COMPARTILHAR
roteiro de viagem pelo Equador
Baños

Aos poucos o Equador começa a entrar nos roteiros de viagem dos turistas brasileiros. Não qual o motivo, mas a verdade é que esse pequeno país localizado entre Colômbia e Peru é ignorado por muitos de nós na hora de escolher um destino na América do Sul.

E motivos para conhecê-lo não faltam: o Equador possuí uma enorme diversidade de paisagens com praias, montanhas, cidades históricas, vulcões e até parte da Floresta Amazônica; é um dos países mais baratos para viajar na América do Sul; possui boa infraestrutura para receber os turistas; e por ser um país territorialmente pequeno, viajar de ônibus é bem fácil, rápido e barato.

Por isso, para incentivá-lo a viajar e conhecer esse país incrível, resolvi compartilhar essa opção de roteiro de quinze dias pelo Equador.

Roteiro de viagem pelo Equador

Quito → Montañita → Cuenca → Baños

Seu roteiro começa pela capital equatoriana e segunda maior cidade do país: Quito- reserve cinco ou seis dias. Antes que você pense que é muito tempo para uma única cidade, vou explicar o motivo para quase uma semana por lá: Quito serve como uma ótima base para você fazer day trips e explorar lugares super interessantes e que não estão muito longe. Alguns que recomendo fortemente que você faça esses bate –volta são: Laguna Quilotoa, Vulcão Cotopaxi e Otavalo. Todos esses passeios podem ser feitos por conta própria (acorde bem cedo no caso dessa opção) ou  através de alguma agência de turismo.

roteiro de viagem pelo Equador
Laguna Quilotoa

Leia também: O que fazer em Quito

Nos outros dias aproveite para conhecer uma das capitais mais interessantes da América do Sul. O centro histórico de Quito é um dos mais bem preservados da América Latina e foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela ONU em 1978. Outro lugar bastante procurado pelos viajantes é o Parque Mitad del Mundo, o lugar onde supostamente passa a Linha do Equador que divide os hemisférios em norte e sul.

roteiro de viagem Equador
Parque Mitad del Mundo

>>> Confira algumas ofertas de hospedagem em Quito

Após quase uma semana na altitude de Quito, é hora de baixar ao nível do mar rumo a Montañita- um lugar para curtir praia, sol, surf e muitas festas. Esse pequeno vilarejo é o point dos mochileiros que viajam pela América do Sul. Muitos inclusive se apaixonam pelo lugar e ficam muito mais tempo que o planejado.

De Quito não há um ônibus direto para Montañita. Para chegar até lá você terá que ir até Guaiaquil e depois pegar um ônibus até a cidade a beira mar.

Dica: de Quito a Guaiaquil são aproximadamente nove horas de viagem, faça esse trajeto durante a noite. Você economizará uma diária de hospedagem e poderá pegar o primeiro ônibus de Guaiaquil a Montañita.

Além do dia da chegada em Montañita, reserve outros dois dias inteiros para curtir o lugar.

mochilão pelo Equador
Montañita

Leia também: Montañita, festas loucas e surf no Equador

Após os dias de sol e água fresca a próxima cidade do roteiro é Cuenca. Esse dia será praticamente perdido pela viagem. Saia cedo de Montañita e volte para Guayaquil. Em Guayaquil há muitas saídas durante todo o dia até Cuenca, o percurso demora aproximadamente cinco horas.

Separe dois dias inteiros para conhecer Cuenca e arredores. A cidade histórica é bem preservada e vale a pena passar um dia todo caminhando pelas ruas antigas, conhecendo alguns museus, igrejas e outros lugares.

No segundo dia você pode ir até o Parque Nacional El Cajas, que está apenas a 33 quilômetros de Cuenca. Passe o dia conhecendo esse parque que possuí grande variedade de fauna e flora, retorne para Cuenca no fim do dia e organize suas coisas para seguir viagem no dia seguinte.

viagem pelo Equador

>>> Confira algumas ofertas de hospedagem em Cuenca

O último destino desse roteiro de viagem pelo Equador será Baños, uma pequena cidade rodeada por vulcões, com ótimas opções de atividades outdoors e excelente infraestrutura para os turistas. Aproveite três dias inteiros na cidade e não se arrependerá. Alugue uma bicicleta e percorra a famosa Ruta de las Cascadas, conheça a Casa del Árbol com o famoso balanço do fim do mundo, relaxe nas águas termais em alguma das diversas opções que há por lá.

