Em um cenário idealista a melhor dica sobre onde ficar em Salvador seria: divida a sua estada em duas vizinhanças. Aliás, foi exatamente isso o que eu fiz e acho que foi uma decisão acertada. Porém, essa sugestão é válida apenas para uma minoria de turistas que pretende passar pelo menos uma semana na capital baiana.

Para os viajantes que ficarão dois ou três dias – que é a maioria esmagadora dos casos – cabe a ingrata decisão de escolher apenas um dos bairros em Salvador como endereço. Neste caso, acredito que a definição deva ser feita se baseando nos pontos turísticos que você quer visitar. Afinal, ficar próximo a eles facilitará as suas andanças.

Ainda assim, mesmo que o seu roteiro de passeios esteja espalhado pela cidade, saiba que há alguns bairros para ficar em Salvador que cumprem muito bem a função de localização coringa. Apesar de toda região ter possíveis desvantagens a depender das suas intenções durante a viagem, certas áreas tem qualidades suficientes para atender uma grande quantidade de forasteiros.

Melhores bairros para ficar em Salvador

Não há uma unanimidade sobre qual é o melhor lugar para ficar em Salvador. Porém, há sim meia dúzia de vizinhanças que sempre são apontadas como os pedaços mais convenientes para os turistas. Além da proximidade com o eixo mais turístico da cidade, estes bairros oferecem boa estrutura de comércios para o dia a dia e uma rede hoteleira diversificada.

Por falar em rede hoteleira, saiba que neste texto você também encontrará indicações de pousadas e hotéis em Salvador que estão localizados nestas áreas da capital da Bahia. E, caso você queira mais informações sobre cada uma delas, basta clicar nos links dos seus nomes que estão destacados com essa cor.

Além disso, caso queira encontrar outros hotéis para ficar em Salvador, ou até mesmo fazer a sua reserva, recomendo ficar de olho nas promoções do site Booking.com. Muitas vezes, há ofertas especiais com preços imbatíveis.

Por fim, sem mais delongas: os melhores bairros para ficar em Salvador são:

» Pelourinho
» Santo Antônio Além do Carmo
» Barra
» Ondina
» Rio Vermelho
» Caminho das Árvores
» Itapuã e Stella Maris

melhores bairros para ficar em Salvador
A Praia da Barra é um dos melhores bairros para ficar em Salvador

» Clique aqui para encontrar ofertas de hotéis em Salvador

Pelourinho

A fama do bairro histórico cartão postal de Salvador não é das melhores, eu sei. Porém, nos últimos 10 anos o Pelourinho passou por uma série de transformações que o deixou com ares muito mais convidativos para os turistas.

Mesmo com alertas que me desencorajavam a ficar nesta região eu decidi passar quatro noites no Pelourinho. E, para a minha surpresa, foi uma escolha acertadíssima. Não apenas isso facilitou os meus deslocamentos para diversos pontos turísticos, como também, me fez perceber que a o centro-histórico de Salvador não é exatamente como muito viajantes dizem por aí.

Ao se hospedar no Pelourinho há a vantagem de estar no mesmo bairro das atrações históricas da cidade. Além disso, é por estas bandas que também está o Terminal Turístico Náutico da Bahia, que é de onde saem as balsas para destinos como a Ilha dos Frades e Morro de São Paulo. Atrações como a Basílica do Senhor do Bonfim e o pôr do sol na Ponta do Humaitá também estarão a uma distância menor do que se você saísse da Barra ou do Rio Vermelho.

Sobre a segurança, eu acho que fui esperando algo tão decadente – por causa dos avisos que recebi – que achei tudo bem ok.

Durante o dia, o movimento é grande por toda a região e há uma forte presença de policiais. À noite algumas ruas ficam sim desertas, porém, também há áreas com bares, restaurantes e gente na rua, como por exemplo, no início do Largo do Pelourinho em direção a Ladeira do Carmo e início de Santo Antônio Além do Carmo.

Na minha opinião, valeu a pena sim me hospedar no Pelourinho e com toda certeza me ficaria novamente. Especialmente se o foco do meu roteiro fosse o centro-histórico e se eu tivesse que usar o terminal marítimo.

Hospedagem no Pelourinho

No meio do caminho entre o Pelourinho e Santo Antônio Além do Carmo estão duas acomodações que garantem uma excelente estada no centro histórico: o Bahia Pelô Hostel e a Pousada Bahia Pelô. Ambos estão na Ladeira do Carmo, um de frente para o outro e pertencem ao mesmo dono.

