Trilha das 7 Praias, em Ubatuba: Dicas práticas para te ajudar a organizar o seu passeio. Descubra como são as praias do caminho, como é a trilha e por onde é melhor começar.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Depois de muito tempo ouvindo falar da tal Trilha das 7 Praias, em Ubatuba, na minha última viagem ao litoral norte de São Paulo eu finalmente percorri o tal caminho. E, depois desse passeio, minha lista de praias favoritas na cidade ganhou novas integrantes.

Além de proporcionar um contato mais próximo com a vasta vegetação que há nessa parte do litoral paulista, a Trilha das 7 Praias é também a porta de entrada para conhecer alguns dos pedaços de areia mais preservados de Ubatuba. Como se não bastasse, a boa notícia é que percorrer tal caminho é mais simples do que parece.

É claro que para incluir a atividade no seu roteiro de viagem você deve se atentar a certos detalhes. Porém, fique tranquilo, porque neste post eu contarei tudo o que você deve saber para que seu passeio seja o mais proveitoso possível.

Leia também: 7 coisas que você não pode deixar de fazer em Ubatuba

# Onde começa a Trilha das 7 Praias?

Com aproximadamente nove quilômetros de extensão, a Trilha das 7 Praias liga a Praia da Lagoinha com a Praia da Fortaleza. Ou seja, você pode iniciar a sua jornada em qualquer um destes pontos. Porém, há alguns aspectos relevantes a considerar.

Para quem for depender do transporte público, o mais adequado é começar pela Praia da Fortaleza. Isso porque, os horários de ônibus do centro até lá são escassos. Se você terminar a trilha na Praia da Fortaleza, ficará refém de um horário de ônibus limitadíssimo para ir embora.

Por outro lado, terminando a trilha na Praia da Lagoinha, basta você ir caminhando até a rodovia, que lá passará ônibus frequentemente até o centro de Ubatuba. Outro detalhe que ainda não mencionei é que da Praia da Fortaleza até a rodovia são oito quilômetros a serem percorridos. Ou seja, é inviável ir da praia até a rodovia caminhando para conseguir pegar o ônibus mais rapidamente.

Outro ponto positivo de se começar pela Praia da Fortaleza é que a parte mais puxada da trilha será feita logo no seu inicio. O contra, porém, é que as praias mais lindas também estarão no começo – conforme vai chegando o final da trilha as praias ficam menos atraentes.

Para quem estiver com um único carro, o jeito será deixa-lo estacionado na praia que irá começar o caminho, fazer a trilha, e utilizar um mix de carona/transporte público para voltar e buscar o veículo no ponto de partida.

A melhor solução para os motorizados, no entanto, é ter dois carros a disposição, deixar um estacionado em uma das praias de início, e seguir no outro veículo até a outra praia – de onde você iniciará a trilha. Na volta, basta utilizar o carro que você deixou estacionado anteriormente para voltar e buscar o outro.

Praia da Lagoinha em Ubatuba - trilha
Praia da Lagoinha
praia da fortaleza em Ubatuba - trilha
Praia da Fortaleza

Leia também: 7 chalés em Ubatuba que realmente valem a pena se hospedar

# Como ir de ônibus para a Praia da Fortaleza ou Praia da Lagoinha?

Os ônibus para a Praia da Fortaleza ou Praia da Lagoinha saem do terminal do centro de Ubatuba, e seguem sentido pelas praias do sul. Atenção, porém, pois se trata de linhas diferentes.

As linhas que vão para a Praia da Fortaleza são indicadas como Fortaleza mesmo, já que essa é a parada final. Já os que passam pela Praia da Lagoinha é a linha Maranduba.

Do centro até estas praias espere gastar aproximadamente quarenta e cinco minutos com o deslocamento no transporte público.

ônibus em Ubatuba - horário
Horário de saída dos ônibus do terminal no centro de Ubatuba (Jan/2019)

Leia também: Onde ficar em Ubatuba | Dicas, praias e pousadas

# Quais praias fazem parte do caminho?

Por incrível que pareça, há divergências sobre quais praias fazem parte da Trilha da 7 Praias. Isso porque, algumas pessoas consideram a Praia da Fortaleza e a Praia da Lagoinha como integrantes deste grupo. Porém, se considerarmos as duas, e todas as outras que encontramos facilmente durante o caminho, se somariam oito.

Não há nenhuma dúvida de que você passará pelas seguintes praias (na sequência caso comece pela Fortaleza):

Praia da Fortaleza – Praia do Cedro – Praia Deserta – Praia Grande do Bonete – Praia do Bonete – Praia do Peres – Praia do Oeste – Praia da Lagoinha.

