50 dicas do que fazer em Buenos Aires. Descubra quais lugares incluir em um roteiro de viagem, as principais atrações e pontos turísticos, além de lugares menos conhecidos.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

É difícil, e eu bem que tentei. Mas fazer uma lista sem esquecer nenhuma dica do que fazer em Buenos Aires não é fácil.

Me propus a colocar em no máximo cinquenta atividades tudo o que eu considero de bacana em uma viagem pela capital da Argentina. Porém, eis que quando chego ao número quarenta e nove, percebi que ainda não tinha colocado o passeio que costuma ser o número um de muitos viajantes. E, fora ele, ainda faltava incluir outros lugares.

Desisti. Escrevi sobre aquilo que jamais poderia ficar de fora de um post desses, e aceitei que os passeios para fazer em Buenos Aires são inesgotáveis. Não importa quantas vezes você vá, sempre terá um cantinho novo para ser descoberto.

Portanto, por favor, não crie ilusões achando que em quatro dias você vai descobrir tudo o que a maior cidade argentina tem para oferecer. Você até pode visitar os principais pontos turísticos e fazer muita coisa legal, mas esteja consciente de que muitos lugares bacanas vão ficar de fora do seu roteiro.

E isso não tem o menor problema, afinal, Buenos Aires está aqui do lado e não se cansa de nos receber.

Leia também: Melhores bairros para ficar em Buenos Aires!

# Dicas do que fazer em Buenos Aires

As 50 dicas do que fazer em Buenos Aires estão agrupadas por bairro. Se preferir, basta clicar nos links abaixo que você irá diretamente para as atrações de cada região!

Ou então, leia na sequência e não perca nenhuma atração do seu interesse para montar o seu roteiro para Buenos Aires.

Tenha em mente, porém, que dificilmente você cumprirá toda essa programação numa primeira viagem a Buenos Aires. A não ser que passe ao menos dez dias por lá, claro!

*** Os preços indicados foram atualizados em novembro/2019, e a conversão para real foi feita utilizando o câmbio de R$ 1,00 = AR$ 13,00.

» O que fazer no centro de Buenos Aires
» O que fazer em San Telmo
» O que fazer em Puerto Madero
» O que fazer em La Boca
» O que comer em Buenos Aires
» O que fazer na Recoleta
» O que fazer em Palermo
» Outros passeios em Buenos Aires

# O que fazer no centro de Buenos Aires

Agitada e barulhenta, a região central de Buenos Aires desperta sentimentos oito ou oitenta. Há quem ame e há quem não possa escutar o nome da Calle Florida. Porém, uma coisa é certa, para conhecer algumas das principias atrações turísticas da cidade você terá que ir até lá.

1- Entender a histórias das Mães da Praça de Maio
2- Free Walking Tour pelo centro
3- Visita guiada na Casa Rosada
4- Tomar um café na cafeteria mais famosa da cidade
5- Ver a cidade do alto no mirante do Palácio Barolo
6- Caminhar pela Avenida 9 de Julio
7- Visita guiada no Teatro Colón
8- Visita guiada no Congresso Nacional
9- Galerias Pacífico
10- Mirante da Galeria Güemes

1- Entender a histórias das Mães da Praça de Maio

A primeira dica do que fazer em Buenos Aires você pode começar logo depois de ler este post, sem nem precisar sair da sua casa. A história emocionante das Madres de la Plaza de Mayo é um dos casos mais emblemáticos de um passado não tão distante da Argentina. Compreender o que as motivou a se reunir na época da ditadura militar, e a continuar juntas e presentes até os dias de hoje, é essencial para você entender alguns acontecimentos do país.

Plaza de Mayo em Buenos Aires
O símbolo das Madres estão em vários lugares da cidade

Leia também: 5 dicas para curtir o centro de Buenos Aires

2- Free Walking Tour pelo centro

Para aprender sobre o cenário histórico, politico e econômico da Argentina, recomendo que você faça o Free Walking Tour pelo centro – assim que chegar na cidade. O passeio – que começa em frente ao Congresso Nacional, percorre toda a Avenida de Mayo e termina em frente à Casa Rosada – te dará uma ótima base para você explorar com mais conhecimento de causa os principais pontos turísticos desta região.

» Diariamente, às 15hs

» Duração aproximada de três horas

» Ponto de encontro: em frente ao Congresso Nacional

» Não há um preço fixo, funciona no esquema de contribuição voluntária

» Não necessita agendamento prévio. Basta comparecer no ponto de encontro 15 minutos antes do horário de início

3- Visita guiada na Casa Rosada

Sim, é possível conhecer o interior da sede do poder executivo do país – ou pelo menos parte dele. Nos finais de semana e feriados há visitas guiadas gratuitas durante o dia. O passeio costuma ser concorrido, portanto, é importante ter tempo disponível para ficar na fila.

» Aos sábados, das 10hs às 18hs

» Gratuita

» Necessita fazer agendamento aqui

» Para tirar apenas uma foto da parte externa da Casa Rosada, basta passar lá em frente a qualquer momento

o que fazer em Buenos Aires

4- Tomar um café na cafeteria mais famosa da cidade

Ela tem nome e sobrenome: Café Tortoni. Este é  mais um lugar na capital argentina onde não é raro ver algumas pessoas do lado de fora esperando para poder entrar. Mas vale a pena. Afinal, em uma cidade cheia de cafeterias, ela não se tornaria uma das mais conhecidas sem motivo. Os comes e bebes não deixam a desejar, o ambiente é agradabilíssimo e até show de tango é possível assistir.