Para quem quer ficar em um quarto compartilhado pra lá de confortável, espaçoso e gastando pouco, o Bahia Pelô Hostel é o lugar certo. Por outro lado, quem prefere um quarto privativo e preza por um café da manhã incluído no valor da diária, a Pousada Bahia Pelô atende estes requisitos.

Além disso, outras duas pousadas no Pelourinho que garantem uma excelente experiência são a Pousada da Mangueira e a Bahiacafé Hotel. Inclusive, além de ótima reputação em sites e pesquisa, são também as mais procuradas pelos turistas. Ambas oferecem ótima estrutura, atendimento acolhedor e café da manhã caprichado. Além, de claro, estarem pertinho de tudo.

se hospedar no Pelourinho é perigoso?
Pelourinho

Santo Antônio Além do Carmo

Este é um bairro que também está no centro-histórico de Salvador, ao lado do Pelourinho. Inclusive, quem está por fora das nomenclaturas talvez chegue aqui e nem se dê conta de que está em outra vizinhança – embora haja uma diferença significativa.

Apesar de os casarões de séculos passados também ditarem a arquitetura por estas bandas, em Santo Antônio Além do Carmo o vai e vem de pedestres é menor durante o dia e os comércios são mais discretos. Ainda assim, não se engane: nos últimos anos o bairro vem chamando a atenção por causa das suas cafeterias, bistrôs, lojinhas estilosas e galerias de arte.

Diferente do Pelourinho, o movimento por aqui começa durante o entardecer. Aliás, alguns bares e restaurantes de portinha estreita podem revelar um grande salão com vista escancarada para o pôr do sol na Baía de Todos os Santos.

A principal rua do bairro é a Rua do Carmo, que começa logo após a Ladeira do Carmo, e em certa altura passa a receber o nome de Rua Direita de Santo Antônio e vai até o largo de Santo Antônio. É nesta vi onde você encontrará os comércios e maior movimento desta área.

Assim como o Pelourinho, também considero esta área um bom lugar para ficar em Salvador. A localização de ambos os bairros é semelhante, porém, por aqui, você terá menos muvuca e encontrará acomodações mais intimistas.

Por fim, vale mencionar que tanto Santo Antônio Além do Carmo, como também o Pelourinho, não têm praia.

Hospedagem em Santo Antônio Além do Carmo

Instalada em um casarão histórico e com vista para a Bahia de todos os Santos, a Pousada Beija Flor é o lugar com melhor custo-benefício para e hospedar em Santo Antônio Além do Carmo. À parte da boa estrutura e anfitriões pra lá de simpáticos, a hospedagem também se destaca pela localização próxima do Pelourinho e dos comércios do bairro.

Outro local com a reputação nas alturas e que oferece excelente relação preço x conforto é a Pousada Esmeralda.

Por fim, se você estiver em busca da estada mais estrelada do bairro, o seu lugar é o Aram Yamí Boutique Hotel. Fazendo jus à classe dos boutiques, o hotel apresentada decoração de bom gosto e com detalhes refinados,  ambientes intimistas e café da manhã digno de férias.

onde ficar no centro de Salvador?
Santo Antônio Além do Carmo

Barra

A Barra é um dos bairros para ficar em Salvador que tem localização coringa para os turistas. Aliás, mais do que isso: também oferece uma excelente estrutura de comércios e está pertinho do mar. Inclusive, é uma das praias urbanas de maior movimento na cidade.

Além de ter os seus próprios atrativos, a Barra está a apenas sete quilômetros do Pelourinho e a cinco quilômetros do Rio Vermelho – este último, um bairro conhecido pela vocação boemia. Porém, ficando na Barra você não precisará sair de lá nem mesmo à noite caso não queira, afinal, há ótimos bares por estas bandas.

Outro motivo que faz este bairro ser um sucesso entre os viajantes em busca de um lugar para ficar em Salvador é que é aqui que se inicia o Circuito Barra-Ondina (Dodô) durante o carnaval. Portanto, para quem vêm à cidade curtir a folia e quer ficar no meio do agito, é o melhor endereço.

No geral, para a maior parte dos viajantes – foliões ou não – a Barra é um dos melhores bairros para ficar em Salvador por causa da sua localização estratégica, boa estrutura de comércios, variedade de acomodações e noite movimentada – trazendo uma maior sensação de segurança.

Se você pretende passar três ou quatro dias na cidade, quer se hospedar perto da praia e não gosta da ideia de ficar no centro-histórico, aqui é o seu lugar.

Hospedagem na Barra

Para os viajantes que não abrem mão do astral animado que só um albergue é capaz de proporcionar, o Farol da Barra Suítes e Hostel é o mais bem cotado do pedaço. Além dos bons dormitórios e opções de quartos privativos, a área comum está sempre organizada e com hóspedes dispostos a socializar. Além disso, sua localização praticamente ao lado do agito do Farol da Barra, torna mais fácil a vida dos forasteiros em busca de diversão.

