Melhores passeios em Porto de Galinhas, no litoral de Pernambuco. Descubra o que fazer durante sua viagem, como organizar um roteiro de 5 dias e quais lugares você não pode deixar de conhecer.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Acordar descansado, tomar um belo café da manhã na pousada e ir caminhando até uma praia bacana. Essa rotina, embora deliciosa, nem sempre condiz com a realidade sobre o que fazer em Porto de Galinhas, em Pernambuco.

Não me entenda mal. Essa até pode – e deveria – ser a sua programação por alguns dias. No entanto, saiba que há muitos passeios para fazer por estas bandas do território pernambucano. E, a maioria, inclui deslocamentos até municípios vizinhos. O que, consequentemente, nos exige acordar tão cedo quanto num dia qualquer.

Por esse motivo, a primeira dica que deixo, é: se além de explorar a região você também quer ter dias de descanso e de completo ócio, reserve ao menos 5 dias para conseguir dar conta de fazer em Porto de Galinhas tudo o que há de melhor.

Caso não tenha todo este tempo disponível, a viagem continua valendo a pena. No entanto, tenha em mente que será necessário fazer algumas dolorosas escolhas na hora de organizar o roteiro.

Leia também: 10 pousadas baratas em Porto de Galinhas

# Passeios para fazer em Porto de Galinhas

Em alguns destes passeios para fazer em Porto de Galinhas será necessário contratar algum tipo de serviço terceirizado. É o caso do passeio de buggy, passeio até as piscinas naturais e mergulho com cilindro. No centrinho da vila há diversas agências que ficam oferecendo incansavelmente estes tours, portanto, é bem fácil fechar negócio lá na hora.

Já para conhecer praias mais afastadas, como Praia dos Carneiros ou as praias do Cabo de Santo Agostinho, há duas opções: alugar um carro e visita-las por conta própria, ou se juntar em alguma excursão no esquema bate-volta.

Quem opta pelo carro tem mais flexibilidade de horário, rota e pode sair mais em conta – caso esteja viajando em grupo, por exemplo. Já quem vai de excursão normalmente conhece mais gente e pode beber bons drinks sem ter que eleger um motorista da rodada, porém, fica preso a uma programação pré-definida.

Como estava viajando sozinho e não gosto de dirigir, fiz todos os passeios em Porto de Galinhas com tours fechados. Contratei com a empresa Maracatur e não tive nenhum problema, tudo ocorreu como o esperado.

As sete dicas de passeios para fazer em Porto de Galinhas que você encontrará neste post, são:

1- Passeio de buggy Ponta a Ponta
2- Piscinas Naturais de Porto de Galinhas
3- Passeio para a Praia dos Carneiros
4- Passeio para Praia de Calhetas
5- Ver o pôr do sol no Pontal de Maracaípe
6- Curtir um dia de praia
7- Mergulho com cilindro

tours em Porto de Galinhas
Praia de Maracaípe

1- Passeio de buggy Ponta a Ponta

O passeio mais tradicional em Porto de Galinhas é o de Buggy de Ponta a Ponta. Como tour passa por diversas praias relativamente próximas da vila, é a melhor atração para fazer assim que chegar por lá.

Tanto o preço, quanto o itinerário a ser seguido e a duração do passeio, podem sofrer pequenas variações de bugueiro para bugueiro. Via de regra, a aventura dura cerca de cinco horas e custa R$ 300,00 – preço a ser dividido em até quatro pessoas. Caso esteja sozinho, converse com algum bugueiro e explique a situação, pois ele certamente conseguirá te encaixar em algum veículo com outras pessoas.

Embora o sol esteja a pino, na minha opinião, o melhor horário para o passeio de buggy é à tarde. Isso porque, dessa forma é possível finalizar o tour assistindo o pôr do sol no Pontal de Maracaípe.

Outras praias que fazem parte do itinerário são a Praia de Muro Alto – famosa por abrigar os melhores resorts em Porto de Galinhase a Praia do Cupe, onde em cada uma delas há parada para banho de aproximadamente uma hora.

