Como ir dos aeroportos de Buenos Aires (Aeroparque e Ezeiza), para os principais bairros da cidade? Descubra quais são algumas opções de transporte disponível e quanto custa cada uma delas.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

“Evitem os táxis comuns para sair dos aeroportos – principalmente se sua chegada for pelo Aeroparque”. Esta foi uma das frases que eu mais encontrei quando estava pesquisando sobre como ir dos aeroportos de Buenos Aires para os principais bairros da cidade.

E, o motivo para tal alerta, é um velho conhecido por quem já viajou para a capital da Argentina: a má fama dos taxistas portenhos.

Isso porque, reza a lenda que a chance de ser enrolado por um deles assim que você aterrissar é enorme.

Como bom viajante econômico que sou, esta nunca foi uma preocupação para mim. Afinal, dá pra contar nos dedos de uma mão as vezes que andei de táxi durante uma viagem.

Mesmo nos deslocamentos aeroporto/hostel – que muitas vezes envolvem algumas horas na estrada – eu costumo fazer com o transporte público ou algum ônibus especial que, ainda assim, normalmente são mais baratos que os táxis.

De qualquer forma, independente de você querer economizar ou não, neste post eu vou te dar todas as dicas necessárias para você descobrir qual a melhor maneira de ir dos dois aeroportos de Buenos Aires, até o local onde você ficará hospedado.

Leia também: Onde ficar em Buenos Aires | Melhores bairros e hotéis

# Aeroportos de Buenos Aires

A primeira vez que fui a Buenos Aires, em 2013, comprei minha passagem aérea saindo de Guarulhos com destino final ao Aeroparque Jorge Newbery.

Mesmo sem saber que a capital da Argentina possui dois aeroportos, tive uma tremenda sorte por chegar justamente naquele que está praticamente ao lado dos principais bairros da cidade.

Ainda que os voos nacionais argentinos são a alma deste aeroporto, é possível voar do Brasil diretamente para lá. E, para mim, nada melhor do que chegar em um país e estar a menos de dez quilômetros de onde vou ficar hospedado.

Por outro lado, se tivesse aterrissado no Aeroporto Internacional de Ezeiza – o maior e que recebe a maioria dos voos internacionais – eu estaria a mais de 30 quilômetros do principais bairros de Buenos Aires. Ou seja, além de gastar mais tempo no deslocamento, também gastaria mais dinheiro.

Porém, atenção. Na minha última viagem a Buenos Aires me dei conta de uma desvantagem do Aeroparque: as filas para check-in, despachar a bagagem e passar pelo posto de imigração estavam enormes. Se você é do tipo de pessoa que sempre chega a poucos minutos destes procedimentos se encerrarem, fica esperto para não perder o voo.

Além disso, pouco antes de ir para o aeroporto fui alertado por um funcionário do hostel que talvez meu voo pudesse atrasar ou ser cancelado, devido ao mal tempo que fazia em Buenos Aires. Tais acontecimentos não são casos isolados, afinal, a estrutura do Aeroparque é bem modesta. Principalmente quando comparado ao gigante e moderno Ezeiza.

Leia também: O que fazer em Buenos Aires | As 50 melhores dicas

# Como ir do Aeroparque para os bairros de Buenos Aires?

» Transporte público (ônibus comum)

Ao sair do Aeroparque você já estará diante de um ponto de ônibus onde passam algumas linhas que te levam para os principais bairros de Buenos Aires.

Com eles é possível chegar até o Centro (linha 33), Recoleta (linha 37), Palermo (linha 160), além de outros pontos da cidade. O deslocamento até o centro, por exemplo, leva cerca de 45 minutos.

Este é o meio de transporte mais barato de ir do aeroporto para o seu hotel, afinal, Você não gastará mais do que AR$ 30,00 (cerca de R$ 2,50). Porém, lembre-se de que para pagar as tarifas de ônibus na capital da Argentina é necessário ter moedas ou o cartão de transporte público (SUBE).  Você pode fazer este cartão no próprio aeroporto, em um kiosco que está no segundo piso.

» Ônibus executivo (Arbus)

Atualização: Desde 2018 o Arbus deixou de existir. Ou seja, atualmente, essa não é uma opção para você fazer o deslocamento entre os aeroportos de Buenos Aires até as vizinhanças centrais.

Deixarei a opção listada no texto para àqueles que estiverem em dúvida, se informarem adequadamente através desta atualização! 

Quem quer um pouco mais de conforto do que os colectivos tradicionais pode fazer o percurso com os ônibus da Arbus. Esta empresa realiza o transporte desde o Aeroparque para seis regiões de Buenos Aires: Belgrano, Saavedra, Pacífico, Alto Palermo, Retiro e Centro. Há ônibus a cada meia hora, sendo o primeiro às 6h30 e o último às 24hs.

A passagem tem um preço fixo de AR$ 60,00 quando paga com o cartão SUBE. Você pode emitir o cartão no próprio aeroporto (no kiosko do segundo piso) por um custo de AR$ 30,00, e utilizá-lo posteriormente para suas viagens de metrô ou colectivo.  Caso você não queira emitir o cartão, é possível comprar o ticket por AR$ 90,00 diretamente no guichê da Arbus.

» Táxi comum

Os táxis comuns que ficam parados no Aeroparque – apenas esperando os turistas chegarem – são os vilões onde, muitas vezes, você pode pagar mais caro do que o normal. Por conta disso, eles devem ser evitados sempre que possível.

Caso você decida fazer o percurso em táxi, o ideal é ir com algum carro que faça parte de uma cooperativa. Espere gastar cerca de AR$ 600,00 (R$ 46,00) pela corrida.

» Uber

O Uber também é uma realidade em Buenos Aires e que pode trazer mais conforto e economia para a sua viagem. Há wifi liberado no aeroporto, portanto, você não deve ter dificuldades para solicitar o carro.

