Principais pontos turísticos em São Paulo: Descubra quais são as principais atrações e lugares que você não pode deixar de conhecer numa primeira viagem a Sampa.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Sampa faz parte de um seleto grupo de metrópoles onde existem atrações pra mais de uma vida. Assim como em outros destinos turísticos mais cobiçados, como Londres e Nova Iorque, não faltam pontos turísticos em São Paulo. São tantos lugares para conhecer, que nem mesmo quem mora na cidade consegue dar conta de zerar todas as possibilidades turísticas por estas bandas.

E se por um lado ter tantas opções de lazer é excelente, por outro, a quantidade exorbitante de lugares para conhecer em São Paulo pode dar um nó na cabeça do viajante que está planejando a primeira viagem a SP. Eu mesmo, nas minhas primeiras visitas à capital paulista, sempre ficava confuso na hora de decidir meu itinerário.

Por isso, para te ajudar com esse dilema, neste post eu te contarei quais são os principais pontos turísticos em São Paulo. Porém, lembre-se de que você pode fazer as adaptações que achar necessárias, afinal, nem todos os lugares que serão indicados fazem o estilo de todo viajante. E também, não se esqueça de que a cidade oferece ainda outras centenas de locais que você pode incluir na sua rota.

Leia também: Os melhores bairros para se hospedar em São Paulo

# Principais pontos turísticos em São Paulo

Parques, museus, mirantes, livrarias, arte de rua, cafeterias, bares, restaurantes e feirinhas – tudo isso pode fazer parte da sua viagem a São Paulo. E, neste texto, você encontrará um pouco de tudo.

Na minha opinião, os principais pontos turísticos em São Paulo, são:

1- MASP
2- Avenida Paulista
3- Parque do Ibirapuera
4- Catedral da Sé
5- Theatro Municipal
6- Mercado Municipal
7- Edifício Itália
8- Farol Santander
9- Pinacoteca do Estado
10- Beco do Batman

Para saber mais detalhes de cada um destes lugares basta continuar lendo este texto até o final. Lembrando ainda que as indicações estão listadas aleatoriamente, e não em ordem de preferência.

1- MASP

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, popularmente conhecido como MASP, é um dos cartões postais mais famosos de São Paulo. O que é perfeitamente compreensível, afinal, além da sua arquitetura inconfundível que já chama a atenção de qualquer um que passa pela Avenida Paulista, seu acervo é um dos mais valiosos da América Latina.

Com um projeto da ousada e respeitada arquiteta Lina Bo Bardi, ao longo do seu vão livre de 74 metros e de 4 andares com exposições, você poderá encontrar obras de artistas renomados, como Van Gogh, Monet e Picasso, além dos brasileiros e igualmente talentosos Anita Malfatti, Di Cavalcanti e Candido Portinari.

» Onde: Avenida Paulista, 1578, Bela Vista (a 100 metros da estação Trianon-Masp, linha verde do metrô).

» Horário: Quarta a domingo das 10hs às 18hs; terça das 10hs às 20hs.

» Preço: R$ 35,00 inteira | Estudantes, professores e pessoas com mais de 60 anos R$ 17,00 | Crianças com menos de 11 anos não pagam.

» Entrada gratuita toda terça-feira

pontos turísticos em sp - masp
MASP

Leia também: 11 museus em São Paulo para um roteiro cultural

2- Avenida Paulista

Uma atração com milhares de outras atrações, essa é a Avenida Paulista, um dos principais pontos turísticos em São Paulo e que não deveria ficar de fora de nenhum roteiro pela cidade.

Apesar de ser um símbolo empresarial de Sampa, a Paulista é muito mais que isso. Por lá, não faltam bares, restaurantes, hospitais, museus, universidade, centros culturais e o principal – um jeito próprio de ser e cheio de contrastes.

Alguns lugares que você pode visitar ao longo dos seus quase três quilômetros, são: Livraria Cultura do Conjunto Nacional, Instituto Moreira Sales, MASP, Parque Trianon, Centro Cultural Itaú, Japan House e Casa das Rosas.

Se quiser um pouco de história durante as suas andanças, o pessoal do São Paulo Free Walking Tour tem um roteiro pela Avenida Paulista que acontece nas terças, quintas e sábados, a partir das 15h30 (tour em inglês).

Lembrando também que todos os domingos, das 10hs às 18hs, a Paulista é fechada para o trânsito de carros, e invadida por pedestres que aproveitam para curtir um domingão no maior alto astral.

» Onde: Avenida Paulista (oras!). Três estações da linha verde do metrô dão acesso a Avenida Paulista: Consolação, Trianon-MASP e Brigadeiro. Além destas, a Estação Paulista (linha Amarela), também pode ser utilizada para chegar lá.

Sesc Avenida Paulista
Vista do mirante do Sesc da Avenida Paulista

Leia também: 10 hotéis na Avenida Paulista que valem a pena [Para todos os bolsos]

3- Parque do Ibirapuera

Queridinho por moradores e turistas, o Parque do Ibirapuera é outro ponto turístico em São Paulo que conquista a todos. Não à toa é o parque mais visitado da América Latina – cerca de 14 milhões de pessoas passam por lá todos anos –  e um dos lugares mais fotografados do mundo.

