De início, achei que cinco dias seria muito tempo na capital do Equador. No entanto, logo que comecei a pesquisar sobre este destino, fui surpreendido com a quantidade de passeios para fazer em Quito.

Apesar de não estar nos holofotes turísticos dos brasileiros, a segunda maior cidade equatoriana não deixa faltar atividades para um roteiro de viagem. 

Aliás, se considerarmos as atrações pelos arredores da capital, além dos pontos turísticos da área urbana, dá para organizar facilmente uma programação de pelo menos sete dias.

E, para que você consiga aproveitar ao máximo as suas férias por estas bandas da América do Sul, neste texto eu te contarei tudo o que há de melhor para fazer em Quito.

De parques a museus, de mirantes a construções históricas, sem se esquecer das belas paisagens e vulcões do Equador. Confira a seguir quais as atividades que você deveria incluir no seu itinerário.

Leia também: Onde ficar em Quito | Melhores bairros e hotéis

# Dicas do que fazer em Quito

1- Centro Histórico de Quito
2- Calle La Ronda
3- Bairro Mariscal
4- Parque Ejido
5- Teleférico de Quito
6- Parque Mitad del Mundo
7- Vulcão Cotopaxi
8- Laguna Quilotoa
9- Otavalo
» Contratar seguro viagem para o Equador
» Ver preços e reservar passeios em Quito

1- Centro Histórico de Quito

Uma ótima maneira de começar a conhecer a capital do Equador é pelo centro histórico.

Quito possuí uma das arquiteturas mais bem preservadas de toda a América Latina, não por menos, a cidade foi considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela ONU, em 1978.

Para deixar o passeio ainda mais interessante recomendo o Free Walking Tour Quito, naquele velho esquema de contribuição voluntária onde quem mais sai ganhando somos nós, viajantes.

Apesar de caminhar sem rumo pelo centro histórico de Quito ser um excelente passeio, vale a pena anotar alguns endereços para guiar as suas andanças. Alguns deles, são: Plaza Grande (Plaza de la Independencia), Museu Casa del Alabado de Arte Pré-Colombiana, Palacio Nacional e a Basílica del Voto Nacional.

Pode apostar: reserve um dia inteirinho apenas para conhecer essa área da cidade.

o que fazer em Quito em 5 dias
Centro histórico de Quito

2- Calle La Ronda

Essa rua faz parte do centro histórico de Quito, porém, é à noite que ela ganha vida. 

Considerada a rua mais antiga da capital equatoriana, era o lugar preferido dos boêmios e artistas do inicio do século XX, e, até hoje, atrai moradores e turistas que flertam com a arte ou estão em busca de diversão.

» Passeio noturno Lendas Urbanas de Quito (US$ 15,00)

3- Bairro Mariscal

Essa é a zona dos bares, restaurante e baladas. Ou seja, uma boa dica do que fazer à noite em Quito.

Além disso, essa também é uma boa vizinhança para ficar hospedado. Isso porque, trata-se de uma região segura, bem localizada e com uma grande oferta de acomodações.

melhores pontos turísticos de Quito
Mariscal

Leia também: 7 dicas valiosas para sua viagem a Quito

4- Parque Ejido

Esse parque fica na região de Mariscal e é um ótimo espaço para descansar, fazer um piquenique ou passar uma tarde.

Aos domingos o parque fica lotado de famílias que levam seus filhos para usufruir desse ótimo espaço ao ar livre. Além disso, é nesse dia que também acontece uma feira de artesanato com diversos produtos bem baratos.

Além da área verde e da feirinha, bem próximo ao parque você também encontrará o Museo de Arte Moderno, o Museo Nacional del Ecuador e o pequeno Mercado Artesanal La Mariscal.

lugares para conhecer em Quito
Parque Ejido

5- Teleférico de Quito

Não bastasse estar a mais de 2.850 metros acima do nível do mar, Quito possui um teleférico que te leva ainda mais alto: a 4.050 metros.

Quando o tempo colabora e a neblina dá uma trégua, de lá do alto se tem uma vista privilegiada da cidade.

Além do passeio panorâmico que por si só já vale a pena, uma vez que terminou o percurso de teleférico você poderá fazer alguma trilha no complexo do TelefériQo.

Mas atenção: lembre-se de que você estará a mais de 4.000 metros de altitude. Ou seja, o esforço físico para caminhar – e respirar – será enorme. Não se arrisque se não se sentir confortável.

Outro local para ver a cidade de Quito do alto é no Monumento a la Virgen de El Panecillo. Neste caso, a melhor pedida é ir de táxi ou Uber.

pontos turísticos em Quito
Vista do Teleférico de Quito

Leia também: Roteiro de 15 dias no Equador

6- Parque Mitad del Mundo

Um pouco mais afastado das atrações acima, porém, não menos turístico,  está a Mitad del Mundo: um parque onde supostamente passa a Linha do Equador que divide os hemisférios em norte e sul.

É aqui que você pode tirar aquela foto clássica pisando nos dois hemisférios ao mesmo tempo. 

» Passeio ao Parque la Mitad del Mundo (US$ 19,00)

tours em Quito
La Mitad del Mundo

7- Vulcão Cotopaxi

O vulcão Cotopaxi é considerado o vulcão ativo mais alto do mundo e, por isso, atrai centenas de turistas todos os dias.

O vulcão fica dentro do Parque Nacional Cotopaxi, e lá é possível fazer diversas atividades: caminhadas, mountain bike e, para os mais bem preparados, escaladas até o cume do vulcão.

Em Quito há muitas agências que organizam tours no esquema bate-volta. De um modo geral, essa é a opção com melhor custo-benefício para visitar o local. Afinal, você não precisará se preocupar com a logística do passeio.