Em Maracaípe também há uma parada, mas apenas para fotos em meio aos coqueirais da região. O ritual é o seguinte: comprando uma água de coco (R$ 5,00), ganha-se uma foto área tirada com seu próprio celular. A curiosidade? O clique é tirado por uma pessoa que fica pendura no coqueiro.

passeio de buggy em Porto de Galinhas
A tradicional foto durante o passeio de buggy em Porto de Galinhas

2- Piscinas Naturais de Porto de Galinhas (Será?!)

É o lugar mais famoso para conhecer em Porto de Galinhas e por isso está nesta lista. No entanto, não apenas as piscinas naturais de Porto de Galinhas, como as do Nordeste como um todo, me pareceram super-estimadas.

Incontestável: a água mansa e cristalina (na época certa!) forma um cenário digno de cartão postal.

Por outro lado, a prática de alimentar os peixinhos coloridos não é exatamente a atitude mais ecológica que existe. É claro que há muitos fatores a serem considerados neste contexto das piscinas naturais e que na teoria até existe uma preocupação com o meio ambiente. Inclusive, há restrição quanto à área em que os viajantes podem visitar!

No entanto, na prática, durante a minha experiência, a impressão que ficou é que nem todas as recomendações são cumpridas – tanto por parte dos viajantes como também pelos barqueiros e guias em geral.

Além disso, se analisarmos apenas do ponto de vista de entretenimento, não seria exagero considerar o passeio uma pequena furada – principalmente na alta temporada. O motivo? Superlotação! Especialmente nas piscinas de Porto de Galinhas, é muita gente para pouco espaço na água.

Caso não queira abrir mão deste passeio, saiba que ele acontece somente quando a maré está baixa, as jangadas saem do trecho de praia do centro da vila, e o preço é R$ 30,00 por pessoa. Você compra o ingresso num guichê da Associação dos Jangadeiros, que fica em frente ao local onde as jangadas ficam atracadas.

passeio pelas piscinas naturais em Porto de Galinhas
Jangadas que vão até às piscinas naturais em Porto de Galinhas

3- Passeio para a Praia dos Carneiros

Localizada no município de Tamandaré, a aproximadamente sessenta quilômetros de Porto de Galinhas, a Praia dos Carneiros é um dos lugares mais cobiçados do litoral pernambucano.

O que é compreensível: com mar esverdeado, água mansinha e belos coqueiros, o visual é daqueles que impressiona o mais exigente dos viajantes. Além disso, é por lá que fica a famosa Igreja de São Benedito, aquela de frente para o mar e que vira e mexe pipoca nas redes sociais.

Toda e qualquer agência oferece este passeio em Porto de Galinhas. Em média, custa R$ 80,00 por pessoa e, além do transporte até a praia, inclui um passeio de barco pela região.

O ponto de apoio costuma ser o famoso e lotado Restaurante Bora Bora, que tem boa estrutura e, além de cobrar entrada de R$ 20,00 por pessoa, tem preços salgados. Apenas para você ter uma noção dos preços e se planejar: prato individual, R$ 65,00; prato para duas pessoas, R$ 150,00; drinks, R$ 20,00; cerveja long-neck, R$ 10,00, porções, R$ 60,00.

O Bora Bora está localizado a mais ou menos vinte minutos de caminhada da Capela de São Benedito. No entanto, durante o passeio de barco que já está incluído no tour das agências, há uma parada de quinze minutos neste trecho da praia.

Até há outros restaurantes e quiosques na Praia dos Carneiros, mas não espere nada muito mais econômico. O alívio para o bolso dos viajantes que estão com o orçamento apertado são os ambulantes que ficam na areia.

Quem estiver de carro próprio, além de mais liberdade ao longo do dia, também tem a conveniência de escolher em qual barraca ficar. As meninas do blog Estrangeiras, por exemplo, ficaram no Beijupirá, mais discreto e elegante que o Bora Bora, e adoraram a experiência.

Ir de ônibus por conta por conta própria no esquema bate-volta, saindo de Porto de Galinhas, não é viável.

