Passeio ao Valle de la Luna e Valle de la Muerte, no Deserto do Atacama: Descubra porque você deve inclui-lo no seu roteiro de viagem, como é tour, quanto custa e muitas outras dicas.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Já é tradição: a primeira tarde de uma viagem ao Atacama costuma ser dedicada – pela maioria dos viajantes – para o passeio que vai até o Valle de la Luna e Valle de la Muerte.

Há varias razões para isso. A distância de San Pedro do Atacama até lá é pouca, o tour dura apenas algumas horas, a altitude não preocupa e, não menos importante, o entardecer por estas bandas é um dos mais lindos do deserto.

Como se não bastasse, embora seja considerado um programa trivial, o passeio ao Valle de la Luna e Valle de la Muerte não faz feio quando o assunto é paisagem. Sem dúvida alguma os cenários que encontramos por aqui são um boas vindas pra viajante nenhum botar defeito.

E, para que você possa aproveitar ao máximo sua primeira aventura pelo Deserto do Atacama, neste texto eu irei te contar tudo o que você deve saber para se organizar adequadamente.

Leia também: Melhores lugares para ficar em San Pedro de Atacama, no Chile

# Como é o passeio pelo Valle de la Luna e Valle de la Muerte?

A primeira coisa que você deve saber sobre o passeio ao Valle de la Luna e Valle de la Muerte é que, apesar dos itinerários oferecidos pelas agências serem muito parecidos, não é raro eles terem algumas variações. Portanto, tenha em mente que a dinâmica que vou contar aqui é baseada na minha experiência, que foi com a agência Fui Gostei Trips.

Os passeios costumam sair de San Pedro do Atacama por volta das 16hs durante o verão, e às 15hs nas outras estações, já que no outono, inverno e primavera o sol se despede mais cedo.

Como fiz o passeio categoria “VIP Que Cabe no seu Bolso” com a galera da Fui Gostei Trips, o horário de saída de San Pedro foi ainda mais adiantado – por volta das 14h45.

Pode parecer que não faz diferença, mas estes quinze minutinhos nos dão uma enorme vantagem para não pegar o maior fluxo de viajantes no local. E assim, conseguimos aproveitar os lugares visitados antes da multidão se formar.

Basicamente a programação do nosso passeio foi:

» Valle de la Luna, com caminhadas por diversos locais do vale.

» Valle de la Muerte, para ver o por do sol e finalizarmos o tour com um coquetel.

passeio ao Valle de la Luna, no Deserto do Atacama
Valle de la Luna

# Valle de la Luna

Paredões avermelhados que parecem ter sido esculpidos a mão, dunas fofíssimas, e cristais de sal que se passam por neve, assim é o Valle de la Luna.

Toda essa imensidão, que faz parte da Cordilheira de Sal e está a menos de quinze quilômetros de San Pedro Atacama, é certamente um dos cenários mais característicos do deserto. No bom português, é aqui que o deserto tem cara de deserto.

Durante o meu passeio o Valle de la Luna foi a nossa primeira parada, onde por quase duas horas caminhamos – lentamente e alternando com percursos de van – por diversos locais dessa região.

Pra termos uma real ideia da dimensão desse lugar, nossa guia nos levou primeiramente até a Duna Mayor, de onde é possível ter uma vista 360 graus da área. Deste ponto, inclusive, é possível avistarmos de longe parte da famosa formação conhecida como Anfiteatro.

Outra parada que fizemos foi no local onde estão as Três Marias, uma formação rochosa esculpida pela água e pelo vento – assim como todo o local – que exige imaginação para visualizarmos três pessoas. Ainda mais depois que uma das Marias foi parcialmente destruída.

Para mim, no entanto, mais encantador do que as esculturas naturais foi observar a vastidão de sal sobre a areia do deserto.

como chegar no Valle de la Luna
Vista da Duna Mayor
Três Marias no Valle de la Luna
Três Marias
Tour Valle de la Luna no Atacama
Tudo o que você ver de branco no Valle de la Luna é sal ou gesso

# Valle de la Muerte

Por volta das 17h15 seguimos para o Valle de la Muerte, o irmão menor do Valle de la Luna mas que também impressiona com as suas formações pitorescas.

Nossa passagem por aqui foi para acompanhar o pôr do sol e encerrar o tour com um coquetel de respeito, que incluiu castanhas, torradinhas e burrito (que podíamos rechear com carne moída, guacamole, milho e vinagrete!). Para brindar, cerveja e vinho, pois ninguém é de ferro.

Aos mais empolgados, saiba que há uma modalidade de tour pelo Valle de la Muerte onde é possível praticar Sandboard (a Fui Gostei Trips também tem esse passeio!). Pode apostar que você terá uma dose extra de diversão na sua tarde.

passeio Valle de la Muerte no Atacama
Valle de la Muerte
tour no Valle de la Muerte
O tão esperado pôr do sol no Valle de la Muerte
agência para fazer o tour no Valle de la Luna
Nada mal terminar o passeio com estes comes e bebes!

Leia também: 11 dicas valiosas para sua viagem ao Deserto do Atacama

+ Dicas para não se dar mal!

» O passeio pelo Valle de la Luna e Valle de la Muerte não vai até altitudes elevadas. Portanto, pode ser feito no seu primeiro dia de viagem.

» Como o tour é à tarde, você pode fazer algum outro passeio pela manhã, como por exemplo, conhecer o Valle del Arco Iris ou fazer um tour de bike pela Quebrada de Chulakao.

» Fiz meu passeio com a Fui Gostei Trips e recomendo a agência sem medo. O tour categoria “VIP Que Cabe no seu Bolso” custa CLP 35.000,00 (aproximadamente R$ 205,00).

Neste valor está incluído transporte, serviço de guia e um coquetel caprichado para encerrar o passeio.

» À parte do preço do passeio, para visitar o Valle de la Luna e Valle de la Muerte  é cobrada uma taxa de CLP 4.000,00 (R$ 24,00). Esse valor é pago em dinheiro no próprio local durante o passeio. Se possível, leve trocado.

» CLP é o símbolo utilizado para representar o peso chileno. R$ 1,00 equivale a aproximadamente 170,00 pesos chilenos.

» Embora o passeio comece à tarde com o sol quente, o regresso a San Pedro do Atacama é por volta das 19h30. Nessa hora a temperatura já caiu bastante, portanto, leve agasalho.

Outros passeios que fiz com a Fui Gostei Trips

» Tour Astronômico no Atacama: Dicas indispensáveis

» Valle del Arco Iris: Um passeio surpreendente no Atacama!

» Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas: Um passeio indispensável no Atacama!

» Passeio de bicicleta no Atacama: Fugindo do óbvio e das multidões!

» Termas de Puritama, no Atacama: Relaxando no deserto!

» Laguna Cejar: Boiando em águas hiper salgada no Atacama!

» Salar de Tara: Um passeio de tirar o fôlego no Atacama!

» Geysers El Tatio: O passeio mais gelado do Atacama!

» 10 principais passeios no Deserto do Atacama

*** A agência Fui Gostei Trips foi parceira do blog Volto Logo durante os passeios no Atacama, mas as opiniões aqui relatadas são livres e pessoais!

3 lugares para se hospedar em San Pedro do Atacama

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Hostal El Anexo tem jeitinho de pousada e me atendeu perfeitamente.

($$) Quem faz questão de privacidade mas não quer gastar uma fortuna, o Chalé Tehuelaike tem um ótimo custo-benefício e reputação invejável.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Quechua Hotel.

» Se preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em San Pedro do Atacama.

Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

2 COMENTÁRIOS

  1. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here