Dicas do que fazer em Maragogi, em Alagoas: Descubra quais são os melhores passeios, praias, como organizar um roteiro de 7 dias, o que fazer à noite e com chuva!
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Num primeiro momento pode parecer que há muita coisa para fazer em Maragogi. No entanto, basta um olhar mais atento para perceber que o destino mais queridinho do estado de Alagoas, na realidade, não oferece mil e um passeios para o roteiro.

Isso não quer dizer, porém, que a cidade não mereça duas ou três pernoites das suas férias.

Embora seja possível visitar Maragogi num esquema bate-volta saindo de Maceió – que está a cento e vinte e cinco quilômetros distante – essa parte do litoral alagoano ostenta belas praias que deveriam ser visitadas sem pressa alguma.

Se passeios a serem feitos com agência há basicamente dois, praias para serem visitadas – uma ou duas por dia – há mais de sete.

E, para que você consiga planejar adequadamente o seu roteiro por estas bandas de Alagoas, neste texto eu contarei a você quais as melhores atividades para fazer em Maragogi.

Leia também: Onde ficar em Maragogi | Dicas, praias e pousadas

# O que fazer em Maragogi

A primeira coisa que você deve saber sobre o que fazer em Maragogi, é: se você tem sete dias de viagem, divida a sua estadia em duas cidades.

Ao que você esteja buscando dias relax total, ao melhor estilo cada dia em uma praia, sem nenhuma preocupação em conhecer outros destinos do estado, não faz sentido passar tanto tempo apenas em Maragogi.

Duas ou três noites é o tempo que eu recomendo para curtir tudo o que a região tem para oferecer, sem fazer dos seus dias uma maratona.

Para completar seu roteiro, dedique o restante do tempo em Maceió ou em Porto de Galinhas, destinos que oferecem inúmeros passeios para incluir na sua programação de férias.

1- Visitar as Piscinas Naturais de Maragogi
2- Fazer um passeio de buggy
3- Praias, praias e praias
4- Ver a cidade do alto
5- Conhecer Japaratinga
6- Incluir Maceió na mesma viagem
7- Incluir Porto de Galinhas na mesma viagem

1- Visitar as Piscinas Naturais de Maragogi

A grande estrela de qualquer lista sobre o que fazer em Maragogi são as suas piscinas naturais: Galés, Taocas e Barra Grande.

As três piscinas são muito parecidas, e saber quais delas você realmente irá visitar costuma ser um dilema. No caso, entre as Galés e as Taocas, a dificuldade em distingui-las é ainda maior, porque elas ficam próximas uma da outra.

Em todo caso, visitando apenas uma das piscinas naturais em Maragogi não há necessidade de visitar outras durante a mesma viagem. Um passeio já é mais do que suficiente.

Aliás, fique de olho: não é em qualquer época que você deve fazer este passeio.

Para começar, os tours não acontecem durante a maré alta. E, se você estiver na cidade durante este período, não conseguirá nem mesmo uma embarcação para ir até o local.

Além disso, entre a maré baixa e alta existe um meio termo que eu também evitaria, pois a experiência não será das mais impactantes. Com a maré entre 0,5 e 0,6 diminua as suas expectativas para não se decepcionar.

Isso porque, quanto mais alta a maré, mais fundas ficam as piscinas, mais remexida a água, e, consequentemente, menos cristalina.

Em dias nublados, ou se tiver chovido no dia anterior do seu passeio, o tal Azul Caribe de Maragogi poderá não se mostrar tão caribenho assim.

Lembrando, é claro, que com as condições corretas, esse pedaço mar adentro do litoral de Alagoas é digno de aplausos.

passeio piscinas naturais em Maragogi
Piscinas naturais em Maragogi

Como fazer o passeio pelas piscinas naturais de Maragogi?

No centrinho de Maragogi, diversas agências, hotéis e os próprios barqueiros oferecem o passeio de barco até as piscinas naturais da região.

Durante a alta temporada – de dezembro a fevereiro – o ideal é deixar o passeio reservado com um dia de antecedência. Na baixa, você consegue contratar e embarcar no mesmo dia.

Assim mesmo, caso você decida contratar o passeio no mesmo dia do embarque, descubra antecipadamente qual será o horário de saída daquele dia em questão.

Isso porque, os horários dos passeios sempre variam de acordo com o horário da maré mais baixa do dia.

