urbano com área verde, pista para caminhada, parquinho infantil e quadras esportivas. Embora não seja tão grande, vale a pena conhecê-lo no mesmo dia em que for ao complexo de eventos.

Além do Ramiro Ruediger, outra área verde para visitar em Blumenau é o Parque São Francisco de Assis. Porém, tenha em mente que esse é um parque para realizar pequenas trilhas e que ele não funciona em dias de chuva.

Por fim, vale mencionar a Vila Itoupava, que é um distrito com personalidade própria e que mantém a rigor hábitos e tradições alemãs. Nesta região você encontrará cervejarias, bares, restaurantes e empórios.

turismo em Blumenau
Teatro Carlos Gomes

7- Onde comer em Blumenau?

Uma viagem a Blumenau é sinônimo de boa comilança. Isso porque, há ótimos bares, restaurantes e cafeterias na cidade.

Para um almoço rápido com comida do dia a dia estilo self-service, dois bons lugares na região central são o Pertutti Restaurante Grill e o Rekynt & Sabor Padaria e Restaurante. Neste último, come-se à vontade por menos de R$ 25,00 por pessoa.

Com um ambiente mais elegante, o Thapyoka é uma opção para almoço executivo durante a semana, choperia e restaurante à noite, ou ainda, para se deliciar com um buffet de comidas típicas aos domingos.

Para quem gosta de conhecer cafeterias, a Senhora Farinha Bakery foi o meu cantinho favorito em Blumenau. Além de um ambiente pra lá de aconchegante, sua vitrine de doces é de deixar qualquer um com água na boca.

Outra opção para um cafezinho é a Cafehaus Glória – a confeitaria mais tradicional de cidade e que é anexa ao hotel de mesmo nome. Na minha opinião, é um bom lugar principalmente para o café da amanhã, quando é servido um buffet à vontade por R$ 32,00.

Para sair, beber e comer à noite, o The Basement English Pub e o Seu Porco são bons nomes pelo centro da cidade, próximos da famosa Rua Curt Hering. Enquanto o primeiro tem ares típico de um pub inglês, o segundo tem perfil mais de boteco com ambiente descontraído.

Além disso, outro bom lugar para comer em Blumenau – tanto para almoçar como também para jantar – é no Parque Vila Germânica. Por lá, o Alemão Batata e a Choperia Bier Vila servem ótimos pratos típicos da culinária alemã.

onde comer em Blumenau
Vitrine da Senhora Farinha Bakery
restaurantes em Blumenau
Hot-dog do The Basement English Pub

8- Oktoberfest Blumenau

Durante o mês de outubro o assunto em Blumenau é apenas um: Oktoberfest. Afinal, a festividade que celebra as tradições alemãs recebe milhares de turistas todos os anos.

O palco do evento é o Parque Vila Germânica. No entanto, o pontapé inicial para os festejos acontece com um desfile na Rua XV de Novembro, no centro. E, mesmo depois da abertura, este desfile continua acontecendo duas vezes por semana (normalmente às quartas e sábados).

Embora seja possível aproveitar a festa de segunda a segunda, os dias de maior público são aos finais de semana, especialmente durante o feriado de 12 de outubro.

Para quem quiser aproveitar tudo antes que o álcool comece a fazer efeito, a dica é chegar cedo. Inclusive, o período do horário do almoço e da tarde é sempre muito procurado por famílias.

Os ingressos para a Oktoberfest devem ser comprados com antecedência, pois, além de não correr o risco de ficar de fora da festa, você evita ficar nas filas das bilheterias. Os valores variam de acordo com o dia da semana:

– Primeiro e último dia de festa, e todas as segundas-feiras: Gratuito.

– Domingos, terças, quartas e quintas-feiras: R$16,00.

– Sextas-feiras: R$36,00.

– Sábados: R$46,00.

Além disso, outra tarefa que você não pode deixar para a última hora é reservar a sua hospedagem. Afinal, as acomodações com melhor custo-benefício ficam lotadas muito antes de outubro.

Próximo ao Parque Vila Germânica, algumas opções de hotéis, são: Pouse Bem, Pousada by Rieger e Blu Terrace Hotel.

viagem a Blumenau para a Oktoberfest
Parque Vila Germânica, onde acontece a Oktoberfest

9- Outros eventos na cidade

Além da Oktoberfest há uma série de eventos e festivais na cidade que podem deixar o seu roteiro de viagem a Blumenau ainda mais especial. Portanto, dependendo da época da sua visita, programe-se para participar de algum deles.

O ano já começa com a Sommerfest, que nada mais é do que a Oktoberfest do verão. Afinal, nada melhor do que um chope gelado para se refrescar do calorão que faz nesta época.

Em março há outro evento que tem a cerveja como grande estrela: o Festival Brasileiro da Cerveja – que é quando é realizado um concurso para eleger os melhores rótulos do país.

Para matar a resseca, nesta época também acontece o Osterdorf – que tem como tema a Páscoa. Ou seja, é uma comemoração bastante familiar e ótimo passeio para fazer com criança.

Em meados de abril há outra festa popular bastante aguardada, especialmente pelos próprios blumenauenses: o Stammtisch. Em poucas palavras, pode-se dizer que o Stammtisch é uma festa de rua que reúne amigos para beber, comer e ouvir música ao ar livre.

Outra festividade que é figurinha carimbada no calendário de eventos de Blumenau é a Festitália, que acontece em julho. Como o próprio nome indica, neste evento a gastronomia, a música e as tradições relembradas são típicas da Itália.

Por fim, além da já mencionada Oktoberfest, outro evento que acontece no segundo semestre do ano é a o Encantos de Natal em Blumenau.

De modo geral, com exceção do Stammtisch, o palco de todos estes festivais é o complexo de eventos Parque Vila Germânica.

3 lugares para se hospedar em Blumenau

($) Para os viajantes que prezam por economia, o Hotel Hermann é um dos mais em conta da cidade.

($$) Querendo investir em um quatro estrelas, o tradicional Hotel Glória tem custo-benefício imbatível.

($$$) Por fim, o hotel mais charmoso e elegante da cidade atende pelo nome de Villa do Vale Boutique.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Blumenau.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here