COMPARTILHAR

ATENÇÃO

Seguro viagem com até 10% de desconto!!!

Contratando seu seguro com a SegurosPromo através deste link , basta aplicar o cupom VOLTOLOGO5 que você ganhará 5% de desconto
E se o pagamento for em boleto bancário você ganha mais 5% 

»»» Clique aqui e faça uma cotação online agora mesmo!
Uruguai: Dicas de viagem, turismo e mochilão. Descubra agora tudo o que você deveria saber para organizar as suas férias. Dicas sobre qual moeda levar, quando ir, principais cidades turísticas, como se locomover e sugestão de um roteiro de viagem pelo território uruguaio.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Minha primeira viagem pelo Uruguai aconteceu por acaso. Por motivos que desconheço até hoje, uma passagem área que incluía os trechos Cidade do México – Montevidéu e Montevidéu – São Paulo, custava mais barato do que um único voo da capital mexicana para Sampa. Mesmo estando no fim de uma longa viagem pela América Latina e com a grana curta, não perdi a oportunidade e embarquei sem grandes expectativas para a terra de Mujica. O que, posteriormente, acabou se revelando um tremendo erro.

Um erro porque a capital uruguaia entrou para minha lista de lugares favoritos da América do Sul. E como consequência, menos de dois meses depois deste primeiro contato eu já estava pronto para viajar pelo Uruguai mais uma vez.

E neste post quero te ajudar a fazer o mesmo. Irei te dar algumas dicas que considero essenciais para quem está organizando uma viagem pelo Uruguai. Vou te contar o que você deve esperar de uma trip pelo nosso vizinho, qual a documentação necessária, qual moeda levar, quando ir, quais são as principais cidades turísticas e outras informações importantes.

1- O que esperar de uma viagem pelo Uruguai

Introvertido. Pode parecer estranho, mas eu acho uma ótima característica para atribuir ao Uruguai. Nosso vizinho é aquele tipo de destino que não causa estardalhaço. Talvez lhe falte uma atração que impressione logo de cara, um destino daqueles que costumam estar no topo de uma lista “100 lugares para conhecer antes de morrer”, como Torres del Paine no Chile, ou o Glaciar Perito Moreno na Argentina.

No entanto, basta dar uma oportunidade – ainda que de poucos dias – para que ele comece a revelar seus encantos.

Tem cidade grande e cidade histórica, praia badalada e praia tranquila. E claro, também tem campos e vinícolas.

Seu astral despretensioso costuma agradar diversos perfis de viajantes: mochileiros, casais em lua de mel, famílias com crianças e por aí vai. Não tem contra indicação, apenas vá.

Mas vá com dinheiro. Ao contrário do que muita gente pensa o Uruguai não é nem de longe o país mais barato da América do Sul. Embora economizar com a passagem aérea não seja difícil, encontrar lugares baratos para comer normalmente exige algum esforço.

uruguai roteiro de viagem
Montevidéu

Leia também: Onde ficar em Montevidéu?

2- Documentação

Para nós, brasileiros, viajarmos para o Uruguai, precisamos apenas do nosso documento de identidade nacional (RG) ou passaporte.

Apenas atente-se de que o RG precisa estar em bom estado de conservação e com uma foto que você possa ser facilmente identificado. Ao entrar portando apenas o documento de identidade, você receberá um papelzinho carimbado com a data que chegou. Guarde este papel com cuidado, pois você deverá apresenta-lo na imigração quando for sair do país.

3- Qual moeda levar?

Apesar desta informação variar de acordo com a cotação do dólar, real e peso uruguaio, levar o dinheiro brasileiro quase sempre é um bom negócio.

De cara podemos descartar a ideia de comprar peso uruguaio nas casas de câmbio do Brasil. Além de não ser fácil de encontrar, a cotação costuma ser ruim.

Entre levar dólar ou real, se fizermos a conta atualmente (Dez/2017), vamos perceber que dá praticamente na mesma. Neste caso, como não há ganho financeiro significativo por levar dólar, recomendo que você leve reais para não ter o trabalho de trocar dinheiro duas vezes.

No Uruguai há muitos estabelecimentos turísticos que aceitam reais ou dólares como forma de pagamento. Porém, nestes casos você fica a mercê da cotação do local. Para não depender disso, recomendo que você troque seus reais por pesos uruguaios em alguma casa de câmbio. Em Montevidéu há dezenas delas ao longo da Avenida 18 de Julio, em shoppings e em menor número na região de Pocitos.

