Não é à toa que este é um dos principais destinos do litoral de Santa Catarina. Afinal, uma viagem a Bombinhas é, de fato, um excelente plano para quem quer passar alguns dias perto do mar.

Além de lindas praias, Bombinhas é um lugar que nos proporciona diversas atividades para ficarmos próximos de suas belezas naturais – seja em um passeio de barco, no alto de um mirante, ou fazendo uma trilha em reservas ambientais.

Ainda assim, para conseguir aproveitar ao máximo o seu roteiro é preciso entender a dinâmica da cidade. Isso porque, da mesma forma que uma viagem a Bombinhas é capaz de revigorar as suas energias, ela também pode levar embora a última gota de paciência que te resta.

Portanto, para que você não tenha nenhum tipo de surpresa frustrante durante as suas férias, neste texto eu contarei tudo o que você deve saber para aproveitar os seus dias de turismo em Bombinhas.

dicas de Bombinhas
Praia central de Bombinhas

# Dicas de viagem a Bombinhas

1- Melhor época para viajar a Bombinhas

2- Quantos dias ficar?

3- Como chegar e se locomover?

4- Passeio bate-volta para Bombinhas

5- Hospedagem em Bombinhas

6- Praias

7- Passeios para fazer em Bombinhas

8- Onde comer em Bombinhas?

1- Melhor época para viajar a Bombinhas

Da segunda quinzena de dezembro ao início de março – ou seja, durante o verão – é o período em que Bombinhas recebe mais visitantes. No entanto, há três grandes inconvenientes desta alta temporada: preços inflacionados, superlotação e chuvas.

Isso porque, além de ser o período com temperaturas mais elevadas, o verão também é a época em que mais chove em Bombinhas. Apesar de, normalmente, os aguaceiros serem no final de tarde e à noite, eventualmente também poderá chover durante o dia.

Além disso, as histórias de trânsito e superlotação que começa depois do Natal e vai até o carnaval também são assustadoras. Portanto, se for viajar nesta época, coloque um pacote extra de paciência na sua mala.

Passado o fuzuê dos primeiros meses do ano, abril chega sendo, na minha opinião, um dos melhores meses para ir a Bombinhas. Isso porque, além de encontrar a cidade vazia, os preços estarão mais baixos e o clima continua favorável para esticar a canga na areia. Aliás, durante o outono o índice pluviométrico é bem menor do que no verão.

Da segunda quinzena de maio a agosto é o período de baixíssima temporada na cidade. Afinal, as frentes frias começam a aparecer com frequência, deixando o clima menos simpático para o banho de mar.

Apesar de ser a época com menor quantidade de chuva, o inverno em Bombinhas tem temperaturas que espantam os viajantes, com mínimas na casa dos 12 C°, e máximas dificilmente acima dos 20 C°.

Com a cidade às moscas para o turismo, muitos comércios podem fechar as portas durante a semana. Aliás, os passeios em grupo ficam limitados devido à falta de público – sendo que o mais comum é serem realizados apenas aos sábados e domingos.

Por fim, setembro marca a chegada da primavera – e das temperaturas mais amenas – além de muitos feriados prolongados. Ou seja, é o sinal que os turistas aguardavam para voltar a viajar para Bombinhas.

Além de condições climáticas favoráveis, de setembro a meados de dezembro a concorrência na areia não será tão alta quanto no verão. Isso, é claro, se você não for à cidade durante algum feriadão.

No mais, saiba que a primavera é mais chuvosa do que o outono e o inverno. Porém, menos úmida do que o verão.

melhor época para fazer uma viagem a Bombinhas
Praia de Mariscal com céu azul durante um dia de outono em Bombinhas

2- Quantos dias ficar?

Para incluir no seu roteiro os principais passeios para fazer em Bombinhas e visitar os pedaços de areia mais famosos, recomendo que você tenha quatro dias completos para a sua viagem.

Aliás, foi o tempo que passei na cidade e, ainda assim, não deu tempo de visitar todos os lugares que gostaria.

