O que fazer em Valparaíso e em Viña del Mar, no Chile: Melhores passeios, atrações, praias e pontos turísticos nestes destinos do litoral chileno.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

“Nossa, mas tem tanta coisa assim pra fazer em Valparaíso e Viña del Mar?”, me perguntavam três em cada três brasileiros que encontrei no Chile, quando comentava que passei três dias inteiros nesta parte do litoral chileno. E, a verdade, é que depende.

Sim. É possível conhecer as principais atrações destas cidades num corridíssimo esquema bate-volta desde Santiago. No entanto, há certas experiências que eu prezo bastante durante uma viagem, que não seria possível de vivenciar se eu não passasse alguns dias por estas bandas.

Perambular sem rumo e nem hora pra voltar pelos becos coloridos de Valparaíso, descobrir bares baratos e com bebidas de procedência duvidosa, além de aproveitar um fim de tarde descompromissado na beira do Pacífico, são coisas que eu não teria feito se tivesse optado pelo tradicional passeio de um dia desde a capital do Chile.

E, se você também gosta de aproveitar ao máximo cada destino que visita, a minha dica é que você reserve ao menos duas noites do seu roteiro para estas cidades. E não precisa se preocupar se terá tantos lugares assim para conhecer, pois, neste post, eu te direi tudo o que você não pode deixar de fazer em Valparaíso e em Viña del Mar.

Tenho certeza que depois de ler estas dicas até o final, você provavelmente estará pensando que três dias inteiros, talvez nem seja tanto tempo assim.

Leia também: Onde ficar em Valparaíso | Dicas, bairros e hotéis

# Dicas do que fazer em Valparaíso

A primeira dica sobre o que fazer em Valparaíso, é: esqueça as praias. Caso você também vá a Viña del Mar, deixe pra finalmente conhecer o Oceano Pacífico por lá, que está a menos de dez quilômetros de Valpo – o apelido carinhoso para Valparaíso.

Por aqui, aproveite todo seu o seu tempo para mergulhar na história, arquitetura e gastronomia das dezenas de cerros que envolvem o cenário local.

1- Fazer um Free Walking Tour

De porto mais importante do Pacífico a desastres naturais que arruinaram a cidade, passando pelo seu renascimento através, principalmente, do turismo. A história de Valparaíso é cheia de detalhes que vão muito além das fachadas coloridas das suas construções.

E, uma das melhores maneiras para aprender sobre parte do seu passado e entender a sua dinâmica atual, é através de um divertido Free Walking Tour – àquele passeio que tem em várias cidades do mundo, baseado em contribuição ($$$) voluntária no final do tour.

Há mais de uma empresa que oferece esse programa em Valparaíso. Fiz com o pessoal da Tour4Tips e gostei bastante. Aliás, há tempos que não conhecia uma guia tão animada.

Eles oferecem dois roteiros diferentes, um de manhã (início às 10hs) e outro à tarde (início às 15hs), sendo o primeiro por lugares alternativos e o segundo pelos clássicos imperdíveis. Fiz o segundo e foi uma ótima forma de começar minha visita em Valparaíso.

Pra quem interessar, a Tour4Tips também tem um passeio no mesmo esquema em Viña del Mar, que começa às 15hs.

Para participar de qualquer uma destas atividades é necessário fazer sua reserva através do site oficial da empresa.

Free Walking Tour em Valparaíso
Vista de Valparaíso durante o Free Walking Tour

2- Tirar muitas fotos de arte de rua

Uma das melhores coisas para fazer em Valparaíso é deixar se levar pelo colorido da cidade, sem rumo e sem pressa. Para isso, reserve uma manhã ou uma tarde para explorar as ruelas enfeitadas do Cerro Concepción e Cerro Alegre – estas duas colinas são as mais turísticas de Valpo, e onde não faltam murais grafitados.

