Dicas e roteiros de viagem pela América Latina

Por Murilo Pagani

Como andar de metrô em São Paulo: Guia Indispensável

Me lembro perfeitamente da minha sensação de desespero quando andei pela primeira vez de metrô em São Paulo.

Gente para todo lado, placas de sinalização que eu não entendia – como assim há mais de uma saída no metrô?! – além da incerteza se estava indo na direção correta.

Admito, inclusive, que perdi as contas de quantas vezes entrei no vagão para só depois descobrir que estava indo para o lado oposto do meu destino.

Com o tempo, porém, fui me acostumando a essa corrida maluca que é utilizar o metrô em São Paulo.

Além de já conseguir dar informações e saber quase de cor e salteado quais estações fazem parte de quais linhas, já nem lembro qual foi a última vez que peguei a direção errada do metrô.

Atualmente, o que acontece com mais frequência é eu ficar distraído no vagão e perder a minha estação de descida.

Mas não se preocupe, pois apesar de nos sentirmos um peixe fora d’água quando utilizamos o metrô de São Paulo pela primeira vez, a aventura pode ser divertida e com o tempo nos acostumamos.

E, neste post, eu contarei tudo o que você deve saber para evitar certos inconvenientes.

» Clique aqui para reservar os melhores passeios em São Paulo

# As linhas do metrô em São Paulo

Atualmente há cinco linhas de metrô operando em São Paulo: Linha Azul, Linha Vermelha, Linha Verde, Linha Amarela e Linha Lilás.

Se você consultar o Mapa do Transporte Metropolitano disponibilizado no site oficial do Metrô SP encontrará ainda a Linha Prata. No entanto, trata-se do monotrilho que talvez um dia estará em completo funcionamento e sem improvisos.

Atualização (10/5/2021): O monotrilho já está operando com regularidade e sem grandes mudanças. Aliás, já utilizei algumas vezes.

1- Linha Azul

A Linha Azul do Metrô de São Paulo é a mais antiga da cidade e a que possui o maior número de estações: são 23 paradas distribuídas ao longo de 20 km.

Sendo que nas duas pontas estão a Estação Tucuruvi e a Estação Jabaquara.

Como reflexo da sua importância, a Linha Azul faz conexão com todas as outras linhas do metrô:

» Para ir da Linha Azul para a Linha Vermelha, basta descer na Estação da Sé.

» Para ir da Linha Azul para a Linha Verde, basta descer nas estações Paraíso ou Ana Rosa.

» Da Linha Azul para a Linha Amarela, basta descer na Estação da Luz.

» Para ir da Linha Azul para a Linha Lilás, basta descer na Estação Santa Cruz.

Além disso, a Linha Azul do Metrô de São Paulo também dá acesso a dois terminais de ônibus intermunicipais de cidade: Portuguesa Tietê e Jabaquara.

Para chegar aos terminais rodoviários basta descer nas estações de metrô que levam o mesmo nome.

» Horário de funcionamento da linha azul: Domingo a sexta das 4h40 às 00h06; sábado das 4h40 às 1h00.

» Estações iniciais do percurso: Jabaquara – Tucuruvi.

2- Linha Verde

Para conectar a Vila Prudente a Vila Madalena, a Linha Verde do metrô percorre quase 15 km e realiza 14 paradas. Sendo que em três estações é possível baldear para outras linhas:

» Para ir da Linha Verde para a Linha Azul, desça na Estação Paraíso ou Ana Rosa.

» Para ir da Linha Verde para a Linha Amarela, desça na Estação Consolação.

» Da Linha Verde para a Linha Lilás, desça na Estação Chácara Klabin.

» Horário de funcionamento da linha verde: Domingo a sexta das 4h40 às 00h07; sábado das 4h40 às 1h00.

» Estações iniciais do percurso: Vila Prudente – Vila Madalena.

3- Linha Vermelha

Embora tenha menos estações do que a Linha Azul, a Linha Vermelha ganha em quilômetros percorridos: são 22 km com 18 paradas ao longo do percurso.

Sendo que numa destas estações, no caso, a Palmeiras Barra Funda, é possível acessar o terminal de ônibus intermunicipal de mesmo nome.

A Linha Vermelha faz conexões com outras duas linhas do metrô:

» Para ir da Linha Vermelha para a Linha Amarela, desça na Estação República.

» Para ir da Linha Vermelha para a Linha Azul, desça na Estação da Sé.

» Horário de funcionamento da linha vermelha: Domingo a sexta das 4h40 às 00h19; sábado das 4h40 às 1h00.

» Estações iniciais do percurso: Palmeiras Barra Funda – Corinthians Itaquera.

4- Linha Amarela

Uma das mais recentes linha do metrô de São Paulo, a amarela, percorre quase 13 km e terá um total de 11 estações. Atualmente, ainda falta terminar as obras da Estação Vila Sônia, na zona sudoeste de São Paulo.

Utilizando a Linha Amarela é possível se conectar com outras três linhas de metrô:

» Para ir da Linha Amarela para a Linha Verde, basta descer na Estação Paulista.