Em todo caso, se você quiser aproveitar apenas um feriadão ou um final de semana comum à beira-mar, a viagem a Bombinhas continua valendo a pena. Saiba, porém, que você fará apenas uma pequena parte de todas as atividades que há por lá.

dicas de quiosques em Bombinhas
Assim como em qualquer destino de praia, não há limite de tempo para aproveitar a vida boa de frente para o mar em Bombinhas

3- Como chegar e se locomover?

O maior inconveniente da cidade é ser um destino pouco amigável para os viajantes que não estiverem com um carro próprio – seja para chegar a Bombinhas, ou até mesmo para circular durante o seu roteiro.

Porém, nem tudo está perdido, pois com planejamento é possível perambular pelos quatro cantos da península mesmo sem pegar no volante.

Aeroportos próximos de Bombinhas

O aeroporto mais perto de Bombinhas é o Aeroporto Internacional de Navegantes (NVT), localizado a 70 quilômetros de distância.

Além disso, outra possibilidade para desembarque aéreo é o Aeroporto Internacional de Florianópolis (FLN)
, que está situado a 87 quilômetros de Bombinhas.

Independente de onde seja a sua chegada, a maneira mais prática para fazer o seu deslocamento entre os aeroportos e Bombinhas é alugando um carro e seguindo viagem por conta própria. Inclusive, um veículo será bastante útil para se locomover no destino final.

Transfer dos aeroportos para Bombinhas

Se acaso alugar um carro não for a melhor solução para você, dá para chegar a Bombinhas com transfers compartilhados ou privados – saindo tanto do aeroporto de Florianópolis como também do aeroporto de Navegantes.

Estes dois serviços estão disponíveis através do site Easy Travel Shop. Independente do aeroporto, os preços são os mesmos: R$ 122,00 por pessoa no serviço compartilhado, e R$ 286,00 o transfer privado podendo levar até três adultos. Estes são os valores para cada trecho do deslocamento, ou seja, apenas ida ou volta.

Para mais informações ou reservar o seu transfer, basta clicar nos links abaixo:

» Compartilhado do Aeroporto de Florianópolis x Bombinhas (R$ 122,00 por pessoa).

» Privativo do Aeroporto de Florianópolis x Bombinhas (R$ 286,00 o carro para até três adultos).

» Compartilhado do Aeroporto de Navegantes x Bombinhas (R$ 122,00 por pessoa).

» Privativo do Aeroporto de Navegantes x Bombinhas (R$ 286,00 o carro para até três adultos).

Dá para chegar de ônibus em Bombinhas?

Não dá para chegar de ônibus em Bombinhas. Ao menos essa era a situação durante a minha viagem, em maio/2021.

Até pouco tempo atrás, uma possibilidade para os viajantes sem carro era pegar um ônibus em Balneário Camboriú com destino à cidade de Porto Belo – município a 10 quilômetros de Bombinhas – e lá, pegar outro ônibus para Bombinhas.

No entanto, até mesmo esse transporte que já era limitado devido aos poucos horários disponíveis, estava suspenso por causa do fim do contrato entre a empresa responsável e a prefeitura.

No meu caso, como eu não aluguei carro para a minha viagem a Bombinhas, o que eu fiz foi ir de ônibus até Balneário Camboriú, e lá, da própria rodoviária, tentar a sorte chamando um Uber.

Depois de duas tentativas canceladas um motorista aceitou a minha corrida. Durante o percurso ele me contou que não recusou porque é morador de Itapema – cidade a 15 quilômetros de Bombinhas – e que estava indo para aquela direção.

Perguntei a ele se é comum os motoristas aceitarem este tipo de corrida, e ele disse que na baixa temporada – quando não há trânsito na região – não é difícil conseguir um carro. No entanto, na alta temporada, com os congestionamentos intermináveis, é pouquíssimo provável que alguém aceite fazer o percurso.

A viagem de Uber entre a rodoviária de Balneário Camboriú e Bombinhas – que tem quase 40 quilômetros – custou R$ 70,00.

Na volta, como precisava retornar para Balneário Camboriú, combinei antecipadamente com um motorista de aplicativo para fazer a viagem no dia e horário que precisava.