» Diariamente, das 8h à 1h

5- Ver a cidade do alto no mirante do Palácio Barolo

Aliás, não apenas ver a cidade do alto. Os amantes da Divina Comédia não podem perder a oportunidade de fazer a visita pelo edifício que foi inspirado neste clássico da literatura mundial. Além de também ser dividido em inferno, purgatório e paraíso, o que não falta nesta construção são detalhes milimetricamente pensados para fazer referência à obra de Dante Alighieri.

» Segunda, quarta, quinta, sexta e sábado, com horários ao longo do dia

» Preço: AR$ 1.100,00 (R$ 85,00)

» Necessita fazer reserva aqui

6- Caminhar pela Avenida 9 de Julio

É nela que você vai poder tirar uma foto com o Obelisco, se impressionar com a grandiosidade do Teatro Colón e ver o famoso prédio com a imagem de Evita.

avenida nove de julio - obelisco - buenos aires

Leia também: 10 hotéis no centro de Buenos Aires

7- Visita guiada no Teatro Colón

Assistir um concerto seria o ideal para conhecer o Teatro Colón por dentro. Mas se não coincidir datas, estiver muito caro ou não for seu estilo, uma visita guiada, que também não é muito barata, resolve o problema.

» Diariamente, das 9hs às 17hs

» Duração aproximada de cinquenta minutos

» Preço: AR$ 1.000,00 (R$ 77,00)

» É possível comprar online aqui

8- Visita guiada no Congresso Nacional

Dentre as dezenas de construções imponentes que há em Buenos Aires, o edifício do Congresso Nacional da Argentina é, para mim, um dos mais lindos. Além de se encantar com a sua beleza do lado de fora, é possível fazer uma visita guiada gratuita para conhecer o interior do prédio.

» Segunda, terça, quinta e sexta, às 12h30 e às 17hs

» Gratuita

» Não necessita agendamento prévio. Basta comparecer ao Palácio do Congresso Nacional, através do acesso pela Rua Hipólito Yrigoyen, número 1849, com quinze minutos de antecedência, e portando documento de identidade ou passaporte

congresso da argentina

9- Galerias Pacífico

Shoppings e compras nunca estão nos meus roteiros de viagem, porém, sempre há uma exceção para quebrar a regra. Ainda assim, não são as compras que devem motivar a sua visita, já que os preços por aqui não são dos melhores. A razão que torna a Galerias Pacífico um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires é a beleza da sua arquitetura e murais.

» Diariamente, das 10hs às 21hs

10- Mirante da Galeria Güemes

Este é outro lugar para ver Buenos Aires de cima, porém, sem precisar gastar muito. A Galeria Guemes está localizada na Calle Florida, a quinhentos metros da Plaza de Mayo.

» Segunda a sexta, das 15hs às 17hs

» Preço: AR$ 100,00 (R$ 8,00)

mirante em Buenos Aires

Leia também: 10 hostels em Buenos Aires [Nos melhores bairros]

# O que fazer em San Telmo

Pertinho do centro, San Telmo é o bairro mais antigo de Buenos Aires e isso fica bem nítido assim que você começar a caminhar pelas suas ruas. É o lar de muitos antiquários, cafés e restaurantes tradicionais, além de uma atmosfera melancólica apaixonante.

11- Feira de San Telmo
12- Mercado de San Telmo
13- MACBA e MAMBA

11- Feira de San Telmo

Outro lugar que faz sucesso entre os viajantes é a tradicional Feira de San Telmo, que acontece aos domingos. As barraquinhas de artesanato e badulaques começam a se instalar logo no inicio da Calle Defensa – ao lado da Plaza de Mayo – e ali mesmo os turistas já se aglomeram para caminhar pelo estreito corredor principal da feirinha. Porém, é só aos arredores da Plaza Dorrego que você encontrará objetos antigos mais interessantes. Já para encontrar a estátua da Mafalda vá até o cruzamento das ruas Defensa e Chile.

» Aos domingos, das 10hs às 17hs

12- Mercado de San Telmo

Ainda no bairro de San Telmo, vale dar uma passada no mercado de mesmo nome. Além de muita velharia você irá encontrar alguns lugares bacanas para comer, como o Café Town, a Cocina Merci e o The Market Burguer.

» Segunda a sexta, das 10h30 às 21hs

» Sábado, das 9hs às 22hs

» Domingo, das 9hs às 20hs

mercado de San Telmo

Leia também: Seguro viagem para a Argentina | Dicas indispensáveis

13- MACBA e MAMBA

O Museu de Arte Contemporânea e o Museu de Arte Moderna de Buenos Aires estão lado a lado no bairro de San Telmo. Os dois possuem exposições atraentes e valem a visita, porém, o que eu mais gostei foi o MAMBA.