Já as casas de câmbio dos aeroportos oferecem a pior cotação para você trocar seu dinheiro. Se precisar trocar para as primeiras despesas, que seja o mínimo possível.

4- Quando ir

A alta temporada no Uruguai vai de dezembro a março. Como alguns dos destinos mais procurados pelos turistas envolve praias, esta é a melhor época para conhecê-las. Afinal, nos outros meses do ano além da água geladíssima, o vento está sempre presente no litoral uruguaio.

Já durante o outono, inverno e começo da primavera, pode ser uma boa pedida se você quiser visitar apenas Montevidéu e outras cidades que não tenham o mar como principal atração, como Colonia del Sacramento. Apenas esteja ciente de que encontrará temperaturas típicas destas estações. Ou seja, frio no inverno e temperaturas amenas nas outras duas.

Outubro e novembro são meses intermediários e que podem ser uma boa alternativa para encontrar o clima mais quente e propicio para banhos de mar.

Sobre as chuvas, elas são bem distribuídas durante todo o ano. Portanto, esse fator acaba não sendo tão relevante quando falamos sobre a melhor época para viajar pelo Uruguai.

viajar pelo Uruguai - Dicas

5- Principais destinos para turismo no Uruguai

Além de ser a principal porta de entrada para o país, Montevidéu é a cidade mais visitada do Uruguai. Velha conhecida dos brasileiros, não se assuste ao escutar com frequência pessoas conversando em português pelas ruas da capital uruguaia. Além de compatriotas, espere encontrar uma cidade acolhedora, com boas opções de bares, restaurantes e um simpático calçadão à beira-mar. Recomendo ao menos três dias inteiros pra lá.

Pelos arredores de Montevidéu é possível fazer um passeio bate-volta até alguma vinícola. A Camila Lisboa, do blog O Melhor Mês do Ano, conheceu a Vinícola Bouza e não se arrependeu.

O título de destino mais gracinha fica com Colonia del Sacramento, a 180 quilômetros de Montevidéu. A cidade de arquitetura colonial pode ser percorrida em um único dia, inclusive, há quem se aventure em um corrido bate-volta desde Buenos Aires. No entanto, pode apostar que passar uma noite na cidadela deixará sua viagem ainda mais agradável.

No litoral uruguaio a primeira parada para muitos viajantes costuma ser Punta del Leste. Com uma autoestima nas alturas, o balneário é famoso pela sua badalação e requinte – às veze até um pouco exagerado.

Se sua onda é lugares mais simples, La Paloma pode ser uma boa pedida para curtir o mar sem o luxo e agito de Punta. Já se você preferir vilarejos ainda mais autênticos e rústicos, Cabo Polônio estará a sua disposição.

Outros destinos que você pode incluir na sua viagem pelo Uruguai é Piriápolis, que encanta com sua tranquilidade praiana. Ou ainda Salto e Paysandú, que abrigam termas surpreendentes.

Uruguai - turismo e mochilão
Montevidéu

Leia também: O que fazer em Montevidéu?

6- Transporte pelo país

Devido a curta distância entre os principais destinos turísticos do país, viajar pelo Uruguai de ônibus ou de carro é uma excelente alternativa. Além disso, as estradas em bom estado é outro fator que apoia ainda mais esta decisão.

Desde Montevidéu há linhas regulares para diversos lugares, como Colonia del Sacramento, Puta del Leste e até mesmo para Porto Alegre, no Brasil. Os ônibus são confortáveis e as viagens costumam ser bastante agradáveis.

Outra rota bastante procurada é até Buenos Aires. Neste caso, o mais comum é ir de ônibus até Colonia, e lá pegar um barco até a capital argentina.

7- Quanto custa viajar pelo Uruguai?

Já mencionei no início do texto que viajar pelo Uruguai não é tão barato quanto algumas pessoas imaginam. É claro que como em qualquer lugar do mundo, há várias maneiras de economizar durante as suas férias. Mas espere encontrar uma média de preços mais alta do que nos outros países sul americanos.

E também, dentro do próprio país, algumas cidades podem ser ligeiramente mais caras que as demais, como Punta del Leste.

»»» Passagem aérea

Uma passagem aérea de ida e volta de São Paulo para Montevidéu está custando, em média, R$ 800,00. Ficando de olho nas promoções é possível conseguir por cerca de R$ 650,00.

»»» Ônibus interno

Saindo de Montevidéu duas rotas muito percorrida pelos viajantes são até Colonia del Sacramento e Punta del Leste. Espere gastar cerca de R$ 45,00 pela passagem de ônibus até Colonia e R$ 35,00 da capital a Punta.