Praia dos Carneiros - Pernambuco
Praia dos Carneiros
Bora Bora - Praia dos Carneiros
Restaurante Bora Bora

4- Passeio para Praia de Calhetas

Outro passeio para fazer em Porto de Galinhas, no mesmo esquema bate-volta, é até a Praia de Calhetas. Localizada no município de Cabo de Santo Agostinho, Calhetas é apenas uma das paradas deste tour que as agências vendem a R$ 70,00 por pessoa.

O dia começa com um banho de argila em Itapuama. Pelo sim ou pelo não, custa apenas R$ 10,00 passar um pouco de barro no corpo e torcer para ficar com a pele mais bonita.

Em seguida, a aventura segue para alguns mirantes das praias de Cabo de Santo Agostinho e passa também pela histórica vila de Nazaré.

A parada para almoço depende do passeio. No meu caso, o grupo optou por fazer no Bar do Doido, que tem um espaço bastante modesto e simpático de frente para um rio.  Só depois fomos para a Praia da Calhetas e passamos o restante do dia por lá.

Embora pequena e com areia concorrida, a Praia da Calhetas é bonita e de fato merece a visita. Talvez, mais impressionante do que a praia propriamente dita, é a vista do mirante durante o caminho.

Até pouco tempo atrás uma das atrações de Calhetas era uma tirolesa que passava sobre o mar. Atualmente (novembro/2019), no entanto, a diversão está suspensa e não há previsão de retorno.

Mais uma vez: quem estiver de carro consegue fazer este itinerário por conta própria, sem depender das excursões das agências.

Praia da Calhetas - Cabo de Santo Agostinho
Praia da Calheteas

5- Ver o pôr do sol no Pontal de Maracaípe

A sete quilômetros do centrinho de Porto de Galinhas, o Pontal de Maracaípe é local de onde se tem o pôr do sol mais especial destas bandas de Pernambuco. Além disso, o visual do encontro do rio com o mar, por si só, já valeria o passeio.

Uma boa pedida para chegar lá no final da tarde é começar o passeio de buggy de Ponta a Ponta depois do almoço, ter como primeira parada a Praia de Muro Alto, e a última no Pontal de Maracaípe.

Se quiser ir por conta própria, há vans que funcionam como transporte público que vão do centrinho de Porto de Galinhas até a Praia de Maracaípe. De lá, é só andar cerca de vinte minutos pela própria praia (para a direita, quando olhando de frete para o mar).

Pontal de Maracaípe
Pôr do sol no Pontal de Maracaípe

6- Curtir um dia de praia

Sabe a tal rotina de acordar a hora que quiser, tomar um belo café da manhã e ficar à toa na praia? Reserve ao menos um dia para fazer isso em Porto de Galinhas. Há várias praias bacanas para esse dia de glória.

Se estiver hospedado no centrinho de Porto de Galinhas, a própria praia da vila já rende um belo dia de frente para o mar e tem ainda uma ótima estrutura de quiosques. O mar mais calmo, no entanto, está na Praia de Muro Alto, a aproximadamente dez quilômetros do burburinho central.

Com uma pegada mais rústica e normalmente menos lotada, a Praia de Maracaípe foi a minha favorita. No entanto, está longe de ser a melhor para os banhistas, já que o mar é bem agitado. Não à toa, é o point de surf da região.

lugares para conhecer em Porto de Galinhas
Praia da vila, no centrinho de Porto de Galinhas

Leia também: Melhores praias e bairros para ficar em Porto de Galinhas

7- Mergulho com cilindro

Para quem nunca mergulhou com cilindro, saiba que dá para ter essa experiência em Porto de Galinhas.

Os mergulhos acontecem a pouco mais de duzentos metros da costa, quando a maré está baixa, e a profundidade varia de quatro a seis metros.

O passeio custa em torno de R$ 100,00 por pessoa, sendo que algumas agências já incluem fotos neste valor. Outras, no entanto, cobram à parte por este serviço.

Antes do mergulho em alta profundidade, que costuma durar trinta minutos, os viajantes passam cerca de vinte minutos em adaptação num local mais raso.

Tenha em mente, porém, que para quem já mergulho em outros lugares com uma vida marinha mais diversa, o mergulho em Porto de Galinhas talvez não seja tão interessante.

