Porto de Galinhas e Maragogi são as estrelas de um roteiro de viagem pelos litorais de Pernambuco e Alagoas, respectivamente.

Apesar de já não ser nenhum segredo, estes dois destinos de massa do Nordeste dificilmente desapontam os viajantes em busca de sombra e água fresca de frente para o mar.

Melhor que isso, só fato destes dois lugares se encontrarem a apenas 85 quilômetros um do outro. Ou seja, desde que você tenha tempo disponível, é perfeitamente possível organizar um roteiro de viagem em Porto de Galinhas e Maragogi, durante as mesmas férias.

Por outro lado, para que você de fato consiga aproveitar tudo o que há de melhor por estas bandas do litoral nordestino, é preciso organizar com atenção a logística do seu itinerário. Isso porque, a dinâmica dos passeios e deslocamentos pode fazer com que seu tempo tenha menos valor do que o esperado.

E, para te ajudar a planejar cada detalhe desta viagem, neste texto eu contarei tudo o que você deve saber antes de sair de casa.

# Dicas de viagem a Porto de Galinhas e Maragogi

1- Porto de Galinhas ou Maragogi?
2- Melhor época para viajar
3- Quantos dias passar em Porto de Galinhas e Maragogi?
4- Vale a pena fazer um bate-volta entre Porto de Galinhas e Maragogi?
5- Aeroportos em Porto de Galinhas e Maragogi
6- Alugar carro, passeios ou ônibus?
7- Hospedagem
8- Praias e passeios
9- Roteiros de viagem em Porto de GAlinhas e Maragogi

1- Porto de Galinhas ou Maragogi?

Ainda não sabe exatamente o que esperar de uma viagem a Porto de Galinhas e Maragogi, ou precisa escolher apenas um destino para as suas férias? Se acaso a resposta for sim, não pule esta parte do texto.

Apesar de muitas semelhanças, não é exagero dizer que Porto de Galinhas e Maragogi são diferentes com a mesma intensidade.

Sim, estes dois destinos vão te seduzir com paisagens instagramáveis, passeios à piscinas naturais e muita comida boa para deixar o seu estômago contente.

No entanto, por estar a mais tempo no cenário turístico nacional, Porto de Galinhas te oferecerá uma estrutura e serviços mais desenvolvidos.

Além de maior oferta de bares, restaurantes, hospedagens e agências de turismo, o centrinho de Porto de Galinhas é dona de uma noite movimentada, ao melhor estilo praiano para bater-perna despretensiosamente, e se acomodar para comes e bebes no local que te tirar mais sorrisos durante a andança.

Para a turma que quer se hospedar em um bom resort pé na areia e, de preferência, com sistema de refeição all inclusive, Porto de Galinhas, mais especificamente a Praia de Muro Alto, é o endereço mais adequado.

Além disso, em Porto de Galinhas você terá mais opções de passeios no esquema bate-volta do que em Maragogi.

Por outro lado, as praias de Maragogi, além de mais azuladas, exigem menos tempo na estrada com deslocamentos. Na minha opinião, é ideal para quem gosta de ir e voltar a hora que quiser, mesmo que seja com o transporte público.

Infelizmente, a verdade é que se você só tiver tempo para visitar apenas Porto de Galinhas ou apenas Maragogi, meu melhor conselho é que você escolha na cara ou coroa, e já se organize para visitar o outro destino no verão seguinte.

roteiro Porto de Galinhas e Maragogi
Praia central de Porto de Galinhas
pacote Porto de Galinhas e Maragogi
Praia central de Maragogi

2- Melhor época para viajar

Para realmente aproveitar o seu roteiro entre Porto de Galinhas e Maragogi, essa é a informação mais importante que você precisa para planejar as suas férias.

Sabe aquela água azul-bebê que você certamente viu em alguma campanha publicitária destes destinos, ou até mesmo no perfil do Instagram do seu amigo? Pois bem, sinto lhe informar que ela não está à disposição em qualquer época do ano.

E, mais do que uma pousada ruim ou a comida sem sal de algum restaurante famoso, o que mais vai te decepcionar durante a viagem é ver que a paisagem que você sempre sonhou em conhecer não está exatamente como você viu antes de sair de casa.

Para que isso não aconteça, prefira viajar para Porto de Galinhas e Maragogi entre os meses de outubro e fevereiro. Apesar de ser alta temporada, é o período em que raramente chove, que o sol está a pino e a água do mar cristalina.

Época de chuva em Porto de Galinhas e Maragogi

“Ah, Murilo, mas eu só posso viajar entre abril e agosto. E agora?”.

Sem delongas: escolha outro destino. Ou, se já tiver comprado algum pacote de viagem para estas datas, torça muito, mas com muita vontade mesmo, para conseguir ser a exceção à regra.

Veja bem, não estou dizendo que se você viajar nos meses de abril, maio, junho, julho ou agosto, você enfrentará dilúvios todos os dias. Porém, historicamente, de acordo com os índices pluviométricos divulgados em sites meteorológicos, é neste período em que mais chove em Porto de Galinhas e em Maragogi.

É comum, por exemplo, chover entre 250 mm e 300 mm no mês.

