COMPARTILHAR

Atenção Viajante!!!

Economize no seu seguro viagem fazendo uma cotação online, que compara as melhores seguradoras do mercado. E também, utilize o cupom de desconto VOLTOLOGO5 para garantir 5% de desconto.

»»» Clique aqui e descubra agora quanto você vai precisar investir na sua segurança durante a sua viagem.

PS: Pode apostar que é menos do que você imagina! :)
o que fazer em Paraty
Igreja de Santa Rita

Você pode até achar que um final de semana seja mais do que suficiente para conhecer essa cidade, mas acredite, tem muita coisa boa para ver e fazer em Paraty. Eu, por exemplo, fiquei quatro dias inteiros lá e não conheci metade dos lugares que gostaria.

É certo de que o centro histórico pode ser percorrido em um único dia, mas Paraty está localizada em uma região com tantas belezas naturais, que chega a ser um desperdício você ir pra lá e não conhecê-las um pouco melhor.

Praias e ilhas exuberantes, cachoeiras pouco exploradas, construções cheias de história e até parte da Estrada Real. É tanta coisa que mal voltei de lá e já quero retornar assim que possível.

1- Aprender sobre a história da cidade no Paraty Free Walking Tour

Umas das grandes surpresas que tive quando estava planejando minha viagem para Paraty é que a cidade possui um Free Walking Tour. Como sou fã dessas caminhadas, logo reservei uma manhã para fazê-lo.

Esse foi meu primeiro passeio em Paraty e recomendo que você faça o mesmo. O motivo? Depois de conhecer um pouco da história e curiosidades da cidade, sua estadia será completamente diferente. Será impossível caminhar por uma quadra sem se lembrar de algum fato importante sobre a cidade.

Além disso, fazer esse passeio no começo da trip te da a possibilidade de conseguir dicas de lugares que você nem sequer tinha ouvido falar, seja com o guia ou com os outros participantes.

Informações
⇒ Quando: Todos os dias, exceto quarta- feira
⇒ Que horas: Há dois grupos, um às 10hs30 e o outro às 17hs
⇒ Ponto de Encontro: Praça da Matriz
⇒ Duração: Aproximadamente 2 horas
⇒ Valor: Contribuição voluntária (normalmente as pessoas contribuem com algo entre R$20,00 e R$30,00. Porém, não há valor mínimo e definitivamente não há valor máximo).
⇒ Site oficial: Free Walker Tour Paraty

2- Caminhar pelo centro histórico

O tour que recomendei como primeiro passeio já é pelo centro histórico, mas mesmo assim sugiro que você reserve mais algum tempo para percorrer com calma as suas charmosas ruas.

Observe atentamente os detalhes das construções antigas, tire algumas fotos, pare em algum bar ou café- tudo sem pressa.  Aliás, caminhar apressadamente pelo centro histórico de Paraty é uma coisa que eu não te recomendo.  As chances de você tropeçar e machucar o pé são enormes. 

Ir de tênis poderá te ajudar quando der algum tropeção. Mas por outro lado, fique ciente que você poderá molhá-lo caso a maré comece a subir. Frequentemente muitas ruas da cidade ficam alagadas durante certos períodos do dia.

o que fazer em paraty

Leia também: Guia prático (e completo) para sua viagem em Paraty

3- Conhecer a Praia do Sono

Rodeada pela vegetação da mata atlântica, a Praia do Sono é uma das mais lindas e bem preservadas dessa região. A simplicidade dos seus poucos restaurantes, campings e quartos para se hospedar, é o principal motivo que leva os viajantes a terem o mar como quintal de casa por alguns dias.

Para chegar até lá, primeiramente você precisa ir até a Vila do Oratório. Os ônibus da Colitur saem da rodoviária de Paraty com esse destino de hora em hora. A passagem custa R$ 3,40 e leva aproximadamente 45 minutos.

Depois disso há duas opções para você continuar seu caminho até a Praia do Sono: trilha ou barco. Para fazer a trilha desça no ponto final. Se for de barco, pergunte ao motorista em qual ponto descer pois não é o mesmo.

Apesar de ter lido em alguns lugares que a trilha era cansativa, achei bem tranquila. Levei quarenta minutos para percorrer os 3,1 quilômetros. O trecho é bem demarcado e em muitos pontos há até corrimão e degraus bem feitos.