Deu tudo certo. Também perguntei a esse motorista se ele costumava fazer este tipo de corrida e, mais uma vez, ouvi como resposta que apenas na baixa temporada, quando não há trânsito.

Como se locomover em Bombinhas?

Por fim, saiba que a melhor maneira para se locomover entre as praias de Bombinhas é de carro. Isso porque, além do sistema de transporte público ser praticamente inexistente, algumas das melhores praias da cidade estão afastadas da área central.

Ainda assim, nem tudo está perdido se você não viajar com veiculo próprio. Inclusive, eu não estava de carro e consegui visitar todos os lugares que pretendia.

No meu caso, fui até muitas praias caminhando (há muitas pela área central onde dá para fazer isso), contratei um passeio de buggy e utilizei Uber.

Aliás, o aplicativo de corrida funcionou muito bem durante toda a minha estada. No entanto, ao conversar com os motoristas eles me revelaram que não costumam trabalhar desta forma durante a alta temporada. Isso porque, devido ao trânsito insano que se forma, acaba não sendo vantajoso para eles.

Portanto, se você viajar durante a alta temporada e for depender de Uber, será mais complicado conseguir um carro. Afinal, além de diminuir a oferta de veículos, o número de visitantes em busca deste serviço será maior.

como chegar em Bombinhas
Avenida Vereador Manoel dos Santos, a principal via do centro de Bombinhas

4- Passeio bate-volta para Bombinhas

Embora seja um destino com praias e atrações para quatro dias inteiros, há viajantes que se propõem a fazer um passeio bate-volta para Bombinhas. Normalmente, estes tours saem de Balneário Camboriú, e há muitos receptivos turísticos que oferecem este serviço.

De modo geral, a dinâmica do passeio é a seguinte: as vans buscam os turistas em seus hotéis em Balneário, seguem para Bombinhas (que se encontra a 40 quilômetros), os viajantes passam o dia visitando os principais atrativos da cidade, e no final da tarde regressam para as suas acomodações no munícipio vizinho.

Este é um passeio em grupo que dura o dia inteiro e custa entre R$ 110,00 e R$ 180,00 por pessoa, a depender da modalidade do tour. Via de regra, inclui apenas transporte e acompanhamento de guia, sendo que refeições e outras atividades são pagas à parte.

Se vale a pena? Na minha opinião, se for baixa temporada, você estiver com tempo suficiente, e quer ter um aperitivo do que é Bombinhas, até vale. Por outro lado, durante a alta temporada o stress de ficar na estrada pode ser muito grande.

Como este é um tipo de passeio que não acontece diariamente o ideal é reservar antecipadamente. No site da Easy Travel Shop há duas modalidades deste tour: Bombinhas com Safari de Praias e Bombinhas Adventure 4×4.

Para mais informações sobre casa passeio basta clicar nos links abaixo destacados com esta cor.

» Bombinhas com Safari de Praias (R$ 110,00 por pessoa).

» Bombinhas Adventure 4×4 e Bombinhas (R$ 160,00 por pessoa).

passeio bate-volta para Bombinhas
Praia de Bombas

5- Hospedagem em Bombinhas

Apesar de ser o menor município em extensão territorial de Santa Catarina, com apenas 36 km², há muitos bairros para ficar em Bombinhas. E, a melhor região, vai depender do seu estilo e roteiro de viagem.

A maior concentração de hotéis e pousadas está na Praia de Bombas e na Praia de Bombinhas, sendo que esta última é o pedaço que pode ser chamado de centro da cidade.

Além de boa rede hoteleira, nestas duas vizinhanças há uma enorme oferta de bares, restaurantes, supermercados e comércios em geral. Ou seja, tudo o que os viajantes precisam para dia a dia estará a poucos passos de distância – inclusive, o mar.

Entre Bombas e Bombinhas eu optaria por Bombinhas. Aliás, foi nesta região em que eu me hospedei e não me arrependo.

O principal motivo é que Bombinhas, especialmente o seu canto direito, fica muito perto de outras praias da cidade, sendo possível ir andando até muitas delas. Portanto, facilita bastante a vida dos turistas que estiverem sem carro.

