A capital do Espírito Santo é um destino que nos cativa aos poucos e sem estardalhaços. Inclusive, em um primeiro momento podemos até pensar que não há muito o que fazer em Vitória. Porém, basta um olhar mais cuidadoso para encontrarmos excelentes passeios para um roteiro de viagem.

Para ficar ainda melhor, Vitória é uma cidade compacta. Ou seja, visitar os seus pontos turísticos não exige grandes deslocamentos e tampouco uma programação tão extensa.

É claro que com tempo de sobra dá para aproveitar as férias e conhecer também outros municípios capixabas. Porém, se o foco do itinerário são apenas os passeios em Vitória, dá até mesmo para aproveitar um feriadão prolongado para conhecer as suas atrações.

E, para que você entenda quais são as atividades que não podem ficar de fora das suas andanças, neste texto eu explicarei o que se pode esperar dos principais lugares para visitar em Vitória.

Dicas de passeios para fazer em Vitória

A primeira coisa que você precisa saber sobre os passeios para fazer em Vitória é que você consegue fazer tudo por conta própria e de forma independente. Mesmo que você não esteja de carro, dá para circular entre um canto e outro utilizando o transporte público e aplicativos de transporte.

Para mim, alugar um carro ou recorrer a tours guiados de agência só faz sentido para este destino se você também pretende ir para outras cidades.

Além disso, para visitar os principais pontos turísticos de Vitória, e ainda fazer um bate-volta até a sua vizinha Vila Velha, recomendo montar um roteiro de pelo menos três dias inteiro. Ou seja, considerando os dias de ida e volta – que serão parcialmente perdidos com deslocamento – o ideal é ter cinco dias disponíveis.

Por fim, confira a seguir quais são, na minha opinião, os melhores programas para fazer em Vitória:

1- Curtir as praias urbanas de Vitória
2- Descansar nas praias da Ilha do Frade e da Ilha do Boi
3- Visitar os pontos turísticos do centro histórico
4- Ir ao mirante do Parque da Fonte Grande
5- Conhecer outros parques de Vitória
6- Paneleiras de Goiabeiras
7- Comer moqueca capixaba
8- Provar outras delícias nas cafeterias e restaurantes de Vitória
9- Fazer um bate-volta para Vila Velha

o que fazer em Vitória
Praia da Guarderia

» Clique aqui para encontrar ofertas de pousadas em Vitória

1- Curtir as praias urbanas de Vitória

A sabedoria popular é categórica em afirmar que as praias de Vila Velha são melhores do que as de Vitória. Ainda assim, considero que vale a pena dedicar um tempo da viagem para conhecer os pedaços de areia da capital do estado.

Apesar de não ser referência nacional em beleza, a orla urbana de Vitória rende um belo passeio pelos calçadões à beira-mar. Além disso, em alguns trechos há quiosques e restaurantes, portanto, também são bons locais para comes e bebes ao melhor estilo pé na areia.

Podemos dividir as praias urbanas de Vitória em dois grupos: Camburi e Praia do Canto, sendo que nesta última vale incluir os trechos chamados de Guarderia e Curva da Jurema (que estão na mesma faixa de areia).

Na Praia do Canto, na altura da Praça dos Namorados, o mais legal é caminhar pela orla. Em Guarderia é comum vermos as pessoas praticando atividades aquáticas, como stand up paddle e caiaque. Por fim, a Curva da Jurema é mais ocupada pelos banhistas, afinal, é neste trecho onde há alguns quiosques de frente para o mar.

Já a Praia de Camburi ostenta o maior tapete de areia da cidade – tanto em comprimento como em largura. Portanto, se você gosta de esticar a canga sem ficar esbarrando em outros visitantes, aqui é o melhor endereço para o seu passeio.

Além disso, saiba que Camburi tem um calçadão bem cuidado, ciclovia e quiosques. Aliás, esta é uma vizinhança que tem uma excelente estrutura comercial, portanto, trata-se também de um dos melhores bairros para ficar em Vitória.