Baños também é a porta de entrada para quem quer explorar a Amazônia equatoriana, mas para isso você precisará de mais dias no seu roteiro. A cidade possui inúmeras agências que oferecem diversos passeios- vale a pena pesquisar antes de fechar negócio. 

dicas de viagem Equador
Cachoeira El Pailón del Diablo – Baños

Leia também: Guia prático e completo para sua viagem ao Equador

+ Dicas de viagem pelo Equador

Está com mais tempo e dinheiro disponível? Inclua o arquipélago de Galápagos no seu roteiro.

Esse lugar com valioso ecossistema foi de grande importância para que o naturalista Charles Darwin construísse a sua teoria da evolução e a obra A Origem das Espécies.

Atualmente o governo equatoriano tenta controlar o turismo desenfreado sobre as ilhas cobrando altas taxas de ingresso e limitando a entrada de pessoas.

Devido ao seu enorme potencial turístico, nas últimas duas décadas o número de visitantes na ilha quadruplicou. Sem dúvida nenhuma caso não seja feito um turismo sustentável e consciente, algumas das espécies encontradas apenas nessa região sofrem sério risco de entrarem em extinção.


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links, banners e caixas de pesquisa que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

Compare e contrate seu seguro viagem através da Real Seguros


Ficou com alguma dúvida ou tem outras dicas sobre roteiro de viagem pelo Equador? Deixe um comentário abaixo!

Esse post te ajudou ou foi útil de alguma maneira? Curta e compartilha clicando nos botões abaixo. Não custa nada e é uma forma de sabermos se você está gostando do nosso conteúdo. Além de deixar um blogueiro muito feliz! xD

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

14 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não conheço o Equador, mas realmente tenho muita vontade de ir. Adoro destinos de natureza, vulcões, desertos, etc.
    Vou tentar organizar.
    Pena que normalmente as passagens aéreas para lá são bem caras.
    Um abraço e parabéns pelo blog!

    • É um ótimo país Rozembergue!

      Realmente a passagem aérea é meio salgada, mas depois que chegar lá as coisas são bem baratas.

      É um dos países mais baratos para se viajar na América do Sul!

      Valeuuu
      Abraço

  2. Murilo adorei o relato parabéns… sucinto e objetivo!
    Estou querendo conhecer um lugar onde possa ter um pouco de aventura e claro umas baladinhas e acho q o Equador pode ser uma boa opção. Eu amei Cusco, por exemplo, por isso…
    Minhas dúvidas são as seguintes:
    – Rola ir sozinha? Há bastante turistas nos hostels para se enturmar? Se tiver indicações de hostels tb serão bem vindas…
    – Qual época melhor para ir (estou pensando em outubro)?
    – E claro a famosa: quanto gastou mais ou menos (só para ter uma noção)?

    Muito obrigada, desde já!

    • Oi Janaina,

      Que bom que gostou! 🙂

      – Eu fui sozinho e não tive nenhum problema. Em todos os hostels que fiquei sempre tinha bastante gente e era super fácil se enturmar pra sair. Sobre indicação, quais cidades você pensa em ir? Nos posts específicos sobre cidades que tenho aqui no blog sempre indico onde fiquei! 😉

      – Viajei durante a primeira quinzena de novembro por lá. Peguei algumas chuvas em Quito, mas sempre no final do dia. Me programava para fazer os passeio de manhã. Assim nem atrapalhou a viagem. Outubro também costuma chover bem por lá… Mas depende muito da região que você pretende visitar.

      – Gastava em torno de US$ 25,00/dia (no estilo economia) com alimentação, transporte público e hospedagem em quarto compartilhado. Viajei em 2014.

      Espero ter ajudado!
      Abraço,
      Murilo

    • Valeu Wesley!

      Então, é que tem duas entradas para o Pailon del Diablo. Uma que termina nas escadas (a que você foi) e outra que termina no lugar onde eu tirei essa foto… hehe

      xD

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here