Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

Jardim Botânico de São Paulo: Guia Prático

“Estou em outra cidade!!!”. Foi exatamente isso que eu pensei ao cruzar a bilheteria do Jardim Botânico de São Paulo.

E faço essa afirmação com a maior tranquilidade do mundo e sem cair em exageros. Afinal, este lugar não tem absolutamente nada a ver com os prédios, trânsito e agitação que estamos acostumados em Sampa.

Fora do eixo tradicional dos parques urbanos da cidade, o Jardim Botânico foi sem dúvida alguma um dos lugares mais agradáveis que já visitei na capital paulista.

A tranquilidade, a beleza e a ótima estrutura para os visitantes são apenas alguns dos pontos que me chamaram a atenção, e que merecem ser elogiados.

E, para que você possa se organizar adequadamente para um passeio ao Jardim Botânico de São Paulo, neste texto eu contarei tudo o que você deve saber antes de sair de casa.

Leia também: Onde se hospedar em São Paulo?

# Jardim Botânico de São Paulo

» História do Jardim Botânico de São Paulo
» O Parque
» 5 razões para visitar o Jardim Botânico de SP
» Informações úteis sobre o Jardim Botânico de São Paulo

# História do Jardim Botânico de São Paulo

Tudo começou em 1928, quando o naturalista Frederico Carlos Hoehne foi convidado pelo governo de São Paulo para implantar um horto botânico no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga. Até então, grande parte dessa mata nativa era ocupada por sitiantes e chacareiros.

Porém, foi somente dez anos depois, em 1938, que o Jardim Botânico foi oficializado junto com a criação do Instituto de Botânica.

Ao longo dos anos o parque passou por diversas adequações para melhorar o acesso e serviços aos visitantes, como por exemplo, a construção de estacionamentos, centro de exposições e a portaria.

Além disso, atualmente o Jardim Botânico de São Paulo desempenha um papel fundamental no processo de conservação dessa região. Tanto através de pesquisas cientificas, como também em questões educacionais sobre a importância da vegetação e conservação da biodiversidade.

Jardim Botânico de São Paulo - fotos

Jardim Botânico de São Paulo

Leia também: Roteiro de 3 dias em São Paulo

# O Parque

Apesar de grande, percorrer todo o Jardim Botânico de SP não é nem um pouco cansativo. Inclusive, em aproximadamente duas horas é possível dar uma volta completa no parque.

Porém, você pode fazer isso com mais calma e aproveitar melhor esse contato com a natureza.

O cartão de visita do parque não poderia ser melhor. Ao cruzar a bilheteria você se encontrará diante da Alameda Fernando Costa, aliás, foi essa vista que me fez achar que eu não estava em São Paulo.

imagens do Jardim Botânico de São Paulo

Jardim Botânico de São Paulo

Um pouco mais adiante há uma lanchonete onde você pode comprar lanches, bebidas ou até mesmo almoçar. O ambiente é muito agradável e os preços realistas.

Alguns metros para frente e você estará ao lado do Museu Botânico “Dr. João Barbosa Rodrigues”. Dedicado principalmente a flora brasileira, essa pequena construção abriga aproximadamente 1.300 amostras de plantas secas e herborizadas.

Além disso, outra região do parque bastante procurada, principalmente por quem curte tirar fotos, é onde estão localizadas as estufas de plantas e a Escadaria Histórica. 

Jardim Botânico de SP - Endereço

Estufas do Jardim Botânico de São Paulo

como ir ao Jardim Botânico de São Paulo

Escadaria histórica do Jardim Botânico de São Paulo

Atrás das estufas está outra vista que rende belos cliques do Jardim Botânico de São Paulo: o Lago das Ninféias.

E se você acha que as atrações acabaram por ai está muito enganado. Seguindo caminhada ainda é possível passar por lugares como o Jardim dos Sentidos, Túnel dos Bambus ou até mesmo fazer a pequena Trilha da Nascente.

Com apenas 360 metros de extensão, essa é uma trilha suspensa que passa por dentro de uma reserva da  Mata Atlântica. O ponto final dela será a nascente do córrego Pirarungaua, que contribui para a formação do riacho do Ipiranga.

o que fazer no Jardim Botânico de São Paulo

Trilha no Jardim Botânico de São Paulo

# 5 razões para visitar o Jardim Botânico de SP

Se acaso você ainda não se convenceu de que vale a pena visitar o Jardim Botânico de São Paulo, deixo aqui cinco motivos para acabar de uma vez por todas com as suas dúvidas.

1- Tranquilidade

Esse é, na minha opinião, um dos grandes pontos positivos do parque. Em muitos outros lugares da cidade é possível sentir a sensação de estar fora de São Paulo, como nos parques Trianon, Ibripuera ou no Água Branca.

No entanto, ao visitar qualquer um desses três parques, o grande número de visitantes te fará lembrar que o trânsito e prédios da cidade estão logo atrás das paredes verde.

