COMPARTILHAR

Atenção Viajante!!!

Economize no seu seguro viagem fazendo uma cotação online, que compara as melhores seguradoras do mercado. E também, utilize o cupom de desconto VOLTOLOGO5 para garantir 5% de desconto.

»»» Clique aqui e descubra agora quanto você vai precisar investir na sua segurança durante a sua viagem.

PS: Pode apostar que é menos do que você imagina! :)
Ushuaia, na Patagônia argentina: Dicas de viagem para você se organizar. Descubra quando ir, quantos dias ficar, como se locomover, como trocar dinheiro, quais os principais passeios e atrações, além de muitas outras informações.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Uma viagem a Ushuaia ééé… cara. Eu sei, essa não é a forma mais animadora de começar um texto sobre dicas de viagem. Porém, é melhor você saber o quanto antes que um dos destinos mais populares da Patagônia argentina, pode ser um pesadelo para os viajantes mais econômicos.

Se vale a pena conhecê-la mesmo assim? É claro. Apenas vá com um orçamento preparado para isso. Afinal, ir tão longe pra não conseguir aproveitar o que há de melhor na cidade pode ser um tanto frustrante.

Porém, como nem só de verdinhas se faz o planejamento das nossas férias, neste texto eu te darei muitas outras dicas para você organizar sua viagem a Ushuaia.

Além de contar sobre quais os reais motivos para inclui-la num roteiro pela Patagônia, irei explicar qual a melhor época para viajar, quantos dias ficar na cidade, como funciona o câmbio, quais os principais passeios e atrações, além de dar muitas outras informações que te ajudarão a aproveitar ao máximo os seus dias de lazer.

Leia também: Roteiro de viagem pela Patagônia argentina e chilena (15 dias)

# Se preferir, clique e vá direto ao que procura:

1- O que esperar de uma viagem a Ushuaia?
2- Quando ir
3- Quantos dias ficar
4- Documentação
5- Câmbio e dinheiro
6- Como se locomover
7- Transporte para outras cidades da Patagônia
8- Onde se hospedar
9- Atrações e pontos turísticos
10- Dicas sobre os passeios

1- O que esperar de uma viagem a Ushuaia?

Basicamente uma viagem a Ushuaia te reserva paisagens e cenários que parecem ter saído de um conto de fadas. A cidade em si não é lá grande coisa, e, na realidade, funciona mais como base para que os viajantes se aventurem em passeios pelos seus arredores.

A estrutura de lojas e comércios em geral é boa. No entanto, no quesito hospedagem é bom reservar o quanto antes o seu quarto. As acomodações com melhor custo-benefício normalmente ficam lotadas meses antes do inicio da alta temporada – que vai de dezembro a fevereiro.

Na mesa, a tradicional dieta de carnes vermelhas argentinas dá espaço aos frutos-do-mar. Mas é claro, empanada, pizza, alfajor e doce de leite continuam marcando uma presença fortíssima.

No mais, espere encontrar uma Argentina completamente diferente das outras regiões do país, um movimento intenso de turistas, e um clima um tanto traiçoeiro.

viajar para Ushuaia
Parque Nacional Tierra del Fuego

Leia também: 7 dicas essenciais para uma viagem pela Patagônia argentina

2- Quando ir

A alta temporada não apenas em Ushuaia, mas em toda a Patagônia, acontece durante o verão – mais especificamente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro. Isso porque, é nesta estação que as temperaturas gélidas da região dão uma trégua. Além do clima mais ameno para os passeios ao ar livre, os dias ficam mais longos – costuma escurecer depois das 22hs – e você conseguirá aproveitar muito mais a viagem.

Para fugir das multidões dos meses citados acima, e ainda conseguir encontrar um clima adequado, programe sua viagem a Ushuaia entre a segunda quinzena de outubro e novembro, ou entre março até a primeira quinzena de abril.

Viajar durante o inverno, apesar do clima inóspito, também é possível. No entanto, saiba que sua viagem será um tanto diferente. As atrações mudam – quem passa a reinar são as atividades na neve – e os deslocamentos para outras cidades pode ser mais complicado. Além disso, não espere encontrar o centrinho turístico movimentado e muito menos com todos os estabelecimentos abertos. E, não menos importante, lembre-se de caprichar muito bem nos agasalhos.

quando ir para Ushuaia
Em algum lugar de Ushuaia

3- Quantos dias ficar

Na minha opinião, três dias inteiros é o tempo ideal para uma viagem a Ushuaia. Com esse período dá pra fazer os principais passeios da cidade sem deixar nada muito importante de fora. Mas é claro, se quiser diminuir o ritmo e ficar mais um dia, há atrações para isso também.

