Eu não sabia muito o que esperar de uma viagem a Itajaí. Inclusive, só inclui este destino no meu roteiro em Santa Catarina devido à proximidade com o local onde estava hospedado em Balneário Camboriú – meros 11 quilômetros.

E, para minha surpresa, Itajaí se revelou ser uma cidade pra lá de simpática. Apesar de não ter tantos atrativos quanto a sua vizinha mais famosa – Balneário – é um lugar que encanta justamente por estar fora dos holofotes.

Portanto, mesmo que você não queira fazer de Itajaí o seu destino principal no litoral catarinense, na minha opinião, vale a pena reservar ao menos um dia da sua programação para conhecer a cidade – nem que seja através de um passeio-bate volta.

Em todo caso, independente de quanto tempo você pretende dedicar para a sua viagem a Itajaí, neste texto eu te contarei tudo o que você precisar saber para aproveitar ao máximo o seu roteiro.

dicas de Itajaí
Centro de Itajaí

# Dicas de viagem a Itajaí

1- Melhor época para viajar a Itajaí

2- Quantos dias ficar?

3- Como chegar e se locomover?

4- Hospedagem em Itajaí

5- O que fazer em Itajaí?

6- Praias de Itajaí

7- Onde comer em Itajaí?

1- Melhor época para viajar a Itajaí

Não tem jeito: assim como em qualquer canto do litoral brasileiro, a cidade recebe a maior quantidade de turistas durante o verão. Porém, não necessariamente essa é a melhor época para viajar a Itajaí.

Apesar da temperatura alta dos primeiros meses do ano ser a mais propícia para esticar a canga na areia, é de dezembro a fevereiro que também mais chove em Itajaí. Embora isso não signifique que choverá o tempo inteiro, perder um dia ou outro da programação costuma ser uma realidade neste período.

Além disso, outros inconvenientes da alta temporada são preços de hospedagem mais altos, praias lotadas e trânsito.

Por outro lado, para os viajantes que querem aproveitar o dia na areia e a noite em festas sem hora para acabar, é durante o verão que acontece os eventos mais animados em Itajaí.

Para quem prefere evitar tumulto, abril, maio, setembro, outubro e novembro são meses em que a cidade costuma estar vazia e o clima em Itajaí dificilmente atrapalha os roteiros de viagem. Apesar de não fazer o calorão do verão, o tempo costuma estar estável e com dias ensolarados.

Durante o inverno a viagem a Itajaí continua valendo a pena desde que você não faça questão que passar o dia inteiro na praia. Afinal, de junho a agosto a temperatura cai, sendo que as mínimas ficam na casa dos 13°C e as máximas dificilmente passam dos 20°C.

melhor época para viajar a Itajaí
Praia do Atalaia com céu azul durante o outono em Itajaí

2- Quantos dias ficar?

Apesar de sua vocação para o turismo, Itajaí não possui centenas de praias e pontos turísticos. Portanto, se a sua intenção é perambular pelos principais atrativos da cidade, saiba que dá para fazer isso em um único dia.

No entanto, isso não significa que você não pode passar uma semana inteira por lá apenas aproveitando a vida boa perto do mar. E, além disso, eventualmente indo até as suas cidades vizinhas que também merecem ser visitadas.

O fato é: está hospedado em Balneário e quer fazer apenas um bate-volta por conta própria? Dá para fazer. Inclusive, sendo possível visitar praticamente todas as suas atrações.

Quer passar um final de semana diferente e tranquilo? Perfeito.

Pretende viajar sem data para voltar? Boa viagem.

O único inconveniente será no caso de bate-volta durante a altíssima temporada de verão. Isso porque, o trânsito será de deixar qualquer viajante aborrecido durante as férias.

quantos dias ficar em Itajaí
Praia de Cabeçudas é uma das melhores de Itajaí

3- Como chegar e se locomover?

O aeroporto mais próximo de Itajaí é o Aeroporto Internacional de Navegantes (NVT), localizado a 20 quilômetros de distância.

Outra opção de desembarque para quem for chegar de avião é o Aeroporto Internacional de Florianópolis (FLN), que está a 110 quilômetros.

Se você for desembarcar em Navegantes e não pretende alugar um carro, os aplicativos de corrida funcionam muito bem na região e o deslocamento até o centro de Itajaí não deve custar mais do que R$ 30,00.

Além disso, Itajaí está muito perto de Balneário Camboriú, sendo que de centro a centro são apenas 17 quilômetros. Neste caso, dá para fazer o percurso de ônibus ou Uber, sendo que as corridas por aplicativo dificilmente custam mais do que R$ 30,00.