MACBA
» Segunda a sexta, das 11hs às 19hs
» Sábado e domingo, das 11hs às 19h30
» Preço: AR$ 150,00 (R$ 12,00)

MAMBA
» Segunda, quarta, quinta e sexta, das 11hs às 19hs
» Sábado e domingo, das 11hs às 20hs
» Preço: AR$ 50,00 (R$ 4,00)

Leia também: 7 museus em Buenos Aires para um roteiro cultural

# O que fazer em Puerto Madero

Não tem jeito, não consigo morrer de amores por Puerto Madero. No entanto, é inegável que o bairro mais novo e endinheirado de Buenos Aires rende caminhadas e jantares agradáveis.

14- Puente de la Mujer
15- Reserva Ecológica

14- Puente de la Mujer

Para mim, pontes de um modo geral já são naturalmente fotogênicas, mas a Puente de la Mujer é mais do que muitas outras. Quem estiver passando por Puerto Madero para comer em algum restaurante da região ou simplesmente caminhando pela orla, não pode perder a chance de tirar uma foto de um dos cartões postais da cidade.

Puente de la Mujer - Buenos Aires

Leia também: 9 dicas indispensáveis para viajar pela Argentina

15- Reserva Ecológica

Escondida atrás dos altos edifícios de Puerto Madero, a Reserva Ecologica Costanera Sur é o lugar para quem quer caminhar sem gente por perto e apreciar o contato com a natureza. Não é nenhum parque maravilhoso, porém, ainda assim, é um passeio bacana e dá pra tirar fotos do Rio de la Plata.

» Terça a domingo, das 8hs às 18hs

passeios em Buenos Aires - Reserva Ecologica

Leia também: Quanto custa viajar para Buenos Aires?

# O que fazer em La Boca

Foi por este bairro que muitos imigrantes europeus chegaram à Argentina. E,  foi neste bairro, que também foram fundados os dois times de maior rivalidade do país, Boca Juniors e River Plate. Sim, embora já faz tempo que não é mais, La Boca já foi a casa do River.

16- Caminito
17- Fundación Proa
18- La Bombonera

16- Caminito

Poucas atrações turísticas no mundo geram tanto debate como o Caminito. Há quem ache o lugar encantador, outros, no entanto, nem podem escutar o nome que já começam a ter tremeliques. Eu visitei as ruazinhas coloridas só na minha segunda viagem para a capital da Argentina e achei o passeio bastante simpático.

Acredito que para gostar do lugar você tem que ir sabendo de algumas verdades inconvenientes: é feito pra atrair turistas, vendedores e dançarinos de tango serão insistentes e alguns preços serão inflacionados.

» Finais de semana é muito lotado

» Vá durante o dia

» Passeio gratuito

caminito

Leia também: Quando ir para Buenos Aires | Clima e melhores meses

17- Fundación Proa

Para deixar o passeio pelo Caminito mais interessante, aproveite para visitar a Fundación Proa, um centro de arte e cultura moderna. Além de exposições artística, por lá há uma bela livraria e um simpático café.

» Terça a domingo, das 11hs às 19hs

18- La Bombonera

Uma das maiores semelhanças entre brasileiros e argentinos é a paixão pelo futebol. E, na hora de decidir o que fazer em Buenos Aires, vale deixar a rivalidade de lado e aproveitar a oportunidade para conhecer o estádio do time de maior torcida da Argentina: o Boca Juniors.

» Diariamente, das 10hs às 18hs

» Visita fechada nos dias de jogos!

» Preço: Acesso ao museu + tour AR$ 570,00 (R$ 44,00)

dicas do que fazer em Buenos Aires

ATENÇÃO!!!

Só leia as dicas a seguir se você não estiver com fome!

# O que comer em Buenos Aires

♫♫♫ “…Comer, comer, comer, comer,

                     é o melhor para poder crescer…” ♫♫♫

19- Comer muita carne
20- Comer um choripan na Costanera Sur
21- Comer pizza em alguma pizzaria tradicional da Avenida Corrientes
22- Comer empanada
23- Comer alfajor
24- Comer medialuna
25- Comer doce de leite
26- Tomar sorvete
27- Tomar muito vinho
28- Tomar fernet com Coca-Cola (ou com pomelo)

19- Comer muita carne

A fama não é em vão, as carnes (e cortes) da Argentina são realmente de deixar qualquer um com água na boca. O clássico bife de chorizo dificilmente decepciona e já é uma bela amostra do que há para provar. Para não cair em nenhum restaurante “pega-turista”, leia as dicas sobre onde provar as melhores carnes argentinas.

Comer carne em Buenos Aires - dicas

20- Comer um choripan na Costanera Sur

Esqueça a onda da gourmetização que tomou conta de muitos restaurantes, e parta para as boas e velhas barraquinhas de lanches. É isso o que te espera caso você resolva caminhar pela Costanera Sur, em Puerto Madero. Vá com fome e não tenha medo de pedir um choripan completo. O tradicional sanduíche de linguiça virá também com presunto, queijo e ovo.

