Belas praias para descansar e bons restaurantes para deixar o estômago contente: assim é a melhor programação do que fazer em Guarapari – principal destino do litoral do Espírito Santo. Em todo caso, saiba que também há outras atividades que podem fazer parte do seu roteiro de viagem.

Apesar de as praias de Guarapari serem as estrelas turísticas da cidade, há alguns passeios que podem deixar os seus dias menos parados. Inevitavelmente, porém, mesmo durante estas diversões a paisagem praiana continua fazendo parte do cenário. Além de ficar à toa de frente para o mar, trilhas e passeios de barco são os incrementos mais comuns para o seu itinerário.

Ainda assim, saiba que perambular pelas orlas da cidade e esticar a canga na areia já justificam uma viagem até lá. E, com mais de 50 praias por estas bandas da costa capixaba, não faltarão atrações para a sua lista do que fazer em Guarapari.

Dicas de passeios para fazer em Guarapari

Via de regra, ter um carro próprio é a melhor forma para aproveitar os passeios que há para fazer em Guarapari – especialmente se você pretende fazer um itinerário pelos quatro cantos da cidade. Porém, os viajantes desmotorizados também conseguem circular sem grandes dificuldades.

Aliás, eu mesmo fiz minha viagem a Guarapari sem carro e consegui conhecer todas as praias que gostaria. No meu caso, fiz uma combinação de longas caminhadas, ônibus e transporte por aplicativo.

As praias de Guarapari podem ser categorizadas de acordo com a sua localização: sul, centro e norte. Uma vez que você esteja em alguma destas regiões, é bem fácil e simples ir andando entre as praias vizinhas da mesma área.

Para distâncias longas, como por exemplo, para ir do sul ou norte para o centro, os ônibus costumam funcionar muito bem. No meu caso, consegui encontrar todas as rotas e linhas de transporte público de Guarapari utilizando o aplicativo Moovit.

Por fim, os aplicativos de corrida podem ser úteis para deslocamentos na região mais central da cidade. Na verdade, saindo do centro você conseguirá sem grandes complicações um motorista que te leve às praias do sul ou norte. Por outro lado, o caminho inverso já é mais complicado porque você precisará contar com a sorte de ter algum veículo circulando pela região.

1- Descansar em praias selvagens
2- Curtir a boa estrutura das praias urbanas
3- Caminhar pela orla do centro de Guarapari
4- Navegar em um passeio de escuna
5- Fazer trilhas no Parque Paulo César Vinha ou no Parque Morro da Pescaria
6- Comer moqueca capixaba
7- Divertir-se em um parque aquático

passeios em Guarapari
Praia de Peracanga

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Guarapari

1- Descansar em praias selvagens

Guarapari tem uma série de praias selvagens que são ideais para viajantes que estão em busca de sossego de frente para o mar e não fazem questão de quiosques para passar o dia. Portanto, se acaso essa for a sua praia, saiba que há bons lugares para a programação.

Meu cantinho favorito com este perfil foi a Praia dos Padres, que está escondida entre as praias de Meaípe e Bacutia. Rodeada de muito verde, com uma faixa de areia dourada e mar cristalino, é aquele tipo de lugar que se assemelha a um refúgio onde quem reina é a tranquilidade – especialmente em dias de semana durante a baixa temporada.

Apesar de não ter nenhum tipo de estrutura turística, a Praia dos Padres ostenta uma bela área de sombra natural formada por uma robusta fileira de árvores. Portanto, dá para passar o dia sem a necessidade de ficar girando um guarda-sol (mas leve seus próprios comes e bebes).

Outros lugares que eu gostei bastante foram as Três Praias e a Praia da Aldeia, ambas localizadas ao lado da Praia dos Adventistas – uma em cada ponta. Para chegar a estes trechos é preciso caminhar por cerca de 10 minutos a partir da Adventistas, porém, o caminho é bastante fácil e nem chega a ser uma trilha.