No Jardim Botânico isso não acontece. É verdade que eu visitei o local durante uma quinta-feira, e o maior pico de pessoas é no final de semana, mas, ainda assim, acredito que ele seja bem menos lotado que os outros.

2- Beleza

Diversas espécies de vegetação típica da Mata Atlântica podem ser encontradas no parque, e acredite, isso não é pra qualquer um.

Além disso, os lagos, bosques e pequenos jardins espalhados completam um cenário realmente incrível.

Jardim Botânico de São Paulo - preço

Jardim Botânico de São Paulo

Leia também: 10 parques em São Paulo para fugir do caos

3- Estrutura e Organização

A limpeza e organização desse lugar também chamaram a minha atenção.

Sanitários limpos, funcionários atenciosos e seguranças espalhados por todo o território do parque. Mesmo nos lugares mais afastados sempre havia alguém para dar alguma informação.

4- Fotografia

Se acaso você curte fotografar sugiro que vá bem cedo ao Jardim Botânico e passe o dia inteiro por lá. Isso porque, há diversos locais bacanas que rendem boas fotos.

Além disso, há grandes chances de você capturar momentos de pequenos animais que não são tão comuns em São Paulo.

tudo sobre o Jardim Botânico de São Paulo

Jardim Botânico de São Paulo

Leia também: 25 dicas do que fazer no centro de São Paulo

5- Museu

O lugar ideal para você aprender sobre a flora brasileira e sobre essa reserva da Mata Atlântica localizada dentro da malha urbana de São Paulo.

museu no Jardim Botânico de São Paulo

Museu no Jardim Botânico de São Paulo

Leia também: 9 lugares com vistas incríveis de São Paulo (e de graça)

# Informações sobre o Jardim Botânico de São Paulo

» Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 3031 , Água Funda, São Paulo-SP

» Funcionamento: Terça a Domingo e feriados, das 9h às 17h.

» Preço:
– Público em geral, R$ 10,00
– Estudante / Pessoas com mais de 60 anos, R$ 5,00
– Crianças até 4 anos e portadores de necessidades especiais, isentos

* Para outras informações acesse o site oficial do Jardim Botânico.

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários:

Ótimo post, estive no Jardim Botânico a cerca de 3 anos e tinha me esquecido um pouco dele. Mas lendo seu artigo bateu aquela vontade de passar mais uma tarde maravilhosa nesse Jardim. Quem sabe ano que vem. Valeu Murilo.

Edson disse:

Nossa, faz tanto tempo que fomos para o Jardim Botânico em São Paulo, excelente post para aumentar a vontade de voltar.

Murilo Pagani disse:

É um lugar que vale a pena voltar, né Edson?!

Lulu Freitas disse:

Que lindo o Jardim Botânico de São Paulo!!!! Amo passear em parques e poder curtir um pouco da Mata Atlântica é muito bom. É distante do Centro de São Paulo?

Murilo Pagani disse:

Oi Lulu!

É um pouco longe do centro, sim. Dá 15 km mais ou menos. Mas apesar da distância não é tão difícil chegar!

Dá para conhecer o Jardim Botânico numa manhã ou tarde, por exemplo!

Abraço

Leo Vidal disse:

Acredita que já fui várias vezes a São Paulo mas nunca conheci o Jardim Botânico? Não é um local que costuma figurar nos roteiros né, acho que fica ofuscado pelo Ibiraquera. Achei as fotos lindas e vou conhecer quando voltar a SP

Murilo Pagani disse:

Realmente, Leo. Como o Ibirapuera é mais central, acaba ofuscando praticamente todos os outros parques!
Mas o Jardim Botânico é bem lindo! =)

Luciane disse:

Você acredita que eu não sabia que existia um Jardim Botânico em São Paulo. Adorei a forma como você explicou cada detalhe. Quando voltar a cidade irei conhecer.

Murilo Pagani disse:

Por estar longe da rota turística muitas pessoas acabam não visitando, Luciane! Mas vale super a pena! =)

Diego Arena disse:

Muito bom!
Lindas fotos!

MuriloPagani disse:

Valeu Diego!

PATRICIA MARTINS disse:

Nossa, adorei seu relato!!! Muito bom mesmo!!! O Jardim Botânico é meu vizinho e estou sempre por lá… suas fotos ficaram d+!!! Parabéns!!!

MuriloPagani disse:

Obrigado Patricia!!

xD
Murilo

Elenicescribeiro disse:

Oi VC e um excelente narrador. Sua descrição foi clara e precisa me senti dentro do parque.na minha próxima visita a são Paulo irei ao parque. Parabéns

MuriloPagani disse:

Oi Elenice!

Que bom que gostou!! E não deixe de conhece-lo… Tenho certeza de que irá curtir muito!

Abraço,
Murilo