Melhores museus em Santiago, no Chile: Descubra quais são são os principais museus da cidade e quais deles você deve incluir no seu roteiro cultural pela capital chilena. (Muitos são gratuitos!)
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Prova de que a capital chilena ostenta um dos cenários culturais mais empolgantes da América Latina é a enorme quantidade de museus em Santiago. E, como nem sempre “quanto mais melhor”, a boa notícia é que os museus da maior cidade do Chile também impressionam pela sua qualidade.

Outra boa nova que alegra a vida dos viajantes é que a maior parte deste tipo de atração é gratuita. O que é uma mão na roda – e no bolso – para balancear o orçamento durante as suas férias pelo território chileno,

Para que você possa organizar o seu roteiro pelos museus em Santiago, e decidir quais deles serão prioridades na sua programação, neste texto eu contarei a você quais são as principais casas de cultura da cidade.

Além disso, você também ficará sabendo quais museus são grátis, qual o valor do ingresso daqueles que cobram entrada, e o horário de funcionamento de todos eles.

Leia também: 15 dicas do que fazer em Santiago, no Chile

# Principais museus em Santiago

Já adianto: nem todos os museus em Santiago que serão indicados neste texto são para todos os perfis de viajante. Aliás, apenas um deles eu considero imperdível para todo mundo que visita a capital chilena.

Os demais, no entanto, embora sejam muito organizados e rendam um belo passeio, só deve ser incluído no roteiro por quem se identifica com a proposta e exposições de cada museu em questão.

Os principais museus em Santiago, são:

1- Museo de la Memoria y los Derechos Humanos
2- Museo Chileno de Arte Precolombino
3- Museo de Bellas Artes
4- Museo de Arte Contemporáneo
5- Museo Nacional de Historia Natural
6- Centro Cultural Palacio de la Moneda
7- Centro Cultural Gabriela Mistral

1- Museo de la Memoria y los Derechos Humanos

Se eu tivesse que escolher um único museu para conhecer em Santiago, sem dúvida alguma escolheria visitar o Museo de la Memoria y los Derechos Humanos – o museu que eu mais gostei na capital do Chile e um dos melhores que já visitei na vida.

Além de estar instalado num prédio que apenas a arquitetura por si só já valeria a visita, o Museu da Memória e dos Direito Humanos tem um acervo impecável que consegue nos contar nos mínimos detalhes como foi a Ditadura Militar no Chile.

Como não poderia deixar de ser, as narrativas ainda contemplam o cenário daquela época em toda a América Latina.

Com toda certeza o museu alcança seu objetivo com maestria: não deixar as pessoas se esquecerem desse trágico passado, e fazer com que elas reflitam sobre isso.

» Endereço: Rua Matucana, 501 (Próximo à estação de metrô Quinta Normal, linha verde).

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 10hs às 18hs.

» Preço: Gratuito.

museu da memória em Santiago
Museo de la Memoria y los Derechos Humanos

Leia também: Onde ficar em Santiago, no Chile | Dicas, bairros e hotéis

10 hotéis baratos em Santiago, no Chile

2- Museo Chileno de Arte Precolombino

Pertinho da Plaza de Armas no centro de Santiago, o Museo de Arte Precolombino foi o meu segundo favorito. E, o motivo, é que como poucos museus ele consegue reunir um acervo histórico e artístico de altíssima qualidade.

Reunindo desde artefatos utilizados pelas pessoas no dia a dia – há mais de 4.500 anos – a esculturas enormes que foram construídas por diversos motivos (principalmente religioso), o museu se divide com duas exposições fixas e outras tantas temporárias.

As duas exibições que podem ser visitadas em qualquer época são a “América Precolombina em el Arte”, que nos leva a uma viagem pela história de toda América Latina; e a “Chile antes de Chile”, que foca nas diferenças culturais do próprio país.

É possível ainda fazer uma visita guiada sem nenhum custo adicional que dura cerca de uma hora. Para participar é necessário fazer um agendamento para o dia e horários disponíveis através deste site.

» Endereço: Rua Bandera, 361(Próximo à estação de metrô Plaza de Armas, linhas verde e marrom).

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 10hs às 18hs.

» Preço: CLP 7.000,00 (R$ 42,00).

Museo Chileno de Arte Precolombino
Museo Chileno de Arte Precolombino

3- Museo de Bellas Artes

Localizado no Parque Florestal, pertinho do centro de Santiago, o Museo de Bellas Artes está instalado num imponente edifício cuja arquitetura por si só já renderia uma visita.

E, se a fachada do museu já impressiona, por dentro o acervo faz jus a grandiosidade do local e nos presenteia com exposições caprichadas, focadas, principalmente, em esculturas.

Além de mostras no hall principal do prédio, o museu possui diversas salas com exposições menores. Um lugar que dá pra gastar de duas a três horas sem nem ver o tempo passar.

» Endereço: José Miguel de La Barra, 650, Parque Florestal (Próximo à estação de metrô Bellas Artes, linha verde).

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 10hs às 18h45.

» Preço: Gratuito.