Assim como a Praia dos Padres, a Três Praias e a Aldeia não possuem quiosques. Portanto, quem vai para passar o dia deve se organizar quanto aos comes e bebes.

o que fazer em Guarapari em 3 dias
Praia dos Padres

2- Curtir a boa estrutura das praias urbanas

Se você gosta de passar o dia em uma boa barraca de frente para o mar, onde poderá comer e beber sem se preocupar com isso, saiba que há excelentes praias para você incluir na sua lista do que fazer em Guarapari.

Situada a 13 quilômetros da área central da cidade, a Praia de Setiba é a que oferece maior quantidade de quiosques pé na areia. Apesar de simples, a estrutura é organizada e garante bebida gelada, porções de petiscos e refeições completas. Além disso, essa é uma praia com um marzão com poucas ondas estilo piscininha, que é ideal para os banhistas que gostam de ficar na água e para famílias com crianças.

Do lado oposto da cidade, a oito quilômetros do centro sentido litoral sul, as praias de Peracanga e Bacutia são outras duas que dispõem de serviços na orla. Enquanto na primeira há restaurantes de verdade, na segunda há quiosques improvisados sem uma estrutura tão completa com banheiros e duchas. Ainda assim, ambas merecem espaço na sua programação.

Por fim, as praias centrais de Guarapari também possuem este tipo de comodidade. Embora, na minha opinião, elas não sejam os lugares mais legais para banho de mar, são boas opções para passar o fim de tarde ou fazer uma caminhada despretensiosa.

passeios para fazer em Guarapari
Praia de Setiba

3- Caminhar pela orla do centro de Guarapari

A orla urbana do centro de Guarapari é composta por três praias: Areia Preta, Castanheiras e Namorados. Todas elas se encontram lado a lado e de ponta a ponta você não gastará nem 20 minutos caminhando, afinal, é um percurso de apenas um quilômetro.

Apesar de ser possível esticar a canga nestes três pedaços de areia, o que considero mais bacana nesta região é caminhar pela orla – especialmente no fim de tarde, que é quando a região fica mais movimentada. Para mim, vale a pena reservar um tempinho para bater-perna por esta área.

A Praia de Areia Preta tem uma faixa de areia estreita e o acesso até lá é por escadas instaladas no calçadão – ou seja, há um desnível entre a orla e o tapete negro diante do oceano. Além disso, é neste trecho onde está a Feirinha de Artesanato do Radium Hotel, que acontece aos finais de semana.

A Praia de Castanheiras tem um enorme calçadão para pedestres com muita sombra de árvore (o nome castanheiras não é em vão), bancos e meia dúzia de quiosques no canto direito. Já no canto esquerdo da praia o destaque fica por conta dos empolgados jogadores de vôlei e futevôlei.

Ao lado de Castanheiras, mas separadas por uma formação rochosa, está a Praia dos Namorados. Apesar de pequeno, este trecho da orla tem um lindo visual e há um quiosque na areia.

Além disso, impossível não mencionar a Praia do Morro, que é a principal vizinhança turística da cidade. Formada por uma extensa faixa de areia, calçadão bem cuidado e orla com edifícios lado a lado, trata-se de uma legítima praia urbana. Inclusive, este é um dos bairros mais convenientes para se hospedar e onde estão algumas das melhores pousadas em Guarapari.

dicas do que fazer em Guarapari
Orla da Praia de Areia Preta

4- Navegar em um passeio de escuna

Guarapari tem um passeio de barco que funciona como excelente cartão de visitas para as principais praias da região. Afinal, mais do que fazer paradas para banho, o objetivo desta navegação a bordo de uma escuna é fazer um recorrido panorâmico pelas praias do centro ao norte da cidade.

Os passeios partem do cais que está na Rua Joaquim Augusto Ribeiro de Castro, na orla do Rio Guarapari, ao lado da Praça Trajano Lino Gonçalves, na área central de Guarapari. Em teoria, há saídas todos os dias desde que haja pelo menos 20 passageiros. Consequentemente, na prática, durante a baixa temporada o mais comum é que ele aconteça apenas aos finais de semana.

