Apesar de não ser um destino litorâneo, refletir sobre quando ir a Petrópolis é importante para que você consiga aproveitar sem complicações os passeios pela cidade. Isso porque, em algumas épocas do ano as chuvas podem atrapalhar as suas férias pela Região Serrana do Rio de Janeiro.

Embora muitas atrações de Petrópolis sejam em ambientes cobertos, os aguaceiros de verão podem tornar os deslocamentos mais conturbados durante a estada. Além disso, uma das grandes estrelas desta área, o Parque Nacional Serra dos Órgãos, deveria ser visitado em dias de tempo firme e céu azul.

Ainda assim, com um pouquinho de sorte e fazendo adaptações no itinerário caso o clima em Petrópolis não colabore, saiba que dá para visitar a cidade histórica fluminense em qualquer época do ano.

Melhor época para ir a Petrópolis

Via de regra, a melhor época para ir a Petrópolis é entre os meses de abril e outubro. Afinal, além de ser o período do ano com menor quantidade de chuva, as temperaturas mais baixas que muitos viajantes procuram será uma realidade mais provável.

Em meados de junho, a proximidade do inverno marca a chegada da altíssima temporada na cidade. Portanto, quem pretende viajar em junho e julho deve estar preparado para encontrar o destino mais tumultuado e os preços de acomodações mais inflacionados. Inclusive, neste período é mais difícil conseguir pousadas baratas em Petrópolis.

Além disso, feriados prolongados, finais de semana comuns e o Dia dos Namorados, são outros momentos a serem evitados pelos viajantes que prezam por hospedagens com diárias mais realistas.

Para combinar clima de montanha – fresco e sem chuva – sem muvuca, caia na estrada nos meses de maio ou agosto. Setembro e outubro também são boas datas, porém, a chance de dias nublados com garoa será maior.

Por fim, saiba que é também durante o inverno e a primavera que acontecem os principais festivais de Petrópolis. Portanto, dependendo das datas da sua viagem, será possível participar de algum evento típico de lá.

clima em Petrópolis
A melhor época para viajar a Petrópolis é entre abril e outubro

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Petrópolis

Clima em Petrópolis

O clima em Petrópolis se caracteriza por ter as estações bem definidas. Portanto, apesar de grandes variações climáticas ao longo do ano, cada período costuma ser bastante previsível.

Porém, vale lembrar: as informações deste texto sobre quando ir a Perópolis são baseadas na experiência durante a minha viagem, na troca de informações com moradores e, principalmente, nos dados históricos climatológicos fornecidos por sites especializados no tema.

Ou seja, apesar deste conjunto de referência ser um excelente guia, não dá para cravar que durante as datas da sua viagem a previsão do tempo em Petrópolis será de sol ou chuva – independente de qual época seja.

Novembro, dezembro, janeiro, fevereiro e março

Levando-se em consideração apenas o clima, a pior época para ir a Petrópolis é entre novembro e março. Isso porque, estes são os meses mais chuvosos na Região Serrana do Rio de Janeiro. Neste período, o índice pluviométrico mensal está sempre acima de 200 mm, sendo que em dezembro e janeiro o valor ultrapassa a marca de 300 mm.

Enquanto dezembro é o mês com mais quantidade de dias chuvosos (em média, 20 dias), janeiro é o mês com aguaceiros mais intensos e persistentes.

Além disso, durante a primavera e o verão as temperaturas amenas típicas da serra dão uma trégua. Os termômetros dificilmente ficarão abaixo de 20°C, e as máximas podem beirar os 30°C. E, devido a umidade, a sensação térmica costuma ser ainda maior.

Na minha opinião, organizar uma viagem a Petrópolis durante estes meses pode ser bastante arriscado – especialmente se o seu itinerário tiver como foco as trilhas do Parque Nacional Serra dos Órgãos. Por outro lado, se você pretende passar alguns dias no Rio de Janeiro e gostaria de incluir a cidade histórica na programação, o plano pode dar certo.