O passeio dura – em média – de duas a três horas, e custa entre R$ 70,00 e R$ 100,00. A diferença no preço é por causa do tipo de embarcação – lanchas rápidas são mais caras do que catamarãs, por exemplo.

Além disso, alguns serviços adicionais podem ser contratados à parte:

– Aluguel de máscara de snorkel: R$ 15,00
– Sessão de fotos aquáticas: R$ 60,00
– Mergulho com cilindro: R$ 100,00

» Clique aqui para ver preços e reservar os melhores passeios em Maragogi

2- Fazer um passeio de buggy

Para quem estiver sem carro, um bom passeio para fazer em Maragogi é o de buggy, que leva os viajantes a três ou quatro praias da região em apenas um período (uma manhã ou tarde).

Como existem dois itinerários, Praias do Sul e Praias do Norte, se você tiver um dia inteiro disponível e orçamento para investir, dá para fazer as principais praias deste trecho do litoral de Alagoas em apenas um dia.

Cada passeio de buggy tem duração entre três e quatro horas, e custa em média R$ 260,00 para até quatro pessoas.

Ao norte, o itinerário passa pelas praias do Burgalhau, Barra Grande, Antunes, Xaréu e Ponta de Mangue.

Ao sul, os destinos, são: praias de Camacho, São Bento, Japaratinga, Bintigui e Barreiras de Boqueirão.

Assim como o passeio às piscinas naturais de Maragogi, o passeio de buggy pode ser contratado na orla do centro da cidade. Muitas agências, pousadas e bugueiros oferecem este tipo de serviço por lá.

No entanto, antes de fechar negócio combine todos os acertos, como: preço, horário de saída, duração, quais praias irá visitar e o tempo de parada em cada uma delas.

melhores passeios em Maragogi
Orla do centro de Maragogi

3- Praias, praias e praias

Depois de ter feito o passeio de buggy pelas melhores praias de Maragogi, reserve um dia para ficar à toa naquela que você mais gostou.

Normalmente, as praias que mais encantam os viajantes são as que ficam ao norte do centrinho, como por exemplo: Praia do Burgalhau, Praia de Barra Grande, Antunes, Xaréu e Ponta de Mangue.

O pedaço mais movimentado é entre a Praia de Barra Grande e a Praia de Antunes. É neste trecho, inclusive, que há maior concentração de quiosques e barracas improvisadas que fornecem cadeiras, guarda sol, petiscos e bebida gelada.

Mesmo os viajantes que estiverem sem carro próprio, não precisam se preocupar com o deslocamento até estas praias. Isso porque, do centrinho de Maragogi saem vans e micro-ônibus que funcionam como transporte público e vão até estes destinos. A passagem não passa de R$ 5,00.

No entanto, saiba que as conduções não passam de frente para o mar, mas sim, na rodovia paralela praia. Depois de descer no seu destino, será necessário caminhar entre dez e quinze minutos para chegar à areia.

» Passeio de Barco (Praia de Burgalhau + Praia de Barra Grande + Praia de Antunes + Praia da Bruna, por R$ 80,00)

o que fazer em Maragogi em 7 dias
Praia de Antunes
passeios para fazer em Maragogi
Visual entre as praias Peroba e Ponta de Mangue

4- Ver a cidade do alto

O Mirante do Cruzeiro, situado na Pousada Alto do Cruzeiro, oferece as melhores vistas da região central de Maragogi. Portanto, vale a pena reservar um final de tarde para conhecê-lo.

Saindo do burburinho central, dá para chegar na Pousada Alto do Cruzeiro caminhando cerca de quinze minutos. Parte do acesso indicado pelo Google Maps é uma subida esquisita sem pavimentação. Em todo caso, se preferir, ir de Uber ou táxi não custará mais do que R$ 15,00. 

Para acessar o mirante é necessário pagar uma taxa de R$ 5,00.

pontos turísticos em Maragogi
Vista do Mirante do Cruzeiro

Leia também: 10 pousadas baratas em Maragogi

5- Conhecer Japaratinga

Apenas onze quilômetros de Maragogi, Japaratinga é um município que guarda praias tão lindas quanto a sua vizinha mais famosa. A vantagem, é que seus pedaços de areia são muito menos povoados do que as praias de Maragogi.

