A promessa era clara: “o passeio pelas Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas é o melhor tour do Atacama” – diziam dez em cada dez blogs que eu consultava quando estava planejando a minha viagem pelo deserto.

Com uma desconfiança típica que me consome quando os elogios são muitos, acatei a dica de não deixar as tais lagoas de fora da minha programação. Admito, porém, que preferi não criar muita expectativa para evitar uma possível decepção.

A verdade, no entanto, é que minha preocupação foi em vão, pois as paisagens atacamenhas não costumam frustrar os viajantes.

Aliás, arrisco a dizer que o deserto mais seco do mundo é um dos lugares mais fotogênicos do planeta – e que seus cenários são ainda mais lindos ao vivo do que nas fotos que pipocam nas redes sociais.

Como não poderia deixar de ser, quando fiz o passeio pelas Lagunas Altiplânicas entendi o porquê deste tour ser um dos mais queridinhos do Deserto do Atacama.

E agora – que faço parte da torcida #lagunasaltiplanicas e #piedrasrojas – irei te contar os motivos que fazem este passeio ser tão especial.

Leia também: 10 coisas que você não pode deixar de fazer no Atacama

# Por que o passeio Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas é indispensável?

Embora eu realmente espere que você não tenha que escolher por um único passeio no Atacama, se isso for necessário eu indicaria o tour para as Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas.

E o motivo é simples: durante um dia inteiro você irá visitar as paisagens mais emblemáticas do deserto.

Veja bem, não quero dizer que nos demais passeios os cenários também não sejam de arrancar suspiros. Mas é neste tour que você provavelmente irá dizer “uaaau” mais vezes.

Para você ter uma noção de tudo o que te espera nesta aventura, os itinerários costumam passar por todos estes lugares (ao menos o passeio que fiz me levou a todos eles!):

» Laguna Miscanti
» Laguna Miñiques
» Mirantes de Piedras Rojas
» Laguna Tuyaito
» Salar do Atacama
» Vilarejo de Toconao

# Passeio para Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas

Conforme combinado com o pessoal da Fui Gostei Trips – agência com quem fiz todos os meus passeios no Atacama – entre 7h e 7h30 da manhã uma van me buscou no hostel em que estava hospedado para iniciarmos a jornada.

Tanto pela quantidade de lugares a serem visitados, como também pelas distâncias a serem percorridas, é necessário começar o passeio bem cedo. Por conta disso, inclusive, alguns passeios para as Lagunas Altiplânicas incluem café da manhã e almoço.

Depois de uma hora e meia na estrada chegamos à nossa primeira parada: a Reserva Nacional Los Flamencos, onde está a Laguna Miscanti e a Laguna Miñiques – que são as Lagunas Altiplânicas propriamente ditas.

Rodeada por vulcões, montanhas e uma vegetação dourada, se o passeio terminasse por aqui já teria valido a pena. Porém, para alegria geral dos viajantes, esse era ainda o primeiro cenário “uaaaau” de muitos que teríamos no dia.

Laguna Miscanti no Atacama - dicas
Laguna Miscanti, a maior!
Laguna Miñiques no Deserto do Atacama
Laguna Miñiques

Para ficar ainda melhor, o café da manhã – que foi servido por volta das 9h30, e ofereceu baguetes, ovos mexidos, salame, queijo, geleia, bolacha, leite, café, chá e suco – teve esse pano de fundo.

dicas sobre o passeio Lagunas Altiplânicas
Café da manhã durante o passeio pelas Lagunas Altiplânicas

Essa primeira etapa do passeio – dentro da Reserva Nacional Los Flamencos – durou entre 1h30 e 2h. Tempo suficiente para ir ao banheiro, tomar café com calma e fazer uma curta caminhada pelos arredores das lagoas.

Em seguida, foi hora de pegar a estrada por mais 40 minutos para chegarmos ao segundo destino do passeio pelas Lagunas Altiplânicas: a Laguna Tuyaito. A parada por aqui é apenas para tirar algumas fotos e não demorou muito – cerca de 15 minutos.

Laguna Tuyaito no Deserto do Atacama
Uma pintura chamada Laguna Tuyaito

O mesmo aconteceu no mirante de Piedras Rojas. Como atualmente só é possível avistar a paisagem de longe, a parada não dura mais do que 20 minutos.

passeio de Piedras Rojas no Atacama
Mirante de Piedras Rojas

Quase por volta das 12h30 seguimos para outra atração de peso durante o passeio pelas Lagunas Altiplânicas: o Salar do Atacama.

Como estávamos com tempo, durante o percurso até lá – que leva aproximadamente 50 minutos – paramos na estrada para tirarmos algumas fotos.

Não menos impressionante do que as lagoas, o Salar do Atacama é o terceiro maior salar do mundo, ficando atrás apenas dos seus vizinhos Uyuni (na Bolívia) e Salinas Grandes (na Argentina).

O tempo por aqui foi maior, afinal, o almoço também é servido por estas bandas. Tivemos aproximadamente uma hora e meia para caminhar pela área demarcada do salar, tirar fotos dos flamingos (ou quase, pois havia apenas um!) e repor as energias.

passeio pelo Salar do Atacama
Salar do Atacama
lagoa dos flamingos no Atacama - dicas
Apenas um flamingo solitário por lá!

Assim como a paisagem, o cardápio variado do almoço também conquistou a todos: buffet frio com macarrão, atum, salada de tomate, azeitonas, queijo, ervilhas, feijão, batata comum e batata doce.

De barriga cheia e coração contente, pelas três e tantas da tarde partimos para o vilarejo de Toconao – a última parada do passeio pelas Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas (que como você deve ter notado nos leva também a muitos outros lugares!).