Neste caso, deixe para confirmar a etapa de Petrópolis somente quando já estiver no RJ. Afinal, dessa forma você terá uma maior precisão de como estará o clima na Região Serrana. Caso seja inviável seguir até lá, você ganhará alguns dias extras de verão carioca.

época de chuvas em Petrópolis
De novembro a março é a época de chuvas em Petrópolis

Abril e maio

Comparado aos primeiros meses do ano, a partir de abril o volume de chuva em Petrópolis diminui drasticamente. E, em maio, o índice pluviométrico já está abaixo dos 100 mm ao mês. Além disso, a temperatura média também é menor: 23°C, com mínimas podendo cair para 18°C.

Consequentemente, esta combinação de tempo firme e temperatura amena atrai os primeiro turistas da alta temporada de Petrópolis. Aliás, para quem quer evitar o vuco-vuco do inverno, vale a pena conhecer este destino durante o outono. Além do clima favorável, os museus, atrações e restaurantes da cidade estarão mais sossegados.

Petrópolis quando ir
A partir de abril as chuvas em Petrópolis diminuem

Junho, julho e agosto

A partir de junho a circulação de turistas em Petrópolis aumenta. E, o Dia dos Namorados, é a data de abertura da alta temporada. Afinal, o clima frio pé de montanha e os casarões históricos formam o cenário ideal para os pombinhos que querem passar o 12 de junho com uma pitada de romantismo.

Além do friozinho, os diversos festivais que acontecem na Região Serrana durante o inverno, e também as férias escolares de julho, estimulam ainda mais a viagem de muitos forasteiros. É incontestável: apesar de a cidade estar mais cheia e os preços mais salgados, quem faz questão de provar todos os sedutores clichês de Petrópolis deve viajar na estação mais gelada do ano.

Historicamente, as temperaturas máximas e mínimas costumam ficar na casa dos 24°C e 15°C, respectivamente. Ainda assim, durante o amanhecer e depois que o sol for embora a sensação térmica pode ser ainda menor, portanto, capriche nos agasalhos.

Por fim, para deixar a sua lista de passeios para fazer em Petrópolis ainda mais especial, tente combinar a data da viagem com algum evento.

Cinco festivais em Petrópolis que costumam acontecer entre junho e agosto, são: Agroserra (gastronomia), Festival Sesc de Inverno (shows, oficinas e teatro), Bauernfest (Festa do Colono Alemão), Serra Wine Week (vinho) e Festival de Inverno de Itaipava.

Setembro e outubro

Com o fim do auê da alta temporada de inverno em Petrópolis, a partir de setembro a cidade volta a ficar mais transitável e com preços de hotéis mais amigáveis. Inclusive, foi nesta época em que eu visitei a cidade e achei que valeu a pena.

Em todo caso, é importante destacar: com a proximidade da primavera, as ondas de calor e as chuvas voltam a bater cartão por estas bandas do estado. Apesar de estas condições climáticas não serem tão intensas quanto no verão, é comum que você saia de casaco da pousada e menos de 10 minutos depois comece a carrega-lo até o final do dia. E, entre uma atração e outra, às vezes há de se esperar o chuvisco dar uma trégua.

Aliás, é a partir de setembro que o acumulado de chuva volta para a faixa de 100 mm ao mês. Em outubro essa média sobe para 150 mm, ainda aceitável e bem menos do que está por vir a partir de novembro.

Por fim, sobre as temperaturas, saiba que elas costumam variar entre 17°C e 26°C. Ou seja, prepare uma mala que seja útil tanto para o frio como também para o calor.

melhor época para viajar a Petrópolis
Setembro e Outubro são bons meses para ir a Petrópolis

3 lugares para se hospedar em Petrópolis

($) Para os viajantes que prezam por economia, o Hostel Vin Imperial é um dos lugares mais em conta da cidade.

($$) Para uma estada clássica com excelente custo-benefício, aposte no  Hotel Casablanca Imperial.

($$$) Por fim, querendo investir em uma acomodação mais especial, consulte as suítes Hotel Solar do Império.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Petrópolis.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here