Ideal para quem está em busca de tranquilidade, dedicar um dia do seu roteiro em Maragogi para visitar Japaratinga será, sem dúvida, uma escolha e tanto.

Para os viajantes que gostam de boa estrutura de frente para o mar, a praia do centro de Japaratinga é a melhor escolha. No entanto, para paisagens mais selvagens, recomendo começar sua jornada na Praia Barreira do Boqueirão, que fica a apenas cinco quilômetros do centro.

o que fazer em Japaratinga
Praia Barreira do Boqueirão

6- Incluir Maceió na mesma viagem

Ao contrário do que possa parecer, há muito mais passeios em Maceió do que programas para fazer em Maragogi. Portanto, um bom roteiro pelo litoral de Alagoas deve contemplar também estadia na capital do estado.

O tempo mínimo que eu recomendo para um itinerário que irá incluir Maceió e Maragogi na mesma viagem é de uma semana. No entanto, para ticar todos os passeios disponíveis em ambas as cidades, o ideal são dez dias.

Além de Maragogi, outros passeios bate-volta saindo de Maceió, são:

– 3 Praias (Praia do Francês + Barra de São Miguel + Praia do Gunga)
– Dunas de Marapé
– Praia Ipioca | Hibiscus Beach Club
– Praia de Paripueira
– Ilha da Crôa | Capitão Nikolas Beach Club
– São Miguel dos Milagres
– Foz do Rio São Francisco e Cânions do Rio São Francisco

Caso você pretenda conhecer estes lugares com os receptivos turísticos da cidade, deverá reservar um dia para cada passeio.

No site da Tour On você encontra mais detalhes e preços de todos estes passeios, pode contratá-los online, e fazer o pagamento parcelado no cartão de crédito.

O que fazer em 7 dias em Maragogi e Maceió

Abaixo uma sugestão de roteiro de sete dias pelo litoral de Alagoas, que divide a estadia em Maragogi e Maceió. No entanto, sinta-se à vontade para fazer as adequações que achar necessário.

Primeiro dia: Chegada em Maragogi

Segundo dia: Piscinas Naturais e Praia de Antunes

Terceiro dia: Passeio de Buggy em Maragogi

Quarto dia: Deslocamento para Maceió + tarde nas praias urbanas de Maceió (Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca)

Quinto dia: Passeio 3 praias (Praia do Francês, Praia de Barra de São Miguel e Praia do Gunga)

Sexto dia: Passeio a Dunas de Marapé ou São Miguel dos Milagres

Sétimo dia: Retorno (Caso seu voo seja somente a noite, ainda dá para fazer algum outro passeio em Maceió)

*** Dica: Para otimizar o seu tempo, alugar um carro é uma excelente ideia para fazer este roteiro em Maragogi. Tenha em mente, porém, que não é obrigatório.

Em caso de estar com um veículo próprio, conheça São Miguel dos Milagres no dia em que for fazer o deslocamento de Maragogi para Maceió, já que São Miguel está entre as duas cidades.

Saia cedo de Maragogi, passe o dia em São Miguel, e no final da tarde siga para Maceió.

Maceió
Orla Urbana de Maceió

Leia também: Como chegar em Maragogi?

7- Incluir Porto de Galinhas na mesma viagem

A oitenta e cinco quilômetros de Maragogi, Porto de Galinhas é um destino pernambucano que combina muito bem num mesmo roteiro junto com a estrela de Alagoas.

Para conseguir fazer os principais passeios nas duas cidades, recomendo que você planeje ao menos sete dias de férias. Descontando os dias de ida e regresso, dedique três dias em Porto de Galinhas e outras quarenta e oito horas em Maragogi.

Alguns passeios para incluir no seu roteiro em Porto de Galinhas, são:

– Passeio de buggy de Ponta a Ponta (principais praias de Porto de Galinhas)
– Praia dos Carneiros
– Praias de Cabo de Santo Agostinho
– Ilha de Santo Aleixo

O passeio de buggy pode ser feito numa manhã ou tarde. No entanto, recomendo o período da tarde para poder termina-lo com um pôr do sol no Pontal de Macaraípe. Já os outros tours, quando feitos com agências, ocupam um dia inteiro do roteiro.

Para ver preços, contratar e fazer o pagamento parcelado dos seus passeios em Porto de Galinhas, consulte o site da Tour On.

