Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

15 pontos turísticos em Buenos Aires

A primeira vez que estive na capital da Argentina foi em 2013. Porém, admito que só visitei alguns dos principais pontos turísticos em Buenos Aires na minha última viagem, em 2017.

Isso porque, embora essas atrações sejam muito famosas entre a maioria dos turistas – e muitas delas saem literalmente bem na foto – não necessariamente elas serão interessantes para todos os viajantes. Aliás, algumas podem parecer entediantes dependendo dos seus gostos.

Independente disso, neste post vou te mostrar quais são esses locais que sempre estão nas listas de melhores atrações em Buenos Aires, e contar a minha percepção sobre alguns deles. Porém, caberá somente a você decidir se eles, de fato, merecem a sua atenção ou não.

Por fim, lembre-se de montar um roteiro que atenda às suas vontades. Afinal, não tem nenhum problema em deixar alguns pontos turísticos de Buenos Aires de fora da sua programação. 

Leia também: Melhores bairros para ficar em Buenos Aires

Principais pontos turísticos em Buenos Aires

No mapa abaixo você pode visualizar a localização dos principais pontos turísticos em Buenos Aires. Todos eles estão situados em vizinhanças relativamente próximas umas das outras: Centro, San Telmo, Puerto Madero, Recoleta e Palermo.

Se acaso quiser incluir outras atividades na sua viagem por Buenos Aires, recomendo que leia o texto “50 dicas do que fazer em Buenos Aires”.

1- Casa Rosada
2- Café Tortoni
3- Obelisco
4- Galerias Pacífico
5- Teatro Colón
6- Feira de San Telmo
7- Puente de la Mujer
8- Livraria El Ateneo
9- Cemitério Recoleta
10- Flor Metálica
11- MALBA
12- Jardim Japonês
13- La Bombonera
14- Caminito
15- Shows de tango

» Clique aqui para ver a lista completa de passeios em Buenos Aires

Passeios para conhecer os pontos turísticos em Buenos Aires

Não necessariamente é preciso contratar passeios em Buenos Aires para conhecer os pontos turísticos da cidade. Por outro lado, é incontestável: os tours guiados podem facilitar bastante a vida dos viajantes.

Além de otimizar a sequência das visitas, estes passeios agilizam o deslocamento entre as atrações e contam um pouco sobre a história deste destino. Portanto, na minha opinião, até mesmo os turistas que preferem fazer tudo por conta própria deveriam incluir ao menos uma atividade deste tipo na programação.

E não pense que você irá estourar o orçamento. Isso porque, além de city tours em Buenos Aires pagos, também indicarei passeios gratuitos. Portanto, mesmo que você esteja em busca do que fazer gastando pouco, haverá sugestões para o seu bolso.

Para ver mais informações ou reservar uma vaga nos passeios indicados abaixo, basta clicar no nome do tour destacado com esta cor.

» Free walking tour centro histórico de Buenos Aires (Gratuito)

» Free walking tour bairro Recoleta (Gratuito)

» Walking tour bairro Palermo (Gratuito)

» Walking tour bairro San Telmo (Gratuito)

» Free walking tour bairro La Boca (Gratuito)

» Free walking tour bairro Puerto Madero (Gratuito)

» Visita guiada gratuita no Cemitério Recoleta

» Ônibus turístico em Buenos Aires (R$ 200,00 por pessoa)

passeios pelos pontos turísticos de Buenos Aires

Centro de Buenos Aires

1- Casa Rosada

Mesmo não sendo tão imponente como alguns edifícios da região central, a Casa Rosada está longe de passar despercebida por quem caminha pela Plaza de Mayo.

Inclusive, é quase impossível viajar a Buenos Aires e não vê-la, nem que seja de longe, ao menos uma vez. Afinal, perto dela estão outros lugares importantes, como a Catedral Metropolitana, o Centro Cultural Kirchner, o Café Tortoni e Puerto Madero.

Palco de acontecimentos marcantes da Argentina, a Plaza de Mayo e a Casa Rosada merecem algumas horas da sua atenção se você quiser entender um pouco da história dos nossos hermanos.

Para conhecer o interior da sede do poder executivo do país é possível fazer visitas guiadas gratuitas nos finais de semana e feriados. Vá sem pressa, porque é comum ter que esperar algumas horas na fila.

Já para compreender o cenário histórico, econômico e político de toda essa região, recomendo o Free Walking Tour pelo centro de Buenos Aires, que começa em frente ao Congresso Nacional e termina justamente diante da Casa Rosada.