# O que fazer em Porto de Galinhas a noite

A melhor noite em Porto de Galinhas é no centrinho da vila. Por melhor, entenda que é a região mais movimentada, não que necessariamente haverá baladas até o raiar do dia (diferente em Pipa!).

Há muitos restaurantes e bares, alguns, inclusive, com música ao vivo. No entanto, para quem gosta de esticar a noite as opções são limitadas. Um dos lugares mais animados é o Giroskka-Bar, que fica de frente para a praia bem no fervo central.

Além disso, atualmente o centro está com um pequeno palco onde aos finais de semana, por volta das 21hs, tem apresentações musicais com algumas bandas locais.

Caso tenha mais dicas do que fazer a noite em Porto de Galinhas, por favor, comente no final do texto! 🙂

o que fazer em Porto de Galinhas a noite - dicas
Centro de Porto de Galinhas

# O que fazer em Porto de Galinhas com chuva

Sejamos realistas: não há muito o que fazer em Porto de Galinhas com chuva.

Este é um destino de praia e a grande atração é o mar. Por isso, é importante se planejar para não viajar durante a época mais chuvosa, que é de abril a agosto.

A melhor pedida para estes dias é apostar em gastar seu tempo em bons restaurantes e cafés.

A boa notícia, no entanto, é que mesmo quando um dia amanhece chuvoso, principalmente nos meses de março, agosto e setembro, que são períodos de transição das estações, não é raro abrir um baita sol quando São Pedro dá uma trégua.

Em alguns passeios eu estava completamente frustrado por sair debaixo de chuva e, quando chegamos ao destino, o tempo firmou. Embora a água do mar não esteja cristalina nestes dias, não é um dia completamente perdido.

o que fazer em Porto de Galinhas com chuva
Comer, comer e comer. Uma das melhores coisas para fazer nos dias de chuva em Porto de Galinhas!

# Roteiro de 5 dias em Porto de Galinhas

O tempo mínimo que eu recomendo para uma viagem a Porto de Galinhas é de cinco dias, já contando os dias de ida e volta. No entanto, saiba que com uma semana você conseguirá fazer um roteiro bem mais completo, sem deixar nenhum grande passeio de fora da programação.

Dia 1: Chegada em Porto de Galinha

Dia 2: Manhã na Praia de Porto de Galinhas e a tarde Passeio de Buggy de Ponta a Ponta

Dia 3: Bate-volta para Praia dos Carneiros

Dia 4: Dia livre para voltar à praia que mais gostou durante o passeio de buggy

Dia 5: Retorno

Dependendo do horário de chegada e partida, você pode incluir alguma atividade nestes dias.

Chegando de manhã, por exemplo, você pode fazer o passeio de buggy a tarde. Neste caso, como o “Dia 2” estará livre, você pode fazer o passeio até as praias de Cabo de Santo Agostinho.

roteiro de 5 dias em Porto de Galinhas
Pontal do Cupe, uma das paradas durante o passeio de buggy!

+ Dicas de passeios em Porto de Galinhas

Com mais tempo para um roteiro em Porto de Galinhas, dá para incluir outros destinos na programação.

» Outro passeio no mesmo esquema bate-volta, por praias de Pernambuco, é o tour até a Ilha de Santo Aleixo (R$ 100,00).

» Embora não seja a melhor maneira de visitar Recife e Olinda, saiba que há passeios que saem de Porto de Galinhas que levam os viajantes aos principais pontos turísticos destas cidades num único dia (R$ 70,00). No entanto, para mim, o ideal é passar ao menos três noites em Recife.

» A menos de noventa quilômetros de Porto de Galinhas, Maragogi, que fica no estado de Alagoas, é outro destino que se encaixa neste perfil: há passeios no esquema bate-volta (R$ 110,00), mas o lugar é melhor aproveitado quando se passa três noites por lá.

» Caso tenha ficado com alguma dúvida ou tenha outras dicas do que fazer em Porto de Galinhas, me conta aí nos comentários!

3 lugares para se hospedar em Porto de Galinhas

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Porto de Galinhas Hostel é uma das opções mais bem cotadas da cidade.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, a Charme da Vila Suítes tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Querendo investir em um resort, o Samoa Beach Resort tem ótima avaliação e preços realistas.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Porto de Galinhas.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here