Depois de caminhar por toda a praia do Sono, no final dela começa outra trilha que te levará a Praia dos Antigos. São mais 700 metros, com uma grande subida, mas que valem a pena. Além da praia ser outro paraíso, você terá essa vista incrível da praia do Sono.

dicas do que fazer em Paraty

Leia também: 10 dicas de pousadas baratas em Paraty

4- Tomar uma Gabriela e um Jorge Amado

Além das belas praias e do agradável centro histórico, Paraty também é uma cidade muito famosa pelas cachaças que produz. E dentre elas, uma se tornou bastante popular entre os turistas: Gabriela.

A cachaça bastante adocicada pode ser encontrada em praticamente todos os bares e restaurantes de Paraty. A bebida que mais parece um licor, possui cravo, canela e muitas vezes gengibre na sua composição.

Já o Jorge Amado, trata-se de um drink preparado com a cachaça Gabriela, limão e maracujá. A mistura da bebida doce com a acidez dessas frutas forma uma combinação muito boa. Mais uma vez, praticamente todos os bares e restaurantes da cidade servem esse drink.

Leia também: 7 hostels em Paraty que realmente valem a pena

5- Ir à Trindade

O aconchego e a calmaria de Trindade conquista cariocas, paulistas e todos aqueles que se atrevem a conhecê-la.  A pequena vila fica praticamente na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, entre as cidades de Ubatuba e Paraty.

Famosa por ser um destino alterativo e muito popular entre hippies nas décadas de 70 e 80, atualmente Trindade possui uma boa estrutura para receber os mais variados tipos de turistas: de mochileiros econômicos que querem acampar, a famílias com crianças que não abrem mão de certo conforto.

Para chegar à Trindade a partir de Paraty basta você pegar o ônibus da empresa Colitur que sai da rodoviária. Ele parte de hora em hora, custa R$ 3,40 e o percurso leva em torno de 45 minutos.

Se você tiver tempo disponível, ao invés de fazer um passeio bate-volta desde Paraty, talvez seja uma boa ideia se hospedar em Trindade por uma ou duas noites.

o que fazer em Paraty
Praia do Meio

Leia também: Onde ficar em Paraty | Dicas de bairros, pousadas e hostels

6- Fazer um passeio de barco

Não tem jeito, para você conhecer algumas das mais belas ilhas e praias de Paraty terá que fazer algum passeio de barco. Seja em uma escuna ou em uma lancha privada, reserve pelo menos um dia para fazer um passeio desse tipo.

Há uma infinidade de rotas, barcos e preços para você escolher. Como estava com o orçamento beeeem limitado, acabei fazendo um passeio clássico (e barato): escuna, parada em duas ilhas e duas praias (Praia da Lula, Praia Vermelha, Ilha Comprida e Aquário Natural), saída do cais de Paraty as 11hs e retorno as 16hs, preço R$ 25,00.

Fechei o passeio com a Eco Turismo Paraty e fui com o barco Rei Felipe. O serviço oferecido foi bastante eficiente e de acordo com o que havia sido prometido. Dentro da escuna eles vendem bebidas, almoço e porções que custam a partir de R$ 30,00. O barco era bastante confortável, no entanto, não possui andar superior.

Como já mencionei, há uma grande variedade de tours que você pode contratar. Em toda região do centro histórico de Paraty há muitas agências, pousadas e hostels que oferecem esses passeios.

Outra opção é ir diretamente ao cais e fechar negócio lá mesmo. Essa é uma alternativa ainda mais interessante para quem quer fazer o passeio apenas com os seus amigos em um barco menor e privado. Apesar de ser um pouco mais caro, você terá total liberdade para conhecer os lugares que quiser e ficar quanto tempo desejar em cada um.

Outro lugar que me pareceu bem interessante e que quero fazer na minha próxima viagem à Paraty é o roteiro que passa por Saco do Mamanguá. A Paraty Tours oferece esse passeio à R$ 100,00.

passeio de barco em Paraty
Praia da Lula

Leia também: As melhores pousadas em Paraty

7- Percorrer o Caminho do Ouro

A pequena Paraty foi muito importante durante o famoso “Ciclo do Ouro” no Brasil. Além da localização estratégica ligando Minas Gerais ao Rio de Janeiro e São Paulo, ela era uma das cidades portuárias mais importantes do século XVIII, fazendo a conexão com Portugal e consequentemente o restante da Europa.