No mais, se você gosta de caminhar, um bom plano é ir andando da orla de Camburi até os quiosques da Curva da Jurema. Todo este trecho tem apenas 2,5 quilômetros.

melhor parai de Vitória
Praia de Camburi

2- Descansar nas praias da Ilha do Frade e da Ilha do Boi

Próximo à Praia do Canto há duas ilhas que são bairros residências e têm algumas prainhas com ares menos urbanos: a Ilha do Frade e a Ilha do Boi. Portanto, se você prefere um pedaço de areia com este perfil, não deixe de incluí-las na sua lista do que fazer em Vitória.

Aliás, você pode conhecê-las no mesmo dia em que estiver circulando pelas atrações da Praia do Canto. No meu caso, fui andando até as duas ilhas. Vale lembrar, porém, que essas praias são menores e sem nenhum tipo de estrutura comercial por perto.

Na Ilha do Frade, o lugar que achei mais bonito e que faz o passeio valer a pena é a Praia das Castanheiras. Ainda assim, durante o caminho você pode aproveitar para visitar outras praias, como a principal que está logo na entrada da ilha e a Prainha do Meio.

Já na Ilha do Boi há apenas duas praias para os banhistas: a Praia da Direita e a Praia Grande. E, dentre as duas, a mais bonita e que tem um astral mais bacana, na minha opinião, é a Praia Grande.

Embora não seja deserta ou selvagem, a Praia Grande da Ilha do Boi tem um jeitão de praia bairrista ideal para dar uma escapada durante o dia a dia. Apesar de não ter serviços de quiosque, há árvores que garantem uma bela sombra na faixa de areia. No geral, achei um lugar bastante agradável para passar uma manhã ou um fim de tarde à toa sem tanto vuco-vuco.

passeios para fazer em Vitória
Praia Grande da Ilha do Boi

3- Visitar os pontos turísticos do centro histórico

Apesar de não ser a região com mais coisas para fazer em Vitória, o centro histórico da cidade possui alguns pontos turísticos que podem preencher uma manhã ou tarde do seu roteiro.

Um bom plano é começar o passeio no agradável Parque Moscoso e dali seguir a programação pelas construções históricas da região. Ao sair do parque, uma boa rota é visitar o Convento de São Francisco, o MUCANE (Museu Capixaba do Negro), o Palácio Anchieta e subir a Escadaria Maria Ortiz para chegar a Catedral Metropolitana de Vitória.

Depois, basta caminhar 400 metros para chegar a Praça Costa Pereira, onde há outro conjunto de atrações: Teatro Carlos Gomes, Centro Cultural Sesc Glória e Museu de Artes do Espírito Santo.

Por fim, se você é do tipo de viajante que curte atrações históricas, vale a pena esticar o passeio até o Museu Solar Monjardim, que se encontra próximo do bairro de Fradinhos, a três quilômetros do centro.

pontos turísticos de Vitória
O Palácio Anchieta é um dos pontos turísticos de Vitória

4- Ir ao mirante do Parque da Fonte Grande

O Parque da Fonte Grande guarda a melhor vista panorâmica de Vitória, afinal, seu ponto mais alto está a 309 metros acima do nível do mar. Para chegar lá, porém, é necessário estar de carro ou ter disposição para encarar uma longa subida.

O acesso à portaria principal do parque é pela Estrada Tião de Sá, que tem início no bairro de São Pedro, localizado a 10 quilômetros do eixo turístico da cidade. Fazendo este caminho dá para estacionar na entrada do parque e fazer curtas caminhadas apenas para chegar aos mirantes.

Outra opção é fazer uma trilha que começa no bairro de Fradinhos. Essa entrada do parque, conhecida como Portaria 2, está situada no final da Rua João Ferreira de Souza. Aliás, este acesso é relativamente próximo do Museu Solar Monjardim.