Não deixe de incluir no seu itinerário lugares como a Escalera Fischer, Paseo Yugoslavo, Paseo Atkinson, Paseo Gervasoni e a Pasaje Gálvez. Além de muita arte de rua, você terá vistas panorâmicas de Valparaíso.

principais pontos turísticos em Valparaíso grafite em Valparaíso - dicas

arte de rua em Valparaíso

3- Conhecer uma das casas do poeta Pablo Neruda

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1971, o poeta chileno Pablo Neruda é, possivelmente, uma das personalidades mais emblemáticas do país. Como se não bastasse toda sua história e talento com as palavras, Neruda tinha ainda interesse por outros tipos de arte, e isso se refletia na decoração das suas casas e no seu estilo de vida.

Não à toa, hoje em dia as casas de Neruda são verdadeiras relíquias históricas sobre o poeta, que se transformaram também em famosos pontos turísticos no Chile.

Uma destas moradias de Pablo Neruda se encontra em Valparaíso, e, se você se interessa pelo trabalho e pela vida de Ricardo Eliécer Neftalí Reyes Basoalto – o nome de batismo de Neruda – você não pode deixar de visitar La Sebastiana, como é chamada a sua casa.

As visitas são áudio-guiadas e duram em torno de uma hora. Além de conhecer o interior da casa, quando estiver na La Sebastiana você terá ainda uma baita vista da baía de Valparaíso.

Você pode conhecê-la de terça a domingo, das 10hs às 18hs, e a entrada custa CLP 7.000,00 (aproximadamente R$ 40,00). Se possível chegue cedo, pois costuma ter fila – principalmente aos finais de semana.

casa de Pablo Neruda em Valparaíso
La Sebastiana

4- Brindar na Avenida Ecuador

Pergunte a qualquer morador de Santiago do que ele mais gosta em Valparaíso, e a resposta será praticamente unanime: dos preços baixos para curtir a noite. E, de fato, se comparamos com a capital chilena, ou até mesmo com Viña del Mar, as biritas em Valparaíso são bem mais em conta.  

Para aproveitar a noite, uma das ruas mais movimentadas da cidade é a Avenida Ecuador. Embora não esteja exatamente no burburinho turístico – cerca de quinze minutos andando – vale a pena passar por lá depois que o sol se por.

Não espere um ambiente requintado. O que há por lá, na realidade, é oposto disso. Bares com mesinhas na calçada e promoções de happy-hour dominam o espaço.

Dentre as dezenas de lugares que você pode escolher para se sentar, nos dois dias em que estive por lá optei pelo mesmo ambiente: Barmacia Pub. Provavelmente não seja o melhor, mas foi um dos mais baratos que encontrei para uma cerveja ou chope.

Avenida Ecuador em Valparaíso
Avenida Ecuador

# Dicas do que fazer em Viña del Mar

Apenas dez quilômetros separam Valparaíso de Viña del Mar, no entanto, as diferenças entres estas cidades são gigantes.

Enquanto Valparaíso tem construções antigas, ruas coloridas e é um pouco bagunçada, Viña del Mar ostenta prédios novos, avenidas largas e uma organização invejável.

Para que você não deixe nenhuma atração da cidade de fora da sua programação, confira a seguir o que há de melhor para fazer em Viña del Mar.

5- Mergulhar no Oceano Pacífico

O tão sonhado e gelado mergulho no mar do Pacífico pode ser feito em alguma das praias bacaninhas de Viña del Mar. Já adianto, porém, que fora do verão o máximo que os brasileiros acostumados com as praias de água quente conseguem fazer, é salgar os pés.

Já nos meses com os raios de sol mais intenso, chilenos e turistas lotam as areias – e neste caso também a água – de praias como a Playa Caleta Abarca, Playa Acapulco e Playa El Sol – todas elas centrais e perto dos principais pontos turísticos de Viña del Mar.

A seis quilômetros do centro, um bairro com vida própria e com uma praia também concorrida é a Playa Reñaca.

dicas do que fazer em Viña del Mar, no Chile
Playa Acapulco

Leia também: 6 praias em Viña del Mar e Valparaíso, no Chile (Entenda!)