Se você preza por uma estrutura mais convencional e não quer gastar muito, aposte nas ofertas do Hotel Pousada Papaya Verde. Durante as minhas pesquisas, encontrei diárias para duas pessoas, já com o café da manhã na conta, por R$ 180,00. No bom português, trata-se de uma legítima pousada BBB – boa, bonita e barata.

Para um ambiente mais elegante e com uma pitada contemporânea, a Viver Bahia Pousada será provavelmente a melhor surpresa durante a sua viagem a Salvador. Além de ser aconchegante para todos os sentidos, o preço das suas diárias são pra lá de realistas.

Por fim, fazendo a linha clássico-chique-sem-extravagâncias, o Monte Pascoal Praia Salvador é um dos campeões de reservas na Barra. Além de estar situado de frente para o mar e ter uma linda piscina no terraço, outro diferencial é que há opções de diárias que incluem café da manhã, almoço e jantar. Não menos importante, vale destacar que a estrutura e os serviços são dignos de muitas estrelas.

melhor praia para ficar em Salvador
Orla da Praia da Barra

Ondina

Localizado entre a Barra e o Rio Vermelho, o bairro de Ondina também oferece a possibilidade de estar pertinho o mar, com fácil acesso aos passeios para fazer em Salvador e no meio da folia durante o carnaval. Porém, lhe faltam a badalação e a ampla estrutura comercial ostentada pelos seus vizinhos.

Não é um lugar ruim para se hospedar. Porém, como na Barra e no Rio Vermelho há mais opções de hospedagem, e também maior oferta de bares e restaurantes, eu não vejo nenhum grande motivo para se instalar aqui. Na minha opinião, é mais conveniente optar por um dos outros dois bairros que estão próximos.

Hospedagem em Ondina

O melhor hotel para ficar em Salvador na região a Ondina é o Vila Galé Salvador. Trata-se de um quatro estrelas que foi renovado em 2017 e que, além de suítes confortáveis e bem equipadas, oferece também uma série de comodidades.

Além da ótima localização, o Vila Galé Salvador tem piscina, academia, sauna, bar, restaurante e um café da manhã que certamente o deixará com saudades dos dias na Bahia. Além disso, para quem precisar de estacionamento há vagas disponíveis mediante pagamento à parte do valor da diária.

Para quem quer se hospedar em Ondina para aproveitar de perto a folia do carnaval – ou por qualquer outro motivo – este é o melhor local do bairro.

hotéis em Ondina - Salvador
Praia de Ondina

Rio Vermelho

O Rio Vermelho é um dos bairros que demarca o limite mais turístico da área urbana de Salvador. Portanto, para quem vai à cidade a turismo e pretende executar um roteiro convencional pelos principais atrativos, é até aqui, na minha opinião, que vale a pena se hospedar.

Embora a Praia do Rio Vermelho praticamente não seja utilizada para banho – normalmente alguns barquinhos ficam atracados por lá – ela tem uma simpática orla que vai até Praia da Paciência. Esta última, sim, é usada pelos banhistas. Além disso, um pouco mais deslocada do burburinho bairrista está a pequena e de ondas agitadíssimas Praia do Buracão.

Em todo caso, saiba que o que mais atrai os visitantes a se hospedarem no Rio Vermelho não é a sua faixa de areia, mas sim, a vida noturna animada. Portanto, para quem gosta de bater-perna à noite essa região é um copo cheio. Há desde botecos com mesas ao ar livre e música ao vivo, a baladas com DJ que vão até o raiar do dia.

O fervo mais intenso acontece pelos arredores do Largo de Santana, do Largo da Mariquita e da Praça Caramuru (Antigo Mercado do Peixe). Inclusive, são nestes largos que estão os acarajés mais famosos de Salvador: Acarajé da Dinha, Acarajé da Regina e Acarajé da Cira.

Este foi o outro bairro que eu escolhi para ficar em Salvador. E, para mim, a divisão da estada entre Pelourinho e Rio Vermelho funcionou muitíssimo bem. Sem dúvida são regiões onde eu me hospedaria novamente.

Hospedagem no Rio Vermelho

O hotel onde eu me hospedei no Rio Vermelho foi o Rede Andrade Mar Hotel. Apesar de simples e sem muitas firulas, o quarto era espaçoso, com cama confortável e ar condicionado potente. Como minha intenção era gastar o mínimo possível, ele me atendeu perfeitamente. Inclusive, voltaria a ficar hospedado lá.