Além de ter a chance de conhecer muitas cachoeiras por esse trecho da Estrada Real, você também poderá visitar alambiques, ateliers e bons restaurantes.

 + Dicas do que fazer em Paraty

Vale lembrar que esse são apenas alguns lugares e coisas para fazer em Paraty. A cidade possui muitas outras atrações e destinos a serem explorados na região. Aqui vão mais algumas:

⇒ Para quem gosta de atrações culturais, não deixe de conhecer a Casa da Cultura e o Museu de Arte Sacra- ambos no centro histórico.

⇒ Angra dos Reis está localizada a 96 quilômetros de Paraty (sentido Rio de Janeiro). Se você tiver bastante tempo disponível, pode estender sua viagem até lá, ou até mesmo até Ilha Grande.

⇒ Já no sentido São Paulo, na direção à Ubatuba, a pequena Vila de Picinguaba encontra-se a apenas 40 quilômetros. De lá é possível fazer passeios de um dia até a paradisíaca Ilha das Couves.

3 lugares para se hospedar em Paraty

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Che Lagarto é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Pousada dos Contos tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes da Pousada Jardim dos Oliveiras.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Paraty

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

80 COMENTÁRIOS

  1. Oi Murilo,
    Bacana esse blog e adorei as dicas!!!
    Estou querendo ir em Paraty com meu marido em Fevereiro mas estou na dúvida se vamos de carro ou ônibus…
    Vale a pena ir de carro? Teremos mais flexibilidade de fazer os passeios?

    • Oi Fernanda, tudo bem?

      Que legal que gostou do blog! xD

      Você terá mais flexibilidade para ir a Trindade ou alguma outra praia mais afastada. Já para Paraty propriamente dita o carro é dispensável!

      Abraço

  2. Estive em Paraty ano passado e fiquei no carnaval durante seis dias. Paraty é linda e supera qualquer lugar turístico no Rio de Janeiro. Fui de carro partindo de Nova Iguaçu resolvi ir pelo caminho que me informaram ser quase sem engarrafamento mas para isso tive que seguir a Via Dutra, subir a Serra das Araras e em Piraí pegar uma estrada que me levou direto a Rio Santos em Angra e logo cheguei em Paraty depois de rodar mais uns 70 km mais ou menos. No total por essa rota rodei 225 km e levei cerca de 4 horas de viagem. Não gostei muito dessa rota pois a partir de Pirai a estrada e meio deserta, alguns trechos de terra batida e apertada, alguns buracos na estrada, e quando vc tá perto de chegar na Rio Santos tem que passar por um pequeno túnel muito mal tratado cheio de buracos que parece que o carro vai desmontar, porém pra fugir de engarrafamento é ótimo fica praticamente vazio vc roda direto sem nenhum problema.

    Em Paraty fiquei em uma casa alugada com antecedência, mobiliada, 2 quartos, sala, cozinha, dois banheiros e área de serviço. éramos 8 pessoas e o custo total do aluguel ficou em 2500 reais para seis dias, realmente um ótimo negócio considerando o período de carnaval que é caríssimo em qualquer hospedagem nessa época. Mas para isso a hospedagem foi contratada 5 meses antes, e com pagamento de 50% de sinal.
    Fui em tantas praias que nem lembro mais os nomes, cada uma mais linda que a outra, Ilhas então foram várias, passeio de barco também contratado com antecedencia, visitei a cachoeira do Iriri, passando por uma tribo indígena muito legal. O Cacique é um pouco severo e logo na entrada não permite pessoas com lata de cerveja na mão e pede pra jogar fora, rs. Mas o cacique não deixa de ter razão a cachoeira e longa e pra curtir alguns pontos é preciso subir a ladeira em trilhas um pouco apertadas e com pouco apoio para os pés. Um cara bêbado pode rolar lá de cima e a coisa pode ficar complicada.