É verdade, porém, que todo este volume de água pode cair durante duas semanas seguidas, e depois dar uma trégua justamente na semana em que você for viajar.

Ou, pode ser que chova todas as manhãs durante 30 dias, mas as tardes serão ensolaradas e você conseguirá aproveitar parcialmente os seus passeios.

Mas é claro, não podemos descartar a possibilidade de a sua viagem ser, infelizmente, entre aquelas duas semanas em que está chovendo todos os dias o dia inteiro.

Ou seja, é impossível acertarmos se vai ou não chover na data da sua viagem, e se você vai conseguir aproveitar os seus dias de descanso na areia.

Outro senão é que, mesmo que os aguaceiros não apareçam enquanto você estiver no Nordeste, é preciso ter em mente que a cor da água não será tão “UaaaaaU” neste período. Portanto, vá preparado para encontrar o mar um pouco mais turvo.

Por fim, dois meses ainda não foram mencionados: março e setembro, que são meses de transição entre os períodos de chuva e seca. De modo geral, é possível aproveitar bastante nesta época do ano.

Aliás, eu mesmo estive em Porto de Galinhas e em Maragogi durante o mês de setembro e gostei da viagem. No entanto, dias nublados ou com chuva pode ser uma realidade no seu roteiro.

Se for viajar nestes meses, recomendo que deixe um dia extra de folga na programação para o caso de perder algum passeio por conta do clima ruim.

melhor época para viajar a Porto de Galinhas e Maragogi
Pôr do sol no Pontal de Maracaípe, em Porto de Galinhas

3- Quantos dias passar em Porto de Galinhas e Maragogi?

O tempo mínimo que eu recomendo para uma viagem a Porto de Galinhas e Maragogi, onde você dividirá a estada nos dois destinos, é de sete dias.

Neste caso, eu ficaria quatro dias em Porto de Galinhas e três dias em Maragogi.

Com menos de uma semana, eu escolheria ficar apenas em Porto de Galinhas.

Caso abrir mão de Maragogi esteja fora de cogitação, você pode otimizar o seu tempo fazendo um passeio bate-volta de Porto de Galinhas até Maragogi.

Com mais de uma semana – a partir de 10 dias – você pode considerar incluir outros destinos no mesmo itinerário, pernoitando, por exemplo, em Recife, São Miguel dos Milagres ou Maceió.

passeios em Porto de Galinhas e Maragogi
Praia Ponta do Mangue, em Maragogi

4- Vale a pena fazer um bate-volta entre Porto de Galinhas e Maragogi?

Uma vez em Porto de Galinhas, basta caminhar uma quadra pelo seu centrinho que você receberá uma enxurrada de ofertas de passeios pela região. E, um dos mais concorridos, é o passeio bate-volta de Porto de Galinhas a Maragogi (R$ 95,00).

Exigindo apenas uma hora e meio de deslocamento na estrada (cada trecho!), o passeio seria perfeitamente viável se não fosse um detalhe: o passeio a Maragogi tem como grande atração as suas piscinas naturais.

“Ué, Murilo, mas são justamente as piscinas naturais que eu quero conhecer!”.

Eu sei, jovem, mas o grande dilema é saber se o sentimento da piscina será reciproco.

Em qualquer canto do Nordeste, os famosos passeios às piscinas naturais são realizados durante a maré baixa, que tem hora marcada para começar e terminar. Isso porque, é neste momento em que a água estará mais cristalina e a diversão será garantida.

O horário da maré baixa não é fixo. Pode ser tanto às 7hs da matina, como também às 19hs.

Portanto, o passeio bate-volta para Maragogi só vai valer a pena se você conseguir chegar na cidade com tempo hábil para ir às piscinas quando a maré estiver no seu momento mais baixa.

De modo geral, as agências em Porto de Galinhas já se organizam para que isso aconteça. Isso significa que é comum, por exemplo, que vans recolham os forasteiros em seus hotéis antes mesmo do sol nascer, talvez, por volta das 5hs da madrugada.

Vale a pena?

Neste caso, depende da sua vontade e da sua disposição.

Porém, se durante a sua viagem a maré baixa for em um horário aceitável, e você consiga chegar em Maragogi para aproveitar o melhor momento do dia, o passeio certamente terá cumprido a função de te levar às famosas piscinas naturais de Maragogi.

Para se tornar mais entendido sobre este assunto, recomendo que leia o textos  “Piscinas naturais: 7 dicas para não perder a viagem”, do blog Viaje na Viagem.

bate-volta de Porto de Galinhas para Maragogi
Piscinas naturais em Maragogi

5- Aeroportos em Porto de Galinhas e Maragogi

Não há aeroportos em Porto de Galinhas e Maragogi. Para chegar nestes destinos, os locais para desembarques aéreos são os aeroportos das capitais de cada estado, Recife e Maceió, respectivamente.

A curiosidade é que para chegar a Maragogi você pode utilizar qualquer um dos dois aeroportos sem ter grandes diferenças na logística do deslocamento.

Isso porque, Maragogi se encontra a 129 quilômetros do Aeroporto Zumbi dos Palmares (em Maceió), e a 123 quilômetros do Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes/ Gilberto Freyre.