21- Comer pizza em alguma pizzaria tradicional da Avenida Corrientes

Muitas das noites que passei em Buenos Aires eram parcialmente ocupadas com uma tarefa muito difícil: ir de pizzaria em pizzaria e tentar descobrir aquela que eu mais gostava. Depois de muitas fatias de muzza (muçarela), fugazzeta (muçarela e muita cebola), e jamón com morrón (presunto com fatias de pimentão vermelho), cheguei a algumas conclusões:

As que eu mais gostei foram nas pizzarias Guerrin, Las Cuartetas e El Cuartito. Esta última na verdade não está na Avenida Corrientes, mas não fica muito longe. Já as que não me agradaram tanto foram na Banchero e La Rey.

empanada e pizza em Buenos Aires

22- Comer empanada

Outro assunto sério na Argentina são as empanadas. Como sou um mero leigo que sempre recorria a elas em momentos de fome, para mim, todas que provei pareciam muito saborosas. Mas caso você queira provar apenas as melhores empanadas de Buenos Aires, as do restaurante El Sanjuanino, na Recoleta, sempre estão nessas listas.

23- Comer alfajor

Muda-se o paladar mas as delicias continuam. E, sair de Buenos Aires sem comer ao menos um alfajor, é um daqueles pecados imperdoáveis. Praticamente em qualquer esquina portenha haverá um kiosko vendendo esta guloseima. As marcas são muitas, mas os mais elogiados costumam ser o da Havanna e o da Milka. Para tirar a dúvida, recomendo que assista o vídeo “Qual o melhor alfajor da Argentina”, do blog Viagens Cine.

comer alfajor em Buenos Aires
Medialuna e alfajor de maicena

24- Comer medialuna

De manhã, a tarde ou na hora que você achar mais conveniente, só não deixe de provar esses famosos “mini croissants” que, apesar de simples, são viciantes.

25- Comer doce de leite

Ainda sobre doces, aproveite para se esbaldar sem peso na consciência no doce de leite argentino. Se quiser trazer alguns potes para o Brasil, antes de comprar leia o post “Quais as melhores marcas de doce de leite da Argentina”, do blog Buenas Dicas.

26- Tomar sorvete

A sorveteria Freddo se tornou uma das queridinhas entre os turistas, porém, saiba que não há a menor necessidade de você se limitar a apenas uma heladeria em Buenos Aires. Há centenas espalhadas pela cidade e na maioria você irá se surpreender com a ótima qualidade dos sorvetes. Como me hospedei pela região central, a minha dica está naquela área, mais especificamente na Avenida Corrientes – a poucas quadras da pizzaria Guerrin que citei anteriormente: Heladeria Cadore.  

27- Tomar muito vinho

Nada como tomar bons vinhos sem precisar gastar uma fortuna. Esta é uma realidade que você não pode ignorar em Buenos Aires.

28- Tomar fernet com Coca-Cola (ou com pomelo)

Não sou muito fã de destilados, misturados com refrigerante menos ainda. Mas se você estiver a fim de provar um clássico das noites portenhas, o fernet com coca fará as boas-vindas da casa. Outra combinação possível, mas menos popular, é misturar a bebida alcoólica com suco de pomelo.

*** Voltamos com a nossa programação normal sobre o que fazer em Buenos Aires ***

# O que fazer na Recoleta

Bem vindo àquela Buenos Aires que talvez você esteja procurando. Se o centro é famoso pela sua decadência irresistível, a Recoleta não abre mão da sua elegância europeia.

29- Free Walking Tour Recoleta
30- Livraria El Ateneo
31- Cemitério da Recoleta
32- Espetáculo Fuerza Bruta
33- Centro Cultural Recoleta e Museu de Bellas Artes
34- Flor Metálica
35- Biblioteca Nacional

Leia também: 10 hotéis para se hospedar na Recoleta [Para todos os bolsos]

29- Free Walking Tour Recoleta

Caminhar sozinho e sem nenhuma obrigação pelas ruas da Recoleta é uma das coisas que eu mais gosto de fazer em Buenos Aires. E recomendo que você reserve um tempo para esse passeio descompromissado. Porém, se possível, faça também o Free Walking Tour pelo bairro. Você ficará surpreso com algumas histórias da antiga classe aristocrata da cidade.

» Diariamente, às 10h30hs

» Duração aproximada de três horas

» Ponto de encontro: na Plaza Estado del Vaticano

» Não há um preço fixo, funciona no esquema de contribuição voluntária

» Não necessita agendamento prévio. Basta comparecer no ponto de encontro 15 minutos antes do horário de início

30- Livraria El Ateneo

A livraria que está localizada dentro de um antigo teatro se tornou um grande atrativo turístico de Buenos Aires, e, de fato, ela merece uma visita. Além de apreciar sua bela arquitetura, uma pausa na cafeteria – que está sobre o palco do antigo teatro – pode deixar o passeio ainda mais agradável.

» Segunda a sábado, das 9hs às 22hs

» Domingo, das 12hs às 22hs

livraria na Recoleta - Buenos Aires

31- Cemitério da Recoleta

A ideia de visitar um cemitério durante as férias pode parecer macabra em um primeiro momento. Porém, ao entender a história deste lugar, percebemos a sua importância e nos rendemos a um passeio entre os mausoléus de figuras notáveis do passado argentino.