Por fim, para os viajantes que pretendem chegar de ônibus em Itajaí, algumas rotas comuns, são:

– Itapema x Itajaí (empresa Catarinense): R$ 15,00, 1h de viagem.

– Florianópolis x Itajaí (empresa Catarinense): R$ 38,00, 2h10 de viagem.

– Blumenau x Itajaí (empesas Catarinense e União): R$ 23,00, 1h15 de viagem.

– Curitiba x Itajaí (empresas Catarinense, Brasil Sul e Eucatur): R$ 50,00, 3h30 de viagem.

– São Paulo x Itapema (empresas Catarinense, Eucatur e Penha): R$ 130,00, 10 horas de viagem.

Por último, para se locomover entre as atrações de Itajaí o jeito mais prático também é com os aplicativos de corrida, como o Uber.

como chegar em Itajaí
Vista do Porto de Itajaí desde o molhe da cidade

4- Hospedagem em Itajaí

Os dois principais bairros para ficar em Itajaí são centro da cidade e Praia Brava. Afinal, são nestas vizinhanças que se concentra a rede hoteleira do destino.

De modo geral, a área central possui hotéis mais convencionais e econômicos, enquanto na Praia Brava há uma maior oferta de pousadinhas charmosa perto do mar. Aliás, saiba que não há praia no centro de Itajaí.

Ao se hospedar no centro da cidade a praia mais próxima será a Praia do Atalaia, a três quilômetro de distância.

Além disso, saiba que a Praia Brava possui dois trechos diferentes. Apesar de a faixa de areia ser semelhante em toda a sua extensão, o canto esquerdo fica mais próximo do centro de Itajaí (6 km), e o canto direito fica mais próximo de Balneário Camboriú (2 km).

Por fim, outra possível área para se hospedar em Itajaí é a Praia de Cabeçudas – que está localizada entre o centro e a Praia Brava. Embora tenha um perfil mais residencial, há algumas opções de hospedagem por lá.

Sobre os preços de pousadas baratas em Itajaí, é possível encontrar acomodações simples que cobram a partir de R$ 140,00 em uma suíte para duas pessoas durante a baixa temporada – já com o café da manhã incluído. Por outro lado, hotéis mais estrelados devem custar um pouco mais, em torno de R$ 220,00 a diária.

E, na alta temporada, o valor de um mesmo quarto pode chegar a custar de duas a três vezes mais.

Pousadas e hotéis

Um dos hotéis mais baratos para ficar no centro de Itajaí é o Ibis Budget – o hotel mais econômico da Rede Ibis. Com instalações novas e modernas e suítes compactas, é um dos lugares que conquista pelo bom custo-benefício como um todo.

Se acaso você preferir se hospedar em um hotel quatro estrelas, o Hotel 7 Itajaí e o Mercure Itajaí são dois dos mais bem cotados.

O Sandri Palace Hotel é considerado um dos melhores hotéis de Itajaí. E, de fato, faz por merecer a boa fama que tem.

Isso porque, além de tarifas realistas, o Sandri Palace chama atenção pela boa estrutura e facilidades que estão incluídas no valor da diária: piscina, sauna, academia, restaurantes, café da manhã e estacionamento grátis.

Na Praia de Cabeçudas, o Hotel Marambaia Cabeçudas é a opção mais bem cotada. Localizado no canto direito da praia, o Marambaia é um quatro estrelas que aceita animais de estimação, possui piscina e suítes confortáveis.

Famosa pela boa estrutura e pelos animados beach clubs, a Praia Brava também não decepciona quando o assunto é hospedagem.

Para os viajantes que gostam do astral despretensioso que só um albergue é capaz de proporcionar, o Home in Box Hostel está de frente para o mar e é bem avaliado.

Na categoria de pousada-charmosa-e-estilosa, quem recebe os holofotes é a colorida e bem cuidada Alma Brava. Além dos ambientes lindos e aconchegantes, os hóspedes são tão bem recebidos que se sentem como se estivessem em casa.

Na ponta sul da Praia Brava, perto de muitos comércios e de frente para o mar, a Pousada Ondas da Brava é umas das melhores opções por estas bandas. Possui ótima localização, boa estrutura e café da manhã caprichado.

Itajaí
Orla à beira-rio da Avenida Ministro Victor Konder, também conhecida como Via Gastronômica

5- O que fazer em Itajaí?

Além das praias – que serão assunto do próximo tópico deste texto – também há alguns pontos turísticos em Itajaí que você pode incluir no seu roteiro de viagem.

Começando no centro da cidade, as duas principais atrações são o Palácio Marcos Konder – onde funciona o Museu Histórico de Itajaí – e a Igreja Matriz Santíssimo Sacramento.