Se além de Porto de Galinhas e Maragogi, você também pretende fazer um roteiro pelas capitais Recife e Maceió, um bom plano é comprar a passagem de ida por um aeroporto e a volta por outro.

De modo geral, a passagem pode custar um pouco mais cara com estas condições. No entanto, isso vai agilizar os seus percursos na hora de voltar para casa.

Por exemplo: vamos supor que seu itinerário comece em Maceió e termine em Recife. Se você comprar uma passagem de ida + volta para Maceió, quando terminar a viagem na capital pernambucana precisará viajar mais de 300 quilômetros até a capital de Alagoas para embarcar no seu voo de volta.

Uma vez no aeroporto de cada estado, há várias maneiras de fazer o deslocamento até o seu destino principal.

# Do Aeroporto de Recife para Porto de Galinhas

O Aeroporto Internacional de Recife se encontra a apenas 63 quilômetros de Porto de Galinhas. E, em condições normais de trânsito, o deslocamento entre estes dois destinos deve levar em torno de uma 1h20.

Alugar um carro

Vale a pena. Tanto para fazer este deslocamento, como também para visitar as praias no dia a dia. Espere investir, em média, R$ 100,00 pela diária de um veículo + gasolina.

Para quem viaja sozinho o valor pode ser alto. Mas, tendo com quem dividir as despesas, pode ser mais econômico do que depender de transfers e passeios.

Táxi e Uber do Aeroporto de Recife para Porto de Galinhas

Atualmente, essa opção oferece uma excelente relação preço x conforto. Uma corrida de táxi ou Uber entre o Aeroporto de Recife e Porto de Galinhas custa, em média, R$ 130,00 para até quatro passageiros.

Na área de desembarque do aeroporto há balcões de atendimentos de táxis oficiais que funcionam 24 horas.

Se já quiser deixar tudo acertado antes de sair de casa, duas cooperativas que oferecem bons serviços são a Rádio Táxi Ipojuca e a Coopstar. Aliás, se acaso precisar, essa última também possui veículos que acomodam cinco ou seis passageiros.

Se preferir ir de Uber, você pode solicitar o seu veículo através do aplicativo quando chegar em Recife. Durante o dia é bem fácil conseguir um motorista que faça este deslocamento. No entanto, se seu voo for tarde da noite ou de madrugada, recomendo reservar um táxi antecipadamente.

Transfers do Aeroporto de Recife para Porto de Galinhas

Para quem for viajar sozinho, o transfer compartilhado é uma alternativa para economizar alguns reais com este deslocamento e, ainda assim, sem precisar sacolejar no transporte público.

O pormenor é que estes transfers costumam ter horários específicos de saída do aeroporto. Ou seja, dependendo do caso, você pode tomar um chá e cadeira por alguns minutos.

A empresa Luck Receptivo oferece este serviço, e custa R$ 90,00 por pessoa. Para mais informações, clique aqui.

Ônibus do Aeroporto de Recife para Porto de Galinhas

Dá para ir de ônibus do aeroporto de Recife para Porto de Galinhas gastando menos de R$ 30,00 por pessoa.

A empresa Viação Vera Cruz disponibiliza duas linhas – a 191 e a 195 – que passam pelo aeroporto e vão até o destino praiano.

A melhor linha é a 195, pois faz um caminho que costuma ser mais rápido, tem ar-condicionado e bagageiro externo. Já na linha 191 o pinga-pinga é maior (o 195 também faz paradas, mas menos!) e o conforto diminui consideravelmente.

Os ônibus passam dentro do próprio aeroporto, e o ponto é no canteiro central da saída A4.

Os ônibus saem de hora em hora, a viagem leva cerca de duas horas (com a linha 195 é um pouco menos) e a passagem custa em torno de R$ 25,00.

Como Porto de Galinhas não tem rodoviária convencional, o desembarque é ao lado do Supermercado Soberano, que fica na entrada da praia e grudado no centrinho de Porto. Dependendo de onde estiver sua pousada, dá para ir andando.

# Do Aeroporto de Recife para Maragogi

O Aeroporto Internacional de Recife se encontra a apenas 125 quilômetros de Maragogi. E, em condições normais de trânsito, o deslocamento entre estes dois destinos deve levar em torno de 2h30.

Alugar um carro

Vale a pena. Tanto para fazer este deslocamento, como também para visitar as praias no dia a dia. Espere investir, em média, R$ 100,00 pela diária de um veículo + gasolina.

Para quem viaja sozinho o valor pode ser alto. Mas, tendo com quem dividir as despesas, pode ser mais econômico do que depender de transfers e passeios.

Táxi e Uber do Aeroporto de Recife para Maragogi

Essa opção oferece uma boa relação preço x conforto. Uma corrida de táxi entre Aeroporto de Recife e Maragogi custa entre R$ 250,00 e R$ 300,00, para até quatro passageiros.

Na área de desembarque do aeroporto há balcões de atendimentos de táxis oficiais que funcionam 24 horas. No entanto, para este deslocamento, recomendo você deixar reservado antes de sair de casa.