    Fui em uma Ilha chamada Ilha do Pelado, uma coisa maravilhosa a água é como vidro de tão cristalina você ver o dedo do pé. Alugamos uma pequena lancha na Praia do Cão Morto (outra praia muito gostosa apesar do nome esquisito) e o barqueiro cobrou 25 reais por pessoa pra nos levar a Ilha do Pelado cerca de dez minutos de lancha. Vale a pena conhecer essa ilha maravilhosa é um verdadeiro paraíso. Conheci o Centro histórico de Paraty, e fui brincar carnaval a noite lá mesmo no Centro Histórico. Uma tranquilidade. Blocos percorriam as ruelas de Paraty em total alegria não vi nenhum tumulto nem brigas durante o período que brinquei, depois fiquei em um clube aberto montado pela prefeitura com uma bateria de escola de samba por sinal, muito boa.
    Enfim foram tantos passeios e viagens em ilhas que perdi a conta nem dar pra relatar nome de cada uma mas na próxima vez que for vou anotar uma por uma pra repassar pra voces.

    • Faaala Oliveira, tudo bem??

      Que bacana sua trip, hein?! Tem muitos lugares que você citou que eu ainda não conheço!

      Muito obrigado pelas dicas!

      Abração

    • Faaala Anderson, tudo bem?

      Contratei no Eco Turismo Paraty. Porém, os passeios estão mais caros agora mesmo.
      Além de já ter passado 2 anos desde quando fui, teve uma padronização dos serviços/preços que acabou os tornando mais caros! =[

      Abraço!

  3. Achei muito legal as dicas, estamos querendo ir em julho, será que é uma boa época?
    Lugares para hospedagem para casal é fácil alguém sabe informar?

  4. Oi Murilo… adorei a dicas… sou de porto alegre e meu marido e eu pensamos em ir de carro até paraty… temos um pet, um cãozinho yorkshire de pequeno porte q pensamos em levar junto… ele é acostumado a viajar conosco e já fomos para o Uruguai sem problemas…. tenho preocupação se nos locais turísticos e/ou praias desta região possam criar problemas… observou por lá presença de turistas com seus pets? Acha viavel? obrigada!

    • Oi Juçara, tudo bem?

      Fico feliz em saber que gostou das dicas! xD

      Infelizmente vou ficar devendo esta… hehe

      Não notei viajantes com seus pets… Acredito que se você mandar um e-mail para alguma pousada de lá eles conseguem de ajudar melhor!

      Abração!

      Ahhh… Depois volte aqui pra me contar como foi a viagem com seu cãozinho! xD

    • Oi Juçara, vou sempre a Paraty, apesar de não ter um pet, vejo muitos turistas com os seus, frequento mais as prais, trilhas e cachoeiras que ficam no sentido Angra, proximas do Sertão de Taquari, São Gonçalo. Você não terá problemas, aproveite para conhecer a Cachoeira da Ursina em Taquari ( onde foi gravado uma cena do filme Crepusculo) , cachoeira da melancia, esta precisa fazer uma trilha e por fim a cachoeira do Iriri , fica pertinho da Rio Santos, la tem até uma reserva indigena. Agora se quiser esticar um pouco, não vai se arrepender de conhecer a praia Secreta logo depois da Ursina de Angra, a agua é muito quente e incrivelmente transparente, com varis especies marinhas. Aproveite. um abraço.

    • Oi, pode levar sim, eu também viajo com os meus, vou todos os anos em julho e até a maioria das pousada recebe nossos pets. Pousada Provence, super indico

  5. Olá, como vai? Pretendo ir em maio, durante uma semana sozinha, para descansar mesmo! Não sou muito de ficar curtindo praia, gosto de andar, contemplar a natureza, ficar quietinha lendo um livro, comer e beber muito bem! Alguma boa sugestão pra mim? Grande abraço!

  6. Olá Murilo
    Tô querendo conhecer paraty em março mas o tempo tá corrido demais serao poucos dias que estarei no Rj. Você saiu do Rj para ir para Paraty? Foi de onibus de carro? Poderia me dá dicas economicas de como chegar la? No caso queria ir dia 9 ou 10 passar uma noite e voltar no dia seguinte. Mas tô querendo conhecer arraial, búzios, angra o que for mais perto de la. Obrigada desde já.

    • Olá Nycoli, tudo bem?

      Saí de São Paulo pois moro aqui! Mas acredito que do Rio também há ônibus para Paraty.