Além destas duas praias que são as mais movimentadas, outras regiões que possuem boa oferta de hospedagem – e alguns comércios para o dia a dia – são a Praia de Mariscal e a Praia de Canto Grande. Ambas estão localizadas a aproximadamente cinco quilômetros do centro de Bombinhas.

Por fim, a Praia de Zimbros entra como uma alternativa para os hóspedes que prezam por tranquilidade, não pretendem ficar perambulado de praia em praia, e não se importam de ficar em uma área com estrutura mais modesta.

Hotéis e pousadas em Bombinhas

Além de hotéis e pousadas convencionais, Bombinhas possui uma boa rede de flats e apartamentos para alugar. Normalmente, você encontrará este tipo de acomodação sendo chamada de “Residencial”, e também estarão disponíveis em sites de reserva como o Booking.com.

No caso, são instalações bem montadas, às vezes podem ter mais de um quarto e não costumam servir café da manhã. Além disso, outra particularidade é que os valores tendem ser mais simpáticos.

Sobre os preços das pousadas baratas em Bombinhas, fora da alta temporada as diárias para duas pessoas costumam variar entre R$ 90,00 e R$ 180,00, sendo os flats e apartamentos os mais em conta e as pousadas com café manhã as mais caras.

Por outro lado, no Ano Novo e nos meses de verão, um mesmo quarto pode custar até três vezes mais.

Na Praia de Bombas, a Pousada Bomar Bombinhas, o Bomar Residence e a Pousada Narinari possuem ótima relação preço x conforto.

No centro de Bombinhas o Residencial Sol Nascente surpreende pelo preço baixo, ótima estrutura e atendimento pra lá de atencioso. Inclusive, foi lá onde eu me hospedei e com toda a certeza voltaria outras vezes.

Em todo caso, se você prefere se hospedar em uma pousada mais convencional e que inclua café da manhã nas diárias, duas com bom custo-benefício na área central são a Pousada Morada do Pescador e a Pousada Enseada dos Golfinhos.

Ou, para se acomodar em uma pousada pé na areia durante a sua viagem a Bombinhas, as duas opções bem cotadas são a Pousada Castellammare e a Pousada Bora Bora.

Por fim, na região de Mariscal e de Canto Grande alguns endereços para a sua estada, são: Pousada Oásis de Mariscal, Pousada Vila Boa Vida e Pousada Al Mare.

pacote de viagem para Bombinhas
Pousada Castellammare

6- Praias

A costa de Bombinhas é pontilhada por 39 praias e é pouco provável que você visite todas elas em uma única viagem.

Até porque, não há necessidade de incluir todos os pedaços de areia na sua programação. Afinal, muitos deles podem não fazer o seu gosto – seja pela falta de estrutura à beira-mar, ou pela necessidade de fazer trilha para chegar até lá.

Ainda assim, não faltarão opções de lugares para você visitar.

Na área central de Bombinhas estão as praias com melhor estrutura de serviços de frente para o mar.

Se você não quer gastar tempo dirigindo e gosta das comodidades que apenas um quiosque é capaz de oferecer, algumas praias para passar o dia, são: Praia de Bombas, Bombinhas, Praia de Quatro Ilhas, Praia da Sepultura e Praia Retiro dos Padres.

Ainda no burburinho turístico, três pequeninas faixas de areia que completam este circuito central, são: Prainha, Praia do Embrulho e Praia da Lagoinha.

Tenha em mente, porém, que na alta temporada estas praias terão o metro quadrado mais ocupado da cidade. E, como algumas delas possuem a faixa de areia estreita, a sensação de superlotação será ainda maior.

Para ter mais espaço na hora de esticar a canga na areia a dica é ir para as praias de Mariscal, Canto Grande Mar de Fora ou Conceição. Neste caso, vale a pena levar todas as suas parafernálias de praia (cadeira, guarda-sol…), assim como também alguns comes e bebes.