» Diariamente, das 7hs às 18hs

» Entrada gratuita

» Tour guiado opcional, cerca de AR$ 600,00 (R$ 46,00)

» Há várias empresas que fazem o tour guiado. Necessário comprar antecipadamente

32- Espetáculo Fuerza Bruta

Será pouco mais de uma hora sem saber para onde olhar primeiro.  O espetáculo que mistura música, dança e acrobacia, ganha um toque mágico devido a interação com o público. Este, por sua vez, fica boquiaberto durante a maior parte do show e com aquele gostinho de quero mais quando termina.

Atualização (novembro/2019): Atualmente, o espetáculo Fuerza Bruta não está se apresentando em Buenos Aires. Para ficar por dentro da programação siga o perfil oficial no Instagram.

33- Centro Cultural Recoleta e Museu de Bellas Artes

O programa cultural neste bairro fica por conta desses dois lugares, que por sinal, estão praticamente ao lado do Cemitério da Recoleta. A dica esperta é ir ao Centro Cultural Recoleta no fim de tarde as quartas-feiras. Isso porque neste dia da semana acontece apresentação musical gratuita a partir das 19hs.

Centro Cultural Recoleta
» Terça a sexta, das 13h30 às 22hs
» Sábado e domingo, das 11h15 às 22hs
» Entrada gratuita, mas algumas atrações podem ser cobradas.

Museu de Bellas Artes
» Terça a sexta, das 11hs às 20hs
» Sábado e domingo, das 10hs às 20hs
» Preço: AR$ 200,00 (R$ 16,00)

34- Flor Metálica

Provavelmente você já tenha visto a foto dela em algum lugar, e, caso queira tirar a sua, é bem fácil combinar o passeio até a Flor Metálica em um dia de turismo pela Recoleta. Ela está pertinho do Museu de Bellas Artes, ao lado do imponente prédio da Faculdade de Direito.

» Visita gratuita

flor metálica em Buenos Aires

35- Bibioteca Nacional

Junto com o Centro Cultural Recoleta, a Biblioteca Nacional foi outra surpresa positiva neste bairro. Além de admirar a construção fora dos padrões portenhos, é possível fazer uma visita guiada pelo seu interior, ou simplesmente subir até o quinto andar de onde é possível ter uma vista bem bacana da cidade.

» Segunda a sexta, das 9hs às 21hs

» Sábado e domingo, das 12hs às 19hs

» Entrada gratuita

Biblioteca nacional da Argentina

# O que fazer em Palermo

Mesmo um pouco afastado das áreas turísticas como Centro, La Boca, Puerto Madero e San Telmo, Palermo integra o time de lugares essenciais em uma primeira viagem a Buenos Aires. Afinal, é lá que você encontrará o que há de mais cool e animado na cidade.

36- Parques de Palermo
37- Museu Evita e MALBA
38- Vida noturna em Palermo

36- Parques de Palermo

No bairro mais arborizado de Buenos Aires, nada mais justo do que você dedicar algum tempo conhecendo seus parques. Comece pelo Jardim Botânico, que é perto da estação de metrô Plaza Italia, e depois rume para os famosos Rosedal e Jardim Japonês. Estes dois últimos parques que eu citei são os mais conhecidos da região, mas ao redor deles você terá outras áreas verdes, como: a Plaza Alemania, a Plaza Intendente Seeber e a Plaza Sicilia.

Entender onde começa e onde termina cada um pode parecer complicado, já que, aparentemente, todos eles estão conectados. Mas não se preocupe, o mais importante é estar disposto a caminhar e ir parando naqueles que achar mais interessante.

bosques de Palermo em Buenos Aires

37- Museu Evita e MALBA

Estes são os dois museus indicados para quem estiver buscando o que fazer em Palermo. O Museo Evita irá te explicar a trajetória da mulher mais amada (e odiada) da Argentina. Já o Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires possui um grande acervo de obras do nosso continente e é um dos mais visitados na cidade.

Museu Evita
» Terça a domingo, das 11hs às 19hs
» Preço: AR$ 225,00 (R$ 17,00)

MALBA
» Quinta a segunda, das 12hs às 20hs
» Quarta, das 12hs às 21hs
» Preço: AR$ 240,00 (R$ 19,00)

38- Vida noturna em Palermo

Além de ótimos restaurantes e bares descolados para quem quer tomar apenas algumas cervejas, Palermo é um ótimo lugar para quem quer aproveitar a noite até o dia amanhecer. Neste “Guia de baladas em Buenos Aires”,  tem muitas opções de boliches para ir em Palermo e também em outros bairros da cidade.

# Outros passeios em Buenos Aires

Hora de se surpreender com dicas menos convencionais do que fazer em Buenos Aires !!!  (Exceto a última. Um clássico indispensável!) 

39- Feira de Mataderos
40- Grafites, murais e arte de rua
41- Passeio de bicicleta
42- Tour Aires Buenos
43- Cemitério da Chacarita
44- Museu fotográfico/bar/café Simik
45- Bairro Chino
46- Bares secretos e restaurantes puertas cerradas
47- Parque Centenário
48- La Bomba de Tiempo
49- Ir a uma apresentação de algum grupo de teatro independente
50- Show de tango

39- Feira de Mataderos

Afastada da zona turística, a Feira de Mataderos é uma ótima dica do que fazer em um domingo em Buenos Aires. Além de muita comida boa (e barata), artesanato e produtos argentinos, você irá presenciar manifestações da cultura gaúcha, como músicas e apresentações de dança.

