Não sei ao certo o porquê, mas nunca tive muitas expectativas sobre uma viagem a Balneário Camboriú. No entanto, e talvez justamente por isso, acabei me surpreendendo positivamente com a cidade.

Aliás, não apenas com Balneário Camboriú, mas também, com todos os outros destinos que visitei nesta região de Santa Catarina. Isso porque, um dos grandes baratos de um roteiro por estas bandas é poder conhecer outros lugares que estão próximos de Balneário.

Portanto, a primeira dica eu deixo para a sua viagem a Balneário Camboriú, é: se possível, reserve alguns dias do seu itinerário para fazer passeios bate-volta até outras cidades.

Ainda assim, mesmo que isso não seja possível não precisa se preocupar. Afinal, Balneário é uma cidade autossuficiente e, mesmo que você fique apenas por lá, o seu passeio já valerá a pena.

viagem a Balneário Camboriú - dicas
Mirante do Cristo Luz

# Dicas de viagem a Balneário Camboriú

1- Melhor época para viajar a Balneário Camboriú

2- Quantos dias ficar?

3- Como chegar?

4- Hospedagem em Balneário Camboriú

5- Pontos turísticos de Balneário Camboriú

6- Praias

7-Passeios bate-volta a partir de Balneário Camboriú

8- Onde comer em Balneário Camboriú?

Balneário Camboriú - dicas de viagem
Praia Central de Balneário Camboriú

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Balneário Camboriú

1- Melhor época para viajar a Balneário Camboriú

A única estação em que eu não iria de modo algum para este destino é justamente o período do ano que é considerado por muitas pessoas a melhor época para viajar a Balneário Camboriú: o verão.

Embora a estação mais quente do ano ofereça a melhor temperatura para quem quer aproveitar o mar, ela também traz consigo dois grandes inconvenientes: chuvas e superlotação.

Apesar de o clima em Balneário Camboriú ser úmido o ano inteiro, é de dezembro a março que os aguaceiros são mais intensos – ultrapassando a marca de 200 mm ao mês. Além disso, as histórias sobre quão lotada a cidade fica nesta época são tão assustadoras que eu prefiro não pagar para ver.

A partir de abril o fluxo de turistas é infinitamente menor do que na alta temporada e o tempo fica mais firme. Portanto, na minha opinião, o outono é uma ótima estação para visitar Balneário Camboriú.

Por outro lado, saiba que a partir de junho as temperaturas caem bastante. Durante o inverno, por exemplo, os termômetros podem registra mínimas de 12 °C. E, como é comum ter muitos dias nublados e sem sol, a sensação térmica pode ser ainda mais fria.

Por fim, com a chegada da primavera o sol volta a brilhar com intensidade mais uma vez. Para mim, os meses de setembro, outubro, novembro e meados de dezembro também é um bom período para fazer uma viagem a Balneário Camboriú.

Embora costume chover mais do que no outono e inverno, de modo geral, dá para aproveitar o roteiro sem grandes complicações por causa das condições climáticas. Atente-se, porém, de que se a sua viagem for durante algum feriado prolongado a cidade estará com um astral de alta temporada.

melhor época para fazer uma viagem a Balneário Camboriú
Molhe da Barra Norte em um dia de outono com céu azul

2- Quantos dias ficar?

O tempo mínimo que eu recomendo para uma viagem a Balneário Camboriú é de três dias inteiros. Sendo dois dias para visitar os pontos turísticos da cidade, e mais um dia para fazer o bate-volta mais popular entre os viajantes: o Parque Beto Carrero World.

Porém, tenha em mente que com três dias você não terá tempo para curtir as praias de Balneário Camboriú – ou seja, passar o dia à toa de frente para o mar. Portanto, se você gostaria de incluir essa atividade na sua programação, fique mais um ou dois dias na cidade.

Além disso, a partir de Balneário Camboriú é possível fazer passeios de um dia para outros destinos catarinenses, como por exemplo: Bombinhas, Itajaí, Itapema, Brusque e até mesmo Blumenau.

Cada um destes tours para fora de Balneário ocupa um dia inteiro da agenda. Portanto, se tiver interesse em fazer alguns deles, acrescente a quantidade de dias que achar necessário.