      Destas cidade que você mencionou, acredito que Paraty seja a mais distante do Rio. Porém, de qualquer forma, dá pra fazer este esquema que você comentou, de passar uma noite lá!

      Abraço!

    • Nycoli, o mais próximo de Paraty é Angra.
      Búzios, Cabo Frio e Arraial são para o lado oposto a Paraty, vai levar cerca de 6h de carro para que chegue de Paraty até lá.

    • A resposta tá meio atrasada mas pode servir para outros turistas. Para ir do Rio de Janeiro a Paraty de carro basta pegar Av Brasil, depois a Rio Santos e seguir direto. Após passar na Entrada de Angra dos Reis já está chegando, a próxima entrada é Paraty. São aproximadamente uns 230 km, cerca de 4 horas de viagem se o trânsito ajudar. Com engarrafamento a coisa complica e fica dificil estabelecer o tempo da viagem.

  7. Murilo, boa noite,

    Estou querendo ir sozinho de carro para Paraty, na véspera do Ano Novo, mas estou encontrando muita dificuldade de encontrar hostel, porem você poderia me passar dicas do que eu posso fazer para me divertir e os lugares que eu preciso conhecer em Paraty?

    Eu sou um apaixonado por praia e arquiteturas antigas ou melhor, arquiteturas históricas.

    Obrigado

    Wallace

  8. Murilo, parabéns pelo blog, adorei as dicas.
    Vou passar o réveillon lá, chego dia 29 e fico até dia 01/2018, estou ansiosa e um pouco apreensiva, vou sozinha e no estilo mochilão, vou me hospedar em um Hostel bem bacana.
    Vou tentar aproveitar ao máximo suas dicas.
    Andréa

  9. Olá Murilo, tudo bem?
    Meu namorado e eu vamos para Paraty amanhã de carro. Ficaremos de sábado até segunda… Gostei muito das suas dicas e do seu blog!
    Gostaria de saber por favor se é tranquilo para andar de carro por lá. Você sabe se em todas as ruas pode andar de carro? E para ir até as praias que você escolheu nos seus passeios, é possível ir de carro também ou só com a escuna?

    Obrigada,
    Audrey

    • Oi Audrey, tudo bem?
      Que bom que gostou das dicas!

      No eixo principal do centro histórico não é permitido carro. Mas é bem tranquilo caminhar por essa região, não vejo necessidade do carro (a menos que você esteja hospedada numa região afastada).

      As praias que fui no passeio de escuna, só de barco mesmo.
      Pra ir de carro uma boa opção é Trindade!

      Abraço

  10. Bom dia Murilo!
    Estou planejando ir em Paraty em janeiro. Queria saber se as praias são boas para descansar?
    As pessoas comentam muito sobre a Praia do Sono, mas quais as outras praias que são boas indicações nos arredores?

    • Oi Alessandra!

      Eu gosto bastante das praias de Trindade. Como fui durante a semana e na baixa temporada estava bem tranquilo, mas não seu como é em janeiro.
      Nos finais de semana está sempre cheia.
      Outra que sempre escuto falar mas que ainda não conheci é Paraty Mirim.

      Abraço!

  11. Bom dia. Vou a passeio para Paraty em novembro dia 6. Queria uma informação se puder me ajudar. Vou sair de Belo Horizonte. É melhor ir de aviao até o aeroporto e de lá pegar um ônibus ou melhor fazer a viagem toda de ônibus??
    Observação: tenho um filho de 2 anos.
    De carro esta fora de questão pq eu e o marido não queremos dirigir rsrs.
    Estou com dificuldade nessa questão. De chegar até lá. Sempre viajei com pacotes prontos pela cvc ou tam e pela primeira vez fui informada que não fazeme o trajeto completo até paraty. Me deixam no aeroporto e lá teno e me virar rs. Vc poderia me ajudar?

    • Oi Adrielle, tudo bem?

      Olha, isso é muuuito pessoal… hahahaha
      Até porque vocês vão viajar com criança, e eu tenho experiência zero com isso… rs

      Eu iria de ônibus, assim evitaria deslocamentos até aeroportos e tal. A viagem não deve ser tão longa e uma viagem noturna pode ser uma boa.
      Mas também sou suspeito pois curto muuuuito viajar de ônibus.. hehe

      Abraço!
      Murilo

  12. Hey Murilo, tudo bem?
    Amei demais suas dicas. Vou a Paraty em janeiro, é a primeira vez que vou. Gostaria de tirar uma dúvida. Crianças podem ir ao passeio de escuna? Você me indica algum passeio bom para crianças?