Se você não quiser abrir mão da tradicional Feira de San Telmo, que é no mesmo dia, é possível ir às duas. Eu cheguei por volta das 11hs em Mataderos e fiquei lá até umas 15hs. Depois peguei um ônibus e o metrô para ir até San Telmo, onde a feirinha ainda estava a todo vapor.

» Aos domingos, das 11hs às 19hs

feiras de Buenos Aires

40- Grafites, murais e arte de rua

Buenos Aires está repleta de murais que colorem a cidade. Quem estiver pelo centro, basta observar com atenção as paredes da Avenida de Mayo que já terá uma amostra desta arte. O bairro de La Boca não fica atrás, e quando você visitá-lo perceberá isso.

Outras regiões onde você encontrará muita arte de rua é em Colegiales e Palermo Hollywood. Como eu adoro entender sobre a história desse movimento nas cidades que visito, acabei fazendo o Walking Tour Urban Art, da Graffitmunndo – exatamente por esses dois bairros. Foi uma ótima maneira de ir direto aos murais mais atraentes, e aprender sobre a ideia dos artistas que os criaram.

>>> Preço: Walking tour Urban Art da Graffitmunndo, US$ 20,00

grafite e arte de rua em Buenos Aires

41- Passeio de bicicleta

Caminhar pelas ruas planas de Bs As não é cansativo. Para distâncias maiores o transporte público costuma ser eficiente. Porém, porque não ir pedalando para os principais pontos turísticos da cidade?

Seja alugando uma bicicleta por conta própria e fazendo seu próprio roteiro em Buenos Aires, ou participando de algum tour guiado. Depois deste passeio você certamente irá enxergar a capital da Argentina com outros olhos.

42- Tour Aires Buenos

Um tour criado por um brasileiro, e especificamente para brasileiros. Já faz alguns anos que o Tulio, criador do blog Aires Buenos e também do tour, inovou na hora de mostrar a capital da Argentina para os conterrâneos. A receita deu tão certo que todos os sábados turistas se encantam com lugares pouco conhecidos, porém, fascinantes, de Buenos Aires.

Atualização (novembro/2019): O tour da turma do Aires Buenos não existe mais.  

43- Cemitério da Chacarita

Uma versão maior e menos turística do que o Cemitério da Recoleta, mas, para mim, igualmente interessante.

» Diariamente, das 7h30 às 17hs

» Entrada gratuita

cemitério Buenos Aires

44- Museu fotográfico/bar/café Simik

Um lugar Bombril que me encantou logo de cara. Não coloquei aí no título mas ele também é restaurante, já que serve refeições executivas e pizzas a um preço bem camarada. Além de comer e beber, é um lugar mais do que recomendado para quem curte fotografia e quer ficar impressionado com as preciosidades que há ali.

» Segunda a sábado, das 7hs às 23h30

museu em Buenos Aires

45- Bairro Chino

Conhecido como Barrio Chino, este reduto da cultura oriental em Buenos Aires é, na verdade, algumas quadras que estão localizadas no bairro de Belgrano. Você estará diante de supermercados, lojinhas e restaurantes que valorizam os costumes orientais. O ideal, na minha opinião, é ir até lá na hora do almoço para aproveitar as comidinhas deliciosas que você vai encontrar.

barrio chino - Buenos Aires

46- Bares secretos e restaurantes puertas cerradas

O mais famoso dentre esses bares é o Franks, onde você precisa até descobrir a senha do dia para entrar (eles dão dicas pela página do facebook). Porém, também há outros que você dificilmente descobriria por conta própria, como a Florería Altlántico, onde a entrada é por uma floricultura.

Já o conceito dos restaurantes portas fechadas é popular em muitos lugares do mundo: um jantar para poucas pessoas, não necessariamente em um restaurante (pode ser na casa do chef), e uma experiência que você dificilmente teria em um estabelecimento comum. Já faz alguns anos que a moda pegou e não saiu mais de Buenos Aires.

Para descobrir como costumam ser esses jantares e onde estão alguns destes locais, leia o texto “Restaurantes secretos: 7 lugares para comer como e casa” (em espanhol).

47- Parque Centenário

O achei por acaso. Estava olhando no Google Maps como chegar ao bairro da Chacarita e reparei que no meio do caminho havia um parque. Como estava com tempo sobrando decidi dar uma passada lá. Gostei tanto que as duas horas livres que eu tinha voaram sem que eu percebesse.

» Diariamente, das 6hs às 22h30

parques em Buenos Aires

48- La Bomba de Tiempo

Quem acha que só de tango vive Buenos Aires está muito enganado. É claro que os espetáculos ao ritmo de Gardel são o maior sucesso entre os turistas. Mas logo que eu descobri que na Ciudad Cultural Konex há um grupo de percussionistas que se apresentam todas as segundas-feiras, inclui esta atração no meu roteiro por Buenos Aires no mesmo instante.

