Os brasileiros já frequentam há bons anos o deserto do Chile. Eu, no entanto, depois de anos de espera e alguns quilômetros rodados pela América Latina, somente em 2019 fiz a minha primeira viagem ao Deserto do Atacama.

Depois de tanto tempo aguardando para conhecê-lo, antes começar essa aventura minha preocupação só aumentava.

O motivo? Expectativa demais. O que normalmente é um péssimo ingrediente para qualquer viagem.

Porém, como não estamos falando de um destino comum, o Atacama deu conta do recado e não apenas me presenteou com suas belas paisagens que já eram esperadas, como tratou de providenciar pessoas bacanas para se juntarem neste combo.

O resultado? Uma viagem daquelas pra guardar na memória como sendo uma das mais especiais que já fiz.

E, para que você consiga se organizar adequadamente e também tenha férias inesquecíveis, neste texto eu darei algumas dicas para você planejar com atenção a sua viagem ao Deserto do Atacama.

# Dicas de viagem ao Deserto do Atacama

1- Melhor época para viajar pelo Deserto do Atacama
2- Quantos dias ficar?
3- Documentação (Visto, vacina e seguro viagem)
4- Como chegar a San Pedro de Atacama?
5- Câmbio
6- Onde se hospedar
7- Principais passeios
8- Agências em San Pedro de Atacama
9- Lugares para comer
10- Preços de uma viagem ao Deserto do Atacama
11- Roteiro de viagem ao Deserto do Atacama
+ Dicas para sua viagem ao Deserto do Atacama

1- Melhor época para viajar pelo Deserto do Atacama

Dizem por aí que o Atacama é visitável em qualquer época do ano. O que é parcialmente verdade. No entanto, em cada estação você encontrará um clima completamente diferente.

Além disso, há um mês do ano em que eu – e todos os moradores locais com quem conversei durante a minha viagem – não recomendamos que você vá para lá: fevereiro.

Embora os grandes estragos causados pelas chuvas de fevereiro de 2019 tenham sido um evento atípico, é comum chover neste mês. E, quando chove acima do esperado, a cidade não tem estrutura para receber tanta água.

Neste ano (2019), por praticamente três semanas o turismo parou no Atacama. Aliás, conheci um casal de brasileiros que estava lá em fevereiro, e que tiveram que ir embora pois não havia condições de ficar na cidade.

Mais uma vez: em 2019 as chuvas foram acima da média dos outros anos, mas eu não marcaria minha viagem para este mês.

Durante o outono e a primavera estão os meses com temperaturas mais agradáveis para viajar ao Deserto do Atacama. Embora os dias não sejam tão longos quanto no verão, dá pra aproveitar tudo sem congelar de frio ou morrer de calor.

Nos meses de frio mais intenso é preciso caprichar ainda mais nos agasalhos.

Como sou avesso às temperaturas baixas, prefiro evitar essa época do ano. Porém, quem não tem problema com isso ou só pode viajar nessa época, viajar ao Deserto durante o inverno é perfeitamente possível.

Por fim, durante verão quem dá as caras é o extremo oposto: um calorão de rachar a cabeça. Além disso, dezembro e janeiro são os meses mais concorridos e os preços podem ficar ligeiramente mais altos.

Ainda assim, desde que ciente destes detalhes, organizar suas férias para essa época também é viável.

qual a melhor época para viajar ao Atacama
Vulcão Licancabur

2- Quantos dias ficar?

Para fazer os principais passeios e não deixar nenhuma grande atração de fora, recomendo ficar oito dias no Atacama – sendo um dia para ida, seis dias de passeio e um dia para volta.

Com cinco ou quatro dias inteiros para as atividades ainda dá para aproveitar muita coisa. No entanto, você precisará selecionar aqueles passeios que mais tem vontade de fazer e deixará alguns outros de fora do roteiro.

Se for pra passar menos tempo que isso, na minha opinião, é mais adequado deixar a viagem para uma próxima oportunidade.

Além disso, quem pretende fazer numa mesma trip o passeio para Salar de Uyuni, na Bolívia, deve acrescentar mais quatro ou cinco dias – dependendo do itinerário que você escolher.

quantos dias ficar no Atacama
Paisagens típicas do Atacama

3- Documentação (Visto, vacina e seguro viagem)

O único documento que você precisará para viajar ao Deserto do Atacama é um RG em bom estado de conservação e emitido a no máximo dez anos. Ou se preferir e tiver, um passaporte cumpre a mesma função.

