Mesmo tendo feito uma boa pesquisa antes de sair de casa, eu não imaginava que as praias de Itajaí renderiam um passeio tão agradável pelo litoral de Santa Catarina.

Ofuscada por outras cidades mais badaladas na região, como por exemplo, Balneário Camboriú e Bombinhas, Itajaí fica de fora da maior parte dos roteiros de viagem por estas bandas do estado.

No entanto, na minha opinião, mesmo que você não pernoite na cidade, vale a pena reservar um ou dois dias da sua programação para conhecer as melhores praias de Itajaí.

E, para te ajudar a organizar um bom itinerário, neste texto eu contarei tudo o que você deve saber para montar o seu roteiro.

melhores praias de Itajaí
Praia de Cabeçudas, uma das mais famosas de Itajaí

# Praias de Itajaí

Para início de conversa, vamos aos esclarecimentos: não há tantas praias em Itajaí. Portanto, se você estiver de carro, em um dia dá para fazer um recorrido por todas elas – desde que não faça longas paradas para banho de mar.

Para mim, um bom plano é reservar um dia para visitar todas as praias e pontos turísticos de Itajaí, e outras 24 horas para curtir a praia que você mais gostou, ao melhor estilo passando o dia todo em algum quiosque de frente para o mar.

Se acaso você não estiver de carro, dá para se virar muito bem se locomovendo com os aplicativos de corrida. Mesmo que você esteja hospedado em Balneário Camboriú, fora da altíssima temporada de verão os motoristas sempre aceitam as corridas intermunicipais e o preço é excelente.

Até porque, do centro de Balneário ao centro de Itajaí são apenas 17 quilômetros. Ou ainda, para ir da Barra Norte (em Balneário) até algum beach club na Praia Brava (em Itajaí), você precisará se deslocar por menos de três quilômetros.

Aliás, o fácil acesso às praias de Itajaí é outra comodidade que você terá para visitá-las. De modo geral, os pedaços de areia da cidade tem um perfil mais urbano – ainda que algumas delas sejam bastante sossegadas e rodeadas por natureza.

Além disso, saiba que Itajaí não possui uma praia central. Isso porque, a região do centro da cidade é banhada pelo Rio Itajaí-Açu. Em todo caso, apesar de não poder tomar um banho de mar, vale apena reservar algumas horas para caminhar pela simpática orla à beira-rio, conhecida como Baía Afonso Wippel.

Por fim, confira a seguir mais detalhes sobre as melhores praias de Itajaí:

1- Praia do Atalaia

2- Praia do Jeremias

3- Praia de Cabeçudas

4- Praia da Solidão

5- Praia Brava

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Itajaí

1- Praia do Atalaia

Embora seja a praia mais próxima do centro de Itajaí – a aproximadamente três quilômetros – a Praia do Atalaia não é exatamente uma praia urbana. Porém, também está longe de ser uma praia selvagem e deserta.

Situada entre dois pontos turísticos que oferecem bonitas vistas da cidade – o Molhe de Itajaí e o Bico do Papagaio – a Praia do Atalaia é um bom lugar para ter tranquilidade sem precisar se isolar.

Além de uma espaçosa faixa de areia, outra característica é o mar com ondas constantes. Por isso, é uma praia bastante procurada por surfistas.

Ainda assim, famílias – mesmo com crianças pequenas – sempre estão se divertindo na areia e curtindo os momentos na água quando o mar está mais calmo. Aliás, apesar de constante, as ondas não quebram de forma violenta.

Outra particularidade é que a formação natural da praia acaba dividindo-a em três setores.

No canto direito você terá sombra natural e nenhuma estrutura. No centro, há o único quiosque fixo da praia. Por fim, no canto esquerdo – que fica ao lado do molhe – não há nem sombra e nem quiosque.

melhor praia de Itajaí
Praia do Atalaia, a mais próxima do centro de Itajaí

2- Praia do Jeremias

A Praia do Jeremias está a menos de 500 metros da Praia do Atalaia, mas elas não estão conectadas pela mesma faixa de areia.

Apesar de formar uma paisagem natural bastante bonita, não é o tipo de praia para passar o dia. O mais comum é os viajantes avistá-la através do mirante do Bico do Papagaio.

Por falar em Bico do Papagaio, trata-se de uma rocha que foi “esculpida” de forma natural, e que tem o formato de… bico de papagaio.

Particularmente, embora o tal bico seja considerado o principal cartão-postal da cidade, é o tipo de atrativo que não me comove. Em todo caso, como ele está no meio do caminho entre as melhores praias de Itajaí e ainda proporciona uma vista panorâmica da região, vale a pena parar por alguns minutinhos.

quantas praias tem em Itajaí?
Praia do Jeremias, próxima ao Bico do Papagaio

3- Praia de Cabeçudas

Não há lista de melhores praias de Itajaí que esteja completa sem incluir a Praia de Cabeçudas. Afinal, ela é uma das mais famosas e procuradas pelos viajantes.

A praia está em uma vizinhança com vocação residencial, mas, ainda assim, há algumas opções de comércios para o dia a dia. Inclusive, este é um dos melhores bairros para ficar em Itajaí.