    • Oi Camila, tudo bem e você?

      Que delícia, Paraty é encantadora!
      Podem. Pelo menos no que eu fui tinha bastante famílias com crianças.
      Este é justamente o mais recomendado pelo fato dos barcos não irem rápido, terem banheiro e, de um modo geral,serem mais confortáveis do que barcos rápidos.

      Abraço!

  13. Oi Murilo!!!
    Eu infelizmente só terei um fim de semana. Pretendo me hospedar Px ao Centro Histórico e estarei com minha mãe que já é idosa. O que você me sugere pra fazer nesse curtíssimo tempo.
    Muito obrigada desde já!

    • Oi Ana Carolina!
      O ideal é fazer o clássico! hehehe
      Caminhadas tranquilas pelo centro histórico e algum passeio de escuna!
      Para descobrir se fascinar com a história de Paraty recomendo fortemente o Free Walking Tour!

      Abraço!

  14. Oi, Murilo

    gostei demais de suas dicas, estou indo para lá agora em setembro e dicas anotadas, bem como das postagens realizadas. vou ficar em uma pousada no Centro histórico, e gostaria de saber como é a noite em paraty, tem baladinhas ou somente cervejarias?

    Abraço e parabéns pelo blog

    • Oi Rita, bom saber que gostou das dicas!!

      Eu não conheci e nem ouvi falar de nenhuma balada. O que tem são muuuitos barzinho com música ao vivo!
      Ahhh, e de segunda-feira a noite rola um samba em um lugar que não lembro o nome! hahaha
      Mas é em frente a praça da matriz, então é só chegar por lá que você verá o agito! É o lugar mais movimentado na segunda…

      Abraço

  15. Ola Murilo, muito boa as suas dicas.
    Estou indo mês que vem, Setembro, para Paraty e vou seguir suas dicas dos lugares a conhecer. Não Vejo a hora…

    • Ahhhh, ja coloquei no meu roteiro para conhecer a Ilha das Couves. Vc disse que fica a 40km de Paraty a Vila né. Pelas fotos o lugar é muito bonito.

      • Isso mesmo. É lindaaa!!
        No entanto, na última vez que fui (em um domingo) achei que estava muuuuito lotada! E isso, inevitavelmente, acabou fazendo com que ela perdesse parte do charme! hehehe

        Abraço!

  16. Adorei seu postagem e suas dicas, estamos indo eu e.meu noivo/ futuro marido e estávamos perdidos do que fazer em uma cidade que não conhecemos nada nem ninguém e justamente o que vc diz no início do seu postagem é o que me disseram, que em um final de semana eu consigo conhecer Paraty mas a minha intuição não aceitava essa afirmação e lendo o seu texto percebi que eu não estava errada.
    Obrigada pela colaboração em nossa viagem!

    • Oi Grasiele!
      Que bom que gostou das dicas!!
      Espero que curta a viagem… Realmente, Paraty tem atrações pra muito mais que um final de semana!
      hehe

      Abraço

  17. Murilo, adorei as dicas. Meu marido quer muito ir para Paraty, mas temos uma filha de 6 anos que é cadeirante e estou preocupada com a acessibilidade da cidade. O que vc achou desse aspecto?

    • Oi Adriane, tudo bem?

      Que bom que gostou das dicas! 🙂

      Olha, o centro histórico possui o calçamento com pedras irregulares, o que faz os mais distraídos tropeçarem.
      Em relação as pousadas, acredito que pesquisando bem você consegue encontrar algumas que sejam mais acessíveis.

      Quais outros tipos de informações seria útil pra você??

      Abraço!
      Murilo

  18. Olá, Murilo. Achei interessante você ter dado dicas de valores e que não comprometam muito o orçamento de pessoas que querem economizar, principalmente os relacionados a transporte. Parabéns pelas dicas!

  19. irei passar dois dias apenas e com filhos pequenos de 2 e 6 anos.

    o que poderia fazer com eles? alguma sugestao?

    qual pousada ou hotel recomendaria no centro ou de facil acesso com conforto para crianças?

    sobre o problema de falta de segurança na regiao, tem algo a acrescentar?