Visita guiada na Casa Rosada

» Aos sábados, das 10hs às 18hs.

» Gratuita.

» Necessita fazer agendamento aqui.

» Para tirar apenas uma foto da parte externa da Casa Rosada, basta passar lá em frente a qualquer momento.

» Reservar vaga no Free Walking Tour pelo centro de Buenos Aires (Gratuito)

pontos turísticos em Buenos Aires - Casa Rosada

Casa Rosada

2- Café Tortoni

Dada a paixão dos portenhos por cafés, não é de se espantar que uma cafeteria tenha se tornado um dos principais pontos turísticos em Buenos Aires.

E, motivos para o Café Tortoni ter caído no gosto dos viajantes não faltam: este é um dos cafés mais antigos da cidade, está localizado perto da Casa Rosada e de muitas outras atrações, conhecer o ambiente e a decoração por si só já vale a visita e, além de tudo isso, até show de tango é possível assistir por lá.

Horário do Café Tortoni

» Diariamente, das 8h à 1h.

Café Tortoni - melhores pontos turísticos em Buenos Aires

Café Tortoni

3- Obelisco

Há quem ache o monumento que está no cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de Julio de gosto um tanto quanto duvidoso. Por outro lado, outras pessoas não conseguem imaginar Buenos Aires sem ele.

Mesmo dividindo opiniões, o Obelisco, que foi construído para comemorar os 400 anos da cidade, é uma importante referência histórica e geográfica da capital da Argentina.

atrações turísticas em Buenos Aires - Obelisco

Obelisco

Leia também: 10 hotéis para ficar no centro de Buenos Aires

4- Galerias Pacífico

Chegar até lá caminhando pela Calle Florida pode não ser o melhor dos passeios. Isso porque, para o meu gosto, a famosa rua de comércio do centro de Buenos Aires está longe de ser um programa de férias.

Porém, uma vez dentro da Galerias Pacífico, é possível esquecer (parcialmente) a agitação do lado de fora, e se encantar com seus belos murais e arquitetura.

Já quem quer aproveitar para fazer compras, vale lembrar que os preços neste shopping não são dos mais amigáveis. 

Horário da Galerias Pacífico

» Diariamente, das 10h às 21h.

Atrações em Buenos Aires - Galerias Pacífico

Galerias Pacífico

5- Teatro Colón

Motivo de orgulho entre os portenhos, é impossível passar ao lado do Teatro Colón sem notá-lo. Se pelo lado de fora sua grandiosidade já impressiona, por dentro é a riqueza de detalhes que deixa os turistas deslumbrados.

Junte a isso sua história peculiar e você terá os ingredientes perfeitos para uma visita guiada interessantíssima.

Visita guiada no Teatro Colón

» Diariamente, das 11h às 16h45.

» Duração aproximada de 50 minutos.

» Preço: AR$ 3.800,00 (R$ 120,00).

» É possível comprar online aqui.

Teatro Colón - Ponto turístico de Buenos Aires

Teatro Colón

Leia também: Quando ir para Buenos Aires | Clima e melhores meses

6- Feira de San Telmo

Ela é uma das feiras mais tradicionais de Buenos Aires, atrai milhares de turistas e portenhos todos os domingos, possui algumas coisas interessantes para ver e comprar, mas, me desculpe, ela não me convence.

Desde o meu primeiro roteiro de viagem a Buenos Aires eu já não tinha caído de amores pela feirinha que é praticamente unanimidade entre os viajantes. Ainda assim, decidi voltar lá para que minha cisma fosse embora. No entanto, continuei com a mesma opinião sobre ela.

O que mais me incomoda na Feira de San Telmo é a quantidade absurda de gente e o pouco espaço para caminhar tranquilamente. Eu sei que isso é a realidade de pontos turísticos. Mas se é pra conhecer lugares lotados, prefiro visitar a Feira de Mataderos que, para mim, é muito mais cativante do que a de San Telmo.

Enfim. Independente da minha opinião, o fato é que essa feirinha é uma das principais atrações turísticas em Buenos Aires. E, somente a visitando, você poderá tirar suas próprias conclusões.

Uma vez em San Telmo, outros lugares que você pode conhecer no bairro é o antigo e mal cuidado Mercado de San Telmo, o Museu de Arte Contemporânea e o Museu de Arte Moderna de Buenos Aires.