Inaugurado em 1954 em comemoração aos 400 anos da cidade de São Paulo, com projeto paisagístico de Otávio Augusto Teixeira Mendes e arquitetura de ninguém menos do que Oscar Niemeyer, o Parque do Ibirapuera é muito mais do que uma área verde.

Além de ser um ótimo espaço para caminhar, correr e ou simplesmente aproveitar a sua natureza, o parque também possui uma importante função cultural na cidade. Inclusive, meu museu favorito de São Paulo está aí, o Museu Afro Brasil. Além dele, também integram núcleo cultural do parque o Museu de Arte Moderna (MAM), Fundação Bienal, Planetário, Escola de Astrofísica e a famosa Oca do Ibirapuera.

» Onde: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Vila Mariana. (As estações de metrô mais próximas – Brigadeiro e Paraíso – ficam a 2 quilômetros do parque).

» Horário: Diariamente das 5hs à meia-noite.

» Entrada gratuita.

Parque Ibirapuera - Ponto Turístico em São Paulo
Parque Ibirapuera

4- Catedral da Sé

Localizada no centro da cidade, a Catedral Metropolitana de São Paulo, conhecida também como Catedral da Sé, é um dos mais icônicos pontos turísticos em São Paulo.

Inaugurada em 1954, sua construção em estilo neogótico levou quase 40 anos para ser concluída por conta das duas guerras mundiais que aconteceram nesse período, e que prejudicaram a importação de certos materiais.

» Onde: Praça da Sé, s/n , Centro (ao lado da estação Sé, linha vermelha do metrô).

catedral em são paulo
Catedral da Sé

Leia também: 25 dicas do que fazer no centro de São Paulo

5- Theatro Municipal

Com mais de cem anos de história pra contar, o Theatro Municipal de São Paulo começou a ser construído em 1903, para que a cidade enfim pudesse atender as necessidades aristocráticas da época.

No bom português, os endinheirados barões do café daqueles tempos queriam que São Paulo tivesse mais semelhanças com as cidades europeias, como Paris. Nasceu assim, portanto, uma das construções mais emblemáticas, e um dos pontos turísticos em São Paulo que vale super a pena visitar.

Para conhecer esse luxuoso prédio você pode assistir a um dos espetáculos que acontecem por lá – consulte a programação aqui – ou fazer uma visita guiada. Ou se puder, tenha as duas experiências pois elas serão complementares.

As visitas guiadas no Theatro Municipal são gratuitas e acontecem de quarta a sexta-feira (às 11h, 13h, 15h e 17h) e aos sábados (às 14h e 15h). Para participar é preciso comparecer a bilheteria do teatro uma hora antes do início.

» Onde: Praça Ramos De Azevedo, s/n, República (a 500 metros da estação República, linha vermelha do metrô).

Lugares para conhecer em São Paulo - Theatro Municipal
Theatro Municipal

Leia também: Como andar de metrô em São Paulo | Guia indispensável 

6- Mercado Municipal

Pertinho da movimentada Rua 25 de março, outra construção que teve sua origem na época do da “Metrópole do Café” é o Mercado Municipal de São Paulo, ou simplesmente Mercadão.

Apesar de estar ao lado da rua de comércio popular mais famosa do estado, no entanto, os preços dos comes e bebes no Mercadão não são lá dos mais camaradas. Ainda assim, dá pra comer bem sem ir à falência e dar uma baita alegria ao seu estômago.

Além das frutas, hortaliças, cereais e embutidos típicos deste tipo de comércio, o Mercado Municipal dispõem ainda de uma vasta praça de alimentação – dos tradicionais sanduíches de mortadela e pastel de bacalhau, passando por restaurante japonês, picanharia, hamburgueria e até uma unidade do brasileiríssimo especializado em comida nordestina Café Mocotó.

Vá na hora do almoço e você não se arrependerá!

» Onde: Rua Cantareira, 306, Centro (a 500 metros da estação São Bento, linha azul do metrô).

» Horário: Segunda a sábado das 6hs às 18hs; domingo das 6hs às 16hs.

mercado municipal de são paulo
Banca de frutas do Mercado Municipal de São Paulo

7- Edifício Itália

Para ver a cidade do alto, um dos pontos turísticos em São Paulo que cumpre esse papel com maestria é o Edifício Itália. Ou melhor dizendo, o Terraço Itália, afinal, é a partir deste restaurante situado no 41º andar do edifício que se tem acesso ao mirante que oferece uma vista 360 graus de Sampa.

Mas não se preocupe, pois para ter o privilegio desta vista você não precisa gastar algumas centenas de reais neste sofisticado restaurante – a menos que queira, claro! É possível visitar apenas o mirante, que custa R$ 30,00 e dá direito a um drink da casa.

