As praias e os passeios para fazer em Trancoso foram o ponto de partida para tornar este destino um dos mais cobiçados do sul da Bahia. Afinal, quando entrou na rota turística do estado, lá no final da década de 70, não havia nada muito além das suas belas paisagens naturais para atrair os visitantes.

Com o passar dos anos, porém, o turismo em Trancoso foi ganhando outra dimensão. Seu litoral composto por falésias, coqueiros, rios e um mar quase sempre cristalino, passou a ter a companhia de uma estrutura mais rebuscada. Consequentemente, essa combinação modificou o perfil dos atrativos deste pequeno distrito que pertence ao município de Porto Seguro.

É claro que as praias de Trancoso continuam sendo as grandes estrelas de uma viagem. Porém, quem vai para lá hoje em dia, normalmente também está em busca do charme do Quadrado, das barracas cheias de pompa de frente para o mar e do banho de autoestima que alguns dias por aqui podem proporcionar.

Independente de quais sejam a sua razões – que pode não ser nenhuma destas ou simplesmente a vontade de conhecer um novo lugar da costa baiana – neste texto você encontrará todas as informações que precisa para organizar os seus passeios em Trancoso.

Como fazer os passeios em Trancoso?

Se o seu itinerário tem como objetivo este único destino, dá para montar uma programação com deslocamentos organizados com transfers, passeios ou até mesmo com o transporte público e eventuais caminhadas. Aliás, para chegar a algumas das melhores praias de Trancoso será preciso caminhar.

Por outro lado, se você quer utilizar Trancoso como uma base para fazer passeios bate-volta a outros lugares do litoral sul da Bahia, como, por exemplo, Arraial d’Ajuda, Praia do Espelho ou até mesmo Caraíva, estar com um veículo próprio vai facilitar a sua vida.

Isso porque, em Trancoso não há agências com passeios compartilhados regulares para estes destinos. Os tours mais comuns são privativos – que pode custar mais caro do que você esperava – ou para atrações que não estão muito distantes e que dê para ir de buggy ou quadriciclo.

No mais, saiba que para visitar todas as praias de Trancoso, sem fazer os passeios de um dia para os outros locais, recomendo que você passe pelo menos dois ou três dias inteiros por lá.

lugares para conhecer em Trancoso
Além de praias com barracas, também há algumas praias desertas em Trancoso

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Trancoso

1- Quadrado de Trancoso

Principal cartão postal de Trancoso, o Quadrado é a atração que está em absolutamente qualquer roteiro pela região. E, diferente do cartão postal dos destinos vizinhos, não estamos falando de uma praia.

Apesar da sua localização pertinho do oceano – mas não no mesmo nível do mar – o Quadrado de Trancoso é uma espécie de praça retangular. No centro, um enorme gramadão com um campinho de futebol funciona como lazer para a garotada. Nas ruazinhas laterais com chão de terra batida, bares, restaurantes e lojinhas roubam a cena e são as principais razões do encanto pela maior parte dos turistas.

Além de instalados nas casinhas coloridas e históricas que antigamente eram o lar dos pescadores locais, os comércios investiram em uma linda decoração com mesas ao livre e enfeites que saem bem em qualquer foto. De fato: caminhar pelo Quadrado – especialmente no final da tarde, que é quando lugar começa a ganhar vida – pode nos deixar sorridente.

Por outro lado, tenha em mente que seu sorriso poderá ir embora no instante em que você ver os valores nos cardápios deste endereço. Existe o caro, existe o caro de lugares turísticos e existe o Quadrado – com preços que nos dão a sensação de ter entrado em um Brasil Paralelo.

Eu adoraria te dizer que lá você encontrará restaurantes de todos os preços. Porém, a verdade é que mesmo os mais em conta custam pequenas fortunas. É comum, por exemplo, que um prato individual com proteína custe entre R$ 100,00 e R$ 160,00, e um prato para duas pessoas entre R$ 210,00 e R$ 350,00 – podendo ser ainda mais.

Quadrado - Trancoso
As casinhas coloridas do Quadrado são, provavelmente, os pontos turísticos mais fotografados em Trancoso

2- Praias de Trancoso

E já que tocamos no inevitável assunto de preços em Trancoso, aviso que os valores que assustam no Quadrado desceram para a faixa de areia e acompanham os viajantes mesmo quando eles tentam relaxar de frente para o mar. Além de algumas barracas terem taxa de consumação mínima que pode chegar a R$ 250,00 por pessoa, algumas cobram estratosféricos R$ 25,00 por uma cerveja long-neck.

Ainda assim, se você não faz questão de ficar nas estruturas mais elegantes, dá para encontrar quiosques mais modestos e com preços menos assustadores. Nos restaurantes mais simples, por exemplo, há cervejas de 600 ml que custam a partir de R$ 16,00.

