Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

Usina de Itaipu: 5 dicas para o passeio

Desafios. Talvez essa seja a palavra que melhor define a Itaipu Binacional – a usina hidrelétrica que desde o primeiro girar das suas turbinas, em 1984, se tornou a principal fonte de energia elétrica de dois países.

Se construir uma obra deste porte já é um desafio e tanto para qualquer governo, imagine só ter que harmonizar questões diplomáticas entre dois povos, que desde a Guerra do Paraguai (1865-1870) disputavam a posse de terras na região do Salto de Sete Quedas?

Apesar disso, após anos de intensas negociações, Brasil e Paraguai finalmente assinaram um acordo, em 1973, com o objetivo de aproveitarem melhor a capacidade hidrelétrica do Rio Paraná.

Mas é claro, a disputa territorial havia sido apenas a primeira superação de muitas outras adversidades que envolvem a construção de uma usina hidrelétrica. Afinal, tirar do papel um projeto como este impacta positivamente e negativamente a vida de milhares de pessoas e de todo um ecossistema já existente.

Atualmente, no entanto, o fato é que a Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, contribui não apenas para o desenvolvimento econômico da cidade, mas também, tem uma importante função turística, social e ambiental.

Leia também: 9 dicas valiosas para sua viagem a Foz do Iguaçu

1- Porque visitar a Usina Hidrelétrica de Itaipu?

Depois das Cataratas do Iguaçu, a Itaipu Binacional é possivelmente a atração turística mais visitada de Foz do Iguaçu. E não é pra menos, afinal, uma construção do seu porte chama atenção em qualquer lugar do mundo.

Como se não bastasse, a hidrelétrica responsável pela geração de 15% da energia elétrica consumida no Brasil, e por 86% do consumo paraguaio, soube aproveitar muito bem o seu potencial turístico.

Por lá, é possível fazer desde um breve recorrido pelos seus mirantes, ou até mesmo se infiltrar pelo interior da usina e conhecer de perto como funciona esse território que não é considerado nem brasileiro e nem paraguaio, mas como o nome já indica, é binacional.

Acredite. Visitar a Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, é um programa capaz de agradar qualquer viajante. E, neste post, eu te contarei tudo o que você deve saber para organizar seu passeio.

passeio em Itaipu - dicas

Local de início do passeio Circuito Especial

Leia também: Onde se hospedar em Foz do Iguaçu?

2- Como são os passeios pela Usina de Itaipu?

Para atender a demanda de viajantes interessados em conhecer de perto as atividades da usina, a Itaipu Binacional oferece diversos tipos de passeios.

Independente de qual deles você fará, todos começam com a apresentação de um vídeo que nos conta um pouco da história da usina.

Visita Panorâmica

Este é o passeio basicão em Itaipu.

O tour é feito num ônibus panorâmico e possui 3 paradas para foto: Mirante Central, Mirante do Vertedouro e Porto Kattamaram. Além de contar com sistema de áudio que narra a história da usina, todo o percurso é feito com o acompanhamento de guias.

O passeio custa R$ 42,00, há saídas a cada 20 minutos, e dura em média 1h30.

como visitar a usina de Itaipu

Parada no Mirante do Vertedouro

Circuito Especial

Para ir além das vistas externas e se infiltrar no interior da Usina de Itaipu, o Circuito Especial é o passeio certo.

Além de incluir todos os pontos da Visita Panorâmica, o Circuito Especial nos permite conhecer detalhes da operação da usina.

O tour começa pela área de Condutos Forçados, onde podemos sentir a vibração da água passando pela tubulação.

Em seguida, conhecemos a Sala de Supervisão e Controle Central, as Galerias da Usina e o eixo de uma turbina em funcionamento.

Depois desta visita interna, fazemos o mesmo recorrido da Visita Panorâmica.

Este passeio tem menos horários disponíveis, custa R$ 82,00, e dura aproximadamente 2h30.

Além disso, importante se atentar que para fazer o Circuito Especial é obrigatório ter mais de 14 anos, vestir caçados fechados e sem saltos, e roupas com comprimento abaixo do joelho.

Outro detalhe é que não é permitido fazer este passeio com mochilas. Se estiver com uma, deverá deixá-la no guarda-volumes que custa R$ 8,00.