Vacinas não são obrigatórias para o Chile. Porém, atenção: se na mesma viagem você for passar por destinos como Bolívia e Peru, precisará ter tomado a vacina contra a febre a amarela e ter o certificado internacional emitido pela ANVISA.

Seguro viagem também não é obrigatório por lei. No entanto, eu não recomendo que você saia de casa sem ele. Além de custar pouco – há excelentes planos por R$ 16,00 por dia de viagem – eles podem te auxiliar em dezenas de imprevistos.

Não é raro, por exemplo, encontrar viajantes que tiveram alguma emergência por conta da altitude da região precisaram ser socorridos.

Se acaso você ainda tem dúvidas sobre qual seguro contratar, recomendo que leia o texto “Seguro viagem para o Chile: Dicas indispensáveis”.

4- Como chegar a San Pedro de Atacama?

Embora não seja complicado chegar a San Pedro de Atacama – a cidade base para explorar o Deserto do Atacama – é necessário pensar com cuidado na logística.

Para quem gosta de viajar de ônibus, é possível chegar a San Pedro desde Santiago, 22 horas; Salta, na Argentina, 9 horas; além de outras cidades do Chile ou da Bolívia.

Se você vai sair do Brasil e apenas viajar para o Deserto do Atacama, a maneira mais indicada é com o combo avião + transfer.

O aeroporto comercial mais próximo de San Pedro fica na cidade vizinha de Calama (Aeroporto Internacional El Loa – CJC), que está a 100 quilômetros de distância.

Como não há voos diretos do Brasil para lá, fazer uma conexão, muito provavelmente em Santiago, será inevitável.

Como comprar uma passagem aérea para o Atacama?

Faça uma busca comum de passagem ida/volta saindo da sua cidade no Brasil.

Os buscadores já mostrarão opções de voos com todas as escalas que serão necessárias.

Saindo de São Paulo, por exemplo, a passagem custa em torno de R$ 1.500,00. O ideal é que todos os voos indicados sejam da mesma companhia área para você evitar dor de cabeça com possíveis atrasos.

Outra maneira é comprar uma passagem de ida/volta para Santiago, e outra de ida/volta de Santiago para Calama com a empresa Sky Airline.

Voando com a Sky para o Atacama

A Sky é uma companhia aérea de baixo custo, e por isso, as passagens são bem em conta.

Um voo de ida e volta que inclui o despacho de uma bagagem sai por cerca de US$ 100,00 (às vezes, dá pra encontrar só um trecho da passagem, sem a bagagem despachada, por US$ 25,00).

Sem dúvida é uma boa maneira de economizar caso você consiga uma boa promoção do Brasil para Santiago e queira esticar a viagem até o Atacama.

Note, porém, que o ideal é você planejar com cuidado as datas de ida e volta de cada voo.

Por exemplo: caso você compre a passagem ida/volta Brasil – Santiago com a LATAM,  e a ida/volta Santiago – Calama com a Sky, marque os horários entre um voo e outro com folga para não ser prejudicado em caso de atrasos ou cancelamentos, porque uma empresa não se responsabilizará pelos inconveniente causados pela outra companhia.

Na minha opinião, nestes caso o melhor a fazer é marcar um voo para um dia e o seguinte somente no outro dia. Embora demande mais tempo de deslocamento, as chances de problemas costumam ser menores.

No meu caso, eu comprei as passagens da seguinte forma:

» Guarulhos x Santiago e Calama x Guarulhos. Comprei os dois trechos de uma única vez fazendo uma busca com a opção múltiplos destinos, Todos os voos foram com a LATAM e me custaram R$ 850,00

» Santiago x Calama. Voo apenas de ida com a empresa Sky Airlaine que me custou US$ 40,00 já com o despacho de bagagem.

Como antes de ir para o Atacama eu passei dez dias em Santiago, não havia problema de um voo atrasado atrapalhar o outro.

como chegar em San Pedro de Atacama
Aeroporto Internacional El Loa

Transfer do Aeroporto de Calama para San Pedro de Atacama

Uma vez que você chegou ao Aeroporto de Calama o próximo passo é viajar por terra até San Pedro de Atacama.

Embora exista ônibus desde Calama até San Pedro, o fato de você antes ter que pegar um transporte do aeroporto até a rodoviária de Calama, para então pegar o ônibus em questão, torna o deslocamento mais cansativo.