Por fim, no geral, na minha opinião, o tempo ideal para uma viagem a Balneário Camboriú é de uma semana. Isso porque, desta forma será possível fazer de tudo um pouco: visitar as atrações urbanas, curtir o mar e esticar o roteiro para municípios vizinhos.

quantos dias ficar em Balneário Camboriú
Orla da Praia Central de Balneário Camboriú, na altura da Barra Sul

3- Como chegar e se locomover?

Há várias maneiras de chegar a Balneário Camboriú. E, o melhor transporte, vai depender do seu local de partida, do seu orçamento e das suas exigências de comodidade.

Chegando de Avião em Balneário Camboriú

Mesmo não havendo aeroporto em Balneário Camboriú, há três locais de desembarque que você pode utilizar para chegar de avião: Aeroporto de Navegantes (NVT), Aeroporto de Florianópolis (FLN) e Aeroporto de Joinville (JOI).

Basicamente, o que vai definir o melhor local são os preços das passagens e como você pretende seguir viagem a Balneário Camboriú. Via de regra, o mais prático é desembarcar no Aeroporto de Navegantes, afinal, este é o mais próximo de Balneário.

Independente de qual aeroporto você utilize, saiba que não há ônibus entre nenhum deles e Balneário Camboriú. Portanto, as possibilidades para você completar o deslocamento, são: alugar um carro, táxi/Uber ou transfer.

Para seguir viagem de ônibus, primeiro você precisaria ir do aeroporto para a rodoviária, e depois pegar um ônibus da rodoviária para o seu destino final.

Aeroporto de Navegantes

Localizado a 34 quilômetros do centro de Balneário, o Aeroporto de Navegantes costuma ser o mais utilizado pelos viajantes. Ao desembarcar aqui, uma corrida de Uber até um hotel na região central deve custar em torno de R$ 60,00, e a de táxi R$ 120,00.

Outra opção para fazer este deslocamento são os transfers compartilhados, que devem ser contratados antecipadamente, e que são especialmente úteis durante a alta temporada – quando os veículos por aplicativo ficam mais concorridos. Neste caso, no site da Easy Travel Shop você encontra este serviço por R$ 138,00 (ida e volta) – ou seja, cada trecho sai por R$ 69,00.

» Transfer do Aeroporto de Navegantes para hotéis em Balneário Camboriú (R$ 138,00 ida e volta).

Aeroporto de Florianópolis

Ao desembarcar no Aeroporto de Florianópolis, a 95 quilômetros, o mais prático será alugar um carro ou contratar um transfer. Isso porque, encontrar um motorista de aplicativo que aceite essa corrida será mais complicado.

Ou, também é possível ir até a rodoviária de Floripa, e lá, pegar um ônibus para Balneário.

No site da Easy Travel Shop você encontra transfer do Aeroporto de Florianópolis para Balneário Camboriú por R$ 250,00 (ida e volta) – ou seja, cada trecho sai por R$ 125,00.

» Transfer do Aeroporto de Florianópolis para hotéis em Balneário Camboriú (R$ 250,00 ida e volta).

Aeroporto de Joinville

Verdade seja dita: o Aeroporto de Joinville é pouco utilizado para chegar a Balneário Camboriú. Isso porque, além de ser mais distante, a 115 quilômetros, é o que recebe menos voos dentre os três.

Ainda assim, se você desembarcar por lá, pode seguir até Balneário com um carro alugado ou com um transfer.

No site da Easy Travel Shop você encontra transfer do Aeroporto de Joinville para Balneário Camboriú por R$ 250,00 (ida e volta) – ou seja, cada trecho sai por R$ 125,00.

» Transfer do Aeroporto de Joinville para hotéis em Balneário Camboriú (R$ 250,00 ida e volta).

Chegando de ônibus em Balneário Camboriú

Dá para chegar de ônibus a Balneário Camboriú saindo de diversas cidades de Santa Catarina e até mesmo de outros estados. E, como a rodoviária se encontra no centro, será muito fácil e barato seguir viagem até o seu hotel.