Museo de Bellas Artes
Museo de Bellas Artes

Leia também: 10 lugares baratos para comer em Santiago 

4- Museo de Arte Contemporáneo

O Museo de Arte Contemporáneo de Santiago é uma segunda sede do Museo de Bellas Artes. Embora menor e com menos exposições que o Bellas Artes, o MAC Santiago faz valer o seu estilo e oferece exposições inovadoras.

É um museu que dá pra visitar no mesmo dia que o Museo de la Memoria y los Derechos Humanos e o Museo Nacional de Historia Natural, pois todos eles ficam próximos um do outro.

» Endereço: Avenida Matucana, 464 (Próximo à estação de metrô Quinta Normal, linha verde).

» Horário de funcionamento: Terça a sábado, das 11hs às 19hs | Domingo, das 11hs às 18hs.

» Preço: Gratuito.

5- Museo Nacional de Historia Natural

Com o objetivo de gerar conhecimento e valorizar o patrimônio natural e cultural do Chile, o Museo Nacional de Historia Natural nos leva a uma viagem ao passado através de uma sequência bem montada de exposições cheia de detalhes.

Com mais de dez mostras permanentes, o museu reúne uma série de fósseis, esqueletos e objetos de civilizações antigas. Já as exposições temporárias nos contam sobre os aspectos culturais do povo chileno.

» Endereço: Rua Matucana, 520, dentro do Parque Quinta Normal (Próximo à estação de metrô Quinta Normal, linha verde).

» Horário de funcionamento: Terça a sábado, das 10hs às 17h30 | Domingo, das 11hs às 17h30.

» Preço: Gratuito.

Museo Nacional de Historia Natural
Museo Nacional de Historia Natural

6- Centro Cultural Palacio de la Moneda

Outro museu gratuito em Santiago, o Centro Cultural Palacio de la Moneda é cheio de atrações e rende uma visita prolongada. Principalmente para quem curte exposições com destaque em áudio visual, já que essa é o foco das mostras que há por aqui.

Além das exposições, o Centro Cultural Palacio de la Moneda possui uma agenda mensal com shows, rodas de conversa e exibições de filme. Vale a pena ficar de olho na programação e quem sabe incluir alguma destas atividades no seu roteiro cultural por Santiago. Embora normalmente estes atrativos sejam pagos, a entrada costuma ter um precinho camarada.

» Endereço: Plaza de la Ciudadanía, 26 (Próximo à estação de metrô La Moneda, linha vermelha).

» Horário de funcionamento: Diariamente, das 9hs às 21hs (algumas galerias e atrações podem ter horários mais limitados).

» Preço: Acesso ao centro cultural e exposições, gratuito. Algumas atrações, como cinema, são pagas.

Centro Cultural Palacio de la Moneda
Centro Cultural Palacio de la Moneda

Leia também: Seguro viagem para o Chile | Dicas Indispensáveis

7- Centro Cultural Gabriela Mistral

Com uma programação cultural um tanto diversificada, o Centro Cultural Gabriela Mistral é daqueles lugares cheios de história e que renasceu depois dos tempos da ditadura chilena.

Embora possua poucas exposições permanentes em geral, o local é bem bonito e tem um café gostoso – que pode render uma parada estratégica para quem estiver batendo perna pela região central de Santiago.

Já para quem gosta de espetáculos musicais, dança e teatro, o Centro Cultural Gabriela Mistral é um prato cheio. No entanto, caso queira incluir alguma atração deste tipo no seu roteiro, se organize para comprar o ingresso antecipadamente porque eles costumam se esgotar num piscar de olhos.

Outra maneira de conhecer o local é através de visitas guiadas gratuitas. Porém, é necessário agendar horário e ter um grupo mínimo de seis pessoas.

» Endereço: Avenida Libertador Bernardo O’Higgins, 227 (Próximo à estação de metrô Universidad Católica, linha vermelha).

» Horário de funcionamento: Diariamente, das 8hs às 23hs (algumas galerias e atrações podem ter horários mais limitados).

» Preço: Acesso ao centro cultural e exposições, gratuito. Algumas atrações, como shows, são pagas.

Centro Cultural Gabriela Mistral
Centro Cultural Gabriela Mistral

+ Dicas de museus em Santiago

Saiba que além destes há muitos outros museus em Santiago, no Chile. Caso tenha gostado de algum que não esteja nesta lista, me conta aí nos comentários.

Outros dois que já posso adiantar e que costumam entrar nos planos dos viajantes são a La Chascona e o Museo Interactivo Mirador. O primeiro, trata-se de uma das casas-museus do poeta chileno Pablo Neruda. Já o segundo é um museu interativo que envolve experiências com luz, som e outras peripécias – um programa perfeito pra quem viaja com criança.

3 lugares para se hospedar em Santiago

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Hostal Providencia foi onde eu me hospedei e recomendo de olhos fechados.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o De Blasis B&B tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, o quatro estrelas Hotel Diego de Almagro Providencia é um dos queridinhos entre os brasileiros.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Santiago.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here