Onde ficar em São Paulo: Dicas de bairros. hostel e hotéis. Descubra as vantagens e desvantagens de cada bairro, além de acomodações com excelente custo-benefício.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Faz cinco anos que eu comecei a descobrir a maior metrópole brasileira. Além de visitar amigos e participar de alguns eventos, também passei a explora-la turisticamente. E, mesmo me hospedando na casa de conhecidos algumas vezes, em certas ocasiões acabei buscando por um hostel ou hotel para ficar em São Paulo.

Durante estas idas e vindas à Terra da Garoa, a conheci suficientemente bem para entender quais são os melhores bairros para se hospedar, e quais são as vantagens e desvantagens de cada um deles.

E vai por mim: saber as características de cada região é fundamental para você não se arrepender da localização que escolher – seja em Sampa, ou em qualquer outra grande cidade.

Por isso, se você terá que se hospedar em São Paulo por alguns dias, este post certamente te ajudará. Nele eu vou contar quais as diferenças entre os lugares mais indicados para um viajante ficar, e sugerir opções de hostels e hotéis bem avaliados em cada um deles.

Porém, antes de continuar lendo, já anote esta primeira dica que vale para qualquer bairro que escolher: se você pretende utilizar o transporte público durante sua estadia, fique o mais próximo que puder de uma estação de metrô.

# Melhores bairros para ficar em São Paulo

Para mim, há quatro grandes regiões convenientes para ficar em São Paulo:

» Avenida Paulista e arredores (Consolação, Bela Vista, Augusta)
» Paraíso e Vila Mariana
» Jardins (Jardim Paulista, Jardins e Jardim Europa)
» Vila Madalena e Pinheiros

No mapa abaixo você pode visualizar a localização de cada um destes bairros. Como você pode notar, as duplas Paraíso e Vila Mariana, e Vila Madalena e Pinheiros, são bairros vizinhos. Portanto, no que diz à respeito a localização, suas vantagens e desvantagens são muito parecidas. 

Leia o texto até o final para descobrir os prós e contras de cada região, além de hostels e hotéis que valem a pena ficar hospedado em São Paulo.

No final do post também há dicas para pessoas que estão buscando acomodações perto de aeroportos, estádios de futebol e centros de convenções.

# Avenida Paulista e arredores (Consolação, Bela Vista, Augusta)

A região com maior concentração de hospedagem perto da Avenida Paulista vai da Rua da Consolação até a Rua Pamplona – tanto para o lado do bairro Bela Vista, como para o do Jardim Paulista.

Apenas a ponto de orientação, a Rua Augusta está entre as duas ruas citadas anteriormente. Nesta região você terá as estações Consolação e Trianos Masp (linha verde do metrô) a sua disposição. Outra que também está logo ali é a estação Paulista (linha amarela do metrô), que está interligada a estação Consolação.

Para mim, a maior vantagem de se hospedar por aqui é a localização central – a poucos quilômetros de distância de outros lugares que costumam ser interessante para os turistas.

Além de que, a própria Avenida Paulista possui inúmeras atrações para entretenimento.

No entanto, como tudo tem seu preço, os quartos e lugares para comer tendem a ser mais caros se comparados a outros bairros.

Além disso, durante o dia você também terá a facilidade de ter muitos restaurantes e shoppings a sua disposição. Porém, com exceção dos estabelecimentos da Rua Augusta e arredores, durante a noite as opções são mais limitadas.

onde se hospedar em São Paulo - dicas
Avenida Paulista

Hostels e hotéis perto da Avenida Paulista

Quem curte ficar em albergues a boa notícia é que há boas opções por esta região.

Dois deles que eu já fiquei hospedado e recomendo são os The Hostel Paulista e o Soul Hostel – ambos perto da estação de metrô Trianon Masp. Outro bem avaliado é o Bee W, que ficar próximo à estação de metrô Consolação.

Para quem não abre mão de um hotel, porém, não quer gastar uma fortuna, o Hotel Trianon Paulista, Hotel Paulista Wall Street e o Royal Jardins Boutique têm um ótimo custo- benefício. O Ibis Sao Paulo Paulista também é uma opção conveniente.

Gastando um pouco mais o número de acomodações disponíveis aumenta. O Hotel Feller Avenida Paulista, Mercure Sao Paulo Paulista e o Estanplaza Paulista são hotéis com ótimas avaliações. Já o Maksoud Plaza é um cinco estrelas com tarifas excelentes.

# Paraíso e Vila Mariana

Não muito longe da Avenida Paulista, o bairro do Paraíso é um dos lugares onde eu mais costumo ficar em São Paulo. A sua vizinha, Vila Mariana, também é uma opção interessante e possui características semelhantes.