Com duração de duas ou três horas – a depender do roteiro – o passeio de escuna em Guarapari inicia por lugares como a Praia de Muquiçaba, Praia do Morro, Morro da Pescaria e Ilha da Raposa. A continuação da navegação depende do tour contratado – enquanto o passeio mais curto segue para as praias centrais, o mais longo vai às praias mais ao norte.

Uma das empresas mais tradicionais que cuida desta atração de Guarapari é a Escuna Indiana. O valor do ingresso custa na faixa e R$ 50,00 por pessoa.

passeio de barco em Guarapari
Os passeios de barco é uma das principais atrações de Guarapari

5- Trilhas no Parque Paulo César Vinha ou no Parque Morro da Pescaria

Os viajantes com energia para gastar podem percorrer duas trilhas em Guarapari: no Parque Paulo César Vinha ou no Parque Morro da Pescaria, sendo que as duas têm como destino final belas praias.

Localizado no canto esquerdo da Praia do Morro, o Parque Morro da Pescaria é o que tem o acesso mais fácil e o percurso mais curto. Da entrada do parque até uma de suas principais atrações, a pequeníssima Praia do Ermitão, gasta-se cerca de 30 minutos.

Por outro lado, o Parque Paulo César Vinha tanto está mais distante do burburinho central – 18 quilômetros – como também exige mais disposição dos trilheiros. Por aqui, a trilha principal tem 2,5 quilômetros de extensão, sendo que o último trecho de 1 quilômetros é pela faixa de areia à beira-mar. Como recompensa, depois de quase uma hora caminhando os visitantes chegam à belíssima Lagoa de Caraís, também conhecida como Lagoa Coca-Cola devido à sua coloração.

trilhas em Guarapari
Praia do Ermitão

6- Comer moqueca capixaba

Quem reina na mesa dos restaurantes em Guarapari são os frutos do mar. E, dentre os pratos típicos, a moqueca capixaba é o que faz mais sucesso entre os turistas e até mesmo moradores. Aqui, vale uma observação: diferente da culinária baiana, no Espírito Santo a moqueca é preparada sem leite de cocô e azeite de dendê.

De modo geral, uma moqueca capixaba para duas pessoas custa entre R$ 130,00 e R$ 200,00, podendo ser até mais caro dependendo do peixe e do lugar em questão. Para os viajantes solos que querem provar o prato mais tradicional do Espírito Santo, alguns – não todos – restaurantes servem a porção individual pela metade do preço.

No meu caso, provei o prato do Restaurante Benfica – que tem jeitão de boteco, pratos caprichados e preço camarada – e estava uma delícia.

Se preferir um ambiente mais formal, o Cantinho do Bacalhau e o Restaurante Salino são duas opções praticamente ao lado do Benfica. Enquanto o primeiro serve porções generosas de pratos para dividir, o segundo trabalha com refeições individuais mais elaboradas que custam a partir de R$ 70,00.

Além disso, outros três restaurantes em Guarapari que servem moquecas sempre muito elogiadas são os Moqueca do Pescador, Restaurante Gaeta e Cantinho do Curuca. Enquanto o primeiro está na área central da cidade, os dois últimos estão localizados na Praia de Meaípe.

Por fim, para quem não dispensa um docinho após as refeições, três lugares para hora da sobremesa, são: Doçaria Sonho De Mel (tortas e bolos), Café com Churros ou Mundo do Sorvete. Os três locais têm endereço próximo da Praia das Castanheiras, área central de Guarapari.

onde comer moqueca em Guarapari?
Moqueca para uma pessoa do Restaurante Benfica

7- Divertir-se em um parque aquático

Para os viajantes que estão de carro e em busca de um passeio para fazer em Guarapari com crianças, o Parque Aquático Acquamania é um bom lugar para se divertir longe da água salgada. Embora não tenha o porte de outros parques deste tipo, como Beach Park (em Fortaleza) e o Arraial d’Ajuda Eco Parque (em Arraial d’Ajuda), costuma agradar os forasteiros.