Lembre-se de tirar todos os pertences que irá levar contigo (carteira, celular e câmera fotográfica) antes de trancar o armário, pois ele funciona com o sistema de fechamento único.

Circuito Especial na Usina de Itaipu

Painel de Controle Analógico ao lado do Painel Digital, na Sala de Supervisão e Controle Central

usina hidrelétrica de Itaipu - dicas para conhecer

Galerias da usina

Kattamaram

Outro passeio oferecido na usina é a navegação pelo Lago Itaipu. A bordo de um confortável Kattamaram, essa é a oportunidade de observar a hidrelétrica de outro ângulo.

A navegação dura aproximadamente 1h e custa R$ 60,00.

Caso queira fazer este passeio, mais vantagem é comprá-lo por R$ 80,00 direto no Porto Kattamaram. Isso porque, pelo valor mais alto está incluso um almoço no estilo buffet à vontade, no restaurante localizado no porto.

Outra versão deste passeio é o Kattamaram Pôr-do-Sol, com saída única às 17hs (ou às 19hs durante o horário de verão), e valor de R$ 90,00.

Outros Passeios: Ecomuseu, Polo Astronômico, Iluminação da Barragem

Além dos três passeios já citados, a Usina Hidrelétrica de Itaipu dispõem de outras atrações.

No Ecomuseu (R$ 18,00), além de poder visitar exposições itinerárias, você terá a chance de voltar ao passado com fotografias, peças e objetos da época da construção da usina.

O Polo Astronômico (R$ 28,00), por sua vez, nos faz viajar no espaço e reúne planetário e observatório.

Por fim, a Iluminação da Barragem (R$ 45,00) é um passeio noturno que acontece somente as sextas e sábados às 20h30. Além de poder observar a iluminação desde o Mirante Central, o ônibus também circula por outros setores da usina.

3- Preciso comprar antecipadamente?

Sim, principalmente se você for fazer o Circuito Especial.

O único passeio que você provavelmente não terá grandes problemas para comprar na hora é a Visita Panorâmica. Porém, ainda assim, talvez você tenha que esperar um novo grupo se formar.

E, mesmo que você compre seu ingresso pela internet, é essencial que você chegue na Usina de Itaipu 30 minutos antes do seu horário agendado. Dessa forma você conseguirá retirar seu ingresso com calma e não correrá o risco de perder o horário que agendou previamente na hora da compra.

Durante feriados prolongados compre com uma antecedência ainda maior.

como chegar na usina de itaipu - dicas

Não se iluda com a bilheteria sem fila

Leia também: 7 dicas para visitar o lado argentino das cataratas

4- Como chegar?

A Usina de Itaipu está localizada a aproximadamente 10 quilômetros do centro de Foz do Iguaçu. Porém, não se preocupe, pois chegar até lá é extremamente fácil.

Quem quiser utilizar o transporte público basta pegar as linhas de ônibus “Itaipu Dam”, Conjunto C Norte” ou “Conjunto C Sul”, que saem do Terminal de Transporte Urbano, no centro de Foz. A passagem custa R$ 3,90 e o deslocamento leva cerca de trinta minutos.

Já uma corrida de Uber deve custar entre R$ 15,00 e R$ 20,00. E, quem for com carro próprio, pagará R$ 20,00 pelo uso do estacionamento.

Leia também: 10 dicas de compras no Paraguai (Um Guia INDISPENSÁVEL)

5- Dicas extras para visitar a Usina de Itaipu

» Você não precisa de um dia inteiro para visitar a Usina de Itaipu. Se for fazer apenas a Visita Panorâmica ou o Circuito Especial, uma manhã ou tarde é mais do que suficiente.

Aliás, num único período dá ainda para incluir outra atividade – dependendo de qual for. Apenas fique atento com o horário que marcar cada uma delas.

» No meio do caminho entre o centro e a Hidrelétrica de Itaipu está o Templo Budista Chen Tien, outro ponto turístico de Foz do Iguaçu que merece sua atenção. Inclusive, uma boa pedida é conhecê-lo no mesmo dia em que for a usina.

Pegue um Uber da Usina até lá, e depois, se quiser economizar, basta pegar um ônibus em frente ao templo para seguir a região central.