O grande senão é que este é um grupo de oito praias, e não sete como indica o nome da trilha.

Segundo o site Go Ubatuba, a lista indicada acima – normalmente divulgada – se esquece de mencionar uma praia: a Prainha do Deserto. Conforme explicação do portal, a Prainha do Deserto é na realidade a Praia do Cedro, enquanto a verdadeira Praia do Cedro – segundo eles – é acessada por uma trilha secundária que fica escondida. Como a maioria dos viajantes não sabem disso, acabam considerando a Prainha do Deserto como sendo a Praia do Cedro.

Se incluirmos a Prainha do Deserto na lista acima ficaremos então com um grupo de nove praias, considerando os pontos de partida e chegada. De acordo com o site Go Ubatuba, essas duas, apesar de também serem visitadas durante o percurso, ficam de fora do circuito para que o nome faça sentido.

Confuso? Fique tranquilo. O fato é que independente do nome, a Trilha das 7 Sete Praias te levará a lugares incríveis e outros nem tanto. Sim, nem todas as praias do percurso são do tipo “Uaaaau”.

Para mim, as melhores e que fazem o passeio valer a pena, são: Praia do Cedro, Praia Deserta, Praia Grande do Bonete e Praia do Bonete. A Peres e Oeste são bem pequenas e, para mim, não valeu nem parar para um mergulho. A Praia da Lagoinha e a Praia da Fortaleza são legais, mas não há necessidade de fazer trilha para chegar até elas.

Praia do Cedro em Ubatuba - Trilha das Sete Praias
Praia do Cedro
Praia Grande do Bonete, em Ubatuba
Praia Grande do Bonete

Leia também: Pousadas em Ubatuba | As melhores e as mais baratas

# Como é a trilha?

Para se falar sobre o grau de dificuldade da Trilha das 7 Praias é necessário dividi-la em dois trechos: da Praia da Fortaleza a Praia Grande do Bonete, e da Praia Grande do Bonete a Praia da Lagoinha.

O primeiro, Praia da Fortaleza – Praia Grande do Bonete, é o que irá exigir mais disposição. Além de ter alguns desníveis, parte do caminho é bem rente à vegetação e isso pode incomodar algumas pessoas. Caso tenha chovido recentemente, também é preciso redobrar a atenção porque alguns trechos ficam bastante escorregadios. Ainda assim, não é um percurso extremamente cansativo. A única subida que me deixou ofegante foi o trecho da Praia Deserta para a Praia Grande do Bonete.

Já o outro pedaço da trilha, entre a Praia da Lagoinha e a Praia Grande do Bonete, é bem fácil de ser percorrido e não exige tanto esforço físico – apesar de ser o mais longo. Inclusive, uma boa pedida para quem está com crianças é fazer apenas o percurso da Lagoinha até Praia do Bonete (ou à Praia Grande do Bonete), e passar o dia em alguma destas duas – já que em ambas além de sombra à vontade há também pequenos quiosques pé na areia.

Percorrendo o caminho com calma e parando para mergulhar e tirar fotos, o tempo médio gasto para fazer a Trilha das 7 Praias fica entre quatro e cinco horas.

Trilha para a Praia do Bonete, em Ubatuba
Praia do Bonete

+ Dicas para fazer a Trilha das Sete Praias, em Ubatuba

>>> Utilize um tênis confortável para fazer a trilha. Além disso, no trecho da Praia da Fortaleza a Praia Grande Bonete, uma camisa de manga longa pode ser útil caso você se incomode em encostar na vegetação lateral da trilha.

>>> Leve água, protetor solar e alguns lanchinhos para enganar a fome. Durante a alta temporada você encontrará comes e bebes para comprar na Praia da Fortaleza, Praia do Cedro, Praia Grande do Bonete, Praia do Bonete e Praia da Lagoinha, porém, é sempre bom garantir.

>>> Comece a trilha pela manhã para aproveitar o restante do dia na sua praia de chegada. Ou passar mais tempo naquela que mais gostar.

>>> Caso tenha ficado com alguma dúvida ou tenha outras dicas para fazer a Trilha das Sete Praias, em Ubatuba, me conte aí nos comentários

3 lugares para se hospedar em Ubatuba

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Ecotrip Hostel costuma ser minha primeira opção.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Pousada Mar Azul tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Hotel Parque Atlântico.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Ubatuba

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here