COMPARTILHAR

Atenção Viajante!!!

Economize no seu seguro viagem fazendo uma cotação online, que compara as melhores seguradoras do mercado. E também, utilize o cupom de desconto VOLTOLOGO5 para garantir 5% de desconto.

»»» Clique aqui e descubra agora quanto você vai precisar investir na sua segurança durante a sua viagem.

PS: Pode apostar que é menos do que você imagina! :)
El Chaltén, na Patagônia argentina: dicas de onde ficar hospedado durante a sua viagem. Descubra qual a melhor região, além de hostels e hotéis que farão sua estadia ser ainda mais agradável.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Cheguei neste pequeno vilarejo localizado no Parque Nacional los Glaciares completamente despreocupado. Pesquisar sobre onde ficar em El Chaltén, durante a minha viagem pela Patagônia argentina, foi algo que nem passou pela minha cabeça. Afinal, havia lido em diversos relatos que a cidade é tão pequena que bater perna em busca de um lugar para se hospedar não seria cansativo.

E, de fato, os principais hostels e hotéis de El Chaltén estão concentrados em no máximo cinco ruas. O grande problema que me fez caminhar mais do que o esperado é que a maioria das acomodações já estavam lotadas. Ao menos as que tinham um preço que coubesse no meu orçamento.

Hoje eu sei que viajar para um lugar pequeno durante a alta temporada, e sem reservar um local para ficar, não foi a decisão mais inteligente que tomei na vida. Mesmo sabendo que uma falha dessas foi ocasionada pela minha falta de experiência viajante, afinal, este foi meu primeiro mochilão sozinho, preferiria ter aprendido com os erros dos outros do que ter gastado mais do que o previsto.

Enfim, para que você não passe pelo que passei, e não cometa a besteira de chegar ao meu destino favorito da Patagônia sem ter um teto para passar a noite, neste post eu te contarei tudo o que você precisar saber para decidir onde ficar em El Chaltén.

# A melhor região

Como já mencionei no inicio do post, decidir qual a melhor localização para se hospedar em El Chaltén é algo que não deveria te preocupar. O vilarejo é pequeno, tudo fica muito próximo e a poucos minutos de caminhada. O terminal de ônibus, por exemplo, está a menos de quinhentos metros do início da Calle San Martin, a rua principal de Chaltén e onde além de acomodações, você encontrará bares e restaurantes bacaninhas.

Mas atenção a um detalhe, de ponta a ponta a rua San Martin tem um quilômetro, se  por acaso sua acomodação estiver no final dela, a pernada será maior.

Quando pretendo ir andando de alguma rodoviária até o local onde ficarei hospedado, antes de reservar minha hospedagem sempre verifico a distância a ser percorrida através do Google Maps. E, se tratando de El Chantén, fique tranquilo pois não haverá pegadinhas de ladeiras – o vilarejo é plano. (Ao menos até começarem as trilhas).

# Hostels e hotéis em El Chaltén

El Chaltén é um destino que vive absolutamente do turismo. E, ainda por cima, o turismo da alta temporada, já que na baixa o vilarejo mais parece uma cidade fantasma. Portanto, espere gastar mais do que em outras cidades da Argentina. É claro que há opções para todos os bolsos, porém, a média de preço é mais alta do que em outros lugares.

Dicas de hostels em El Chaltén

Quem tem a intenção de ficar em albergue estime gastar entre R$ 60,00 e R$ 70,00 pela diária em um quarto compartilhado. E, apesar de ser um valor alto para o padrão latino americano, o café da manhã quase nunca está incluído.

O Hostel Condor De Los Andes é um dos queridinhos entre os brasileiros. É um dos poucos que inclui café da manhã simples na diária. Além disso, a área comum é outro diferencial: ampla e convidativa para a interação com outros hospedes. A localização e os dormitórios também não deixam a desejar.

O Rancho Grande é outra opção que não costuma decepcionar. No entanto, está quase no final da Rua San Martín, ou seja, mais afastado da rodoviária. Na mesma rua, o Lo de Trivi é mais uma alternativa bacana.

Já quem prefere ficar em hostels menores e mais intimistas, o Lo de Guille pode se revelar uma bela surpresa. E o melhor, é um dos mais econômicos da cidade.

Dicas de hotéis em El Chaltén

Quem não abre mão de conforto e privacidade, é possível encontrar lugares bacanas que cobram a partir de R$ 250,00 pela diária em uma suíte para duas pessoas.  A Cabañas Rivendel, que não é um hotel, é um exemplo de ótimo custo benefício.

Outros hotéis bem localizados, que não custam muito, e bem avaliados, são: Hosteria Los Ñires, El Alamo e Hosteria El Paraiso.

Já quem pode gastar mais, cerca de R$ 350,00 por noite, o Apart Toro e o Kau Si Aike dificilmente decepcionarão.

>>> Confira todas as ofertas de hospedagem em El Chaltén

# A minha experiência

Fiquei no Hostel Condor De Los Andes e gostei bastante. O hostel é grande, ou seja, é daqueles onde há muitos quartos e vários hospedes. Se você prefere um lugar sem tanto barulho na área comum, ou mais intimista, talvez não seja a melhor opção.

A área comum é enorme, com sala de estar, várias mesas para refeições e cozinha.

O dormitório em que fiquei era confortável e com locker individual espaçoso.

Definitivamente é um lugar que recomendo.

>>> Veja fotos, avaliações e preços do Hostel Condor De Los Andes

# Promoções de hospedagem em El Chaltén



Booking.com

+ Dicas de onde ficar em El Chaltén

>>> Para encontrar as opções mais baratas ou com melhor custo-benefício, é importante começar a pesquisar e fazer sua reserva o quanto antes.

>>> Antes de efetuar sua reserva verifique os seguintes itens: se ela oferece café da manhã no valor da diária, se o valor do imposto a ser cobrado já está incluído no preço apresentado, e se aceita cartão de crédito como forma de pagamento (muitos lugares aceitam apenas dinheiro).

>>> Se você precisa de outras dicas de El Chaltén, leia o texto “El Chaltén: Dicas de viagem, turismo e mochilão”.

>>> Os preços apresentados no post foram consultados no dia 18/10/2017, para se hospedar entre os dias 3 e 4 de dezembro de 2017.

>>> Se você já se hospedou em algum desses lugares, ou tem outras dicas de onde ficar em El Chaltén, na Patagônia, me conta como foi sua experiência aí nos comentários. Tenho certeza de que irá ajudar outros viajantes!

>>> Lembrando que o Booking.com é nosso parceiro. Além de ser uma ótima ferramenta para te ajudar no planejamento da sua viagem, ao fazer sua reserva com os links que estão disponíveis no Volto Logo nós ganhamos uma pequena comissão e você não paga absolutamente nada a mais por isso.

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here