Por fim, se o que você procura é praia selvagem-deserta-sem-estrutura, programe-se para fazer a trilha do Parque Natural Municipal Costeira de Zimbros, que possui dez praias, sendo quatro as grandes estrelas: Praia do Cardoso, Praia da Lagoa, Praia Triste e Praia Vermelha.

viajar para Bombinhas - SC
Praia do Parque Natural Municipal Costeira de Zimbros

7- Passeios para fazer em Bombinhas

Além de curtir o dia de frente para o mar, há outras atividades em Bombinhas que podem deixar o seu roteiro ainda mais especial.

Passeio de Barco

Para os viajantes que gostam de passeios em alto mar, o Barco Pirata e o a Escuna para a Praia do Cação são os mais tradicionais da cidade. Enquanto o primeiro tem saídas diárias durante a alta temporada, o segundo é uma boa opção de passeio durante o inverno.

Os passeios com o Barco Pirata saem do trapiche da Prainha, no centro de Bombinhas, custa R$ 110,00 por pessoa, e possui diversas saídas ao dia (no verão). Sobre o itinerário, os passeios navegam em direção a Praia do Estaleiro, Caixa d’Aço e Ilha de Porto Belo.

Por outro lado, os passeios para a pequena e selvagem Praia do Cação partem do trapiche do canto esquerdo da Praia de Canto Grande Mar de Dentro. O preço é de R$ 70,00 por pessoa, as saídas costumam ser à tarde, e quem organiza o tour é o pessoal da Zimbros Ecotour.

Mergulho

Para os mergulhadores de plantão, ou para quem tem vontade e nunca teve a chance de mergulhar, a Submarine Escola de Mergulho e a Patadacobra Adventures oferecem este tipo de serviço para explorar a vida marinha da região de Bombinhas.

O preço depende do tipo de mergulho, do horário e temporada, mas varia entre R$ 200,00 e R$ 350,00 por pessoa.

Mirantes

Os três melhores lugares para ter uma vista panorâmica de Bombinhas são o Mirante da Praia de Mariscal, o Mirante ECO 360 e o topo do Morro do Macaco.

O Mirante da Praia de Mariscal é um simples recuo na Rua Peixe Dourado, que liga o centro de Bombinhas e o bairro de Mariscal. Portanto, a parada não precisa durar nem 10 minutos e você não gastará nada para tirar algumas fotos dignas de cartão postal.

O Mirante ECO 360 é o que tem a vista mais embasbacante e vale cada centavo dos R$ 10,00 investidos no ingresso. Tenha em mente que depois de dirigir os quase 10 quilômetros desde o centro, para chegar ao mirante é preciso realizar uma trilha curtinha de aproximadamente 15 minutos.

Por fim, o Morro do Macaco é para quem gosta de fazer trilhas, afinal, para chegar lá é necessário caminhar por aproximadamente 1,2 quilômetros ladeira acima. A vista em si é muito semelhante à que se tem no Mirante ECO 360.

quantos dias ficar em Bombinhas
Vista do Mirante ECO 360

Passeio de buggy e Safari de Bombinhas

Duas maneiras para os viajantes desmotorizados visitarem as praias de Bombinhas mais afastadas do centro são os passeios de buggy e jardineira – este último, também conhecido como Safári de Bombinhas.

Como possuem itinerários parecidos, recomendo que escolha o tour que melhor atenda o seu estilo e orçamento.

De modo geral, ambos os passeios fazem um recorrido pelas principais praias da cidade fora da área central e incluem algumas paradas. No entanto, estas paradas costumam ser apenas para fotos e caminhadas, e não para banho de mar.

No meu caso, optei por fazer o passeio de buggy com a agência Morada do Mar. A atividade dura aproximadamente duas horas, há duas saídas por dia (às 9hs e às 14hs), duas opções de roteiro e custa entre R$ 230, 00 e R$ 260,00, sendo que até três pessoas podem participar do tour.

Por outro lado, a rota do Safari de Bombinhas é um pouco diferente. Neste caso, o passeio passa pelas praias de Bombas, Bombinhas, Quatro Ilhas, Mariscal, Conceição, Canto Grande, Morrinhos e Zimbros. Sendo que as paradas acontecem em Quatro Ilhas e Mariscal.