Algumas rotas comuns, são:

– Blumenau x Balneário Camboriú (empresas Catarinense, Reunidas e União): R$ 28,00, 2hs de viagem.

– Florianópolis x Balneário Camboriú (empresas Catarinense e Reunidas): R$ 35,00, 2hs de viagem.

– Joinville x Balneário Camboriú (empresas Catarinense e Santo Anjo): R$ 38,00, 2hs de viagem.

– Curitiba x Balneário Camboriú (empresas Eucatur, Nordeste, Catarinense e Brasil Sul): R$ 55,00, 3hs de viagem.

– Porto Alegre x Balneário Camboriú (empresas Nordeste, Catarinense, Penha e Brasil Sul): R$ 90,00, 8hs de viagem.

– São Paulo x Balneário Camboriú (empresas Eucatur, Catarinense, Penha e Gadotti): R$ 150,00, 10hs de viagem.

*** Importante: Os valores e tempo de deslocamento indicados são uma média. Isso porque, dependendo da empresa e do horário de partida eles podem variar.

como chegar em Balneário Camboriú
Rodoviária de Balneário Camboriú

4- Hospedagem em Balneário Camboriú

Não há grandes dilemas na hora de decidir onde ficar em Balneário Camboriú. Afinal, a maior parte das acomodações está na área central da cidade. E, de fato, esta é uma ótima vizinhança para se hospedar.

A área central de Balneário se divide em três partes: Barra Sul, Centro e Barra Norte. A Avenida Atlântica, a via à beira-mar que passa por estas três zonas, possui seis quilômetros de extensão.

Na minha opinião, o ideal é se hospedar pelos arredores do trecho central da Avenida Atlântica, próximo da Praça Almirante Tamandaré e da esquina com a Avenida Central. No entanto, não há necessidade de ficar na beira-mar, a menos que você faça questão. Até duas quadras bairro adentro você continuará bem localizado e com a vantagem de estar mais distante do barulho.

Se hospedando neste pedaço você estará ao lado de muitos bares, restaurantes e comércios em geral. Por isso, será bastante prático para se locomover no dia a dia.

Além disso, se você não faz questão de ficar grudado no burburinho turístico, saiba que dá para se hospedar em pousadas que estão localizadas em praias mais afastadas do centro, como, por exemplo, na Praia dos Amores (5 km), ou na Praia do Estaleiro (8 km).

Hotéis e pousadas em Balneário Camboriú

Embora a cidade tenha uma boa rede hoteleira, durante a alta temporada de verão os hotéis registram uma taxa de ocupação muito próxima de 100%. Portanto, para conseguir pousadas baratas em Balneário Camboriú neste período, o mais adequado é fazer a sua reserva com antecedência.

Um dos hotéis mais baratos em Balneário, e que foi onde eu fiquei hospedado, é o Mar Hotel. Portanto, se você está em busca de economia, quer ficar bem localizado e não faz questão de acomodações com muitas firulas, ele pode atender às suas necessidades.

Em uma rua paralela ao Mar Hotel, o Hotel das Américas é outra opção de hospedagem três estrelas que normalmente tem diárias que cabem no bolso de praticamente qualquer viajante.

Além destes dois, o Tropikalya Gold Hotel também possui bom custo-benefício, e encanta os turistas com as suas suítes espaçosas e um café da manhã reforçado.

Por outro lado, se estiver em busca de uma hospedagem mais estrelada, o Hotel Marimar The Place é um dos quatro estrelas mais concorridos de Balneário Camboriú. Não à toa, possui uma nota de avaliação invejável.

Mais próximo da Barra Sul, o Santa Inn Hotel é um dos mais bem cotados do pedaço.

Ou ainda, duas opções que são velhas conhecidas de muitos viajantes são o Ibis Styles e o Mercure Camboriú. Este último, inclusive, está situado em plena Avenida Atlântica no trecho mais central de todos.

hospedagem em Balneário Camboriú
Calçadão da Central, como é chamada a região da Avenida Central esquina com a Avenida Atlântica

5- Pontos turísticos de Balneário Camboriú

Além das praias e passeios que ainda serão indicados neste texto, há três pontos turísticos em Balneário Camboriú que se destacam dentre as atrações da cidade: Parque Unipraias, Roda Gigante FG Big Wheel e Cristo Luz. Em comum, todos estes lugares proporcionam uma vista panorâmica do balneário.