A opção mais prática e com excelente custo-benefício é pegar um transfer desde o Aeroporto de Calama direto a San Pedro.

Logo na área de desembarque do aeroporto há várias empresas oferecendo este tipo de serviço, sendo que não há necessidade de reservar/comprar antecipadamente.

Basta chegar lá, se dirigir ao balcão de alguma empresa, e comprar o próximo horário.

É interessante, porém, neste momento já comprar a passagem de volta de San Pedro ao aeroporto – caso você vá precisar deste serviço. Isso porque, além deles já deixarem agendado, comprando ida/volta de uma vez você tem um pequeno desconto.

Fiz com a empresa Transfer Licancabur e a passagem de ida e volta custa CLP 22.000,00 (R$ 170,00).

O serviço funciona deixando cada passageiro no seu hotel em San Pedro, e o tempo de deslocamento fica entre 1h30 e 2h.

5- Câmbio

Não tem jeito, para descobrir se é melhor levar real ou dólar durante a sua viagem ao Atacama, o ideal é fazer as contas com a cotação da época da sua viagem.

Afinal, com tanta variação no valor das moedas o que é melhor hoje pode não ser o melhor amanhã. Ainda assim, algumas coisas não mudam.

Um exemplo é cotação inferior – tanto do real quanto do dólar – no Atacama, se comparado ao câmbio de Santiago. Portanto, se antes de chegar ao deserto você for passar alguns dias na capital do Chile, troque seu dinheiro por lá.

Para ter uma noção da diferença do câmbio, durante a minha viagem pelo Chile (abril/2019) encontrei as seguintes cotações:

Em Santiago:
» R$ 1,00 = CLP 170,00
» US$ 1,00 = CLP 665,00

No Atacama:
» R$ 1,00 = CLP 140,00
» US$ 1,00 = CLP 630,00

Para trocar seu dinheiro em San Pedro de Atacama, seja real ou dólar, na Rua Toconao – uma transversal da Rua Caracoles, a principal de San Pedro – há várias casas de câmbio informais, e até outros estabelecimentos comerciais, que desempenham essa função.

Cartões de créditos são relativamente bem aceitos. Ainda assim, dependendo do porte do estabelecimento é sempre bom perguntar antes.

Além disso, para pagar os passeios nas agências com cartão de crédito, eles podem cobrar uma taxa extra. Portanto, eu levaria apenas para emergências ou gasto especifico. Para o dia a dia dinheiro em espécie dá menos dor de cabeça.

Cartão de crédito ou dólar americano em espécie são úteis e indispensáveis para conseguir isenção do imposto de 19% cobrado pelas hospedagens

Depender de caixas eletrônicos também não é uma boa ideia. Sim, há. Mais de um, inclusive. Não é raro, porém, eles darem problemas ou não aceitarem certos cartões internacionais.

qual moeda levar para o Atacama
Rua Caracoles

6- Onde se hospedar

A dica mais importante para escolher a sua acomodação durante uma viagem ao Deserto do Atacama, é: não se afaste muito da Calle Caracoles.

Isso porque, essa é a principal rua de San Pedro de Atacama, e onde estão os restaurantes, agências de turismo, mercado e tudo o que um viajante costuma precisar.

Caminhar por muito tempo na poeira, no frio e em ruas mal iluminadas pode ser uma realidade no seu dia a dia caso você se hospede em um hotel longe da Caracoles.

Para quem estiver em busca de um albergue, seja para ficar num quarto compartilhado ou numa suíte privativa, o Hostel Pangea é um dos mais animados e famosos de San Pedro.

Para quem prefere um local mais tranquilo, o Hostal Ayni tem uma excelente reputação e preço que cabe no bolso de qualquer viajante.

Se acaso quiser um ambiente diferenciado, mais elegante, mas ainda sem precisar gastar uma fortuna, o La Casa del Pueblo Hostal é uma escolha certeira.

Outros lugares bem recomendados para se hospedar durante uma viagem ao Atacama é o Hostal Mamatierra, La Casa de Matilde e Hostal El Anexo – todos bem localizados, com quartos privados e compartilhados e estrutura de primeira.