Horário da Feira de San Telmo

» Aos domingos, das 10h às 17h.

» Reservar vaga no Free Walking Tour San Telmo (Gratuito)

Feira de San Telmo em Buenos Aires

Placa de decoração vendida na Feira de San Telmo

7- Puente de la Mujer

Localizada no bairro mais novo de Buenos Aires, a Puente de la Mujer se tornou um dos cartões postais da cidade. Seja durante o dia ou à noite, quem caminha por Puerto Madero aproveita para tirar uma foto da ponte.

Além disso, um almoço ou jantar nos restaurantes normalmente caros dessa região, pode deixar seu passeio ainda mais agradável.  

» Reservar vaga no Free Walking Tour Puerto Madero (Gratuito)

roteiro de pontos turísticos em Buenos Aires

Puente de la Mujer, no bairro de Puerto Madero

Leia também: Principais gastos em Buenos Aires

8- Livraria El Ateneo

Não qualquer uma, tem que ser a El Ateneo Gran Splendid, que está no bairro da Recoleta. Afinal, é ela que está dentro de um antigo teatro onde, além de se perder entre as prateleiras de livros, você poderá contemplar sua arquitetura fascinante.

Horário da Livraria El Ateneo

» Segunda a sábado, das 9h às 22h.

» Domingo, das 12h às 22h.

Livraria El Ateneo

El Ateneo Gran Splendid

9- Cemitério Recoleta

Além de uma livraria um tanto fora do comum, outro ponto turístico inusitado da Recoleta é o seu cemitério.

Todos os dias, viajantes do mundo inteiro perambulam entre os mausoléus de figuras importantes da história argentina. Afinal, é lá que estão personalidades como Eva Duarte de Péron, ou simplesmente, Evita.

Para mim, caminhar e observar as tumbas até rende um passeio rápido, mas o ideal é fazer um tour guiado. Só assim você ficará sabendo das histórias e lendas do cemitério, o que deixa a visita muito mais bacana.

Cemitério da Recoleta

» Diariamente, das 7h às 18h.

» Entrada gratuita.

» Reservar vaga em visita guiada gratuita no Cemitério Recoleta

Cemitério turístico em Buenos Aires

Cemitério da Recoleta

Leia também: 10 hotéis que valem a pena na Recoleta

10- Flor Metálica

A Floralis Generica, ou Flor Metálica, também está na Recoleta e, na minha opinião, é aquele lugar clichê e que vale a pena conhecer somente se você estiver pela região, e quiser muito uma foto. Como está bem perto do Cemitério Recoleta, do Centro Cultural Recoleta e do Museu de Belas Artes, é fácil incluí-la em algum dia de passeio por esses lados.

Flor metálica

Flor Metálica

11- MALBA

Quem curte museus estará muito bem servido em Buenos Aires. Dentre os mais visitados o Museu de Arte Latino-Americana costuma estar no topo da lista. Mas, ainda assim, ele divide opiniões.

O Fábio, do blog Viagens Cine, contou no post “O que fazer em Palermo” que se decepcionou um pouco com ele. Por outro lado, há quem defenda que ele é o melhor museu da capital argentina, como a Lucila, do blog Viagem Cult.

Eu sei que para saber se você irá gostar ou não a melhor maneira é visitá-lo. No entanto, sugiro que se informe para tentar descobrir de antemão se o local tem chances de te agradar. Se acaso ele não fizer muito o seu estilo, talvez o Museu de Arte Moderna ou o Museu de Arte Contemporânea possam te surpreender.

MALBA

» Quinta a segunda, das 12h às 20h.
» Quarta, das 11h às 20h.
» Preço: AR$ 900,00 (R$ 30,00)

12- Jardim Japonês

Dos parques de Palermo o Jardim Japonês é, provavelmente, um dos mais visitados pelos turistas. O que é compreensível, afinal, esse refúgio da cultura oriental é super bem cuidado e rende um agradável passeio em Buenos Aires.

Se você gosta de curtas caminhadas rodeado de verde, não deixe de reservar um tempinho para conhecê-lo.

E já que você estará a poucos metros de distância, aproveite para visitar outros pontos turísticos de Buenos Aires, como: o Jardim Botânico, o Rosedal, os Bosques de Palermo e o Museu Evita.

Jardim Japonês

» Diariamente, das 10h às 18h30.