O Parque Unipraias se trata de um complexo turístico com diversas atrações e que está localizado na Barra Sul. É parque natural com muita vegetação da Mata Atlântica, é mirante e é teleférico. Como se não bastasse, ainda dá para fazer tirolesa e andar em um carrinho sobre trilhos em meio à mata – ambos pagos à parte do valor comum da entrada.

A Roda Gigante de Balneário Camboriú, por sua vez, está situada na outra ponta da cidade, na Barra Norte. Devido a minha falta de romantismo para certas atrações, para o meu gosto, não considero uma diversão imperdível. Ainda assim, fiquei contente com as fotos que tirei lá do alto.

É incontestável: a roda gigante deu um up no cenário deste lado de Balneário e a iluminação noturna enche os olhos de qualquer um. Porém, se tivesse com o orçamento apertado e precisasse escolher apenas um entre o Parque Unipraias e a Roda Gigante, iria ao parque.

Por fim, o Cristo Luz é outro local onde você poderá ver a cidade do alto. E, como o próprio nome indica, neste mirante há uma estátua de Cristo que possui 33 metros de altura e que é iluminada com luzes coloridas depois que escurece.

Além da possibilidade de ver Balneário Camboriú do alto depois que o sol se por – com as luzes dos prédios dando outra cara para a cidade – dá para aproveitar o passeio e jantar com essa mesma vista, no Restaurante e Pizzaria Cristo Luz.

o que fazer em Balneário Camboriú
Teleféricos do Parque Unipraias

6- Praias

Balneário Camboriú faz parte de uma pequena lista de cidades que são extremamente turísticas, que são banhadas pelo oceano, mas que tem as suas praias em segundo plano durante uma viagem.

Ainda assim, saiba que há ótimos pedaços de areia onde você poderá esticar a canga e passar o dia todo de bobeira apenas escutando o barulho das ondas, se assim desejar.

A Praia Central não é o melhor lugar para curtir o mar, porém, rende uma bela caminhada na orla. Para os mais dispostos, vale a pena andar pelos seis quilômetros da Avenida Atlântica entre a Barra Norte e a Barra Sul.

Outra caminhada bastante agradável é entre a Barra Norte e a Praia do Buraco, sendo que no meio do caminho você ainda passa pela Prainha. Neste caso, o percurso é de menos de um quilômetro, não dura nem 15 minutos, e você caminhará por uma passarela de madeira à beira-mar.

Para curtir um dia de praia, com estrutura de restaurantes, beach clubs e quiosques, o melhor lugar e mais perto do centro de Balneário é a Praia dos Amores, divisa com a Praia Brava de Itajaí. Embora seja nos limites com outro município, se você estiver na Barra Norte dá até mesmo para ir andando até lá (40 minutos).

Outro pedaço de areia que é muito visitado é a Praia das Laranjeiras, que tem uma ótima estrutura à beira-mar, e é ponto de desembarque do passeio de teleférico e dos passeios de barco.

Por fim, se você estiver em busca de um ambiente mais selvagem e tranquilo, a melhor pedida é ir para alguma praia da Rodovia Interpraias. Além da naturista Praia do Pinho, nesta região também estão a Praia de Taquaras, a Praia do Estaleiro e Praia do Estaleirinho.

Praia das Laranjeiras - Santa Catarina
Praia das Laranjeiras
Praia do Estaleiro - Santa Catarina
Praia do Estaleiro

7- Passeios bate-volta a partir de Balneário Camboriú

Uma viagem a Balneário Camboriú pode incluir no roteiro outros destinos catarinenses. Além de muitos tours no esquema bate-volta organizados por receptivos turísticos, dependendo da cidade dá até mesmo para ir por conta própria.

No caso de fazer um passeio com agência, a dinâmica entre todos os tours é muito parecida: as vans passam nos hotéis buscando os viajantes pela manhã, partem para o passeio e depois na volta deixa cada turista em sua acomodação.