Por fim, confira a seguir quais são as praias de Trancoso, como chegar a cada uma delas e o que esperar dos pedaços de areia.

Praias centrais: Nativos e Coqueiros

As duas praias mais centrais de Trancoso, e que consequentemente são as que oferecem mais estrutura na areia e estão sempre mais lotadas, são a Nativos e a Coqueiros. Do Quadrado até uma destas praias são cerca de 20 minutos de caminhada, porém, tenha em mente que na volta você precisará encarar uma subida.

Apesar de estarem lado a lado na mesma faixa de areia e terem um cenário natural muito semelhante, há uma grande diferença entre elas: as barracas. Enquanto na Praia dos Nativos estão os restaurantes mais estrelados, com estrutura moderna e música ao vivo, na Praia dos Coqueiros as instalações – e principalmente os preços – são mais pé no chão.

Na Praia dos Nativos, por exemplo, é onde você encontrará cerveja long-neck por pelo menos R$ 20,00, caipirinhas de cachaça a partir de R$ 35,00, porção de fritas por R$ 50,00, moquecas entre R$ 220,00 e R$ 300,00. (Viu só como nem será tão difícil chegar aos R$ 250,00 de consumação mínima?!).

Apesar de não ser nenhuma pechincha, nas barracas da Praia dos Coqueiros você encontrará valores ligeiramente mais baixos e, em alguns casos, sem a exigência de taxa mínima de consumação (desde que você peça ao menos uma porção de petisco).

Além disso, em um trecho da Praia dos Coqueiros há um espaço com sombra natural de árvores, além de trailers que vendem sanduíches, pastéis, acarajé e bebida. Se você não pretende passar muito tempo na praia, é um bom plano esticar a canga por estas bandas.

praias de Trancoso
Trecho entre a Praia dos Nativos e a Praia dos Coqueiros, que são as duas praias centrais de Trancoso

Praias ao norte: Praia do Rio da Barra

Dentre as praias de Trancoso, a que mais me impressionou pela beleza natural foi a Praia do Rio da Barra, situada ao norte da vila.

Além do lindo cenário de areia clara, mar azulzinho e falésias avermelhadas, esse cantinho também conquista pela sua tranquilidade e pouca ocupação diante do mar. Afinal, por estar mais distante do centro de Trancoso e ser praticamente deserta, são poucos os turistas que vão até lá para passar o dia.

O único restaurante que você terá à disposição é o Restaurante Rio da Barra. Inclusive, quem for de carro deverá estacionar lá (R$ 50,00). Para garantir uma mesa com guarda-sol e espreguiçadeira o valor de consumação mínimo gira na casa de R$ 200,00 por pessoa, podendo ser mais durante os períodos de alta temporada. E, como você já deve estar imaginando, os preços do cardápio seguem o padrão Trancoso de ser.

Para os desmotorizados, saiba que também dá para chegar lá caminhando pela faixa de areia a partir da Praia dos Nativos. São cerca de três quilômetros em direção ao lado esquerdo (olhando de frente para o mar). A caminhada leva em torno de uma hora e deve ser feita durante a maré baixa – principalmente pelo fato de antes de chegar à Praia do Rio da Barra ser necessário cruzar a foz do rio.

melhores praias de Trancoso
Na minha opinião, a Praia do Rio da Barra é a praia mais bonita de Trancoso

Praias ao sul: Praia do Rio Verde e Itapororoca

Duas praias que estão ao sul das praias centrais de Trancoso, mas ainda próximas o suficiente para ir a pé, são a Praia do Rio Verde e a Itapororoca, a 20 e 40 minutos de caminhada a partir da Praia dos Coqueiros, respectivamente.

As poucas opções de estrutura à beira-mar estão entre Rio Verde e Itapororoca. A partir desta última se inicia um trecho praticamente deserto de praia, sendo interrompido apenas pelo recém-inaugurado Hotel Fasano Trancoso.

Na minha opinião, o passeio a estas praias do sul de Trancoso é mais indicado para quem gosta de caminhar pela praia ou está em busca de um ambiente menos tumultuado do que trechos de areia centrais. Porém, para quem gosta de passar bastante tempo na água este não é o melhor pedaço por se tratar de praias com ondas mais agressivas.

o que fazer em Trancoso em 3 dias
Praia do Rio Verde

3- Passeio de quadriciclo

Um dos poucos passeios para fazer em Trancoso com o auxilio de um receptivo turístico é o de quadriciclo para as praias desertas da região: Ipatimirim, Itaquena e Barra do Rio dos Frades. Esse é um tour com duração de cerca de três horas, sendo que há uma parada de aproximadamente 30 minutos em cada um destes destinos.

Apesar de não ter feito especificamente este passeio visitei todos estes lugares e posso afirmar: alguns dos lugares mais lindos de Trancoso estão por aqui.