4- Documentação

O único documento que os brasileiros precisam para uma viagem a Ushuaia é a carteira de identidade (RG). Lembrando é claro, que ele deve estar em bom estado de conservação e você deve ser facilmente reconhecido pela foto.

Em todo caso, vale lembrar que muitos viajantes fazem questão de viajar com o passaporte para conseguirem o carimbo turístico do “Fin del Mundo” – que nada mais é do que uma recordação. Se achar bacana, leve o seu!

Não é necessário vacina contra a febre amarela.

Já um seguro viagem, apesar de não ser obrigatório, é altamente recomendado para qualquer viagem internacional. Sugiro, inclusive, que leia o texto “Seguro viagem para Argentina | Dicas indispensáveis”.

5- Câmbio e dinheiro

Assim como no resto do país, a moeda que você utilizará numa viagem a Ushuaia é o peso argentino. Porém, por se tratar de uma cidade extremamente turística, é comum algumas lojas, restaurantes e hotéis aceitarem o pagamento em dólar. Nestes casos, porém, você estará sujeito à cotação do estabelecimento em questão – que nem sempre é a mais vantajosa para você.

O melhor a fazer é levar dólares e/ou reais do Brasil, e trocar seu dinheiro quando chegar na Argentina. Caso faça uma conexão em Buenos Aires ou passe alguns dias na capital antes de ir a Patagônia, troque seu dinheiro por lá. Isso porque, as cotações na metrópole são muito melhores do que em Ushuaia.

Caso você vá direto para Ushuaia e tenha que trocar o seu dinheiro lá, dê preferência por levar dólares, já que a conversão costuma ser melhor do que com o real. A propósito, a única casa de câmbio em Ushuaia é a Jupiter, que fica na Rua Pres. Bernardino Rivadavia, 176. Porém, você também pode trocar seu dinheiro em agências bancárias, como no Banco Nación ou Banco Tierra del Fuego.

Cartões de crédito costumam ser bem aceitos em hospedagens e restaurantes mais estruturados. No entanto, não se surpreenda caso algum comércio mais simples não aceite essa forma de pagamento. Além disso, vale lembrar que pagando com o cartão de crédito você também arcará com a taxa de 6,38% de IOF.

6- Como se locomover

Ficando pelo centro, uma simples caminhada te levará a bares, lojas e restaurantes. Já para regiões mais afastadas, os táxis podem oferecer um bom custo-benefício desde que você tenha com quem dividir a corrida.

Já uma alternativa que apesar de mais demorada pode ser útil, é utilizar os ônibus públicos que vão até o Parque Nacional Tierra del Fuego, ao Glaciar Martial e ao inicio da trilha para a Laguna Esmeralda.  

7- Transporte para outras cidades da Patagônia

Se além de uma viagem a Ushuaia você quiser conhecer também outros destinos da Patagônia, uma boa forma para fazer os deslocamentos entre as cidades do seu roteiro é comprar uma passagem aérea múltiplos destinos que inclua todas as cidades que pretende visitar.

De um modo geral, comprar as passagens desta maneira costuma render um excelente custo-benefício. Além das tarifas normalmente serem mais atraentes, você não perderá muito tempo na estrada.

Já para viajar de ônibus entre Ushuaia, Puerto Natales, Punta Arenas, El Calafate e El Chaltén, a logística precisará ser mais bem pensada.

Se de Ushuaia você quiser ir para El Calafate de ônibus, saiba que não é possível fazer este deslocamento direto. Primeiro você deve fazer o trecho Ushuaia – Rio Gallegos, e depois, Rio Gallegos – El Calafate.

— Ushuaia x Rio Gallegos: 1 saída por dia às 5h | 12 horas de deslocamento | R$ 200,00 | Empresa Taqsa

— Rio Gallegos x El Calafate: 3 saídas por dia | 4 horas de deslocamento | R$ 85,00 (semi-cama) e R$ 100,00 (cama) | Empresa Taqsa

Para ir de ônibus de Ushuaia para Punta Arenas ou Puerto Natales, a empresa Bus Sur é uma das mais utilizadas. Clicando aqui você encontra todas as rotas disponíveis, dias e horários de saída durante a baixa e a alta temporada, tempo estimado de deslocamento, se a viagem é direta ou com parada em outra cidade, além de claro, o preço.