A região não possui muitas atrações turísticas. No entanto, dependendo de onde for o seu hotel, a caminhada até o Parque do Ibirapuera ou ao Parque da Aclimação não é longa.

Esta é uma zona bastante agitada durante o dia e com endereços certos para sair à noite – como por exemplo, a Rua Joaquim Távora (sentido Ibirapuera), onde há uma infinidade de bares e restaurantes. 

Quem se hospeda nesta região costuma utilizar bastante o metrô, portanto, procure uma hospedagem que seja próximo da estação Paraíso ou Ana Rosa.  Essas duas estações possuem a vantagem de estarem tanto na linha azul, como na verde.

Além disso, outro ponto a favor destes bairros é que as acomodações, de um modo geral, custam menos do que na Avenida Paulista e Jardins.

melhores bairros para ficar em São Paulo
Parque da Aclimação

Hostels e hotéis no Paraíso e Vila Mariana

Próximo da estação de metrô Paraíso os hostels Nomade In Arte e Aki Hostel são os mais bem cotados. Já perto da estação Ana Rosa, o The Hostel Vila Mariana e o Roca Hostel Vila Mariana são muito elogiados.

A oferta de hotéis com bom custo- benefício é grande. O Comfort Nova Paulista, Villa Rosa Hotel e a Pousada Bonita são boas acomodações e não custam muito.

Jardins (Jardim Paulista, Jardins e Jardim Europa)

Quem não conhece São Paulo pode ficar confuso ao tentar escolher um hotel nesta região, já que dependendo da localização ela possui diferentes nomes e características.

O bairro chamado Jardim Paulista é o que está mais próximo da Avenida Paulista. Possui bons hotéis, não está muito distante de estações de metrô e, embora não seja tão movimentado quanto a Avenida Paulista, não é tão tranquilo como os outros Jardins.

Já a zona conhecida como Jardins e Jardim Europa é uma das áreas mais nobres de São Paulo. É tranquila, bonita e, consequentemente, mais cara. Uma boa opção para quem quer se hospedar em hotéis sofisticados, e não faz questão de estar ao lado de estações de metrô.

Alguns pontos de referência são a Avenida Faria Lima e o Parque do Ibirapuera. Vale lembrar ainda que a maior concentração de hotéis está no bairro ao lado, Itaim Bibi – que possui características semelhantes.

Hotéis no Jardins

No Jardim Paulista é possível encontrar alguns hotéis com bom custo- benefício. O Slaviero Executive Jardins, Transamerica Executive e o Golden Tulip são os preferidos de quem se hospeda nesta região.

No Jardim Europa e Itaim Bibi os preços sobem um pouco. Dois cinco estrelas que não costumam decepcionar são o Clarion Faria Lima e o Meliá Jardim Europa.

# Vila Madalena e Pinheiros

Esta é mais uma dupla de bairros vizinhos com ótimas hospedagens para ficar em São Paulo. Neles você encontrará excelentes restaurantes, bares animados e uma vibe pra lá de descontraída.

Além disso, outro ponto a favor é que as acomodações são mais democráticas e atendem diversos tipos de orçamento. Quem estiver em busca de um bom albergue estará muito bem servido por aqui.

Na região ainda há atrações interessantes, como: o Beco do Batman, Beco do Aprendiz, Mercado de Pinheiros, Instituto Tomie Ohtake, a feira da Benedito Calixto (aos sábados), e diversas galerias de arte e fotografia. A Praça do Pôr do Sol, que rende belos entardeceres, também não está muito longe.

Quem for depender do metrô deve buscar por acomodações que sejam próximas das estações Faria Lima e Fradique Coutinho (na linha amarela), ou perto a estação Vila Madalena (linha verde).

são paulo
Beco do Batman

Hostels e hotéis na Vila Madalena e Pinheiros

Aos arredores da estação de metrô Vila Madalena os albergues Viva Hostel Design, Hostel Alice e Café Hostel são boas alternativas. Em Pinheiros, o The Pod SP Hostel & Bar é bem avaliado e está perto da estação de metrô Fradique Coutinho.

Já quem está em busca do conforto e privacidade de um hotel, o Guest Urban e o Golden Tower, ambos em Pinheiros, possuem um ótimo custo-benefício.

# Onde ficar em São Paulo no Carnaval

Faz alguns anos que a busca por onde ficar em São Paulo no carnaval atingiu níveis antes inimagináveis.

A folia na maior cidade do país cresceu, caiu no gosto de paulistas e paulistanos e, atualmente, já atrai multidões de outros estados.

Além disso, outro fato curioso é que muitos viajantes aproveitam para viajar a São Paulo nos pré-carnavais. Isso porque, dessa forma dá para aproveitar as datas oficiais em outros destinos mais tradicionais, ou até mesmo longe dos blocos.