Normalmente, estes passeios incluem o transporte e acompanhamento de guia, sendo que refeições são pagas à parte. Em média, cada atividade custa entre R$ 80,00 e R$ 120,00 por pessoa.

Além disso, como nem todos os passeios acontecem todos os dias, o ideal é fazer a reserva antecipadamente. No site da Easy Travel Shop você encontra alguns destes tours.

Itajaí e Itapema

Itajaí e Itapema estão localizados a 15 e 20 quilômetros do centro de Balneário, respectivamente. Portanto, é bem fácil encontrar um motorista por aplicativo que aceite a corrida para estes destinos, sendo que o valor dificilmente ultrapassa R$ 30,00.

Se for para Itajaí, comece o passeio na Praia de Cabeçudas e vá caminhando até o centro. Durante o caminho você passará pela Pedra Bico de Papagaio, Praia do Atalaia, Molhe de Itajaí, Mirante Morro da Cruz e Via Gastronômica. Na área central, visite também o Mercado Público de Itajaí e o Palácio Marcos Konder.

Por outro lado, em Itapema, você pode começar as andanças no centro, mais especificamente no Mirante do Encanto, na Praia do Canto, na Praia Central e no Mercado Público de Itapema. Depois do almoço, siga para a Meia Praia, que a praia mais movimentada da cidade.

Itajaí
Orla da Praia de Cabeçudas, em Itajaí

Beto Carrero World

Para quem for fazer uma viagem a Balneário Camboriú com crianças um bom plano é incluir o Parque Beto Carrero World no roteiro. Isso porque, ele está no munícipio de Penha, apenas 40 quilômetros de Balneário.

No entanto, saiba que na baixa temporada o parque está aberto apenas de quinta a domingo. Portanto, se é um lugar que você faz questão de visitar, planeje-se para ir algum destes dias.

Como essa é a grande atração da região é bem fácil conseguir um tranfers até lá. As empresas já estão mais do que habituadas a prestar este serviço, e elas já se organizam para que os viajantes cheguem bem cedo e vão embora somente depois de aproveitar tudo o que tem direito no parque.

» Transfer de ida e volta para o Beto Carrero World (R$ 60,00 por pessoa).

» Ingresso de um dia para o Beto Carrero World (R$ 100, 00 por pessoa).

pacote de viagem a Balneário Camboriú e Beto Carrero
Montanha russa do Beto Carrero World

Bombinhas

Embora Bombinhas seja um destino para mais de três dias de viagem, muitas pessoas se propõem a fazer um bate-volta. Afinal, esse pedaço do litoral catarinense se encontra a apenas 35 quilômetros do centro de Balneário.

Os passeios até Bombinhas costumam ter duas etapas: deslocamento em van até lá, e recorrido pelas praias de Bombinhas em um veículo 4×4 ou jardineira. Aliás, tenha em mente que o itinerário é basicamente visitar os principais pedaços de areia da cidade.

Se vale a pena? Na minha opinião, se for baixa temporada, você estiver com tempo suficiente, e quer ter um aperitivo do que é Bombinhas, até vale. Por outro lado, durante a alta temporada o stress de ficar na estrada pode ser muito grande.

Para mais informações sobre o passeio ou reservar o tour, basta clicar nos links abaixo:

» Passeio para Bombinhas com Safari de Praias (R$ 110,00 por pessoa).

» Passeio para Bombinhas Adventure 4×4 (R$ 160,00 por pessoa).

Bombinhas
Praia central de Bombinhas

Nova Trento e Brusque

O tour para Nova Trento e Brusque – as duas cidades no mesmo dia – é uma ótima opção para quem quer uma atividade onde o mar não seja a grande estrela do passeio.

A programação começa em Nova Trento, com o itinerário passando por lugares onde a imigração italiana mantém até hoje as suas tradições. Aliás, normalmente há uma parada para almoço em alguma cantina italiana – sendo que a refeição pode ou não estar incluída no valor do passeio (confira antes de reservar!).

Depois de deixar o estômago contente os viajantes seguem para os centros comerciais e shoppings centers de Brusque. Afinal, a cidade é justamente conhecida por ser um ótimo destino de compras.