Já para chegar até Cabo Polônio espere gastar cerca de R$ 60,00 com o ônibus até a entrada do parque, e mais R$ 30,00 (ida e volta) até a vilazinha.

Se você pretende usar táxi para se deslocar por Montevidéu, uma boa forma para ter uma ideia dos valores cobrados pela corrida é fazer uma simulação através do aplicativo do Uber. O preço do app costuma ser mais barato do que os táxis, mas já te dará uma ótima referência.

»»» Acomodação

Quem quer apenas uma cama em um dormitório compartilhado de hostel gastará cerca de R$ 60,00 pela diária. Já quem faz questão de um hotel, ainda que econômico, há hospedagens bem avaliadas com diárias em torno de R$ 200,00. Desembolsando cerca de R$ 300,00 por dia o nível de conforto do seu hotel sobe na mesma proporção.  

»»» Alimentação

Se você pretende fazer todas as suas refeições em restaurantes este será o maior vilão do seu orçamento de viagem pelo Uruguai. Não é fácil encontrar lugares simples e econômicos por lá.

O mais singelo dos pratos executivos, com uma milanesa e purê de batata, dificilmente é encontrado por menos de R$ 35,00. Um chivito, uma espécie de X-Tudo mais arrumadinho, custará em torno de R$ 30,00. Para não descer a seco, uma cerveja de um litro num restaurante do mesmo padrão deve sair por R$ 20,00, e um refrigerante por R$ 8,00.

Pra dar aquela enganada na fome, algumas empanadas, que custam em torno de R$ 7,00, podem ser uma boa saída.

E lembrando que estes são apenas alguns valores de estabelecimentos medianos. Procurando com afinco é possível encontrar lugares mais econômicos (mas nem tanto). Já restaurantes mais caros você encontrará sem a menor dificuldade.

»»» Passeios

Se comer em bons restaurantes eleva consideravelmente as despesas de uma viagem pelo Uruguai, o mesmo não pode se dizer sobre os passeios. Muitas das atrações do país não custam nada, ou custam muito pouco.

É claro que é preciso ter uma grana reservada para isso. Mas neste caso, o ideal é pesquisar individualmente quanto custa os museus, tours e passeios em vinícolas que você pretende fazer.

# Bônus: Roteiro de viagem pelo Uruguai

Se você tem apenas quatro dias para a sua viagem pelo Uruguai, o ideal é dedicar todo este tempo para a capital do país. Com sete dias dá pra incluir mais uma cidade, como Punta del Leste ou Colonia del Sacramento.

Para fazer um roteiro clássico, que inclua as cidades de Montevidéu, Colonia e Punta, recomendo que você tenha ao menos dez dias de férias. É claro que é humanamente possível fazer em menos tempo, mas a trip pode ficar corrida e cansativa.

Já para fazer um viagem mais abrangente, que inclua destinos como Cabo Polonio e Punta del Diablo, reserve pelo menos duas semanas para viajar pelo Uruguai.  


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

 Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

 Compare e contrate seu seguro viagem através da Seguros Promo
Não se esqueça de usar nosso cupom para ganhar 5% de desconto (VOLTOLOGO5)

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

12 COMENTÁRIOS

    • Faala Rafael, tudo bem?

      Fico feliz em saber que gostou do post! xD

      Então, o gasto diário depende muito do seu perfil. Com os valores que indiquei no post você consegue ter uma base de acordo com as sua preferências!

      Abração

  1. Murilo, adorei as dicas. Já cogitei várias vezes ir para o Uruguai, mas ainda não deu certo. Fiquei um pouco triste de saber que é uma viagem cara. Colonia de Sacramento é um lugar que quero conhecer.

  2. Post super completo, com ótimas dicas e lindas fotos! Ainda não conheço o Uruguai, mas já anotei as dicas para quando tiver a oportunidade de conhecer.

  3. Eu concordo: o Uruguai é mesmo um país encantador e muito fofo. Sempre passo momentos ótimos quando visito o país. De fato não é um país de grande cenários, mas nos proporciona dias maravilhosos! 🙂 Dicas ótimas para quem ainda não visitou o país.

  4. Engraçado, nunca me imaginei indo ao Uruguai, até ler o seu post.. Achei as opções muito bacanas de passeio, principalmente por saber que podem ser baratas e não custar nada.. pernas para que te quero kkk Conheço quase nada na América do Sul, preciso melhorar isso. Valeu pelas dicas!!

  5. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here