Apesar de durar cerca 20 minutinhos, a parada neste pequeno vilarejo é uma boa pedida para garantir uma sobremesa: sorvetes artesanais com sabores inusitados, como por exemplo, de quinoa, rica-rica e outras plantas comuns da região.

Além disso, pra quem gosta de artesanato há boas peças por aqui.

Por fim, o último trecho na estrada durou cerca de 40 minutos, e chegamos de volta a San Pedro do Atacama por volta das 17h30.

Toconao no Atacama - dicas
A simpática pracinha de Toconao

Leia também: Onde se hospedar em San Pedro de Atacama?

+ Dicas sobre as Lagunas Altiplânicas

» Apesar de o tour pelas Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas chegar a lugares a pouco mais de 4.000 metros acima do nível do mar, pelo fato do passeio ter várias paradas ao longo do caminho e ir subindo aos poucos, ele pode ser feito nos seus primeiros dias para que você vá se acostumando com a altitude.

Eu mesmo o fiz um dia depois da minha chegada a San Pedro e não tive nenhum problema!

» É importante se preparar para os ventos gelados e variação de temperatura durante esse passeio.

Portanto, vá muito bem agasalhado (sério!), mas esteja ciente que ao longo do dia talvez você sinta calor e tenha que tirar algumas peças que está vestindo.

» O passeio começa por volta das 7hs, porém, como informei, o café da manhã é somente na primeira parada, aproximadamente às 9h30. Portanto, é bom forrar o estômago antes de sair do hotel.

Levar alguns lanchinhos para comer durante o dia também não costuma fazer mal a ninguém!

» Levar e beber bastante água durante o passeio também é essencial.

» E como uma pessoa bem hidratada nada mais é do que uma pessoa em busca de um banheiro, aproveite todas as paradas do tour para utilizar os baños.

Neste tour havia banheiros adequados na Reserva Nacional Los Flamencos (Lagunas Miscanti e Miñiques), Salar do Atacama e no Vilarejo de Toconao.

» Preço do passeio: CLP 60.000,00 (aproximadamente R$ 430,00). Neste valor está incluído transporte, serviço de guia, café da manhã e almoço.

» À parte do preço do passeio, para visitar as Lagunas Altiplânicas há uma taxa de CLP 5.500,00 por pessoa (R$ 40,00). Esse valor é pago em dinheiro no próprio local durante o passeio. Se possível, leve trocado.

» CLP é o símbolo utilizado para representar o peso chileno. R$ 1,00 equivale a aproximadamente 140,00 pesos chilenos.

» Cupom de desconto: utilizando cupom VOLTOLOGO10 você terá 10% de desconto em todos os tours que contratar com a Fui Gostei Trips.

Portanto, não se esqueça de informá-lo no momento em que fizer a sua reserva.

Para entrar em contato com eles e garantir o seu desconto clique aqui.

» Duração do passeio pelas Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas com a agência Fui Gostei Trips: saída entre 7h e 7h30, e retorno a San Pedro do Atacama por volta das 17h30.

» Nem todas as agências incluem café da manhã/almoço neste passeio. Além disso, o itinerário também pode ser diferente ou não incluir todas as paradas que eu citei.

Portanto, verifique estes detalhes antes de contratar o seu tour para não ter nenhuma surpresa.

Outros passeios que fiz com a Fui Gostei Trips

» Tour Astronômico no Atacama: Dicas indispensáveis

» Valle del Arco Iris: Um passeio surpreendente no Atacama!

» Valle de la Luna e Valle de la Muerte: Um passeio clássico no Atacama!

» Passeio de bicicleta no Atacama: Fugindo do óbvio e das multidões!

» Termas de Puritama, no Atacama: Relaxando no deserto!

» Laguna Cejar: Boiando em águas hiper salgada no Atacama!

» Salar de Tara: Um passeio de tirar o fôlego no Atacama!

» Geysers El Tatio: O passeio mais gelado do Atacama!

» 10 principais passeios no Deserto do Atacama

*** A agência Fui Gostei Trips foi parceira do blog Volto Logo durante os passeios no Atacama. Porém, as opiniões são livres e pessoais!

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

16 COMENTÁRIOS

  1. Lagunas Altiplânicas foram um dos passeios mais incríveis que fiz. E é exatamente como vc diz, as paisagens desse lugar conseguem ser mais espetaculares ao vivo! Eu sonho em voltar ao Atacama para ir a Piedras Rojas que estavam fechadas na ocasião.

  2. Concordo demais com você que o deserto do Atacama é um dos lugares mais fotogênicos do planeta – tenho muita vontade de voltar, porque é impossível se cansar dessas paisagens! Conheci o deserto em uma viagem de carro, então não fizemos os tours – já que estávamos com o nosso próprio carro… O que, por um lado, foi uma pena porque perdemos de conhecer lugares como vilarejo de Toconao, por exemplo. Definitivamente, quero voltar para cobrir os buracos que ficaram no meu roteiro – ou só para matar a saudade, que seja! <3

    • Oi Mariana, tudo bem?

      Nossa, viajar pelo Atacama de carro deve ser demais, né?!

      Durante os passeios, várias vezes tive vontade de que a van parasse na estrada para eu tirar algumas fotos, mas com o tour em grupo não é possível! hehehe

      Abraço!

  3. Murilo excelente post sobre a laguna antiplanica e piedras rojas. Viajei por lá em 2015 e apelidei o deserto do atacama como lugar do UAU. Pois todo lugar que voce chegava falava UAU. Saudades deste lugar.

  4. Uau, as fotos ficaram impressionantes. Curioso que além de lugares diferentes, tem outros pontos de vista diferentes do nosso passeio por lá. Adorei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here