A visita ao templo é gratuita e pode ser feita de terça a domingo, das 9hs às 16h30.

» A Usina de Itaipu conta com uma boa estrutura turística e é bem organizada. Os preços de comes e bebes nas lanchonetes e restaurantes, porém, é daqueles inflacionados e nada amigo dos viajantes econômicos.

5 lugares para se hospedar em Foz do Iguaçu

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Che Lagarto e o Concept Design Hostel & Suites são duas das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Tarobá Hotel e o Del Rey Quality Hotel  têm ótimo custo-benefício.

($$$) Querendo investir num resort, o San Martin Resort & Spa é um dos que oferecem preços mais realistas.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Foz do Iguaçu.

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários:
Andréa disse:

Olá. Qual o tempo razoável entre o passeio panorâmico e o refúgio biológico, de forma a não perder o ingresso entre um e outro? Sugestões de horário, por exemplo, entre um e outro, já que o primeiro leva 1:30h

Murilo Pagani disse:

Oi, Andréa, tudo bem?

Eu faria primeiro o passeio Refúgio Biológico, que dura entre 2h30 e 3hs. Faria este no primeiro horário, bem cedo, e logo depois já faria o panorâmico. Deixaria em torno de 40 minutos entre um e outro – neste caso, é só o tempo para se organizar mesmo, e almoçar só depois que terminar o segundo tour.

Abraço

Rita de Cassia Teixeira Bellagamba disse:

Olá, gostaria de saber se tem acesso para cadeirantes para passeio na usina❓

Murilo Pagani disse:

Oi, Rita, tudo bem?

Segue abaixo o link onde você encontra todas as informações de acessibilidade na Usina de Itaipu:

> https://www.turismoitaipu.com.br/pt/acessibilidade

Abraço!

Monalisa Ramos Bezerra Costa disse:

Parabéns! Vc é bastante detalhista.

Kavalo disse:

Visitem itaipu antes que seja privatizada, por e isso que este governo de merda quer fazer com o serviço público

Meiri Zapala Stegle disse:

Parabéns, que bom que vc tb ache esse governo uma merda. Parabéns por nós lembrar este detalhe. E delinquente e a família irão ficar riquíssimos com a transação.

Thiago moreira beserra gomes disse:

Boa noite, sou de Fortaleza, então posso fazer a compra Murilo tipo, circuito especial na entrada da usina né isso? tipo bilheteria? meu pai trabalhou ai em 1976 mais ou menos, e queria rever a usina..

Murilo Pagani disse:

Oi Thiago, tudo bem?

Sim, o passeio mais completo pela Usina é o Circuito Especial, que inclui a parte externa e alguns lugares internos. No entanto, não encontrei o “Circuito Especial” disponível no site deles. Imagino que por conta da pandemia, eles estejam realizando apenas a “Visita Panorâmica”.

Abraço!

João Carlos disse:

Muito obrigado pelas informações meu amigo e parabéns por sua determinação em seguir os seus sonhos.

Murilo Pagani disse:

Oi João Carlos, tudo bem?

Muito obrigado pelo comentário! =)

Espero que aproveite a viagem!

Abraço

Drielly disse:

Melhor conjunto de dicas que achei sobre os passeios. Parabéns pelas informações.

Murilo Pagani disse:

Oi Drielly, tudo bem?

Fico contente em saber que gostou das dicas de Itaipu! 🙂

Espero que aproveite a viagem!

Abraço

Elaine disse:

Primeiramente, gostaria de agradecer pelas dicas, foram valiosas. Estou na duvida se faço o passeio de dia ou a noite. Ainda não conheço a Usina.O que vc me sugere?

Murilo Pagani disse:

Oi Elaine, tudo bem?

São passeios com vistas diferentes (por conta da iluminação, apenas!). Para quem ainda não conhece e pretende fazer apenas um deles, acho que o passeio de dia seja mais adequado.

Abraço!

Rosana Gomes Klinger disse:

ola, gostaria de saber a possibilidade de fazer uma visita com grupo de alunos como posso proceder

Murilo Pagani disse:

Oi Rosana, tudo bem?

O ideal é que você entre em contato diretamente com a Usina. Não sei te dizer quais os procedimentos para este caso! =(

Abração