Outra empresa que também faz essa rota é a Bus Barria.

Caso pretenda fazer algum destes deslocamentos de ônibus, recomendo que compre sua passagem assim que chegar a Ushuaia – seja sua viagem na alta ou baixa temporada. Afinal, na alta temporada a procura é enorme, e na baixa o número de veículos diminui consideravelmente.

transporte em Ushuaia
Ushuaia

8- Onde se hospedar

A região mais conveniente para ficar em Ushuaia é pelo seu centrinho turístico. Por lá, você estará a poucos minutos de caminhada de muitos bares, restaurantes e agências de turismo. Inclusive, boa parte do burburinho central está na Avenida San Martín.

Além disso, é no centro que você encontrará uma maior variedade de hospedagens: de hostels a hotéis mais arrumados, há opções para todos os bolsos.

Quem pretende se hospedar num albergue, dois dos mais bem cotados da cidade é o Hostel Yakush e o Antarctica Hostel.

Caso prefira um hotel, ainda que não custe uma fortuna, o Galeazzi Basily Bed & Breakfast e o Las Retamas possuem ótimas reputações e oferecem excelente custo-benefício.

Querendo investir um pouco mais, vale a pena conferir as suítes da  Hostería Patagonia Jarke. Ou se preferir um ambiente mais independente, o Toluken Apartamento possui uma nota de avaliação invejável.

hospedagem durante viagem a Ushuaia
Centro de Ushuaia

» Clique aqui e encontre outras ofertas de hospedagem em Ushuaia, com até 40% de desconto.

9- Atrações e pontos turísticos

Como ponto de partida, comece suas andanças durante a viagem a Ushuaia pelo centrinho da cidade: caminhe pela Avenida San Martín, vá ao Parque Paseo Centenario, visite a Plaza Isla Malvinas e percorra o calçadão a beira-mar. E, para uma imersão na história da região, vale conhecer também o Museu do Fim do Mundo e o Museu do Presidio de Ushuaia.

Já o primeiro passeio para aproveitar o visual da região pode ser no Glaciar Martial, que fica a aproximadamente sete quilômetros do centro. O passeio por lá pode ser meramente contemplativo caso você suba ao seu topo com o teleférico disponível. Ou ainda, pode render uma bela caminhada em meio a natureza caso prefira subir andando.

lugares para conhecer em Ushuaia
Glaciar Martial

Outro lugar que não pode faltar no seu roteiro de viagem a Ushuaia é o Parque Nacional Tierra del Fuego, onde você  poderá andar no famoso “Trem del fin del Mundo” – uma réplica que anda pelos mesmo trilhos do trem usado a mais de cem anos para transportar presidiários que iam trabalhar na floresta.

 Há diversos tipos de passeios pelo parque e você pode conhecê-lo tanto com o auxilio de agências como também por conta própria.

Fechando o trio de passeios mais tradicionais em Ushuaia está a Navegação no Canal Beagle, onde além de apreciar a paisagem poderá também avistar lobos-marinhos. O tour é curto e há saídas até mesmo no fim da tarde, por volta das 16hs.

Mais um passeio que vale a pena durante uma viagem a Ushuaia é a Expedição Off Road 4×4, onde você terá uma vista estonteante para o Lago Escondido e Lago Fagnano.

E também, para os trilheiros de plantão, reservar um dia para fazer o trekking até a Laguna Esmeralda é uma ótima pedida.

passeios para viagem em Ushuaia
Trem do Fim do Mundo, no Parque Nacional Torres del Paine

10- Dicas sobre os passeios

>>> Apesar dos passeios mais tradicionais em Ushuaia serem oferecidos por diversas agências, caso seu roteiro esteja sem espaço para imprevistos, considere deixar tudo reservado antecipadamente.

>>> Com mais folga, você pode dedicar o seu primeiro dia em Ushuaia para fazer orçamento diretamente nas dezenas agências da cidade.

>>> Algumas agências que você pode utilizar para fazer cotação, ou se for o caso, já comprar as passeios, são: Brasileiros em Ushuaia e Latitud Ushuaia.

>>> Tem outras dicas sobre os passeios em Ushuaia? Me conta aí nos comentários! 🙂

3 lugares para se hospedar em Ushuaia

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Antarctica Hostel é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Galeazzi Basily Bed & Breakfast tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes da Hostería Patagonia Jarke.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Ushuaia.

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here