Caminhando pela Rua Hercílio Luz em direção à beira-rio você chegará ao Píer Turístico de Itajaí e no Mercado Público. Se estiver com fome, aproveite para provar as delícias do mercado.

Outro lugar para incluir na sua lista do que fazer em Itajaí é o Mirante Morro da Cruz, que também está na área central da cidade, e de onde você terá uma bela vista panorâmica da região.

Seguindo em direção às praias de Itajaí você passará pela agradável orla da Via Gastronômica – cujo nome é autoexplicativo.

Por fim, ao lado da Praia do Atalaia estão outros dois pontos turísticos da cidade: o Molhe de Itajaí e a Pedra Bico de Papagaio. Em ambos os lugares, na minha opinião, o mais bonito é a vista que se tem das praias.

o que fazer em Itajaí
Pedra Bico de Papagaio, um dos pontos turísticos de Itajaí

6- Praias de Itajaí

É pouco provável que alguém faça uma viagem a turismo em Itajaí e não conheça as suas praias, afinal, elas são as grandes atrações da cidade.

Pertinho do centro e ao lado do Molhe de Itajaí, a Praia do Atalaia tem um jeitão urbana-selvagem. Isso porque, apesar do seu fácil acesso, ela preserva um ambiente tranquilo.

Embora seja bastante procurada por surfistas, a Praia do Atalaia também é um bom lugar para qualquer outro viajante em busca de sossego. Normalmente, os visitantes ficam no trecho central, onde há o único quiosque que providencia serviços à beira-mar.

A 500 metros de Atalaia – mas não na mesma faixa de areia – está a Praia do Jeremias. Apesar de bonita, é um pedaço de areia pequeno e pouco utilizada pelos banhistas. No caso, o mais comum é os viajantes avistá-la através do mirante do Bico do Papagaio.

Com quase 800 metros de extensão, a Praia de Cabeçudas tem a orla mais agradável e bem cuidada dentre as praias de Itajaí. Não à toa, é um dos locais mais concorridos durante o verão.

Embora não tenha tanta estrutura de comércios à beira-mar, nas duas pontas e no trecho central da praia há alguns restaurantes onde você poderá comer e beber.

Por fim, a Praia Brava de Itajaí é a mais famosa da cidade e que possui melhor estrutura de orla. Além de bares, restaurantes e quiosques, na avenida à beira-mar também há elegantes beach clubs.

Por falar em beach clubs, três dos mais cobiçados em Itajaí, são: Warung Beach Club, Majestic Beach Club e Pargus Seaside.

Ou, se você preferir um local com um perfil mais de bar, algumas opções, são: Voo Livre Petiscaria, La Belle Praia Brava e Salsa Brava Culinária Andina.

roteiro de viagem Itajaí
Praia do Atalaia
pontos turísticos de Itajaí
Praia de Cabeçudas

7- Onde comer em Itajaí?

Localizado no centro da cidade, o Mercado Público faz a vez de ponto turístico e também de lugar para comer em Itajaí. Afinal, além de um ambiente bastante descontraído, dá para fazer excelentes refeições sem precisar gastar muito.

Por outro lado, o principal burburinho de bares e restaurantes em Itajaí é na Via Gastronômica, que tem endereço na Avenida Ministro Victor Konder, às margens do Rio Itajaí-Açu. Lá você encontrará muitos estabelecimentos lado a lado, principalmente no trecho central da avenida.

Na orla da Praia de Cabeçudas o Rico Bar e Restaurante e o Original Bar e Petiscaria são dois dos que estão de frente para o mar (mas do outro lado da orla!). E, para uma refeição em ambiente mais requintado, o Restaurante Chez Raymond é um dos mais famosos da vizinhança.

Por fim, na Praia Brava você encontrará muitos restaurantes na Avenida Carlos Drummond de Andrade esquina com Avenida José Medeiros Vieira – esta última, a avenida à beira-mar.

Além das opções de bares beach clubs que foram citados no tópico anterior, o BraZero Garcia e o Aloha Food Park Praia Brava são lugares que fazem sucesso e estão sempre cheios.

onde comer em Itajaí - Bares e Restaurantes
Mercado Público de Itajaí

3 lugares para se hospedar em Itajaí

($$) Perto do centro de Itajaí, o  Sandri Palace Hotel  possui excelente custo-benefício.

($$) Na Praia de Cabeçudas, o Hotel Marambaia Cabeçudas é a opção mais bem cotada e está a poucos passos da praia.

($$$) Na Praia Brava, a Pousada Ondas da Brava é um dos melhores lugares para a sua estada.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here