Localizado a 25 quilômetros do centro de Guarapari, o Acquamania tem mais de 10 atrações onde adultos voltam a ser criança por um dia e os pequenos aproveitam a sua idade em grande estilo. Ou seja, tem diversão para todo mundo.

Tenha em mente, porém, que durante a baixa temporada o arque costuma abrir apenas aos sábados e domingos. É só depois do Natal e durante todo o verão que ele funciona também durante os dias de semana. Sobre o preço dos ingressos, o valor é de R$ 110,00 e há meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos. Crianças com até 1 metro de altura não pagam.

O que fazer em Guarapari à noite?

Apesar da vida noturna em Guarapari não ser tão intensa, há bons bares e restaurantes para ir à noite – especialmente pelos arredores da Praia do Morro. Além disso, durante o verão a animação também inclui festas que vão até o raiar do dia seguinte.

Na Praia do Morro, alguns bares que sempre têm música ao vivo são o Canecão Restaurante e a Casa do Torresmo – ambos com ares descontraídos e sem formalidades. Outra opção por estes lados da cidade é o Bells Pub Guarapari.

Por fim, nos meses de verão as festas mais cobiçadas de Guarapari são as que acontecem no Cafe de La Musique, que está localizado na Praia de Meaípe.

O que fazer em Guarapari com chuva?

Verdade seja dita: não há muito a se fazer em Guarapari com chuva. É claro que dependendo da intensidade dos aguaceiros você até consegue seguir com a programação ao ar livre sem grandes complicações, porém, há casos em que o clima pode prejudicar a viagem.

Via de regra, o verão é a estação mais chuvosa em Guarapari. Portanto, de dezembro a março é provável que nem só de céu azul sejam os seus dias na cidade. Por outro lado, quando as condições climáticas contribuem, esse é o melhor momento do ano para aproveitar as águas mais frias do litoral do Espírito Santo.

Apesar de temperaturas mais amenas, o outono e a primavera também são bons períodos para ir a Guarapari. Embora as manhãs e as noites sejam mais frescas, os dias costumam ser ensolarados e com temperaturas agradáveis para passar o dia à beira-mar.

Por fim, viajar a Guarapari no inverno até pode ser uma possibilidade, desde que esticar a canga na areia não seja a sua prioridade. Embora haja eventuais dias de calor, entrar no mar entre os meses de junho, julho e agosto é só para os mais corajosos e calorentos.

o que fazer em Guarapari com chuva?
Além da chuva em Guarapari atrapalhar os passeios ao ar livre, as paisagens naturais também ficam menos bonitas em dias cinzas

O que fazer em Guarapari em 3 dias?

Deixarei a seguir uma sugestão de roteiro para fazer em Guarapari em três dias inteiros na cidade. Ou seja, considerando os dias de chegada e partida que serão parcialmente perdidos com deslocamento, o ideal é que se tenha cinco dias para essa programação. Ainda assim, se você só consegue viajar durante um final de semana ou um feriado prolongado, saiba que o passeio a Guarapari continua valendo a pena.

No mais, sinta-se à vontade para fazer as alterações que achar convenientes, afinal, dependendo do perfil de cada viajante nem todos os pontos turísticos de Guarapari merecem espaço na programação.

» Primeiro dia: Chegada, check-in na pousada e passeio pela orla central de Guarapari.

» Segundo dia: Praia dos Adventistas, Praia da Aldeia e Praia do Morro.

» Terceiro dia: Trilha no Parque Paulo César Vinha + Praia de Setiba.

» Quarto dia: Praias do sul de Guarapari (Praia dos Padres, Bacutia e Peracanga).

» Quinto dia: Regresso.

3 lugares para se hospedar em Guarapari

($$) Um dos hotéis mais tradicionais no centro de Guarapari é o Hotel Atlântico.

($$) Na Praia do Morro, a Pousada Casa de Praia é considerada uma das melhores da cidade e oferece excelente custo-benefício. 

($$$) Por fim, outra opção que possui ótima reputação é a Serra Negra Pousada Spa.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Guarapari.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here