Ainda assim, com disposição, você consegue ir por conta própria utilizando o transporte público. Neste caso, você precisará pegar dois ônibus:

– O primeiro ônibus sai do Terminal Quitumbe (em Quito) para a cidade de Latacunga. Esse percurso leva em torno de 1h30 e a passagem custa US$ 4,00. 

– Em Latacunga, pegue o ônibus que vai até o parque.

» Passeio bate-volta para o Vulcão Cotopaxi (US$ 79,00)


8- Laguna Quilotoa

Essa lagoa que foi formada na cratera de um vulcão inativo é o destino preferido de muitos turistas que fazem uma viagem ao Equador.  

A caminhada até à margem da lagoa leva mais ou menos 30 minutos. Por outro lado, na hora de voltar, considere pelo menos uma hora por causa da altitude.

Assim como para visitar o Vulcão Cotopaxi, o jeito mais prático para ir à Laguna Quilotoa é com algum passeio bate-volta oferecido por agências de turismo.

Ir por conta própria também é possível. Porém, você terá que acordar bem cedo, pegar dois ônibus e correr contra o tempo.

No caso de ir com o transporte público, primeiro você deve ir até a cidade de Latacunga, e, chegando lá, pegar outro ônibus para Quilotoa.

Dica importante: Como você deve ter percebido, Latacunga serve como base tanto para ir ao Vulcão Cotopaxi como também à Laguna Quilotoa.

Se acaso você pretende r de forma independente para esses dois lugares, talvez seja mais interessante se hospedar em Latacunga por alguns dias. 

» Passeio bate-volta para a Laguna Quilotoa (US$ 79,00)

passeios em Quito
Laguna Quilotoa

9- Otavalo

Esta pequena cidade está localizada a aproximadamente duas horas de Quito. Sua principal atração é o Mercado de Otavalo, um dos  maiores mercados indígena da América do Sul.

Aqui você vai encontrar todas aquelas peças clássicas de artesanato: roupas, chapéus, tapetes, esculturas, e claro, comida.

Para chegar lá você pode ir com o transporte público ou com um tour guiado. A vantagem do tour é que além do acompanhamento de um guia  durante todo o passeio, você também visitará a região de Imbabura.

» Passeio bate-volta para Otavalo e Imbabura (US$ 79,00)

3 lugares para se hospedar em Quito

($) Para os viajantes que procuram um albergue, a Casa Carpedm é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Boutique Hotel Antinea tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Sheraton Quito.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Quito.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

16 COMENTÁRIOS

  1. Oi Murilo. Vale a pena alugar carro para se locomover para as atrações? Estamos em 4. Teremos só dois dias inteiros em Quito, já viajamos no terceiro para as ilhas.

    • Oi Andrea, tudo bem?

      Depende de quais atrações você quer visitar. Dentro da cidade não vejo nenhuma necessidade, já que o transporte público vai bem e os táxis não são caros.
      Para os passeios aos arredores pode ser uma boa! Ainda assim, dependendo do tour me questão – como por exemplo o Cotopaxi – um tour com agência pode ser melhor por conta do serviço de guia!

      Abraço

  2. Oi, Murilo.
    Tô pegando muita ideia do seu blog pra minha trip pro Equador em fevereiro. Fico 10 dias por lá! A princípio, vou ficar em Quito por 7 dias (servindo de base pra Otavalo, Cotopaxi e Quilotoa) e 3 dias em Baños.
    Minha dúvida é Cuenca. São pelo menos 8 horas de viagem de ônibus. Sera q compensa tirar 2 dias de Quito pra conhecer Cuenca, mesmo fazendo esse deslocamento de 8h?

    Ah, parabéns pelo blog. Já tô me animando pra ir pra América Central em função dos seus posts nas minhas próximas férias!

    Um abraço!

    • Faaala Wendel, tudo em ordem?!

      Pô, que bacana… Muito bom saber que o blog está ajudando!

      Seguinte… Além dos três dias de bate-volta em Quito, eu recomendo mais três dias inteiros para a cidade em si.
      Ou seja, sobraria apenas um dia para Cuenca. O que, na minha opinião, acaba sendo inviável devido a distância.

      Abraço!

  3. Olá Murilo,

    Meu nome é Wrsula e estou indo agora em janeiro para Quito. Adorei seu roteiro e dicas e queria tirar algumas duvias:

    – Janeiro é frio ou quente na cidade?
    – Eu n]ao queria fazer nem com receptivo nem por conta, teria indicação de motorista para me dar?
    – Lá já funciona o Uber?
    – tem dica de restaurante legal para me dar em Quito?

    Desde já agradeço,
    Wrsula

    • Oi, tudo bem?

      Infelizmente só consigo te ajudar com a primeira dúvida!
      Por causa da altitude, Quito tem uma temperatura estável ao longo do ano.
      Mesmo em dias ensolarados, as noites e manhãs podem ser geladas!

      Abraço

  4. Boa noite, Murilo. Obrigada pelas dicas.
    Pretendo ir ao Equador em agosto ou setembro e estou montando meu roteiro através de suas dicas.
    Abraço. Maria Cecília

  5. Quito é muito linda! Uma das minhas cidades preferidas 🙂

    E acho que discordo um pouco sobre Latacunga… por mais que a cidade não seja assim, uma Quito, rs… Mas gostei bastante de ficar por la pra *tentar* ir ao Cotopaxi e ir para Quilotoa. Achei a cidade charmosinha e com boas opções de restaurantes bons e baratos! 🙂

    • Oi Marília!

      Você não consegue visitar os dois lugares em um dia, nem mesmo se for com alguma agência!
      Reserve pelo menos um dia inteiro para cada atração!

      Uma opção para conhecer os dois e que facilita a logística é usar a cidade de Latacunga como base!

      Abraço,
      Murilo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here