Embora o caminho não seja tão extenso – gasta-se entre 40 minutos e uma hora para percorrê-lo – essa trilha do Parque da Fonte Grande tem alguns pormenores.

Primeiro, não recomendo que você a faça se tiver chovido muito nos dias anteriores. Isso porque, alguns trechos são esburacados e podem se tornar bastante escorregadios.

Além disso, vá preparado para encarar partes íngremes e outras que estão com a mata densa.

Por fim, a dica mais importante e que recebi do guarda que estava na portaria do parque: ao iniciar a trilha e caminhar por cerca de 10 minutos haverá uma bifurcação no caminho – vire à direita.

Depois, é só seguir a caminhada até chegar à parte do parque onde há calçamento com paralelepípedo. Basta continuar andando por essa via pavimentada que você chegará entrada principal do parque que dá acesso aos mirantes.

Parque da Fonte Grande

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 8hs às 17hs.

» Preço: Gratuito.

passeios em Vitória
Vista de um dos mirantes do Parque da Fonte Grande

5- Conhecer outros parques de Vitória

Além do Parque da Fonte Grande há outras áreas verdes que podem fazer parte do seu roteiro em Vitória – especialmente se você não quiser se afastar tanto do burburinho mais turístico.

A menos de dois quilômetros da Praia de Camburi, por exemplo, está o Parque Pedra da Cebola. Além de um belo paisagismo com jardins bem cuidados, o parque oferece algumas áreas para descanso e um pequeno parquinho para as crianças. Apesar de ser bastante movimentado aos finais de semana, de segunda a sexta costuma ser um oásis de tranquilidade.

Outro lugar que é um verdadeiro refúgio em meio à natureza é o Parque Botânico Vale. Este, porém, está localizado a sete quilômetros da Praia do Canto. Ainda assim, pode apostar que o deslocamento valerá a pena – principalmente se você estiver em busca do que fazer em Vitória com crianças.

Além de extremamente bem cuidado, o Botânico Vale tem uma ótima estrutura de serviços e diversos tipos de espaços, inclusive, um parquinho com brinquedos para os pequenos. Aliás, o que mais me surpreendeu durante a minha visita foi o enorme público infantil que estava se divertindo à beça.

Parque Pedra da Cebola

» Endereço: Rua Ana Vieira Mafra, s/n, Mata da Praia, Vitória.

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 5hs às 22hs.

» Preço: Gratuito.

Parque Botânico Vale

» Endereço: Avenida dos Expedicionários, s/n, Jardim Camburi, Vitória.

» Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 8h30 às 16h30.

» Preço: Gratuito.

parques em Vitória
O Parque da Pedra da Cebola é um dos lugares para incluir na sua lista do que fazer em Vitória

6- Galpão das Paneleiras de Goiabeiras

O Galpão das Paneleiras de Goiabeiras não é exatamente um ponto turístico. Afinal, trata-se do local de trabalho de mais de 60 associadas que produzem um dos símbolos do estado: a panela de barro – isso, a mesma que você verá nos restaurantes na hora de provar a moqueca capixaba.

Porém, inevitavelmente, a tradição deste ofício, as suas particularidades e a importância desta atividade para o Espírito Santo, começaram a atrair os olhares dos turistas curiosos. E, atualmente, boa parte dos roteiros em Vitória inclui este lugar na programação.

Todo o processo de fabricação das panelas de barro acontece ali mesmo no galpão das paneleiras – desde a modelagem do barro até a sua queima, que é realizada em fogueiras a céu aberto.

Além de poder acompanhar este processo bisbilhotando por conta própria (não há nenhum tipo de visita guiada), o visitante também pode comprar as panelas que ali são produzidas. No geral, é um passeio rápido, que deve durar em torno de uma hora.

Galpão das Paneleiras de Goiabeiras

» Endereço: Rua das Paneleiras, 55, Goiabeiras, Vitória.

» Horário de funcionamento: Segunda a sábado, das 8hs às 17hs.