Duas empresas que prestam serviço de taxi entre o Aeroporto de Recife e Maragogi são a Rádio Táxi Ipojuca e a Coopstar.

Sobre fazer este deslocamento de Uber, é bastante complicado conseguir um motorista que aceite essa corrida. Portanto, eu não arriscaria.

Transfers do Aeroporto de Recife para Maragogi

Para quem for viajar sozinho, o transfer compartilhado é uma alternativa para economizar alguns reais com este deslocamento e, ainda assim, sem precisar sacolejar no transporte público.

O pormenor é que estes transfers costumam ter horários específicos de saída do aeroporto. Ou seja, dependendo do caso, você pode tomar um chá e cadeira por alguns minutos.

A empresa Tropicana Turismo oferece este serviço, e custa R$ 100,00 por pessoa.

Ônibus do Aeroporto de Recife para Maragogi

Melhor evitar, pois não há ônibus direto entre o aeroporto de Recife e Maragogi.

# Do Aeroporto de Maceió para Maragogi

O Aeroporto de Maceió se encontra a 129 quilômetros de Maragogi. E, em condições normais de trânsito, o deslocamento entre estes dois destinos deve levar em torno de duas horas.

Alugar um carro

Vale a pena. Tanto para fazer este deslocamento, como também para visitar as praias no dia a dia. Espere investir, em média, R$ 100,00 pela diária de um veículo + gasolina.

Para quem viaja sozinho o valor pode ser alto. Mas, tendo com quem dividir as despesas, pode ser mais econômico do que depender de transfers e passeios.

Táxi e Uber entre o Aeroporto de Maceió e Maragogi

Essa opção oferece uma boa relação preço x conforto. Uma corrida de táxi entre Aeroporto de Maceió e Maragogi custa entre R$ 250,00 e R$ 300,00, para até quatro passageiros.

Algumas empresas oferecem transfers privativos, que basicamente terá a mesma função e o mesmo custo de um táxi.

Sobre fazer este deslocamento de Uber, não é tão simples encontrar um motorista que aceite a corrida – principalmente em horários menos favoráveis. Como o preço é muito semelhante aos táxis ou transfers privativos, eu já deixaria agendado com alguma empresa antes de sair de casa. (Logo abaixo há indicação de empresa de transfer!)

Transfers entre o Aeroporto de Maceió e Maragogi

Transfers compartilhados ou privativos são uma alternativa para economizar alguns reais com este deslocamento e, ainda assim, sem precisar sacolejar no transporte público.

O pormenor é que estes transfers compartilhados costumam ter horários específicos de saída do aeroporto. Ou seja, dependendo do caso, você pode precisar tomar um chá e cadeira por alguns minutos.

Por outro lado, os serviços privativos funcionam de acordo com o seu horário de chegada.

A empresa Tropicana Turismo oferece este serviço, e custa R$ 100,00 por pessoa.

Ônibus entre o Aeroporto de Maceió e Maragogi

Não há ônibus entre o Aeroporto de Maceió e Maragogi.

O transporte intermunicipal entre estes dois destinos é realizado em vans, e as partidas são da rodoviária de Maceió.

Ou seja, o viajante que quiser chegar a Maragogi de ônibus, precisará ir do aeroporto para a rodoviária, e depois seguir viagem de van.

Toda essa dinâmica te exigirá ao menos cinco horas na estrada, pois as vans são ao melhor estilo pinga-pinga e, portanto, lentas. Sendo assim, na minha opinião, vale mais a pena contratar o serviço de transfer compartilhado indicado acima.

aeroportos em Porto de Galinhas e Maragogi
Vans que fazem o percurso Maceió x Maragogi

# Distância entre Porto de Galinhas e Maragogi

A distância entre Porto de Galinhas e Maragogi é de apenas 85 quilômetros.

Se você estiver com um carro próprio, fazer este deslocamento será bastante simples e você gastará menos de duas horas.

De Maragogi para Porto de Galinhas

Por outro lado, se você pretende fazer esta viagem com o transporte público, as notícias não são boas: você precisará pegar três vans e irá perder cerca de cinco horas na estrada.

 Se a grana estiver curta e o tempo sobrando, anote a rota:

– Maragogi x Peroba

– Peroba x Barreiros

– Barreiros x Porto de Galinhas

No meu caso, eu optei em fazer o deslocamento entre Maragogi e Porto de Galinhas de outra forma e preferi “pegar carona” com um passeio bate-volta. Ou seja, contratei um tour que iria até Porto de Galinhas e, ao invés de fazer o passeio, apenas utilizei o serviço como translado.

No entanto, tenha em mente que o desembarque é em algum local que não saia da rota do passeio. Como fiquei hospedado no centrinho de Porto de Galinhas, desci super perto do meu hostel.

Não menos importante, atente-se de que na baixa temporada não há passeios todos os dias desde Maragogi para Porto de Galinhas. Vale se informar com alguma agência para não correr o risco de ficar na mão.

Fiz este deslocamento com a empresa Costazul (de Maragogi), custou R$ 60,00 e demorou aproximadamente uma hora e meia.

De Porto de Galinhas para Maragogi

Para ir de Porto de Galinhas para Maragogi as opções são basicamente as mesmas mencionadas no sentido inverso.