O que fazer em 7 dias em Maragogi e Porto de Galinhas

Segue abaixo uma sugestão de como organizar uma viagem de 7 dias entre Maragogi e Porto de Galinhas. No entanto, sinta-se à vontade para fazer as adequações que achar necessário.

Primeiro dia: Chegada em Maragogi

Segundo dia: Piscinas Naturais e Praia de Antunes

Terceiro dia: Passeio de Buggy em Maragogi

Quarto dia: Deslocamento para Porto de Galinhas + tarde na Praia Central de Porto de Galinhas

Quinto dia: Piscinas naturais de Porto de Galinhas + Passeio de Buggy de Ponta a Ponta

Sexto dia: Passeio Praia dos Carneiros

Sétimo dia: Regresso

Como ir de Maragogi para Porto de Galinhas?

Para se locomover entre Maragogi e Porto de Galinhas, ter um carro próprio facilita a vida dos viajantes. Isso porque, não há transporte público direto entre as duas cidades.

Quem não quiser dirigir durante as férias e estiver viajando em grupo, vale a pena tentar negociar a viagem com um taxista ou Uber. Espere gastar cerca de R$ 230,00 pela corrida, podendo ser dividida em até quatro passageiros.

Para os viajantes solos, o melhor custo benefício para fazer este deslocamento é se juntando em algum passeio que saia de Maragogi e tenha como destino final Porto de Galinhas.

Neste caso, ao invés de fazer o tour bate-volta como os outros viajantes, você apenas pega uma carona com o passeio e, chegando lá, abandona o grupo e segue para o seu hotel. Espere gastar em torno de R$ 60,00 para fazer o percurso desta forma.

No entanto, saiba que durante a baixa temporada os passeios de Maragogi para Porto de Galinhas não são diários. Portanto, planeje-se com antecedência e se informe sobre as saídas.

Porto de Galinhas
Centro de Porto de Galinhas

# O que fazer em Maragogi à noite

O melhor programa para fazer em Maragogi à noite é sair para jantar em um bom restaurante, ou simplesmente tomar uma cerveja com porção de petiscos em um quiosque à beira-mar.

A principal concentração de bares e restaurantes em Maragogi é no calçadão da orla do centro, na Avenida Senador Rui Palmeira.

Para gastar pouco, há diversos restaurantes simples que oferecem almoço e jantar self-service sem balança por R$ 15,00.

Outro lugar para comer bem e gastar pouco é na padaria Pães e Cia, que serve pratos executivos e sanduiches que variam entre R$ 12,00 e R$ 17,00.

Na Degutti Cafés e Crepes eu comi uma das melhores tapiocas da vida. Com ambiente discreto e preços acima da média da cidade, lá você encontra tapioca, crepe (R$ 30,00), cuscuz (R$ 18,00), omelete, milk-shake e sobremesas. Está longe de ser o lugar mais baratinho, mas ao menos a minha tapioca (rendada, de camarão, ricota e mussarela, R$19,00), valeu cada centavo.

Com uma variedade enorme de sabores no cardápio, a Pizzaria Regina é um dos restaurantes mais arrumados da cidade e serve boas pizzas (média de R$ 45,00, a grande). Com atendimento rápido e decoração rústica, é um bom lugar para um jantar em família. Além de pizzas, no menu também há crepes, massas, carnes e peixes.

Se quiser um ambiente descolado e com bons hambúrgueres, seu lugar é no Sensei Burguer. Além dos lanches, que custam entre R$ 18,00 e R$ 22,00, o Sensei também serve porções de petiscos (R$ 35,00) e comida japonesa.

o que fazer em Maragogi à noite
Tapioca da Degutti Cafés e Crepes

# O que fazer em Maragogi com chuva

Verdade seja dita: não há muito a ser feito em Maragogi com chuva. Ok, você até pode aproveitar para visitar bares, restaurantes e tentar aproveitar a praia mesmo com tempo ruim.

No entanto, a melhor coisa a ser feita é se programar para viajar a Maragogi durante a época menos chuvosa – que vai de outubro a fevereiro.

Março e setembro são meses de transição e costuma ser uma loteria. Você pode pegar dias de verão, com sol a pino e mar cristalino, como também pode pegar dias de chuva constante. Dá para arriscar, mas, por outro lado, não dá para reclamar se perder um dia de passeio.