Já se quiser um jantar especial, o Terraço Itália tem um cardápio de dar água na boca que inclui massas, risotos, carnes, aves e peixes. Se preferir, é possível ainda provar o menu degustação, que custa R$ 239,00 por pessoa, e é servido em quatro tempos: entrada, primeiro prato, segundo prato e sobremesa. É recomendável fazer reserva para o jantar.

» Onde: Avenida Ipiranga, 344, Centro (a 200 metros da estação República, linha vermelha do metrô).

» Horário do Mirante: Diariamente das 15hs às 19hs (exceto quando chove).

» Horário do Restaurante: Segunda a quinta das 12hs à meia noite; sexta e sábado das 12hs à 1h; domingo das 12hs às 23hs.

pontos turísticos em São Paulo - mirantes
Vista do Edifício Itália

Leia também: 63 hotéis em São Paulo: Guia definitivo bairro a bairro

8- Farol Santander

Apesar do novo nome, o Farol Santander é um velho conhecido de São Paulo: Edifício Altino Arantes, vulgo Banespão.

Atualmente o terceiro prédio mais alto da cidade, por mais de uma década o edifício que foi inspirado no Empire State Building, de Nova Iorque, ocupou posto de arranha céu mais alto da capital paulista.

Depois de um longo período fechado para reformas, finalmente desde janeiro de 2018 o prédio foi aberto novamente para visitação do público em geral.

Além do mirante situado no 26º andar – que possui também um agradável café – quem vai ao Farol do Santander pode percorrer outros andares do edifício que desde a sua reinauguração possui salas de exposições culturais.

Quando fui, por exemplo, estava em cartaz a mostra “Trem das 11 – Uma viagem pelo mundo de Adoniran”, um relato sobre a vida do grande sambista Adoniran Barbosa.

» Onde: Rua João Brícola, 24, Centro (a 100 metros da estação São Bento, linha azul do metrô).

» Horário: Terça a sábado das 9hs às 20hs; domingo das 9hs às 19hs.

» Preço: R$ 20,00.

Farol Santander, em São Paulo
Vista do mirante do Farol Santander

9- Pinacoteca do Estado

Como não poderia deixar de ser, o museu de arte mais antigo de Sampa não ficaria de fora de uma lista de pontos turísticos em São Paulo. Fundada em 1905, a Pinacoteca do Estado possui um dos acervos mais respeitados do país, e sua atual sede, por si só, já compensa uma visita.

Para deixar seu passeio por esta região ainda mais completo, inclua no seu roteiro uma visita guiada pela Sala São Paulo, que é a sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do País.

» Onde: Praça da Luz, 02, Luz (em frente à estação da Luz, linhas amarela e azul do metrô).

» Horário: Quarta a segunda das 10hs às 17h30.

» Preço: R$ 10,00 inteira | R$ 5,00 estudante | Pessoas com menos de 10 anos ou com mais de 60 anos não pagam entrada.

» Entrada gratuita todos os sábados.

Melhores Pontos Turísticos em São Paulo
Pinacoteca do Estado de São Paulo

10- Beco do Batman

Localizado no animado e descolado bairro da Vila Madalena, o Beco do Batman é um dos lugares mais fotografados da cidade, afinal, seus grafites coloridos criados por talentosos artistas costumam sair bem em qualquer foto.

A galeria a céu aberto que já se tornou parada obrigatória entre a maioria dos turistas é também muitíssimo frequentada pelos próprios moradores de Sampa, tanto porque de tempos em tempos os murais são renovados e dão lugares a novas artes, como pelo fato de que por essa região não faltam bares para alguns drinks sem compromisso.

Para fugir de multidões, vá o mais cedo possível e evite os finais de semana.  No entanto, a verdade é que o Beco do Batman é o tipo de lugar que perde um pouco do encanto quando está completamente vazio.

» Onde: Rua Gonçalo Afonso, Vila Madalena.

grafites em São Paulo - atrações
Beco do Batman

+ Dicas de pontos turísticos em São Paulo

Apesar desses indicados serem, na minha opinião, os principais pontos turísticos em São Paulo, a cidade oferece ainda outras centenas de atrativos.

Para quem curte passar um tempo à toa no parque, o Parque Villa Lobos, Jardim Botânico e o Parque da Aclimação são alguns dos meus parques favoritos em São Paulo. E, para um pôr do sol diferente, vale a pena ir até a Praça do Pôr do Sol.

Além dos museus já indicados, outros que sempre estão nos roteiros culturais da cidade, são: Museu de Arte Contemporânea (MAC USP), Museu da Imigração do Estado de São Paulo (MI), Museu da Imagem e Som (MIS), Museu do Futebol e o Centro Cultural Banco do Brasil.

E, embora não sejam propriamente pontos turísticos de São Paulo, se precisar de uma pausa para um café, vale conferir as delícias do Um Punhado de Dólares (Centro), KOF | King of The Fork (Pinheiros) e Coffee Lab (Vila Madalena).

3 lugares para se hospedar em São Paulo

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Soul Hostel é uma opção bem avaliada.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Ibis Sao Paulo Paulista tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Estanplaza Paulista.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em São Paulo.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here