Porém, neste caso, há uma vantagem: a oferta de passeios bate-volta de Porto de Galinhas para Maragogi é muito maior do que na direção contrária.

Além disso, é mais fácil você conseguir algum motorista de táxi ou Uber que aceite a corrida para este deslocamento. A corrida deve custar entre R$ 150,00 e R$ 200,00 para até quatro passageiros.

6- Alugar carro, passeios ou ônibus?

Sem delongas: a melhor maneira de se locomover durante um roteiro de viagem em Porto de Galinhas e Maragogi é com um carro próprio.

Além de ser útil para fazer os deslocamentos entre aeroporto x pousada, um veículo te dará uma autonomia inestimável para conhecer as praias da região.

Se essa for uma real possibilidade para você, não pense duas vezes.

Na outra ponta, depender do transporte público para viajar por essa parte do litoral nordestino não é um bom plano. Isso porque, os lugares mais lindos costumam estar afastados das áreas centrais, quase não há transporte direto entre dois destinos e o pinga-pinga durante o percurso é interminável.

Ainda assim, se você não pode ou não gosta de dirigir, fique tranquilo porque nem tudo está perdido. Aliás, eu me enquadro nesta situação e consegui aproveitar bastante a minha viagem.

Como bons destinos de massa que são, o que não falta em Porto de Galinhas e em Maragogi são agências de passeios que levam os forasteiros para os melhores pedaços de areia do litoral de Pernambuco e Alagoas.

Apesar de ter algumas desvantagens, esses tours guiados funcionam muito bem e cumprem sua função oferecendo um bom custo-benefício.

No tópico número 8 deste texto você encontrará mais detalhes sobre os passeios disponíveis na região.

viagem a Porto de Galinhas e Maragogi
Praia dos Carneiros, a 52 quilômetros de Porto de Galinhas

7- Hospedagem

Seja em Porto de Galinhas ou em Maragogi, você encontrará acomodações de diversas categorias para a sua estada.

De modo geral, se hospedar na área central de ambos os destinos é uma boa ideia – principalmente para quem não estiver com um carro próprio. Isso porque, é no burburinho central que você encontrará maior oferta de bares, restaurantes, agências e outras facilidades para o dia a dia.

Ou seja, ao se hospedar no centro de Porto de Galinhas e Maragogi, você poderá fazer tudo a pé, e ainda terá a logística mais ágil.

Em todo caso, se você estiver buscando mais tranquilidade, ou estará de carro, há outras vizinhanças para se hospedar.

Em Porto de Galinhas, a Praia de Muro Alto é o melhor local para ficar em resorts, e a Praia de Maracaípe é ideal para quem gosta de um astral mais descontraído e sem muvuca.

No caso de Maragogi, fora do centro você encontrará boas acomodações na Praia de Barra Grande e na Praia de Antunes.

Hotéis e pousadas em Porto de Galinhas

Na Praia de Muro Alto, os resorts Samoa Beach e Summerville Beach possuem boa reputação e tarifas com bom custo-benefício.

Se preferir se hospedar na área central de Porto de Galinhas, sem precisar ir à falência, a Pousada Recanto do Amanhecer e a Pousada Porto de Amigos fazem a linha boa, bonita e barata, e possuem ótima localização.

Querendo investir em uma acomodação mais elegante, mas, ainda assim, com preços realistas, recomendo consultar as suítes da Pousada Portomares e da Charme da Vila.

Ou, se acaso preferir, clique aqui e encontre outros lugares para ficar em Porto de Galinhas.

férias em Porto de Galinhas
Centrinho turístico de Porto de Galinhas

Hotéis e pousadas em Maragogi

Minha estada em Maragogi foi no Maraga Beach Hostel e eu tive uma excelente experiência. Se você está em busca de um albergue, eu nem me daria ao trabalho de continuar a pesquisa.

Por outro lado, se você prefere se instalar em uma pousada mais convencional, minhas sugestões são a Pousada Concha Dourada e a Pousada Olho D’água. Ambas estão no centro de Maragogi, perto de tudo e de todos, e oferecem ótima relação preço x conforto.

Para fugir do centro e se isolar em uma vizinhança mais sossegada – e em ambientes mais estrelados – a Village Miramar e a Pousada Rangai são excelentes opções na Praia de Antunes.

Por fim, se acaso preferir, clique aqui e encontre outros lugares para ficar em Maragogi.

8- Praias e passeios

É incontestável: as praias são as grandes atrações de uma viagem a Porto de Galinhas e Maragogi. E claro, nesta mesma categoria, podemos incluir também as piscinas naturais.

Uma vez hospedado no centrinho de Porto de Galinhas ou de Maragogi, é preciso se deslocar alguns quilômetros para visitar os cenários mais bonitos do pedaço. E, se acaso, você não estiver de carro, terá que se render a passeios guiados.

# Como funcionam os passeios em Porto de Galinhas e em Maragogi?

De modo geral, os passeios em Porto de Galinhas e em Maragogi são basicamente um meio de transporte para chegar aos lugares mais afastados da área central.