» Segunda-feira, às 20hs

» Preço
– Antecipado: AR$ 260,00 (R$ 20,00) (compra online aqui)
– No local: AR$ 300,00 (R$ 23,00) (sujeito a disponibilidade)

Leia também: Buenos Aires além do tango | 3 espetáculos surpreendentes

49- Ir a uma apresentação de algum grupo de teatro independente

Quando um amigo argentino me convidou para ir a apresentação do grupo de teatro do qual ele faz parte, não pensei duas vezes para aceitar. Porém, o que eu não sabia, é que esse programa seria tão diferente do que eu imaginava, e que eu iria gostar tanto. Em um ambiente completamente informal, com direito a quitutes e bebidinhas, durante quatro horas diversos atores e atrizes arrancaram gargalhadas e aplausos calorosos do público.

50- Show de tango

E por último, mas não menos importante, não se esqueça de reservar uma noite para assistir um espetáculo da dança mais representativa deste país. Lugares para isso não faltam. O show do Café Tortoni faz a linha sem luxo e dificilmente decepciona. Já para produções mais sofisticadas e com jantar incluído, o Esquina Carlos Gardel é um dos mais elogiados.

» Preço: O valor varia muito de acordo com a casa de espetáculo e do que está incluído (como por exemplo, jantar). Mas para você ter uma base, a entrada mais barata no Esquina Carlos Gardel está em torno de US$ 140,00 (sim, dólares!). 

# Roteiro de 5 dias em Buenos Aires

A melhor maneira de organizar as atividades para fazer em Buenos Aires é justamente se planejando para conhecer todas as atrações de um bairro no mesmo dia.

Portanto, indicarei abaixo como você pode distribuir os seus dias, e então, você decidirá quais lugares visitar em cada uma das vizinhanças.

– Dia 1: Chegada e La Boca

– Dia 2: Centro

– Dia 3: Puerto Madero e San Telmo

– Dia 4: Recoleta

– Dia 5: Palermo

Caso você tenha mais tempo disponível, considere fazer alguns passeios bate-volta para outras regiões!

# BÔNUS

Se você leu o texto inteiro deve ter percebido que eu não citei nenhum passeio bate-volta para fazer a partir de Buenos Aires. Mas é importante você saber que há várias opções interessantes para quem tem mais tempo de viagem. Por isso, decidi sugerir dois destinos populares como bônus: Tigre e Colonia del Sacramento – este última no Uruguai.

Para conhecê-las você não precisa contratar nenhum tour ou agência, fazer tudo por conta própria é bem fácil. Para ir até Colonia, a empresa Buquebus é uma das mais recomendadas e as embarcações saem de Puerto Madero. Já para ir até Tigre, você pode fazer o caminho de trem ou de ônibus.

E você, tem outras dicas do que fazer em Buenos Aires???

Me conta aí nos comentários. Tenho certeza de que ajudará outros viajantes!!! 🙂

5 lugares para se hospedar em Buenos Aires

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Milhouse Hostel (Centro) e o Reina Madre Hostel (Recoleta) são duas opções concorridas na cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Hotel El Cabildo (Centro) e o ARC Recoleta Boutique (Recoleta)  têm ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Mio Buenos Aires (Recoleta).

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Buenos Aires

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

59 COMENTÁRIOS

  1. Nossa Murilo, quanta coisa legal para fazer em Buenos Aires heim?! Eu ainda não conheço, mas já salvei suas dicas pois quero conhecer em breve.

    • Tem muita coisa legal pra fazer em Buenos Aires, Ana!

      Como é difícil conhecer tudo numa única viagem, o jeito é escolher de acordo com nosso perfil! hehehe

      Abração!

  2. Oi Murilo,
    Esse texto com dicas do que fazer em Buenos Aires veio em ótima hora! Vou para Buenos Aires em setembro e como já fui aproveitei para separar os passeio que ainda não fiz, como a visita a casa rosada. Fiquei curiosa com os restaurantes fechados.

  3. Olá, Murilo,
    Gostei das suas dicas, estarei indo pra Buenos Aires em Abril e gostaria de ver com você o que me indica a respeito de onde você indica pra comprar passeios tipo um dia todo na estancia e também de passeios na cidade mesmo.
    Abraço.

    • Olá Vantuir, tudo bem?

      Esse passeio na estância eu não sei, mas pelo centro, na Calle Florida, por exemplo, há algumas agências que oferecem passeios.

      Já para as atrações da cidade, normalmente é só comprar o ingresso lá na hora mesmo, em cada atração. Ou se quiser deixar comprado é só utilizar o canal oficial da atração!

      Abração

  4. Oi Murilo!
    Deparei-me com seu blog nas minhas pesquisas sobre dicas de Buenos Aires e fiquei fã! Parabéns pelo excelente trabalho e cuidado!! Vou passar o Carnaval de 2019 por lá e te atualizo sobre algumas coisas na volta… kkkkkkk. Um grande abraço

    • Faaala Lucio, beleza?!

      Que bacana!! Fico feliz que tenha gostado das dicas! Espero que curta ainda mais Buenos Aires! hehehe
      Opaaa… Com certeza! Depois volte pra contar como é passar o carnaval por lá!

      Abração

  5. Quase nunca comento em blogs com dicas de viagem, mas senti um cuidado e um olhar tão diferente no teu que tenho que vir te agradecer. Fiquei curiosa pra ver outros posts teus sobre outros lugares 🙂 Muito obrigada pelas dicas maravilhosas!