Embora seja uma preocupação compreensível, a verdade é que para ficar em São Paulo no carnaval você deve levar em consideração as mesmas dicas de bairros que já foram mencionadas até então.

Tenha em mente que mais importante do que escolher a sua hospedagem em São Paulo para o carnaval, é selecionar com cuidado quais os melhores blocos para a sua festança.

De um modo geral, há blocos nos principais bairros de São Paulo, sendo que os endereços mais famosos, são: Avenida Faria Lima, Avenida Berrini, Pinheiros, República, Avenida Tiradentes, Ibirapuera, Rua da Consolação e Rua Augusta. Normalmente, os blocos nestas regiões são mega-blocos. Ou seja, são os mais lotados.

Para fugir de grandes multidões, o melhor a fazer é ir para blocos bairristas e mais afastados da área central, como por exemplo, na Vila Romana e na Lapa.

Caso você não saiba em quais blocos irá, e decidirá na hora, considere se hospedar na região do Paraíso e Vila Mariana – próximo das estações de metrô Paraíso e Ana Rosa. Isso porque, assim você ficará perto de duas linhas de metrô (azul e verde) e terá fácil acesso para qualquer canto da cidade.

Para encontrar hotéis para se hospedar em São Paulo no carnaval, clique aqui.

+ Dicas de onde ficar em São Paulo

>>> Perto dos aeroportos

Quem precisar passar a noite em algum hotel ao lado do Aeroporto Internacional de Guarulhos, o novíssimo Sleep Inn Guarulhos possui boas tarifas. Outra opção, no entanto, mais cara, é o Pullman SP Guarulhos Airport.

Perto do Aeroporto de Congonhas o Ibis São Paulo Congonhas e o Aero Hostel Campo Belo são os mais bem cotados.

>>> Perto dos estádios de futebol

Se por algum motivo você precisar se hospedar na região de algum estádio de futebol, aqui vão algumas dicas.

Perto do Allianz Parque, o Plaza Inn American Loft, Allianz Parque Apartment e o Today Hostel são boas opções.

Próximo ao Morumbi, o Jardim Leonor House e o Colonial Hostel estão a pouca distância.

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, conhecido como Pacaembu, está localizado em uma região mais central que os outros dois. Portanto, as opções de hospedagem aos arredores da Avenida Paulista acabam servindo neste caso. Porém, se quiser um hotel mais próximo, o Transamerica Classic Higienópolis fica a menos de quinhentos metros do estádio.

>>> Perto do Expo Center Norte

O Expo Center Norte é um dos centro de convenções mais importantes de São Paulo. Embora ele não esteja na região central, o acesso não é complicado. Como está próximo à estação de metrô/ Rodoviária Tietê, os eventos normalmente disponibilizam transporte gratuito para fazer este deslocamento. Por isso, quem vai aos eventos que acontece neste local acaba ficando em outros bairros.

Ainda assim, se você quiser se hospedar nesta região, o Novotel Center Norte costuma agradar os visistantes.

>>> Berrini

Quem viaja a negócio para São Paulo pode considerar ainda se hospedar na região da Berrini. Como é o lar de muitas empresas, quem tiver compromissos unicamente nesta área evita perder tempo com deslocamento.

O Intercity Berrini, Prodigy Grand Hotel Berrini e o Tryp São Paulo Berrini são opções com bom custo- benefício.

Leia também: 10 hotéis baratos em São Paulo

>>> Fique atento!!!

Apesar de possuir uma grande rede hoteleira, não é raro as acomodações ficarem lotadas em São Paulo. Isso porque, a cidade recebe um enorme número de eventos e, consequentemente, muita gente vêm de outras cidades para estes compromissos – seja a trabalho, estudo ou lazer.

Certa vez eu queria me hospedar em um albergue no bairro Paraíso. No entanto, ao tentar fazer minha reserva em um hostel que sempre fico e ele já estava lotado para as datas que eu desejava. Tentei outros hostels da região e todos estavam igualmente sem vagas. Achei estranho e liguei perguntando a um deles se aconteceria algum evento naqueles dias. Dito e feito. Uma escola daquela zona iria sediar uma das etapas do Campeonato Mundial de Cubo Mágico. Por conta disso, os hostels e hotéis daquela área estavam lotados.

Portanto, se você já tem as datas confirmadas para uma viagem a São Paulo, faça sua reserva o quanto antes.

Caso queira outras opções de lugares para ficar em São Paulo,  clique aqui.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

2 COMENTÁRIOS

    • Oi Greice, tudo bem?

      Que bom que gostou! Não encontrei nenhum bem avaliado por esta região! =[
      Se quiser dar uma olhadinha nas opções disponíveis e ver se te agrada, dá pra filtrar a busca no Booking.com pela região!

      Abraço!

  1. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here