Via de regra, algumas características, são:

– Transporte é feito em van ou micro-ônibus.

– Busca e leva todos os passageiros em seus respectivos hotéis.

– É em grupo, portanto, não é você quem escolhe quem irá passar o dia contigo.

– Tem acompanhamento de um guia durante todo o tour.

– O passeio tem um destino principal, onde você passará mais tempo. Mas ao longo do percurso pode ter paradas menores em atrativos secundários.

– Uma vez chegado ao destino principal, os viajantes são convidados a se acomodarem no bar/restaurante/beach club parceiro da agência.

– Refeições são pagas à parte e não estão incluídas no passeio.

– Salvo poucas exceções, como passeio às piscinas naturais e passeio de buggy, os tours costumam durar o dia inteiro.

– Você pode contratar seu passeio quando chegar ao destino ou antecipadamente. Contratando no dia em que chegar na cidade, às vezes dá para conseguir algum desconto na conversa presencial – principalmente se estiver viajando em grupo.

Além disso, você pode observar como estará o clima para ir se organizando mais adequadamente. Aliás, isso é bastante benéfico em passeios que envolvem piscinas naturais.

Por outro lado, contratando o passeio antes de sair de casa você já deixa o seu roteiro organizado e não precisa perder tempo durante as férias. O que é ideal para quem está com os dias contados.

No meu caso, eu não tenho uma regra fixa. Dependendo da viagem ou contrato antes, e, às vezes, reservo na hora mesmo.

piscinas naturais Porto de Galinhas e Maragogi
Praia do centro de Porto de Galinhas

# Passeios em Porto de Galinhas

Não necessariamente você precisa fazer passeios guiados para aproveitar a sua viagem a Porto de Galinhas. Porém, se fizer, conhecerá mais lugares durante as férias.

Ao se hospedar no centro de Porto de Galinhas, você consegue curtir o banho de mar na praia central, e até mesmo fazer o passeio até as piscinas naturais.

O passeio às piscinas naturais de Porto de Galinhas acontece durante a maré baixa, e você compra o passeio na Associação dos Jangadeiros no próprio centrinho de Porto. Reserve em torno de três horas para a atividade.

Passeio de buggy em Porto de Galinhas

É um dos melhores passeios para fazer em Porto de Galinhas e leva os viajantes para terem um panorama geral das praias vizinhas ao centro.

Não necessariamente você precisa fazer o passeio para visitá-las, afinal, as praias não ficam tão distantes. No entanto, será mais prático conhecê-las dessa maneira em apenas uma manhã ou tarde, para depois voltar apenas naquelas que você mais gostar.

As praias visitadas neste tour, são: Praia de Muro Alto (9 km do centro), Praia do Cupe (7 km do centro) e Pontal de Maracaípe (4,5 km do centro).

Em cada uma destas praias haverá uma parada para banho de aproximadamente 45 minutos.

Na minha opinião, o melhor o horário para fazer este passeio é à tarde, finalizando o dia com o pôr do sol no Pontal de Maracaípe.

» Reservar passeio de Buggy para até 4 pessoas (R$ 350,00)

agências em Porto de Galinhas e Maragogi
Passeio de buggy em Porto de Galinhas

Praia dos Carneiros

Localizada no município de Tamandaré, aproximadamente 60 quilômetros de Porto de Galinhas, a Praia dos Carneiros é um dos lugares mais cobiçados do litoral pernambucano.

O que é compreensível: com mar esverdeado, água mansinha e belos coqueiros, o visual é daqueles que impressiona o mais exigente dos viajantes. Além disso, é por lá que fica a famosa Capela de São Benedito, aquela de frente para o mar e que vira e mexe pipoca nas redes sociais.

Toda e qualquer agência oferece este passeio em Porto de Galinhas. Em média, custa R$ 100,00 por pessoa e, além do transporte até a praia, inclui um passeio de barco pela região.

O ponto de apoio costuma ser o famoso e lotado Restaurante Bora Bora, que tem boa estrutura e, além de cobrar entrada de R$ 20,00 por pessoa, tem preços salgados.

 Apenas para você ter uma noção dos preços e se planejar: prato individual, R$ 65,00; prato para duas pessoas, R$ 150,00; drinks, R$ 20,00; cerveja long-neck, R$ 10,00, porções, R$ 60,00.

O Bora Bora está localizado a mais ou menos 20 minutos de caminhada da Capela de São Benedito. No entanto, durante o passeio de barco que já está incluído no tour das agências, há uma parada de quinze minutos neste trecho da praia.

Até há outros restaurantes e quiosques na Praia dos Carneiros, mas não espere nada muito mais econômico. O alívio para o bolso dos viajantes que estão com o orçamento apertado são os ambulantes que ficam na areia.

Ir de ônibus por conta por conta própria no esquema bate-volta, saindo de Porto de Galinhas, não é viável.

» Reservar passeio para a Praia dos Carneiros (R$ 105,00)

praias em Porto de Galinhas e Maragogi
Praia dos Carneiros

Outros passeios em Porto de Galinhas

O passeio de buggy e o tour para a Praia dos Carneiros foram os meus dois favoritos em Porto de Galinhas.