Se acaso preferir, clique aqui e encontre outras ofertas de hospedagem em San Pedro.

quartos no Atacama
Hostal El Anexo

Leia também: 7 hotéis baratos em San Pedro de Atacama

7- Principais passeios

Como uma viagem ao Deserto do Atacama pode render dezenas de passeios – sem exagero – a ideia aqui é apenas listar quais são os mais conhecidos. Para mais detalhes sobre cada tour leia o texto “Os principais passeios no Atacama”.

Começando pelo centro da cidade, onde embora estejam os principais comércios de San Pedro, saiba que não há grandes atrações por lá.

Uma caminhada descompromissada de uma tarde pela Rua Caracoles e pelos seus arredores é mais do que suficiente para você tirar algumas fotos da igreja, praça principal ou garantir alguns artesanatos nas diversas feirinhas que há por lá.

Sobre os passeios, os meus cinco favoritos e que não perderia por nada, são:

– Lagunas Altiplânicas + Mirante de Piedras Rojas (dia inteiro).

– Salar de Tara (dia inteiro).

– Lagunas Escondidas (meio período).

– Valle de la Luna e Valle de la Muerte (meio período | tarde).

– Geyser El Tatio (meio período | manhã).

Para fazer um roteiro mais completo e não deixar nenhuma grande atração de fora, considere fazer ainda os seguintes passeios:

– Termas de Puritama (meio período).

– Laguna Cejar (meio período | tarde).

– Bike tour pela Quebrada de Chulakao (meio período | manhã).

– Astrotour (noite).

– Valle del Arco Iris (meio período | manhã).

Como se não bastassem tantas atrações, quem curte trekking pode fazer ainda uma subida a um vulcão, seja no Vulcão Lascar ou ainda no Vulcão Cerro Toco

Com mais tempo dá pra esticar até o Salar de Uyuni, na Bolívia. Os passeios desde San Pedro de Atacama exigem ao menos mais três pernoites apenas para este tour.

o melhor do Atacama
Lagunas Escondidas

8- Agências em San Pedro de Atacama

Uma das dúvidas mais comuns durante uma viagem ao Deserto do Atacama, é: com qual agência fazer os meus passeios?

Sim, para conhecer os principais lugares do deserto o mais prático é se juntar aos tours oferecidos por dezenas de agências que se encontram, principalmente, na Rua Caracoles.

Há uma infinidade de empresas que oferecem basicamente os mesmos itinerários, mas com preços diferentes.

Como não poderia deixar de ser, o serviço recebido costuma ser proporcional ao investimento feito.

Não dá pra achar que uma agência que cobra metade do valor de uma outra, oferecerá os mesmos serviços – de transporte, guias profissionais, qualidade das refeições inclusas, compromisso com horário e por aí vai… – que a mais cara.

Se você está com o orçamento apertado, deixar para reservar seus passeios quando chegar a San Pedro de Atacama, batendo perna de agência em agência e negociando ao vivo e a cores, pode trazer alguma economia.

No entanto, dá para deixar tudo reservado antes de sair de casa com agências que oferecem excelentes serviços e com um preço muy amigo.

No meu caso, a agência com quem eu fiz todos os meus passeios e que me ajudou a organizar o meu roteiro foi a Fui Gostei Trips – comandada pelos viajantes Carla e Renato e por uma equipe pra lá de atenciosa.

Recomendo essa galera de olhos fechados e sem dúvida faria todos os meus passeios com eles novamente.

Além disso, saiba que utilizando o cupom de desconto VOLTOLOGO10 você terá direito a 10% de desconto em todos os passeios que contratar com a Fui Gostei Trips.

Portanto, se achar conveniente, clique aqui para fazer uma cotação dos seus passeios.

agência no Atacama
Platô do Vulcão Putana

9- Lugares para comer

Comer no Chile não é exatamente a coisa mais barata do mundo. E, em San Pedro de Atacama, uma cidade que vive em função do turismo, os preços tendem a ser mais alto do que em outros lugares.

Ainda assim, dá comer bem sem precisar vender um rim. Apenas vá preparado para pagar pelas suas refeições mais caro do que está acostumado – dependendo de quanto você costuma pagar, claro.

Indicarei abaixo alguns restaurantes que visitei, o que há no cardápio e qual a média dos preços. Para mais detalhes sobre cada um deles e descobrir outros lugares leia o texto “Onde comer em San Pedro de Atacama [Minhas 10 experiências!]”.