6- Visitar um castelo

Ou três, caso você não queira deixar nenhum deles de fora do seu roteiro. Embora não sejam aqueles castelos monumentais típicos do Velho Continente, Viña del Mar possui três castillos cheios de história e com bela arquitetura.

Como todos eles estão próximos do principal eixo turístico de Viña, vale a pena reservar um tempinho para passar ao menos em frente de um deles. Já para uma visita interna, a melhor pedida é o Castelo Wulff, que fica à beira-mar e oferece um amplo horário de visitação.

Nos outros dois, o Castelo Brunet e o Castelo Ross, é necessário fazer agendamento prévio da visita, que depende da autorização dos administradores.

pontos turísticos em Viña del Mar
Castelo Wulff

Leia também: Onde se hospedar em Viña del Mar?

7- Curtir o visual das Dunas de Concón

Dunas de Concón, esse foi o meu lugar favorito em Viña del Mar. Localizada a dez quilômetros do centro de Viña, e a três quilômetros da Playa Reñaca, as Dunas de Concón rendem uma baita diversão para quem se arriscar num emocionante sandboard (há pranchas para alugar aos finais de semana!).

Para os menos aventureiros, a visita continua valendo a pena pois o visual do alto das dunas é daqueles que compensam qualquer esforço. Montes de areia a perder de vista ao lado de um marzão sem sim, formam um cenário e tanto para se despedir do sol.

Pra ficar ainda melhor, quem quiser chegar lá gastando pouco, há ônibus público que passam bem em frente das Dunas – desça no ponto do Supermercado Express de Líder Concón.

Dunas de Concón em Viña del Mar
Dunas de Concón

+ Dicas do que fazer em Valparaíso e em Viña del Mar, no Chile

Tem mais tempo e dá pra incluir outras atrações no seu roteiro? Saiba que ainda há outras coisas para fazer em Valparaíso e Viña del Mar.

Em Valpo, um passeio cultural pode passar ainda por lugares como o Museo Municipal de Bellas Artes de Valparaíso e o Parque Cultural Valparaíso – este último funciona numa antiga prisão.

Aos finais de semana, uma boa pedida é perambular na Plaza Sotomayor onde acontece uma feirinha de artesanato. Pertinho desta praça, que é uma das principais da cidade, também está o Porto de Valparaíso, de onde saem alguns passeios de barco que navega pela baía de Valpo.

Já em Viña del Mar, outros pontos turísticos que você pode colocar no seu itinerário – dependendo dos seus gostos – são o Parque Quinta Vergara, Museu Fonck e o Reloj de Flores.

» E você, tem outras dicas do que fazer em Valparaíso e em Viña del Mar? Me conta aí nos comentários! 🙂

3 lugares para se hospedar em Valparaíso

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Hostal Casa Volante foi onde eu me hospedei e recomendo de olhos fechados.

($$) Quem faz questão de privacidade, mas não quer gastar uma fortuna, o Hotel Ecomusic tem um ótimo custo-benefício.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir os apartamentos do Augusta Hotel.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Valparaíso.

8 COMENTÁRIOS

  1. Oi Murilo, gostei muito das dicas do que fazer em Valparaíso! Não sabia desses castelos, que interessante. Eu com certeza tiraria muitas fotos nos murais de rua, pois adoro! Sempre paro para fotografar quando vejo um. Me pareceu uma ótima ideia fazer o Walking tour. É muito bom para conhecer mais do local, né? Valeu! Um abraço!

  2. O walking tour em Valparaíso é super interessante! Recomendo muito. A street art da cidade é também demais para quem curte esse tipo de arte. Fiquei com vontade conhecer o castelo! Amei as dicas e o post.

  3. EU também não gosto de passeios apressados, tentando encaixar todas as atracções numa visita de horas. Gostei do ambiente de Viña del Mar, da arte de rua e do sky de dunas. Fotografou essas bebidas de “procedência duvidosa”?

  4. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here