Porém, é claro, com mais tempo você pode incluir outras atividades na sua programação.

Uma boa pedida é passar um dia na Praia de Maracaípe, que fica a menos de cinco quilômetros do centro de Porto de Galinhas.

Por fim, outras opções de bate-volta, são:

Passeio para Maragogi (R$ 100,00 por pessoa)

Bate-volta com city tour em Recife e Olinda (R$ 95,00 por pessoa)

Praia do Gravatá (R$ 95,00 por pessoa)

Praia de Guadalupe com opcional a Ilha de Santo Aleixo (R$ 80,00 por pessoa)

Passeio para Cabo de Santo Agostinho (R$ 195,00 por pessoa)

Lembrando que cada um destes passeios ocupará um dia inteiro do seu roteiro de viagem em Porto de Galinhas.

pacote de viagem a Porto de Galinhas
Praia de Maracaípe, a menos de 5 quilômetros do centro de Porto de Galinhas

# Passeios em Maragogi

A carta de passeios para fazer em Maragogi é menos extensa do que em Porto de Galinhas. Ao menos no sentido de tour bate-volta para fazer com agências. Ainda assim, saiba que há muito o que explorar por conta própria.

Piscinas naturais de Maragogi

O principal ponto de partida para visitar as famosas piscinas naturais de Maragogi é a praia central da cidade. É desta área que saem a maior parte das embarcações rumo à este pedaço do céu em alto mar.

As piscinas mais famosas são Galés, Taocas e Barra Grande. Como há um revezamento de visita entre elas para controlar o número de visitantes e não danificar os corais, é pouco provável que nós mesmo escolhemos quais delas conhecer durante o passeio.

Em todo caso, na minha opinião, as três são lindíssimas e indo somente à uma delas já está de bom tamanho.

O passeio para ir àquele cenário paradisíaco que fez a fama da cidade acontece somente durante a maré baixa. Ou seja, não há um horário fixo em que ele acontece diariamente.

O tour completo dura entre duas e três horas e custa entre R$ 70,00 e R$ 100,00.

Para contratar o passeio, basta caminhar pela orla da praia central de Maragogi que você encontrará dezenas de agências e guias oferecendo este serviço. No meu caso, fechei o tour no hostel em que estava hospedado, o Maraga Beach Hostel.

Praias de Maragogi

Para quem estiver com um carro próprio será muito fácil visitar as praias de Maragogi e, até mesmo, em municípios vizinhos.

Se não for o seu caso, um bom plano é fazer o passeio de buggy. Isso porque, dessa forma você conseguirá visitar três ou quatro praias em apenas uma manhã ou tarde – algo que seria inviável dependendo do transporte público.

dois roteiros de passeio de buggy em Maragogi: praias do sul e praias do norte. Ambos duram cerca de quatro horas, custam entre R$ 250,00 e R$ 300,00 para até quatro passageiros, e podem ser contratados na orla do centro da cidade.

Ao norte, o itinerário passa pelas praias do Burgalhau, Barra Grande, Antunes, Xaréu e Ponta de Mangue.

Ao sul, os destinos, são: praias de Camacho, São Bento, Japaratinga, Bintigui e Barreiras de Boqueirão.

Se você não faz questão de conhecer tantos pedaços de areia em um único dia, dá para ir com o transporte público até alguma delas e baixar acampamento naquela que preferir. As vans públicas saem do centrinho de Maragogi, e a passagem dificilmente custará mais de R$ 6,00.

distância entre Porto de Galinhas e Maragogi
Praia de Antunes, em Maragogi

Outros passeios em Maragogi

Você pode também incluir outros destinos no seu roteiro de viagem a Maragogi, como por exemplo, Japaratinga e São Miguel dos Milagres.

Para quem estiver de carro, dá para fazer o bate-volta por conta própria, afinal, Japaratinga se encontra a apenas 11 quilômetros de Maragogi, e São Miguel dos Milagres a 50 quilômetros.

Aliás, indo com seu próprio veículo você terá o grande benefício de parar nos lugares que desejar.

Em Japaratinga, minha recomendação é que você comece o passeio em Porto de Pedras, e vá seguindo viagem voltando para o centro da cidade, fazendo paradas em Barreira do Boqueirão, Praia de Bitingui e a praia do centro.

Quando for a São Miguel dos Milagres, visite a Praia do Patacho, Praia da Laje, Praia de São Miguel dos Milagres e a Praia do Marceneiro.

Infelizmente, se você fizer os passeios com as agências de turismo não será possível cumprir esse itinerário a risca. Isso porque, cada empresa já tem a sua própria programação e não há tempo hábil para visitar todos estes locais. Porém, o passeio continua valendo a pena.

Duas agências em Maragogi que oferecem estes passeios – e alguns outros – são a Costazul Turismo e a Tropicana turismo.