» Los Carritos: prato feito básico em ambiente simples, CLP 3.800,00 (R$ 29,00).

comida no Atacama
Lomo Saltado de um restaurante do Los Carritos

» Salón de Té 02: cafeteria com bons lanches e tortas doces, CLP 3.800,00 (R$ 29,00).

» Café Katarpe: serve prato feito na hora do almoço por CLP 4.900,00 (R$ 37,00). Porém, se destaca pelas empanadas gostosas e bem recheadas que custam CLP 2.200,00 (R$ 17,00) a individual, e CLP 4.000,00 (R$ 31,00)  a grande.

» Barros Café: Menu do dia, hambúrguer, saladas e quiches saem na média de CLP 6.000,00 (R$ 45,00). Refeições a la carte a partir de CLP 8.500,00 (R$ 65,00).

» Restaurante Pachacutec: prato feito na hora do almoço por CLP 3.800,00 (R$ 29,00).

» La Picada del Indio: considerado por muitos o restaurante com melhor custo-benefício da cidade. Menus executivos por 5.900,00 (R$ 45,00) e refeições a la carte a partir de CLP 8.500,00 (R$ 65,00).

10- Preços de uma viagem ao Atacama

Confira a seguir os valores dos principais gastos para uma viagem ao Deserto do Atacama. Lembrando, é claro, que essa é apenas uma média que pode variar de acordo com a época e estilo das suas férias.

A conversão dos preços em peso chileno (CLP) para reais (R$) foi feita utilizando como base a cotação de R$ 1,00 = CLP 130,00, que é a cotação oficial de abril/2021, a última data de atualização deste texto.

Deslocamentos aéreos e por terra

Saindo de São Paulo a passagem aérea mais em conta que encontrei foi R$ 1.500,00.

Deve-se acrescentar mais CLP 22.000,00 (R$ 170,00) referente ao transfer do Aeroporto de Calama até San Pedro de Atacama.

Hospedagem

Quem pretende ficar num quarto compartilhado de albergue consegue uma cama por R$ 90,00 a diária.

Por outro lado, quem não abre mão de uma suíte privativa deve gastar entre R$ 280,00 e R$ 350,00 por dia apenas com hospedagem.

Reservando com antecedência e procurando em sites de ofertas como o Booking.com dá pra achar acomodações mais em conta.

Antes de reservar, porém, verifique se o local inclui café da manhã no valor da diária e se o quarto privado é uma suíte ou com banheiro compartilhado. Afinal, estes dois aspectos influenciam drasticamente no preço.

Passeios

Indicarei os preços que encontrei com a turma da Fui Gostei Trips. No entanto, o ideal é que você peça um orçamento atual com os passeios que você pretende fazer.

Isso porque, dessa forma eles também já conseguem te tirar possíveis dúvidas sobre a melhor sequência para os seus tours, e como organizá-los da forma que você possa aproveitar ao máximo as sua férias no Atacama.

A Fui Gostei Trips possui duas modalidades de passeios: “Experiência Clássica” e “VIP que cabe no seu bolso”.

O diferencial da segunda é que ela é feita com grupos menores, busca e deixa no hotel em todos os tours, inclui toalha de banho nos passeios onde você poderá nadar, e oferece coquetéis mais elaborados durante os passeios.

Por fim, lembre-se de que utiliando o cupom de desconto VOLTOLOGO10 você ganhará 10% de desconto em todos os tour que contratar com a Fui Gostei Trips.

Portanto, se achar conveniente, clique aqui para fazer uma cotação dos seus passeios.

Preço de passeios no Deserto do Atacama

Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas
» Preço do tour: CLP 60.000,00 (R$ 430,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: CLP 5.500,00 (R$ 40,00)
» Duração: Dia inteiro.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia, café da manhã e almoço.

Tour Astronômico 
» Preço do tour: CLP 30.000,00 (R$ 215,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: Não há
» Duração: cerca de três horas durante a noite.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia, fotógrafo, uma foto noturna entregue digitalmente e coquetel.

Valle del Arco Iris
» Preço do tour: CLP 35.000,00 (R$ 250,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: CLP 3.000,00 (R$ 22,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia e café da manhã.

Valle de la Luna e Valle de la Muerte
» Preço do tour: CLP 65.000,00 (R$ 465,00) [Experiência VIP Que cabe no seu bolso]
» Preço de entradas em parques: CLP 4.000,00 (R$ 28,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia e coquetel especial.

preço dos passeios no Atacama
Valle de la Luna

Lagunas Escondidas
» Preço do tour: CLP 35.000,00 (R$ 250,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: CLP 5.000,00 (R$ 35,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia, toalha de banho e coquetel especial.