» Para ir da Linha Amarela para a Linha Vermelha, basta descer na Estação República.

» Da Linha Amarela para a Linha Azul, basta descer na Estação da Luz.

» Horário de funcionamento da linha amarela: Domingo a sexta das 4h40 às 00h00; sábado das 4h40 às 1h00.

» Estações iniciais do percurso: Luz – São Paulo Morumbi.

5- Linha Lilás

Pouquíssima utilizada pelos turistas, a Linha Lilás do metrô é a terceira maior da cidade: são quase 20 km de extensão com 17 paradas no caminho.

E, desde setembro de 2018, a Linha Lilás se interliga com outras duas estações de metrô:

» Para ir da Linha Lilás para a Linha Azul, desça na estação Santa Cruz.

» Para ir da Linha Lilás para a Linha Verde, desça na Estação Chácara Klabin.

» Horário de funcionamento da linha lilás: Domingo a sexta das 4h40 às 00h00; sábado das 4h40 às 1h00.

» Estações iniciais do percurso: Capão Redondo – Chácara Klabin.

mapa do metrô de São Paulo

Mapa da rede de transporte de São Paulo

» Clique aqui para acessar o mapa do metrô de São Paulo em alta resolução!

# Linhas de trem CPTM

Além dos metrôs, completam a rede de transporte sobre trilhos de São Paulo os trens da CPTM, que possuem um total de sete estações que chegam até municípios relativamente distantes da capital.

Para um turista, a linha da CPTM que costuma ser mais útil é a Esmeralda, que possui paradas em Villa Lobos, Cidade Universitária, Pinheiros, Cidade Jardim, Vila Olímpia, Berrini e Morumbi.

A Linha Esmeralda possui ligação com duas linhas de metrô – lembrando que você não precisa pagar outra passagem para fazer a baldeação!

» Para ir da Linha Esmeralda (CPTM) para a Linha Amarela do metrô, desça na Estação Pinheiros.

» Para ir da Linha Esmeralda (CPTM) para a Linha Lilás do metrô, desça na estação Santo Amaro.

Além disso, a última novidade da CPTM chegou ao final do ano passado, quando a companhia finalmente iniciou as operações do Airport Express, uma linha direta que liga a Estação da Luz ao Aeroporto de Guarulhos.

Apesar de os horários serem limitados, essa é uma maneira de fugir do trânsito para chegar ao principal aeroporto de São Paulo.

Tanto o preço quanto os horários da linha Airport Express são diferentes das demais operações da CPTM:

» Preço do bilhete: R$ 8,60 por trecho.
» Horários sentido Estação da Luz – Aeroporto: 10h, 12h, 14h, 16h e 22h.
» Horários sentido Aeroporto – Estação da Luz: 9h, 11h, 13h, 15h e 21h
» Por enquanto o trem funciona apenas de segunda a sexta.
» Duração do percurso: 35 minutos de trem + 15 minutos de ônibus para chegar aos terminais do aeroporto (o ônibus é gratuito).

dicas metrô em São Paulo

Estação da Luz

Leia também: Como ir de ônibus para o Aeroporto de Guarulhos?

# Quanto custa o metrô em São Paulo?

Atualmente (maio/2021), a passagem do metrô em São Paulo custa R$ 4,40, e pode ser comprada nas bilheterias de cada estação.

Para evitar filas, compre sempre a passagem de ida e volta – ou quantas precisar – de uma única vez.

Tanto para fazer conexões com outras linhas do metrô, ou até mesmo para as linhas de trem da CPTM, não é necessário comprar outra passagem.

# Dicas práticas para usar o metrô em São Paulo

» Se você curte aplicativos, o app Metrô de São Paulo Oficial informa a situação das linhas em tempo real, percursos, tempo de deslocamento e outros detalhes.

Porém, o Google Maps também cumpre este papel com muita eficiência.

» Se acaso você estiver de mochila, não fiquei com ela nas costas quando estiver dentro do vagão.

Primeiro, porque ocupa espaço e atrapalha a circulação de ouros passageiros. E segundo porque é mais fácil de você ter algum objeto furtado sem que perceba.

Apesar de o metrô ser bastante seguro, não custa nada ficar de olho nos seus pertences.

» Fique atento ao último horário do metrô em cada estação. Apesar do horário padrão indicado anteriormente, cada estação possui alguns minutos de diferença quanto a hora do último metro.

Por exemplo, se você pegar o último horário numa estação, mas precisa fazer conexão para seguir viagem, pode ser que ao chegar na estação de interligação não tenha mais metrô disponível.

» Evite andar de metrô em São Paulo nos horários de pico – das 6h30 às 8h30 e das 17hs às 19hs.

» Com exceção de cão guia, é proibido o transporte de animais no metrô de São Paulo.

» Apesar de não ser uma tarefa tão simples, se você estiver de bicicleta é possível transportá-la no metrô. No entanto, tenha certos cuidados:

– Para cruzar a catraca do metrô com a bike solicite ajuda de algum funcionário da estação. Isso porque, o ritual para os ciclistas não é o mesmo que o da população em geral.