Normalmente, as empresas têm dois horários de saída para este tour: às 9h e às 15h. Acredito que seja mais bacana fazer na parte da tarde porque, além do sol estar começando a diminuir, é possível acompanhar o seu espetáculo de despedida durante o passeio.

Uma das empresas que oferecem esta atividade é a Trancoso Explorer. O valor varia entre R$ 300,00 e R$ 400,00, podendo ir até duas pessoas por veículo.

Para quem está se perguntando como eu visitei estes lugares sem carro e sem recorrer ao passeio de quadriciclo, a resposta, é: bicicleta. No centrinho comercial de Trancoso há algumas bicicletarias que alugam a magrela por cerca de R$ 70,00 o dia. Caso esteja disposto a pedalar 13 quilômetros para ir à Barra do Rio dos Frades e mais 13 quilômetros para voltar, essa é uma opção.

Porém, atenção: este passeio de bicicleta deve ser feito durante a maré baixa pela faixa de areia. Isso porque, além da parte mais firme da areia estar exposta facilitando assim a pedalada, em um determinado trecho será necessário atravessar a foz do Rio Itapororoca.

passeios em Trancoso
Barra do Rio dos Frades

4- Bate-volta à Praia do Espelho

 

 

passeio de Trancoso para a Praia do Espelho
Se você estiver de carro, vale a pena reservar um dia do roteiro para fazer um bate-volta à Praia do Espelho

5- Bate-volta a Arraial d’Ajuda

Mais uma opção de passeio bate-volta para fazer a partir de Trancoso é para Arraial d’Ajuda, outro distrito de Porto Seguro e que se encontra apenas 22 quilômetros distantes. E, mesmo que você não esteja de carro, este é um passeio que dá para fazer por conta própria utilizando o transporte público.

É claro que quem for depender de ônibus terá uma programação mais engessada. Porém, ainda assim, é um passeio perfeitamente viável. Saindo da rodoviária de Trancoso, por exemplo, a empresa Águia Azul opera linhas diárias às 6h30, 7h30, 9h30, 11h30, 14h30 e 17h. Para fazer o caminho de volta o mais conveniente é pegar o último horário, que sai de Arraial às 17h.

Além disso, da Praça Principal de Trancoso também há vans que funcionam como lotação, ao melhor estilo encheu-partiu. Até por volta das 10h é comum que tenha saídas de hora em hora.

Sobre as andanças em Arraial, você pode visitar duas ou três praias no seu tempo por lá. Eu optaria em começar na Praia de Araçaípe e passaria a manhã toda em alguma barraca deste trecho. Depois, seguiria andando pela faixa de areia até a Praia do Mucugê porque são apenas dois quilômetros até lá.

Por fim, antes de pegar o ônibus de volta caminharia pelo simpático centrinho de Arraial, especificamente na Rua Mucugê e pelos arredores do centro-histórico, próximo da Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda.

tours em Trancoso
Centro histórico de Arraia d’Ajuda

6- Bate-volta a Caraíva

Se você estiver de carro e com tempo de sobra na sua programação dá para considerar reservar um dia do seu roteiro em Trancoso para fazer um bate-volta a Caraíva, que se encontra a apenas 38 quilômetros. Se a estrada estiver em boas condições, espere gastar entre 1h e 1h30 para fazer este deslocamento.

Por outro lado, para os viajantes que forem depender de transporte público, o passeio bate-volta se torna inviável. Isso porque, há poucos horários de ônibus disponíveis e o tempo gasto na estrada será muito maior.

Apesar de, na minha opinião, o ideal seja passar pelo menos três noites em Caraíva para conseguir aproveitar este destino no ritmo que ele pede, o passeio de um dia dará um bom tira gosto dos seus encantos. Neste caso, recomendo que dedique o seu tempo para as atrações centrais da vila, como a Praia da Barra de Caraíva, a Praia Central de Caraíva e as lojinhas e comércios da Beira-Rio.

passeio bate-volta de Trancoso para Caraíva
Na minha opinião, o passeio bate-volta de Trancoso para Caraíva só vale a pena se você estiver de carro

O que fazer em Trancoso à noite?

O passeio mais comum para fazer em Trancoso à noite é bater perna pelo Quadrado. E, disposto a investir, você pode bebericar algum drink ou fazer uma refeição completa em um dos vários bares e restaurantes que há no pedaço.

Se os preços exorbitantes desta área não caírem bem, saindo do Quadrado em direção à avenida principal (Estrada p/ Itabela) rapidamente começam a surgir estabelecimentos mais condizentes para o bolso da maior parte dos turistas.

Aliás, é por estas bandas onde você também encontrará muitas pousadas baratas em Trancoso.