– Bate-volta para São Miguel dos Milagres (R$ 70,00 por pessoa)

– Passeio à Praia dos Carneiros (R$ 70,00 por pessoa)

– Bate-volta para Porto de Galinhas (R$ 70,00 por pessoa)

Lembrando que cada um destes passeios ocupará um dia inteiro do seu roteiro de viagem em Maragogi.

roteiro em Maragogi
Praia Barreira do Boqueirão, em Japaratinga

9- Roteiros de viagem em Porto de Galinhas e Maragogi

Indicarei abaixo algumas sugestões de roteiros em Porto de Galinhas e Maragogi. Porém, é claro, sinta-se à vontade para fazer as alterações necessárias para que ele atenda à sua realidade.

Roteiro de 4 dias em Porto de Galinhas

Primeiro dia: Voo e deslocamento até Porto de Galinhas. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Muro Alto, Praia de Maracaípe ou Praia do Centro).

Segundo dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Terceiro dia: Bate-volta à Praia dos Carneiros.

Quarto dia: Regresso. Se tiver tempo antes de ir para o aeroporto, aproveite para visitar alguma praia que não tenha dado tempo.

*** Se tiver mais um dia, você pode aproveitar para fazer o bate-volta a Maragogi, ou para outro local que desejar.

Roteiro de 4 dias em Maragogi

Primeiro dia: Voo e deslocamento até Maragogi. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Barra Grande ou Praia de Antunes).

Segundo dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Terceiro dia: Bate-volta a São Miguel dos Milagres.

Quarto dia: Regresso. Se tiver tempo antes de ir para o aeroporto, aproveite para visitar alguma praia que não tenha dado tempo.

*** Se tiver mais um dia, você pode aproveitar para fazer o bate-volta à Praia dos Carneiros, ou para outro local que desejar.

Roteiro de 7 dias em Porto de Galinhas e Maragogi

Com uma semana você já consegue dividir a estada entre as duas cidades. Vou indicar a ordem começando em Porto de Galinhas, mas se você iniciar em Maragogi basta inverter a sequência.

Primeiro dia: Voo e deslocamento até Porto de Galinhas. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Muro Alto, Praia de Maracaípe ou Praia do Centro)

Segundo dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Terceiro dia: Dia livre em Porto de Galinhas

Lembre-se que há vários passeios que você pode fazer neste dia. Basta escolher àquele que te parecer mais bacana!

Quarto dia: Bate-volta à Praia dos Carneiros.

Quinto dia: Deslocamento para Maragogi. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Barra Grande ou Praia de Antunes)

Sexto dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Sétimo dia: Regresso. Se tiver tempo antes de ir para o aeroporto, aproveite para visitar alguma praia que não tenha dado tempo.

*** Se você estiver com um carro próprio, saiba pode ganhar um dia extra na sua programação. Para isso, basta visitar a Praia dos Carneiros no mesmo dia em que você estiver indo para Maragogi.

Saia cedo de Porto de Galinhas rumo a Carneiros, passe o dia por lá, e depois siga viagem até Maragogi.

Roteiro de 10 dias em Porto de Galinhas e Maragogi

Primeiro dia: Voo e deslocamento até Porto de Galinhas. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Muro Alto, Praia de Maracaípe ou Praia do Centro)

Segundo dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Terceiro dia: Dia livre em Porto de Galinhas.

Lembre-se que há vários passeios que você pode fazer neste dia. Basta escolher àquele que te parecer mais bacana.

Quarto dia: Passeio bate-volta para Recife e Olinda.

Quinto dia: Bate-volta à Praia dos Carneiros.

Sexto dia: Deslocamento para Maragogi. Se sobrar tempo, aproveite o restante do dia em alguma praia próxima da sua acomodação. (Praia de Barra Grande ou Praia de Antunes)

Sétimo dia: Piscinas naturais e passeio de buggy.

A ordem dos passeios será definida pela maré, afinal, você precisará acompanha-la na hora de ir às piscinas.

O cenário ideal seria fazer às piscinas pela manhã, e o passeio de buggy à tarde.

Oitavo dia: Passeio bate-volta para São Miguel dos Milagres.

Nono dia: Passeio bate-volta para Japaratinga.

Décimo dia: Regresso. Se tiver tempo antes de ir para o aeroporto, aproveite para visitar alguma praia que não tenha dado tempo.

*** Se você estiver com um carro próprio, pode ganhar um dia extra na sua programação. Para isso, basta visitar a Praia dos Carneiros no mesmo dia em que você estiver indo para Maragogi.

Saia cedo de Porto de Galinhas rumo a Carneiros, passe o dia por lá, e depois siga viagem até Maragogi.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

24 COMENTÁRIOS

  1. Oi Murilo, Tudo bem?

    Amei as suas dicas!
    Eu e uma amiga passaremos 15 dias entre Pernambuco e Alagoas. E aprendemos muito por aqui!
    Precisamos fazer o deslocamento entre Porto de Galinhas e Maragogi, gostei da sua dica de “pegar carona” com um passeio bate-volta.
    Mas estaremos com 2 malas de 23 kg. Saberia me informar se eles acham isso um problema?

    Obrigada!

    • Oi, Aline, tudo bem?

      Que bacana!

      Depende da empresa e da lotação do passeio. Por isso, o ideal é consultar a própria agência.

      No meu caso, eu não tive nenhum problema (mas estava com apenas uma mochila cargueira de 70 litros).

      Espero que dê certo!

      Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here