» Preço: Gratuito.

tours em Vitória
Panelas de barro do Galpão das Paneleiras de Goiabeiras

7- Comer moqueca capixaba

Qualquer destino litorâneo que se preza tem como grande estrela da sua mesa os frutos do mar. E, em Vitória, ou melhor dizendo, em toda a costa do Espírito Santo, isso não é diferente. Porém, há um prato em especial que reina em absoluto: a moqueca capixaba.

Portanto, uma das coisas que você não pode deixar de fazer em Vitória – se você gostar de peixes – é prová-la em ao menos uma das suas refeições.

Um dos lugares mais famosos para almoçar este prato típico do Espírito Santo é na Ilha das Caieiras. Situado na periferia da cidade às margens do Rio Santa Maria e a sete quilômetros da Praia do Canto, esse bairro tem uma simpática orla com restaurantes sobre um deck à beira-rio. Toda a vizinhança e a estrutura dos estabelecimentos são bem modestas e sem firulas, porém, os pratos são caprichados.

Três restaurantes na Ilha das Caieiras que fazem sucesso entre os viajantes, são: Pirão da Ilha, Ilha das Caieiras Restaurante e Moquecaria Teresão.

Além disso, você também pode provar a moqueca capixaba em outros restaurantes mais centrais – especialmente se não quiser se deslocar até a Ilha das Caieiras. Na Praia do Canto, por exemplo, o Restaurante Pirão e o Restaurante Enseada Geraldinho são dois dos mais renomados no pedaço.

Sobre o preço da moqueca capixaba, um prato para duas pessoas custa, em média, a partir de R$ 110,00. Porém, tenha em mente que dependendo do estabelecimento em questão e do peixe escolhido, o valor pode beirar os R$ 200,00.

onde comer moqueca capixaba em Vitória?
Em alguns restaurantes há menus executivos individuais na hora do almoço

8- Provar outras delícias nas cafeterias e restaurantes de Vitória

Como nem só de moqueca se faz uma viagem a Vitória, aproveite para também deixar o seu estômago contente com outros sabores. E, a boa notícia, é que há muitas cafeterias e restaurantes aonde você pode cumprir essa difícil atividade.

Como eu fiquei hospedado na Praia do Canto as minhas andanças gastronômicas se limitaram a esta vizinhança. Porém, mesmo que você fique em outro bairro certamente terá diversas possibilidades para repor as energias.

Para um almoço ou jantar mais elaborado com refeição completa, o Restaurante Pirão (peixes), o Mahai Praia do Canto (cardápio variado) e O Quintal (carnes vermelhas), são boas pedidas. Este último, inclusive, também funciona como bar e tem uma decoração cheia de estilo.

Para comer hambúrguer, pizza e esfiha, o By Rock Steak House, o Red Elephant American Pizza e Mundo da Esfiha, me deixaram profundamente satisfeito.

Aliás, na mesma rua do Mundo da Esfiha há outros bons lugares para comer em Vitória: Bendito Bistrô, Balthazar e Empório Joaquim. Os três estão praticamente lado a lado e ostentam um ambiente mais gourmetizado.

Por fim, deixo algumas dicas de cafeterias em Vitória aonde você poderá adoçar o seu dia: Cookie It Café, Café Teugrano, Odara Pão, D’ Belem Doçaria Portugesa, Café Bamboo e Casa Qu4tro Bistrô.

lugares para visitar em Vitória
A Casa Qu4tro Bistrô é um ótimo local para um café da tarde

9- Fazer um bate-volta para Vila Velha

Vizinha da capital capixaba, Vila Velha, a maior cidade do Espírito Santo, pode ocupar um dia inteirinho do seu itinerário. E, diga-se de passagem, vale muito a pena reservar um espaço da programação para isso.

Até porque, basta um cruzar de ponte, no caso, a Terceira Ponte, para ir do burburinho turístico de Vitória ao burburinho turístico de Vila Velha. Ou seja, a curta distância dará a sensação de que você está indo para outro bairro da mesma cidade, e não atravessando limites municipais.