» Preço: AR$ 420,00 (R$ 15,00)

» Reservar vaga no Free Walking Tour em Palermo (Gratuito)

13- La Bombonera

Aos amantes do futebol, é hora de deixar a rivalidade de lado e incluir no seu roteiro de viagem uma visita ao estádio do Boca Juniors, a famosa La Bombonera.

E se acaso você não for apaixonado pelo esporte, saiba que eu também não sou e, mesmo assim, achei o passeio bem legal.

Além de aprender um pouco sobre a história do estádio do clube de maior torcida da Argentina e algumas curiosidades sobre seus ídolos, esteja preparado para escutar piadas envolvendo seu rival – River Plate – e se surpreender com a proximidade do campo de futebol com a arquibancada.

Por fim, saiba que há outros pontos turísticos que você pode visitar no bairro La Boca, como por exemplo, o controverso Caminito e a belíssima Fundación Proa.

Visita guiada La Bombonera

» Diariamente, das 10h às 18h.

» Visita fechada nos dias de jogos.

» Preço: Acesso ao museu + tour AR$ 2.200,00 (R$ 70,00)

La Bombonera - Buenos Aires

Estádio La Bombonera

14- Caminito

Este é um daqueles lugares que comentei no inicio do post que não conheci na minha primeira passagem por Buenos Aires. E, confesso que só fui desta vez porque ele está ao lado da Fundación Proa, um centro de arte contemporânea que queria muito visitar.

Já que eu havia lido diversos textos falando sobre as polêmicas do Caminito, estava certo de que não iria gostar muito do local. Porém, acredito que por não ter nenhuma expectativa sobre um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires, o que aconteceu foi justamente o contrário – achei a região bastante simpática.

Sim, é um lugar feito para atrair turistas. Sim, os preços de alguns restaurantes são relativamente mais caros do que em outras partes da cidade (mas não chega a ser assustador). E Sim, você será assediado para tirar fotos com dançarinos de tango, mas no meu caso, bastou um “no, gracias” para que eles não voltassem a insistir.

Porém, mesmo com tantos contras, é um conjunto de ruas bonitinhas que eu gostei de conhecer.

Caminito

» Finais de semana é muito lotado.

» Vá durante o dia.

» Reservar vaga no Free Walking Tour pelo bairro La Boca (Gratuito)

Caminito em Buenos Aires - Ponto turístico

Caminito

15- Shows de tango em Buenos Aires

Como escrever um texto sobre as atrações de Buenos Aires e não mencionar os shows de tango???

De espetáculos grandiosos a apresentações mais modestas, o que não falta na cidade são lugares para você assistir a dança mais emblemática deste país.

Um clássico sem luxo e que agrada a maioria dos turistas é o show do Café Tortoni.

Por outro lado, para quem quer uma opção mais sofisticada e que inclua jantar, o Esquina Carlos Gardel dificilmente decepciona.

Já o famoso Señor Tango é considerado por muitos uma tremenda roubada. Aliás, a Thaís, do blog Guia Mundo Afora, contou no post “3 comparativos de show de tango em  Buenos Aires”, a péssima experiência que ela teve.

Outras opções de tango em Buenos Aires, são: Madero Tango, Café de los Angelitos e Tango Porteño. 

» Reservar ingresso no Madero Tango (a partir de R$ 210,00)

» Reservar ingresso no Café de los Angelitos (a partir de R$ 370,00)

» Ingresso no Tango Porteño (a partir de R$ 230,00)

+ Pontos turísticos em Buenos Aires

Apesar de estes serem os principais pontos turísticos em Buenos Aires, ou seja, aqueles que os viajantes costumam visitar numa primeira viagem, a capital argentina oferece ainda dezenas de outras atrações.

Na categoria arte e cultura, outros lugares que você pode conhecer em Buenos Aires é o Museu Evita (perto do Jardim Japonês), Fundación Proa (perto do Caminito), Centro Cultural Kirchner (perto da Casa Rosada) e Centro Cultural Recoleta (perto do Cemitério Recoleta).

Além dos shows de tango, outros espetáculos que me entusiasmaram foram o La Bomba de Tiempo e o Espetáculo Fuerza Bruta. O primeiro, trata-se de uma apresentação de percussão num ambiente alternativo. Já o segundo é um show interativo com muita música, dança e acrobacias circenses.

Para ver a cidade do alto, os dois mirantes mais concorridos da cidade é o que fica no Palácio Barolo, e o que está no alto da Galeria Güemes.