  6. Há muitos anos, minha mulher e eu temos visitado Buenos Aires.
    Achamos a cidade encantadora e muito segura, coisa que nós brasileiros valorizamos muito
    Parabéns pelas excelentes dicas.
    Na próxima vez vemos contatar vocês.
    Obrigado

  7. Gostei muito das dicas!!!
    Vou em janeiro do próximo ano para Buenos Aires, e já estou anotando Aqui o que fazer na cidade!
    Obrigada por compartilhar 😉

  8. Muito bom seu blog! Estava buscando algum lugar que ainda não conhecia e acabei encontrando-o!
    Já fui uma vez como mochileiro para Buenos Aires e havia feito a maioria dos passeios. Ano passado fui a trabalho e tive um sabado livre, e me indicaram conhecer Tigre (que fiquei apaixonado pela beleza do lugar). Estou indo de novo a trabalho e vou ter um domingo livre, vou marcar os lugares que ainda não conheço para visitar!
    Embora acho Buenos Aires delicioso, suas fotos deixaram a cidade mil vezes mais bonitas!

    • Faala Nathan, tudo bem?

      Fico feliz em saber que gostou do blog! 🙂
      Uma boa pedida pra um domingão é a Feira de Mataderos, que começa a ficar movimentada por volta das 11h30 da manhã.

      Abração!

  9. Obrigada pelas dicas do Blog. Com todas suas orientações chegar em Buenos Aires foi muito mais fácil.
    Estive em Buenos Aires com a minha família em dezembro de 2017, em total 10 pessoas. Com as dicas do blog minha viagem foi perfeita. Ao viajar em grupo preferimos contratar uma agencia para fazer a maioria dos passeios em Buenos Aires. Entramos em contato com uma agencia que esta sendo muito bem recomendada na internet. Funny Times Travel, Insta #funnytimesbuenosaires
    Nosso contato foi por e-mail com eles (info@funnytimestravel.com ) e já no começo fomos respondidos com agilidade e presteza as nossas dúvidas.
    Contratamos um Transfer do Aeroporto ao Hotel e também o transfer de volta. Ao ser uma VAN ficava um pouco mais caro que ir de táxi, mas preferimos pela tranquilidade já que ouvimos muito falar dos golpes de taxistas principalmente nos aeroportos, e também pela comodidade e conforto lógico. Chegando lá um pouco apreensivos pois pagamos uma parte antecipada, ficamos gratamente surpresos pois estava o motorista nos esperando, a Van era bem nova e limpa. Também contratamos um City Tour.. a agência oferecia um tour grupal(+barato)junto a mais pessoas, porem optamos por um tour particular(+caro), pra conhecer os principais bairros e também um show de tango no Café de los Angelitos com preço absurdamente mais barato que no site e outras páginas que pesquisamos, ahh também fizemos câmbio com eles no hotel.
    Com certeza foi a melhor opção seguir as dicas do blog e comprar com a Funny Times Travel.
    Sobre Buenos Aires, adoramos tudo! Comentar sobre ela seria repetitivo depois de todos os bons comentários.. linda, charmosa, estilo europeu, bela arquitetura, muita vida noturna, uma cidade que você se sente a gosto e com vontade de voltar.

    • Oi Andrea, tudo bem?

      Poxa, que bacana seu comentário. Fico contente em saber que a dicas te ajudaram e que você teve uma ótima viagem!

      Buenos Aires é apaixonante, né? Eu já não vejo a hora de voltar… hehehe

      Obrigado pelas dicas!

      Abração!

  10. Adorei o post! Muito comprcompleto e com novidades que não conheci! Uma outra dica que acho legal é o Bus Tour, o ônibus de turismo que parpassa por diversos pontos turísticos na cidade! Me ajudou a conhecer diversos lugares quando estive lá!!! Se não me engano comprei na Avenida de Mayo! Abs

  11. Simplesmente ADOREI o post!!!
    Estou com viagem marcada para Buenos Aires mês que vem, é minha segunda vez na cidade.
    Apesar disso vai ser tudo novo… Vou ficar 15 dias, fiz as compras de forma independente (o que nunca fiz) e primeira vez num apto.
    Todos falam que é muito tempo, mas, graças a você eu já sei o que fazer nessa minha passagem por lá!!!
    Obrigada por compartilhar conosco toda essa preciosidade!

    • Oi Aldrey!

      Que bom que gostou do post!!!
      Com certeza vai aproveitar bastaaante a cidade!
      Eu fiquei 12 dias e não dei conta de fazer tudo o que queria! hahahaha

      Depois volta aqui pra comentar quais os lugares você mais gostou!
      🙂 🙂 🙂

      Abraço!

  12. Murilo, parabéns você fez um roteiro sensacional com excelentes dicas e de muito bom gosto.

    Continue com o seu objetivo é compartilhe com a gente.

    Felicidades!

  13. Quanto coisa bacana pra fazer wm Buenos Aires, Murilo! Ainda não tive a oportunidade de conhecer a capital argentina, mas quando for vou levar esse teu post comigo! haha Beijos!

  14. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here