Tour de Bike na Quebrada de Chulakao
» Preço do tour: CLP 35.000,00 (R$ 250,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: CLP 2.500,00 (R$ 18,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Bicicleta, capacete e acompanhamento de guia.

Termas de Puritama
» Preço do tour: CLP 20.000,00 (R$ 142,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques:
– CLP 9.000,00 (R$ 65,00) para quem visita o local à tarde de segunda a sexta-feira.
– CLP 15.000,00 (R$ 107,00) para quem visita o local de manhã, ou aos sábados, domingos e feriados em qualquer horário.
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte e acompanhamento de guia.

Salar de Tara
» Preço do tour: CLP 65.000,00 (R$ 465,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: Não há.
» Duração: dia inteiro.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia, café da manhã e almoço.

Geyser El Tatio
» Preço do tour: CLP 35.000,00 (aproximadamente R$ 250,00) [Experiência Clássica]
» Preço de entradas em parques: CLP 10.000,00 (R$ 72,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia e café da manhã.

Laguna Cejar
» Preço do tour: CLP 65.000,00 (R$ 465,00) [Experiência VIP Que cabe no seu bolso]
» Preço de entradas em parques: 17.000,00 (R$ 122,00)
» Duração: meio período.
» Inclui: Transporte, acompanhamento de guia, toalha de banho e coquetel especial.

Alimentação

Não fazendo questão de comer todos os dias em ambientes requintados, dá pra passar bem investindo cerca de CLP 8.500,00 (R$ 65,00)/dia com alimentação.

Comendo lanches e indo nos lugares mais baratos dá pra baixar ainda mais este valor. Até porque, muitos passeios incluem café da manhã, almoço ou petiscos.

preços no Atacama
Torta de limão e sanduíche de frango do Salón de Té 02

Gastos em Mercado

San Pedro de Atacama não tem supermercado grande que estamos acostumados encontrar em cidades mais urbanas.

O que há por lá são pequenas mercearias, mas que cumprem o seu papel com os itens que as pessoas mais precisam.

Confira alguns preços:

– Água de 6 litros: CLP 2.000,00 (R$ 15,00)

– Água de 1 litro: CLP 1.100,00 (R$ 8,50)

– Cerveja latão: CLP 900,00 (R$ 7,00)

– Sabonete: CLP 1.100,00 (R$ 8,50)

– Pacote de cookies com 4-6 unidades: CLP 700,00 (R$ 5,40)

– Iogurte pequeno: CLP 700,00 (R$ 5,40)

– Ovos: CLP 170,00 a unidade (R$ 1,30)

– Bolinho estilo Ana Maria: CLP 450,00 (R$ 3,50)

– Bolo maior industrializado para dividir: CLP 1.300,00 (R$ 10,00)

– Pacote pequeno de batata: CLP 650,00 (R$ 5,00)

– Alfajor pequeno: CLP 450,00 (R$ 3,50)

– Leite de 1 litro: CLP 1.100,00 (R$ 8,50)

– Pacote de pão de forma: CLP 3.300,00 (R$ 25,40)

– Gatorade de 1 litro: CLP 2.200,00 (R$ 17,00)

– Empanada: CLP 1.600,00 (R$ 12,00)

– Lata de atum: CLP 1.300,00 (R$ 10,00)

– Pacote de macarrão: entre CLP 900,00 e CLP 1.300,00 (R$ 7,00 – R$ 10,00 )

– Pacote de Molho: CLP 900,00 (R$ 7,00)

11- Roteiro de viagem ao Deserto do Atacama

Indico a seguir como foi o meu roteiro de viagem pelo Deserto do Atacama.

Como nem todos terão a mesma quantidade de dias disponíveis, e talvez nem queiram fazer todos os passeios que fiz, sinta-se a vontade para fazer as mudanças que achar mais conveniente.

Além disso, como cheguei no final da tarde de um dia e fui embora bem cedo, os meus dias de ida e volta foram completamente dedicados a deslocamentos.

No entanto, há pessoas que marcam o voo de volta somente para noite, e aí, conseguem aproveitar ao menos parte do último dia.

Os passeios foram realizados levando em conta o fator de aclimatação. Ou seja, aqueles que vão a lugares mais altos foram deixados para o final da viagem.