Ainda perto do Quadrado, o Lá no Dom tem ambiente agradável, cardápio variado e música ao vivo. Não à toa, costuma estar sempre cheio.

Se preferir um local mais sossegado, o Beco do Juca é uma espécie de galeria a céu aberto onde há barzinho, hamburgueria, cafeteria e algumas lojas.

Outros nomes sem a afetação do Quadrado que garantem bons comes e bebes por um preço camarada, são: Canela Preta (Bar e Restaurante), Restaurante da Zukka, Cantinetta Pizzeria Restaurante Italiano e Toca do Guaiamum (boteco com boas porções).

Por fim, vale mencionar que na alta temporada de verão Trancoso tem uma vida noturna mais intensa, com festas que costumam ir até o outro dia. Se você estiver por lá entre o Ano Novo e o Carnaval, o ideal é consultar as opções disponíveis próximo da data da sua viagem.

o que fazer em Trancoso à noite
O Quadrado é um dos lugares mais movimentados na noite de Trancoso

O que fazer em Trancoso com chuva?

Da mesma forma que eu adoraria dizer que há restaurantes econômicos no Quadrado, eu também gostaria de informar que há muitas coisas para fazer em Trancoso com chuva. Porém, mais uma vez, a realidade não é esta.

Até dá para tentar ocupar parte da programação passando mais tempo nas cafeterias e restaurantes da cidade. Mas não dá para ir muito além disto pois os pontos turísticos em Trancoso são ao ar livre. Inclsuive, até o passeio pelo Quadrado fica comprometido em caso de aguaceiro.

O melhor mesmo a se fazer é evitar viajar a Trancoso na estação mais úmida do ano. Apesar de não ser possível acertar com 100% de precisão, dá para tentar minimizar os riscos. De modo geral, os maiores índices pluviométricos são registrados em março, abril, outubro e novembro.

Ainda assim, vale mencionar que o clima em Trancoso possui chuvas distribuídas ao longo do ano. Mesmo nos meses mais secos pode chover um dia ou outro. Nestes casos, porém, o prejuízo para o seu roteiro tende a ser bem menor do que nos meses historicamente mais chuvosos.

o que fazer em Trancoso com chuva
Mesmo nos meses de verão, não é tão incomum que um dia ou outro esteja nublado

O que fazer em Trancoso em 4 dias?

Deixarei a seguir uma sugestão de roteiro de passeios para fazer em Trancoso em 4 dias. Neste caso, vou considerar um dia de ida, dois dias livres e outro dia de volta. Porém, tenha em mente que dependendo do seu horário de chegada ou saída, pode ser que a programação precise de alguns ajustes.

Além disso, o foco deste roteiro serão as praias e atividades mais próximas da vila. Ou seja, se você pretende fazer passeios bate-volta para outros destinos, acrescente quantos dias forem necessários para o seu itinerário.

» Primeiro dia: Chegada, check-in na pousada e tarde na praia do Rio Verde.

» Segundo dia: Caminhada à Praia do Rio da Barra e passar o dia lá. Ou então, apenas conhecer, ficar um tempo menor e voltar para ficar nas praias Nativos ou Coqueiros porque estas duas oferecem melhor estrutura.

» Terceiro dia: Manhã em alguma praia central + passeio de quadriciclo à Ipatimirim, Itaquena e Barra do Rio dos Frades à tarde.

» Quarto dia: Manhã livre e retorno.

Passeio de 1 dia em Trancoso

Se acaso você pretende se hospedar em Porto Seguro ou em Arraial d’Ajuda saiba que é perfeitamente possível fazer um passeio bate-volta a Trancoso. E, nestas duas cidades, este tour compartilhado é amplamente comercializado. Portanto, mesmo que você não esteja de carro próprio, será bastante simples se juntar a esta atividade.

Os passeios de um dia a Trancoso acontecem diariamente e dura o dia inteiro. Basicamente, o itinerário é passar o dia em alguma praia central – Nativos ou Coqueiros – e à tarde subir ao Quadrado.

É claro que este tipo de atividade é apenas uma amostra – quase – grátis do que o destino tem a oferecer. Porém, na minha opinião, se você não sonha em conhecer Trancoso, o foco da sua viagem será outro ou você não está interessado em gastar rios de dinheiro, fazer o passeio de um dia é um bom negócio.

 O preço deste tour custa na faixa de R$ 75,00 por pessoa.

3 lugares para se hospedar em Trancoso

($) Para os viajantes que procuram um lugar econômico para se hospedar, a Pousada João Maria é uma das mais em conta da cidade.

($$) Outra opção que oferece excelente custo-benefício é a Pousada Pandoro.

($$$) Ou, para fazer jus com uma estada a altura do charme do Quadrado, aposte nos chalés e bangalôs da Soleluna Casa Pousada.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Trancoso.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here