Por fim, os apaixonados por arquitetura podem conhecer os prédios do Congresso da Argentina (perto do Teatro Colón), Faculdade de Direto (perto da Flor Metálica) e a Biblioteca Nacional (perto do Cemitério da Recoleta).

5 lugares para se hospedar em Buenos Aires

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Milhouse Hostel (Centro) e o Reina Madre Hostel (Recoleta) são duas opções concorridas na cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Hotel El Cabildo (Centro) e o ARC Recoleta Boutique (Recoleta)  têm ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Mio Buenos Aires (Recoleta).

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Buenos Aires

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Eder disse:

Ola Murilo, bacana seu blog. Queria tirar um duvida contigo, vou passar um dia em buenos aires, vou fazer uma parada pelo navio, queria conhecer alguns pontos turisticos. Vc indicaria montar um roteiro e fazer atraves de taxi, ou contratar por um passeio? o que sai mais barato ?

Outra pergunta, para visitar o estadio do Boco, vc compra o ingresso la mesmo na hora ou precisa comprar atravez do site ou algo assim?

Desde de já obrigado!!

Murilo Pagani disse:

Oi, Eder, tudo bem?

Por se tratar de apenas um dia, acredito que um tour guiado que já inclua todos os deslocamentos seja mais proveitoso. Isso porque, dessa forma você vai evitar perder tempo se localizando ou possíveis imprevistos.

O passeio talvez saia um pouco mais caro, mas na minha opinião, vale o investimento.

Sobre o ingresso para visitar o estádio do Boca, dá para comprar no site oficial deles. Porém, acredito que atualmente as visitas guiadas completas estão suspensas, e está funcionando apenas o Museu e algumas áreas do estádio.

Abraço

Lana Kátia Marques Fillinger disse:

Olá Murilo,gostei muito do seu blog,estou ajudando minha filha a montar um roteiro para sua lua de mel,serão oito dias.
Suas dicas serão muito úteis.
Obrigada!!

Murilo Pagani disse:

Oi, Lana, tudo bem?

Que legal. Fico feliz em saber que as dicas de pontos turísticos em Buenos Aires estão ajudando.

Com 8 dias e uma viagem tão especial quanto uma lua de mel, vai dar para aproveitar bastante, hein?!

Abraço

Rosemere da Silva ferreira disse:

Eu amei conhecer a Argentina Bueno Aires.
Tudo foi perfeito,foi um presente dia das mães.com o meu filho.amei o chocolate quente.
Mas a cidade , não cheirava muito bem.
Casa rosada ,maravilhoso o Zoologico tudo perfeito.
Pretendo voltar

Murilo Pagani disse:

Oi Rosemere, tudo bem?

Que legal, fico feliz em saber que gostou da cidade! =)
Buenos Aires é um destino que eu não me canso de voltar… hehehe

Abraço

Mariana disse:

Gostaria de dicas de lugares e hospedagens para viagem 5 dias em Lua de Mel

Murilo Pagani disse:

Oi Mariana, tudo bem?

Vou deixar o link de dois posts que podem te ajudar, ok?!

Acredito que o bairro Recoleta seja uma boa escolha para uma viagem de Lua de Mel!

>>> https://www.voltologo.net/onde-ficar-em-buenos-aires-bairros/

>>> https://www.voltologo.net/hoteis-recoleta-buenos-aires/

Abração!

Mariluz disse:

Ótimas dicas!!!

Murilo Pagani disse:

Que bom que gostou, Mariluz!

Abração!

Rafael Aciprete disse:

Muito bem descrito seu texto, Murilo. Estive em BaS em 2016, assim como você foi em 2013, e nao fui a muitos lugares. Fiquei mais na regiao central e hospedado em San Telmo. Pretendo voltar tão logo e refazer os passeios que deixei passar. BaS é uma cidade encantadora que vale a pena um passeio com mais tranquilidade.

Murilo Pagani disse:

Oi Rafael!

Sem dúvida, Buenos Aires vale muuuitas viagens! hehehe
Espero que as dicas do blog te ajudem!

Abraço

Ótima coletânea!! Buenos Aires é o máximo, mas temos que tomar cuidado mesmo onde investir nosso rico dinheirinho de viagens 🙂

Murilo Pagani disse:

Que bom que gostou, Thais!!

Super concordo!!!

Abraço

lugares que não podem estar fora do roteiro turístico da galera!! adoro o jardim japones e a flor metalica!

Murilo Pagani disse:

🙂 🙂 🙂