Se puder viajar apenas entre abril e agosto, o melhor a ser feito é escolher outro destino. Em Maragogi, chove pra valer nesta época do ano – principalmente nos meses de junho e julho.

Leia também: Quando ir a Maragogi | Clima e melhor época para viajar

# Vale a pena fazer um bate-volta para Maragogi?

Muita gente decide conhecer Maragogi no esquema de passeio bate-volta, saindo de Maceió ou até mesmo de Porto de Galinhas. E, embora eu não seja fã deste tour, não deixa de ser uma possibilidade.

A questão é, que saindo da capital de Alagoas, se gasta ao menos quatro horas na estrada (duas para ir e duas para voltar!). Ou seja, o tempo de aproveitamento nas praias não é tão generoso.

Além disso, você pode sair de Maceió com o sol estralando e, chegar a Maragogi, com o clima não tão bom assim. O que, inevitavelmente, prejudica o passeio às piscinas naturais.

Por falar em passeio, a depender do horário da maré baixa, dá para fazer o passeio até as piscinas naturais e o passeio de buggy por algumas praias. No entanto, fazer os dois num mesmo dia nem sempre e garantido.

Por fim, valer ou não a pena fazer um bate-volta para Maragogi vai mais do perfil de cada viajante.

Eu não faria, até porque há dezenas de passeios em Maceió que rendem uma ótima programação sem precisar investir tanto tempo na estrada.

No entanto, milhares de outros viajantes fazem este tour a cada temporada, e saem satisfeitíssimos com a experiência.

E claro, caso tenha outras dicas do que fazer em Maragogi, me conte aí nos comentários! 🙂

3 lugares para se hospedar em Maragogi

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Maraga Beach Hostel é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Pousada Olho D’água tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Querendo investir em um resort, o Salinas Maragogi é um all inclusive de respeito.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Maragogi.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

13 COMENTÁRIOS

  1. Amei essas dicas. pretendo fazer a viagem porto de galinhas/Maragogi/são miguel e você deu o caminho das pedras que estava procurando! Sensacional!

  2. Olá, legal essas dicas suas. Eu vou agora em 19/03/2020, e ficarei em Maragogi por 7 dias. Porém, aluguei carro e pretendo passear todos os dias nas praias das regiões sul e norte. Só vou sair a noite em Maragogi para andar um pouco e jantar. Suas dicas ficaram bastante adequadas ao meu programa.
    Notei que vc não citou a praia de carneiros. Vale a pena?

    Valeu!

    • Oi Luiz, tudo bem?

      Que bom que gostou das dicas! =)

      Você se refere a Praia dos Carneiros em Pernambuco, certo? Se for, vale a pena sim. É uma praia lindissíma!

      Abraço

    • Estou com viajem marcada e hospedagem reservada para conhecer Maragogi em 6 de agosto. Alguém poderia me informar se os passeios por la estão normalizados ou se já estão por normalizar?

      • Oi Marcelo, tudo bem?

        Acredito que ainda não esteja normalizado não.
        Inclusive, como ainda faltam 2 meses para a sua viagem, é difícil prever como estará a situação até lá.

        O ideal é você tentar contato com alguma agência de passeio, para que ela possa ir te atualizando…

        Abraço

  3. Adorei o post Murilo, conheço bem Maragogi e como tenho casa de veraneio lá não tenho acesso a informações sobre passeios e valores já que fazemos por conta própria. Uma coisa que gostaria de deixar registrado aqui é o perigo que está o Alto do Cruzeiro. recentemente minha irmã foi mostrar o local a um casal de amigos. Ela estava com o marido também e deixaram as bolsas dentro do carro a 50m da entrada da pousada. Era meio-dia, o estacionamento estava cheio de carros, eles ficaram menos de 10 minutos e quando voltaram o carro havia sido arrombado, levaram a bolsa da amiga dela com um tudo dentro (incluindo um iPhone novo) e o celular da minha irmã que estava no porta-luvas (também iPhone). Infelizmente aquela área de Maragogi mudou muito desde quando começamos a frequentar a cidade.

    • Caramba, Cynara, que chato isso, hein?!

      Não fazia ideia que aquela região estava assim. Às vezes, por ser cidade pequena a gente acha que esse tipo de coisa não acontece, né?!
      Muito obrigado pela dica!

      Abraço

  4. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here