Além da faixa de areia espaçosa, a Praia de Cabeçudas se destaca também pela sua agradável orla bastante bem cuidada. Vale a pena fazer uma caminhada de ponta a ponta ao longo dos seus quase 800 metros de extensão.

Apesar da fama, é uma praia que fica praticamente deserta fora da alta temporada. Com a exceção de um ou outro morador caminhando pelo calçadão à beira-mar, você terá a faixa de areia praticamente apenas para si.

No quesito comes e bebes, há alguns restaurantes-quiosques na avenida praiana, mas do lado oposto da orla. Em todo caso, funcionam perfeitamente para os viajantes que não querem esquentar a cabeça e levar os próprios quitutes de casa.

Praia de Cabeçudas
Orla da Praia de Cabeçudas
Praia de Cabeçudas Itajaí
Praia de Cabeçudas

4- Praia da Solidão

Na minha opinião, esteticamente falando, a Praia da Solidão – também chamada de Praia do Morcego – é a mais linda das praias de Itajaí. Porém, como nem tudo é perfeito, é possível que ela não esteja no seu roteiro de viagem.

Encravada em meio a morros cobertos por vegetação da Mata Atlântica, e entre a Praia de Cabeçudas e a Praia Brava, a Praia da Solidão é um pequeno refúgio selvagem de acesso chato.

A Praia da Solidão está cercada por um terreno da União e sob responsabilidade da marinha. Portanto, esse acesso é restrito e inviável para os viajantes.

A opção que sobra é ir andando pelo Costão do Morcego, no canto esquerdo da Praia Brava. No entanto, este caminho só pode ser feito se a maré estiver baixa, e você deve ficar atento para voltar embora antes que ela suba novamente.

Sobre a praia em si, trata-se de uma praia pequena, deserta, com ondas fortes e sem nenhuma estrutura.

Praia de Itajaí
Praia da Solidão, também conhecida como Praia do Morcego

5- Praia Brava

A Praia Brava de Itajaí é considerada por muitas pessoas a melhor praia da cidade. E, de fato, ela merece a boa fama que tem.

Além de ser o pedaço de areia mais longo, com quase três quilômetros de extensão, a Praia Brava é também a que oferece melhor estrutura turística para os visitantes que estão de viagem a Itajaí.

Enquanto o seu canto esquerdo fica praticamente ao lado da Praia de Cabeçudas, o canto direito da Praia Brava se encontra com a Praia dos Amores. Esta última, já pertencente do município de Balneário Camboriú.

Além de boa oferta de pousadas e comércios em geral bairro adentro, a orla da praia tem uma excelente estrutura à beira-mar: de quiosques básicos na areia a beach clubs elegantes do outro lado da avenida.

Inclusive, a Praia Brava é conhecida por ser um local animado, com muita gente jovem – ou nem tanto – em busca de diversão.

Apesar de ter ambientes agitados espelhados por toda a praia, os endereços mais famosos se concentram do trecho central em direção ao canto direito – sentido Praia dos Amores.

Três dos beach clubs mais cobiçados em Itajaí, são: Warung Beach Club, Majestic Beach Club e Pargus Seaside.

Outro local que está sempre cheio é o Voo Livre Petiscaria, especialmente aos sábados, quando serve o seu tradicional buffet de feijoada à vontade e tem música ao vivo.

Praia dos Amores - Itajaí
Avenida à beira-mar da Praia Brava
Praia Brava de Itajaí
Praia Brava

+ Dicas sobre as praias de Itajaí

» A melhor época para visitar as praias de Itajaí é nos meses de transição entre o outono e inverno e durante a primavera. Ou seja, março, abril, setembro, outubro e novembro.

Isso porque, além da temperatura estar agradável, há menos risco de chover se comparado ao verão, e a cidade estará vazia.

Estive em Itajaí no final de maio e começo de junho. Embora os dias estivessem ensolarados e com clima ameno, entrar na água me exigiu uma dose extra de coragem para encarar o frio.

Durante a estação mais quente do ano, apesar do calor mais conveniente para o banho de mar, as chuvas são mais frequentes.

Além disso, durante a alta temporada parte do encanto das praias vai embora devido a maior concentração de turistas na areia. Porém, é claro, se você também faz questão de aproveitar o agito noturno, é justamente neste período em que acontecem as melhores festas.

» Além das praias, também há outros atrativos que você pode visitar durante o seu passeio.

Alguns pontos turísticos de Itajaí que você pode incluir na sua programação, são: Farol e Molhe da Barra, Mirante Morro da Cruz, Mercado Público de Itajaí e Palácio Marcos Konder. Neste último, é onde está instalado o Museu Histórico de Itajaí.

3 lugares para se hospedar em Itajaí

($$) Perto do centro de Itajaí, o  Sandri Palace Hotel  possui excelente custo-benefício.

($$) Na Praia de Cabeçudas, o Hotel Marambaia Cabeçudas é a opção mais bem cotada e está a poucos passos da praia.

($$$) Na Praia Brava, a Pousada Ondas da Brava é um dos melhores lugares para a sua estada.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Itajaí.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here