Os passeios são em grupo, acontecem às 10hs, dura aproximadamente 2h30, e você pode reservá-lo através do site Easy Travel Shop. O preço é de R$ 65,00 para adultos e R$ 32,00 para crianças com idades entre 5 e 12 anos.

Durante a alta temporada de verão o Safári de Bombinhas tem saídas diárias. Por outro lado, na baixa temporada costuma ser realizado apenas uma ou duas vezes por semana – normalmente, nas quartas e sábados.

» Passeio Safari de Bombinhas (R$ 65,00 por pessoa)

8- Onde comer em Bombinhas?

As regiões com maior oferta de bares e restaurantes em Bombinhas são a Praia de Bombas e a Praia de Bombinhas. Ainda assim, em outros bairros você também encontrará lugares para comer durante a sua viagem.

No entanto, como fiquei hospedado na área central, a maior parte das minhas indicações será por estas bandas da cidade.

Restaurantes baratos em Bombinhas

Os comércios da Praia de Bombinhas estão distribuídos ao longo da Avenida Vereador Manoel dos Santos – paralela ao mar e principal da cidade. Nesta avenida você encontrará lanchonetes, restaurantes simples e ambientes mais ajeitados.

Para quem não quer gastar muito, há diversos restaurantes que servem buffet à vontade na hora do almoço com preços que variam entre R$ 20,00 e R$ 30,00 por pessoa. Alguns destes locais, são: Magia do Tempero, Restaurante e Pizzaria Sol de Bombinhas e Ancoradouro Restaurante.

Ou, para um PF com ótimo custo-benefício a dica é o Arnoldo’s Restaurante.

Quiosques de praia

Para petiscar ou almoçar em quiosques de frente para o mar os preços serão bem mais altos. Neste caso, uma porção dificilmente sai por menos de R$ 55,00 e uma refeição para duas pessoas custa a partir de R$ 110,00.

Na Praia de Bombinhas, provei as delícias da Casa da Lagosta e do Mestre das Águas, e em ambos tive ótimas experiências. Enquanto o primeiro faz a linha mais tradicional, sendo um ótimo local especialmente para almoçar, o segundo tem um perfil mais descolado, com público jovem e reggae music ao fundo.

Além de um lindo deck na areia, outra particularidade da Casa da Lagosta é que foi um dos poucos lugares que se propôs a fazer um prato para uma pessoa, cobrando exatamente 50% do valor – pois, no cardápio, as opções servem de duas a três pessoas.

onde comer em Bombinhas - dicas
Refeição para uma pessoa da Casa da Lagosta
restaurantes em Bombinhas
Pastel do Mestre das Águas

Bar e Hambúrgueria

Para quem gosta de hambúrguer, provei o do Sons Beer Brew Pub e recomendo. Aliás, este é um ótimo local tanto pelo sanduíche, como também para petiscar e beber em um excelente ambiente de pub com música ao vivo.

Outros dois lugares que servem bons hambúrgueres são o Hã!Burguer… e o Blackbbull Burger.

Restaurantes em outros bairros de Bombinhas

Por fim, saindo da área central, no bairro Mariscal eu provei o PF caprichado do Restaurante Paraíso dos Sabores. Além destes pratos individuais mais em conta (R$30,00), também servem refeições mais elaboradas – incluindo diversas opções de frutos do mar.

E, na região de Canto Grande, os comes e bebes foram no despretensioso Coringa Resto-Bar.

3 lugares para se hospedar em Bombinhas

($) Para os viajantes que querem economizar, o Residencial Sol Nascente é um dos lugares mais econômicos para se hospedar.

($$) Se preferir uma pousada mais convencional, a Pousada Enseada dos Golfinhos oferece ótimo custo-benefício.

($$$) Querendo investir em uma estada mais estrelada e de frente para o mar, vale conferir as suítes da Pousada Bora Bora.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Bombinhas.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

2 COMENTÁRIOS

    • Oi, Luane, tudo bem?

      São destinos bem diferentes, apesar de ambos terem ótimas praias e paisagens!

      Florianópolis é mais completa, por ser uma capital. Tem opções de passeios à parte de praia e uma vida noturna mais movimentada.

      Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here