Apenas um detalhe importante: se você colocar como ponto de partida o Aeroparque Jorge Newbery, pode ser que a localização esteja bloqueada no mapa e que não apareçam carros disponíveis aos arredores. O ideal é colocar outro ponto de partida da região e combinar o local de encontro com o motorista.

Também vale ficar de olho nas tarifas dinâmicas, já que muitas vezes sua corrida pode sair bem mais cara do que o normal. O preço médio até a região central fica em torno de AR$ 300,00 (R$23,00).

Leia também: 10 hotéis baratos em Buenos Aires

# Como ir do Ezeiza para os bairros de Buenos Aires?

Os meios para se locomover do Aeroporto Internacional de Ezeiza até os principais bairros de Buenos Aires serão praticamente os mesmo.

O que muda consideravelmente é o tempo de deslocamento e os preços. Afinal, o Ezeiza se encontra 33 quilômetros do centro de Buenos Aires.

» Transporte público (ônibus comum)

Gastando cerca de AR$ 30,00 (aproximadamente R$ 2,50) e duas horas de estrada, é possível ir do Aeroporto de Ezeiza até o centro de Buenos Aires.

A linha principal que faz essa rota é a número 8. Lembrando mais uma vez que para pagar as tarifas de ônibus na capital da Argentina é necessário ter moedas ou o cartão de transporte público (SUBE).  Você pode fazer este cartão no próprio aeroporto.

» Ônibus executivo (Arbus e Manuel Tienda León)

Atualização: Desde 2018 o Arbus deixou de existir. Ou seja, atualmente, essa não é uma opção para você fazer o deslocamento entre os aeroportos de Buenos Aires até as vizinhanças centrais.

Deixarei a opção listada no texto para àqueles que estiverem em dúvida, se informarem adequadamente através desta atualização! 

Os ônibus da empresa Manuel Tienda León seguem operando normalmente!

Os ônibus da Arbus seguem o mesmo sistema usado no Aeroparque, tendo como opções de destinos seis pontos da cidade: Belgrano, Saavedra, Pacífico, Alto Palermo, Retiro e Centro. O que muda é o preço, que para este percurso é de AR$ 180,00.

Outra alternativa de ônibus executivo saindo do Ezeiza é a empresa Manuel Tienda León.

No entanto, tenha em mente que saindo de Ezeiza você terá como destino o Terminal Madero (área central de Buenos Aires), que fica praticamente ao lado da estação Retiro do metrô. De lá você precisará completar o deslocamento até o seu hotel a pé, de ônibus, metrô, Uber ou táxi.

O preço da passagem do Aeroporto Internacional de Ezeiza até o Terminal Madero custa AR$ 500,00 (R$ 40,00).

Os ônibus são 24 horas, com horários de saídas intercalados que podem variar de 30 minutos a uma hora. Você pode comprar sua passagem no próprio aeroporto, no guichê da empresa. O tempo de deslocamento de de aproximadamente 45 minutos.

» Táxi

Não pegar táxi comum é uma recomendação que também vale para quem chegar pelo Ezeiza.

Porém, diferente do Aeroparque, aqui você encontrará o Táxi Ezeiza – uma empresa que realiza com profissionalismo este deslocamento. Embora ele não seja barato, você não terá dor de cabeça com motoristas tentando te passar a perna.

Atualmente, o preço da corrida de táxi saindo do Aeroporto Ezeiza  para qualquer bairro de Buenos Aires é fixo: AR$ 1.600,00 (R$ 125,00).

» Uber

Uma corrida de Uber do Aeroporto de Ezeiza até os principais bairros de Buenos Aires custará entre AR$ 800,00 e AR$ 900,00. Lembre-se de ficar atento com a tarifa dinâmica, pois algumas vezes acaba não compensando utilizar o aplicativo.

» Transfer

Uma maneira prática, rápida e segura para ir do Aeroporto Ezeiza até a área central e Buenos Aires, são com os transfers.

Além disso, outra vantagem é que você pode deixar tudo organizado antes de sair de casa, sem correr o risco de não ter internet para chamar um Uber, por exemplo.

A Get Your Guide oferece duas ótimas opções de transfers para este deslocamento.

O serviço compartilhado, que é ideal para quem viaja sozinho, custa em torno de R$ 78,00. (Clique aqui para mais informações ou fazer sua reserva)

Já o transfer privado, para duas pessoas, custa aproximadamente R$ 170,00. (Clique aqui para mais informações ou fazer sua reserva)

# Como ir do Ezeiza para o Aeroparque?

Se por algum motivo você precisar se deslocar entre os dois aeroportos e a sua companhia área não oferecer o transporte entre eles, algumas opções que já mencionei ao longo do post fazem essa rota:

» Ônibus executivo Tienda Manuel León

A viagem dura cerca de uma hora e quinze minutos e a passagem custa AR$ 600,00 (R$ 46,00).

» Táxi

A Táxi Ezeiza realiza este percurso por uma tarifa fixa de AR$ 1.700,00 (R$130,00). Porém, essa opção é válida somente se você sair do Ezeiza rumo ao Aeroparque.

» Uber

Espere gastar cerca entre AR$ 800,00 e AR$ 1.000,00 pela corrida de Uber entre estes dois aeroportos.

5 lugares para se hospedar em Buenos Aires

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Milhouse Hostel (Centro) e o Reina Madre Hostel (Recoleta) são duas opções concorridas na cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Hotel El Cabildo (Centro) e o ARC Recoleta Boutique (Recoleta)  têm ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Mio Buenos Aires (Recoleta).

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Buenos Aires

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Amei !!!

    Estou amando ler seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes…

    Parabéns !!

  2. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here