» Passeio para Nova Trento e Brusque (R$ 80,00 por pessoa | SEM almoço incluído).

Pomerode

Enquanto o passeio a Nova Trento é focado na história da imigração italiana, Pomerode nos revela as tradições da cultura alemã.

Durante o dia, será possível identificar a presença dos seus costumes através de diversas formas: observando os detalhes arquitetônicos da cidade, provando as delícias gastronômicas dos seus empórios e cervejarias, ou escutado as músicas típicas em alguma feirinha ou estabelecimento.

» Passeio para Pomerode (R$ 98,00 por pessoa).

8- Onde comer em Balneário Camboriú

A área central da cidade possui todo tipo de estabelecimento para você fazer as suas refeições. De restaurantes requintados a botecos com mesa na calçada, de barzinhos despretensiosos na orla a cafeterias charmosas escondidas.

O maior vuco-vuco está na Avenida Atlântica. Por lá, a maior concentração de bares e restaurantes se encontra no trecho central da avenida, na altura da Praça Almirante Tamandaré.

Inclusive, é nesta região que a Avenida Central tem uma esquina em comum com Avenida Atlântica – área que é conhecida como Calçadão da Central. Neste pedaço, quem reina são os barzinhos com mesas ao ar livre de estilo menos pomposo do que os bares da orla.

Por fim, paralela à Avenida Atlântica está a Avenida Brasil, que é outra rua comercial onde não faltam opções de bares e restaurantes para comer em Balneário Camboriú. Por estar a uma quadra longe do mar, será mais fácil encontrar estabelecimentos mais simples e econômicos por estas bandas.

onde comer em Balneário Camboriú
Prato servido durante o rodízio de frutos do mar do O Pharol Gourmet

Bares, restaurantes e cafeterias

Indicarei a seguir alguns lugares para comer em Balneário Camboriú. No caso, são os locais que visitei durante a minha viagem. Porém, lembre-se que há muitas outras possibilidades para seu roteiro gastronômico.

Para comer barato em Balneário Camboriú – ao melhor estilo PF individual – duas opções são o Café e Restaurante 1100 e o Di Frango Restaurante. Ou, na San Carlos Churrascaria se come à vontade por cerca de R$ 25,00.

Para um jantar mais especial em um ambiente intimista, o melhor endereço é o Lucca Bistrô. No cardápio, além de uma parte fixa de massas – como nhoque e ravióli – também há um “Cardápio da Semana”, que é servido de terça a sexta. Este último custa R$ 69,00 por pessoa e inclui entrada, prato principal e sobremesa.

Na categoria de frutos do mar um dos locais mais famosos é o O Pharol Gourmet – que está em plena Avenida Atlântica. Além de pratos à la carte, faz sucesso o seu rodízio completíssimo que custa R$ 110,00 por pessoa.

Outro lugar para comer durante a sua viagem a Balneário Camboriú é na Pontocom Pizza. Além de sabores tradicionais, o rodízio da Pontocom – que custa R$ 69,00 por pessoa – também traz algumas combinações menos convencionais, como, por exemplo, a Pizza Brie Agridoce, que leva queijo brie, pesto de manjericão e chutney de abacaxi.

Para provar um café colonial sem limites vá Panificadora Itapanni. Por R$ 58,00 você poderá comer à vontade os diversos quitutes doces e salgados que há no seu buffet. É servido de segunda a sábado das 15h30 às 21hs, e aos domingos das 9hs às 21hs.

Além disso, ainda na linha de cafeterias, outros três locais que servem comidinhas deliciosas são o Armazém Tamandaré, a Montibeller Panificadora e Confeitaria e O Padeiro Artisan Bakery.

3 lugares para se hospedar em Balneário Camboriú

($) Para os viajantes que querem economizar, o Mar Hotel é um dos hotéis mais baratos no centro de Baleneário.

($$) Além disso, outra opção com bom custo-benefício na área central é o Hotel Marimar The Place.

($$) Por fim, se quiser se hospedar na Praia dos Amores, a Pousada Canto da Brava é uma das acomodações mais bem cotadas.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Balneário Camboriú.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here