– Carregar a magrela nas escadas pode não ser tão simples quanto parece.

– Bicicleta SEMPRE no último vagão do metrô. E espere até que tenha um relativamente vazio.

– O horário para levar bicicletas no metrô é restrito: segunda a sexta a partir das 20h30; sábado a partir das 14hs; domingos e feriados o dia inteiro.

» Nos horários de pico (das 6 às 9 h e das 16 às 19 horas) o metrô realiza o Embarque Preferencial – sempre no primeiro vagão do metrô – para pessoas com deficiência ou restrição de mobilidade, entre as quais idosos, gestantes e pessoas com crianças de colo fazem parte.

linhas do metrô de São Paulo dicas

Estação Sumaré, Linha Verde do metrô

# Dá pra conhecer São Paulo somente usando o metrô?

Apesar das limitações do metrô em São Paulo, que convenhamos, possui uma abrangência muito pequena comparada ao tamanho da cidade, é possível turistar pelos principais pontos turísticos de Sampa utilizando apenas o transporte subterrâneo, ou no máximo, combinando o deslocamento por trilhos com caminhadas de 15-20 minutos.

Confira abaixo quais estações e linhas você pode utilizar para conhecer as atrações da cidade:

Linha Azul

» Estação São Bento: Centro Cultural Banco do Brasil, Mosteiro de São Bento, BM&F Bovespa, Rua 25 de Março, Mercado Municipal, Farol Santander e Edifício Martinelli.

» Estação Liberdade: Bairro da Liberdade.

» Estação Sé: Catedral da Sé, Pátio do Colégio e Caixa Cultural.

Linha Vermelha

» Estação República: Edifício Itália, Galeria do Rock e Theatro Municipal.

» Estação Sé: Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Caixa Cultural e Centro Cultural Banco do Brasil.

» Estação Barra Funda: Memorial da América Latina: Estação Barra Funda.

Linha Verde

» Avenida Paulista: Três estações da linha verde do metrô dão acesso a Avenida Paulista: Consolação, Trianon-MASP e Brigadeiro.

Além destas, a Estação Paulista (linha Amarela), também pode ser utilizada para chegar lá.

» Estação Trianon-MASP: MASP e Parque Trianon.

» Estação Consolação: Rua Augusta, Livraria Cultura do Conjunto Nacional, Instituto Moreira Sales.

» Estação Ana Rosa: Parque Ibirapuera e Museu de Arte Contemporânea (*).

» Estação Brigadeiro: Japan House e Casa das Rosas.

» Estação Sumaré: Beco do Batman (*).

Linha Amarela

» Estação Luz: Pinacoteca do Estado, Memorial da Resistência, Sala São Paulo e Santa Efigênia.

» Estação Paulista: Avenida Paulista e Museu do Futebol (*). 

(*) Estão localizados a aproximadamente quinze minutos de caminhada das estações de metrô indicadas.

3 lugares para se hospedar em São Paulo

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Soul Hostel é uma opção bem avaliada.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Ibis Sao Paulo Paulista tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Estanplaza Paulista.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em São Paulo.

Murilo Pagani
Introvertido de carteirinha com picos de sociabilidade quando necessário ou depois de alguns goles de cerveja. Queria saber escrever bonito, mas cultivo um enorme apego à desculpa de que sou originalmente de exatas para justificar a minha falta de dedicação em combinar as palavras uma depois da outra. Espero que entenda!
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Sandy disse:

Muito bom. Espero que eu consiga me adaptar a rotina que é morar em São Paulo.

Murilo Pagani disse:

Oi, Sandy, tudo bem?

Espero que as dicas de como andar de metrô em São Paulo tenham ajudado.

Abraço

Sandy disse:

Vou me mudar para São Paulo, estou super ansiosa para a viagem, e minha preocupação agora é como sair de um local para outro.
Fé em Deus tudo vai dar certo.

Murilo Pagani disse:

Oi, Sandy, tudo bem?

Que bacana.

No começo parece um pouco confuso, mas rapidinho a gente vai pegando o jeito. hehehe

Abraço

Aline Patrícia dos Santos disse:

Simplesmente amei o post, muito bem explicado e detalhado, me ajudou demais! ❤️

Murilo Pagani disse:

Oi, Aline, tudo bem?

Que bacana.

Fico feliz em saber que as dicas de como andar de metrô em São Paulo te ajudaram.

Abraço

LUIZ PAULO GOTARDO disse:

Obrigado pelas informações, foram expressas de forma extremamente claras, espero não ir pro local errado…kkkkk

Murilo Pagani disse:

Oi, Luiz, tudo bem?

Que bom que gostou das dicas!

Espero que dê tudo certo quando for andar de metrô em SP. hehehe

Abraço

Eleuza Leal disse:

Parabéns pela desenvoltura nas informações e na opção de viver do que te faz bem. E, obrigada pelas informações, super válido ‼️

Murilo Pagani disse:

Oi Eleuza, tudo bem?

Fico feliz em saber que gostou das informações! =)

Abraço