» Primeiro dia
– Chegada

» Segundo dia
– Lagunas Altiplânicas + Mirantes de Piedras Rojas (dia inteiro)
– Astrofoto (noite)

» Terceiro dia
– Valle del Arco Iris (manhã)
– Valle de la Luna + Valle de la Muerte (tarde)

» Quarto dia
– Lagunas Escondidas + ônibus abandona (manhã)
– Tarde livre

» Quinto dia
– Tour de Bike na Quebrada de Chulakao (manhã)
– Termas de Puritama (tarde)

» Sexto dia
– Salar de Tara (dia inteiro)

» Sétimo dia
– Geyser El Tatio (manhã)
– Laguna Cejar (tarde)

» Oitavo dia
– Regresso

+ Dicas para sua viagem ao Deserto do Atacama

» Caso queira consultar as dicas de outros blogueiros e seus respectivos pontos de vistas, nos sites Viagens Cine, Mochilão Barato e Viajando na Janela  há ótimos relatos e fotos incríveis.

» Lembre-se que você estará na altitude. Apesar de San Pedro estar a “apenas” a 2.400 metros acima do nível do mar, em alguns passeios você ultrapassará a barreira dos 4.000 metros.

Portanto, é importante se aclimatar com cuidado antes de se aventurar nos passeios que exigem mais esforço físico.

» Beber bastante água, e usar e abusar do protetor solar e labial é fundamental para que você consiga aproveitar melhor os seus dias.

» Embora muitos passeios incluam refeições, levar um lanchinho na mochila ocupa pouco espaço e não faz mal a ninguém.

» Leve roupas confortáveis e adequadas para a época do ano da sua viagem. Durante os passeios que vão a lugares com maior altitude, mesmo que esteja sol quando sair de San Pedro de Atacama leve agasalhos para o frio. 

» Viajar sem seguro viagem ao Deserto do Atacama é uma tremenda furada.

Primeiro porque não custa muito, e segundo porque ele pode literalmente salvar a sua vida.

Na Seguros Promo você encontra planos com excelente custo-benefício.

Aliás, usando o cupom VOLTOLOGO5 você paga 5% a menos. E, pagando no boleto bancário economiza mais 5%. Ou seja, além de barato dá pra conseguir um desconto de 10%.

3 lugares para se hospedar em San Pedro do Atacama

($) Para os viajantes que procuram um albergue, o Hostal El Anexo tem jeitinho de pousada e me atendeu perfeitamente.

($$) Quem faz questão de privacidade mas não quer gastar uma fortuna, o Chalé Tehuelaike tem um ótimo custo-benefício e reputação invejável.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Quechua Hotel.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em San Pedro do Atacama.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

11 COMENTÁRIOS

    • Oi Vanessa, tudo bem?

      Fico feliz em saber que gostou das dicas de viagem ao Deserto do Atacama! =)

      Particularmente, acho que é uma viagem bem desgastante para crianças. Acredito que você não teria grandes problemas com a de 8 anos,
      mas com um bebê de 1 ano pode ser bem imprevisível.

      Digo isso por conta do desconforto que temos durante a viagem (variações bruscas de temperatura, mal de altitude, tempo dentro e van para chegar às atrações).

      No caso de ir mesmo assim, recomendo que deixe de fora do roteiro os passeios mais cansativos (Geyser El Tatio e Salar de Tara).

      Espero ter ajudado!

      Abraço

  1. Murilo, comigo foi assim também: expectativa nas alturas, mas o Atacama ainda assim surpreende. Também choveu bastante em fevereiro de 2017, eu fui em março e foi ótimo pois a chuva tinha ‘lavado’ o sal, tudo estava branquinho, lindo! Parabéns pelo post, dicas ótimas que vão ajudar bastante gente.

  2. Ótimas dicas para organizar uma viagem para o Atacama. Achei o roteiro bem explicadinho e a relação dos custos dos passeios, entradas e alimentação ajuda muito na hora de fechar o orçamento. A gente sempre fica com dúvidas desse tipo e o seu post tornou bem prática a viagem. Salvei o post!

  3. Amei esse post. Ótimas dicas para quem está pensando em ir para o Atacama. Estava pensando em ir no meu aniversário (fevereiro) e já mudei de ideia depois do que li aqui. Agora estou vendo se dá para ir em novembro. Parece ser um mês bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here