A uma quadra do Andrade está a melhor opção para quem busca uma pousada mais charmosinha ou um hostel com dormitório compartilhado: a Pousada e Hostel Chez Marianne. Além dos ambientes organizados, da limpeza bem feita e da hospitalidade cheia de simpatia, um café da manhã bem servido já está no valor da diária.

Outra acomodação que é muito bem avaliada no bairro é o Hotel Catharina Paraguaçu. Instalado em um casarão restaurado do século XIX, o hotel tem ótima localização e decoração de época, que torna a estada de volta ao passado ainda mais realista.

Ou, se você prefere mesmo é uma suíte mais moderna, os dois queridinhos do bairro são os tradicionais Ibis Salvador Rio Vermelho e Mercure Salvador Rio Vermelho. Além de bem localizados, ambos oferecem os serviços profissionais típicos das redes.

hotéis para ficar em Salvador
Rio Vermelho também é um dos melhores bairros para ficar em Salvador
onde ficar em Salvador: Barra ou Rio Vermelho?
Bares no Largo de Santana no bairro Rio Vermelho

Caminho das Árvores

Considerado uma das áreas nobres da cidade, o Caminho das Árvores é um bairro que passaria batido pelos turistas – e na verdade, passa pela maioria. Porém, alguns fatos chamam a atenção dos viajantes mais curiosos e os fazem refletir se este não seria um bom lugar para ficar em Salvador.

Para começar, é nesta região que está o terminal rodoviário. Além disso, dois dos maiores shoppings de Salvador também estão por aqui: o Shopping da Bahia e o Salvador Shopping. Por fim, também se destaca o fato de haver um bom número de hotéis na vizinhança, especialmente de grandes redes, como Quality, Mercure e Intercity.

Porém, a verdade é que para um turista comum que pretende visitar as atrações da cidade, não há nenhum sentido em se instalar por aqui. Afinal, você estará longe de todos os pontos turísticos de Salvador.

Na minha opinião, a estada no Caminho das Árvores só é válida para quem viaja a negócios, terá compromisso unicamente nesta área e não tem a intenção de turistar. Fora isso, é mais adequado escolher algum dos outros bairros de Salvador que foram indicados.

Hospedagem no Caminho das Árvores

Caso você se enquadre na situação em que será conveniente se hospedar no Caminho das Árvores, os três hotéis já citados são os que oferecem melhor custo-benefício na região: Intercity Salvador, Quality Hotel e Mercure Salvador Boulevard Hotel. Espere investir em torno de R$ 300,00 pela diária de uma suítes para duas pessoas, já com o café da manhã na conta.

Itapuã e Stella Maris

É incontestável: algumas das melhores praias de Salvador para banho de mar estão ao norte da cidade. Dentre elas, Itapuã e Stella Maris – podendo incluir ainda Flamengo – são os trechos mais procurados. Porém, há um grande empecilho em se hospedar nesta região – ao menos para quem pretende fazer um roteiro mais convencional – a distância.

Para você ter uma ideia, Itapuã, que é a mais próxima das três, está a aproximadamente 25 quilômetros da Barra e do Pelourinho. Portanto, fazer este deslocamento duas ou três vezes durante uma viagem a Salvador, além de cansativo é desnecessário.

Na minha opinião, em uma primeira visita a capital da Bahia é mais prático se hospedar nos bairros mais centrais da cidade. E, caso você faça questão de sentir na própria pele as palavras cantadas por Vinícius de Morais, organize seu roteiro para passar uma tarde em Itapuã.

Hospedagem em Itapuã e Stella Maris

Se você já conhece Salvador e quer ir além de uma tarde em Itapuã, seja para ficar perto do mar ou para fugir do agito, deixarei aqui algumas sugestões de hospedagem por estas bandas. Tenha mente, porém, que as acomodações com melhor reputação estão no trecho ligeiramente mais afastado do burburinho comercial do bairro.

Com jeitão de casa de praia, a Villa Tropicale é o lugar com as melhores tarifas e que, ainda assim, rende uma estada com piscina. Além disso, as suítes são confortáveis, a limpeza é bem feita e o café da manhã é recheado de delícias.

Outro local que tem precinho que cabe no bolso e muitos viajantes é a Villa da Praia Hotel. Inclusive, é uma das acomodações mais reservadas no bairro.

Por fim, se você está em busca de uma estada mais especial com pinta de resort, aposte no renomado Hotel Deville Prime Salvador. Apesar de sua estrutura impecável, o valor das diárias não são exorbitantes.

bairros de Salvador
Praia de Itapuã

» Se acaso preferir, clique aqui para encontrar outros lugares para ficar em Salvador.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here