  20. Eu vou a Paraty todos os anos desde 2012, me apaixonei pela cidade, sempre em julho, mas antes ou depois da Flip, pq os preços triplicam.
    Já conheci muitas pousadas, restaurantes, e acho legal que cada pessoa que passar por aqui, faça sua contribuição de hospedagem, passeios, restaurantes, o que acham??
    Esse ano vamos no dia 8/7 e ficaremos uma semana, e esse será o terceiro ano que ficaremos na Pousada Provence, que na minha opinião é excelente, fica na beira rio, pertinho da ponte da entrada do centro histórico, junto a praia do pontal, preço bom e pessoas maravilhosas, vc se sente em casa, nessa mesma avenida existem outras pousadas, mas essa foi a que mais gostamos, sendo um excelente custo benefício.
    Restaurante Galeria do Engenho no Centro histórico é muito bom, preço ótimo e uma porção servem 4 pessoas que comem sem muito exagero. A noite tem uma pastelaria que vende pasteis de 30 cm, na mesma av da pousada, super dica para aquela noite que vc não quer jantar e só fazer um lanche.
    Nessa mesma av encontra-se a Cervejaria Cabore, MARAVILHOSAAAAAAAAAAAAAAAA. Chopp artesanal de trigo, vários para vc se deliciar, comida e petiscos saborosos com preço justo.
    Não deixe de provar pelo menos um doce dos carrinhos do centro Histórico, são divinos e nos remetem a um momento de nostalgia, lembra a nossa infância.
    As lojas de cachaças artesanais devem ser visitadas, lá vc experimenta todas as “pingas” da região e ainda prova licores, doces, conservas, etc.
    Praia do sono, Trindade, Paraty Mirim, Cachadaço, prainha da praia grande, Praia de São Gonçalo e Gonçalinho, Caminho do ouro, curtir a noite no centro histórico. Enfim, Paraty é linda de qualquer angulo.

    • Oi Marcia, tudo bem?!

      Antes de mais nada muitíssimo obrigado pelas suas dicas!!!
      E pelo que estou percebendo acho que vou ter que voltar outras vezes pra lá hein!?
      Tem muita coisa ainda que não conheci e experimente… hehehe

      Se bem que também já sou apaixonado pela cidade. Fui em setembro do ano passado e em janeiro deste ano estive outra vez em Paraty!
      hehehehe

      Abraço,
      Murilo

      • Oi Murilo, tudo ótimo e com vc??
        Paraty sempre terá algo novo para nos encantar.
        Eu estou indo dia 08/7, estou contando os dias…amo d+ aquele lugar.

        Abraço

        Marcia

    • Que bom que gostou das dicas Yasmin!!!

      Certamente irá gostar mais ainda de Paraty! hehehehe
      Depois me conta o que achou da cidade, ok!?

      Abraço

  21. Fui a Paraty uns dias atrás e concordo com todas as suas dicas. O free walking tour feito por um mexicano, Juan José que sabe tudo de Paraty, foi maravilhoso.
    Acho que ainda cabe o poço do tarzan e a cachoeira do escorrega(amei).
    Parabéns pelas sugestões assino embaixo.:)

  22. Murilo, vc tem contatos das escunas?
    Como posso fazer para reservar? Existe essa possibilidade?
    Vou para paraty dia 17 agpra.. que dicas você pode me dar?

    Agradeço desde já

    • Oi Williane,

      Eu fiz com a Eco Turismo Paraty… Mas há muuuuitas opções lá em Paraty!

      Imagino que seja possível reservar sim… Mas não sei se vale a pena reservar com muita antecedência…
      Digo isso devido ao clima… Se estiver um tempo ruim, as vezes compensa esperar um ou dois dias para ver se o tempo melhora…

      Tem um outro post com muitas dicas de Paraty, já viu!? (link abaixo)

      https://www.voltologo.net/viagem-em-paraty-dicas-e-guia/

      Abraço

  23. Uma forma mais barata de ir ao Saco do Mamanguá é dirigir até Paraty Mirim e conversar com os barqueiros por lá. Fiz o passeio em cinco pessoas e saiu algo como R$40/R$50 para cada um de nós. 🙂

  24. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here