Além de belas praias para banho de mar, Vila Velha tem cartões postais fora d’água que cabem perfeitamente em uma visita única. Porém, se você quiser curtir a vida boa esticando a canga na areia, o ideal é dedicar dois dias para a cidade: um para pegar praia e outro para as demais atrações.

Durante a minha viagem a Vitória eu fiz apenas um bate-volta para Vila Velha e foi suficiente para visitar os lugares que gostaria. Inclusive, me desloquei utilizando o transporte público e foi bastante prático.

O meu dia começou cedinho na Praia de Itaparica, onde apenas mergulhei e fiquei por alguns minutos. Em seguida, fiz uma caminhada de cinco quilômetros pelo calçadão à beira-mar que une Itaparica, Itapoã e Praia da Costa – esta última, um dos bairros mais movimentados entre os turistas.

A próxima atividade do me roteiro foi a trilha do Morro do Moreno, que exigiu em torno de duas horas para ir e voltar.

Por fim, encerrei o dia visitando as atrações mais afastadas da orla: o Convento da Penha, o Parque da Prainha, a Casa da Memória de Vila Velha e a Fábrica de Chocolates Garoto.

o que fazer em Vitória e Vila Velha
A Praia da Costa é um dos lugares que você pode visitar durante o seu passeio bate-volta para Vila Velha

O que fazer em Vitória à noite?

O burburinho boêmio da cidade se concentra principalmente em três bairros: Praia do Canto, Praia de Camburi e Jardim da Penha. E isso facilita bastante a vida dos turistas, afinal, as melhores pousadas em Vitória também estão por estas bandas da capital capixaba.

Na Praia do Canto a maior concentração de bares está no quarteirão conhecido como Triângulo das Bermudas. Por aqui, quem reina em absoluto são os botecos com mesas ao ar livre e música. Alguns dos bares mais concorridos para tomar uma gelada, são: Di DomDom Botequim, Bilac, Ensaio Botequim e Bar Abertura.

Se acaso você quiser prolongar a farra, dois lugares que têm pistas de dança animadas são o Gordinho Praia do Canto e o Embrazado. Ambos também estão no miolo do Triângulo das Bermudas.

Na Praia de Camburi, pertinho da Praia do Canto, uma das programações mais bacanas que encontrei foi no Barlavento Beach Bar & Lounge. Além de ser um bom lugar para curtir a noite em Vitória, aos finais de semana também costuma ter festas durante à tarde – ao melhor estilo sunset party pé na areia.

Por fim, no Jardim da Penha, perto do campus da Universidade Federal do Espírito Santo, quem domina a noite são os botecos mais modestos e sem tantas firulas. Para curtir estes lados da cidade tenha como referência de localização o Bar Abertura e o Sofá da Hebe.

o que fazer em Vitória à noite
O Triângulo das Bermudas é uma das regiões mais movimentada à noite em Vitória

O que fazer em Vitória com chuva?

Embora existam algumas atividades para fazer em Vitória com chuva, é inevitável: se os aguaceiros forem constante parte do seu roteiro será prejudicado. Ainda assim, no caso de você se deparar apenas com chuviscos passageiros, dá para reorganizar a programação para visitar nestes momentos as atrações cobertas.

Além disso, outra possibilidade é aproveitar o clima inconveniente como desculpa para investir mais tempo e $$$ em passeios gastronômicos. Inclusive, eu mesmo fiz isso durante a minha viagem e não me arrependo.

Durante um dia inteirinho em que a chuva não deu trégua, a minha solução para não ficar no quarto do hotel foi pular de uma cafeteria para outra durante o dia inteiro.

Por outro lado, se você quer evitar ao máximo este tipo de situação durante as suas férias, a melhor pedida é evitar viajar a Vitória de outubro a janeiro. Isso porque, esse é o período do ano com maior volume pluviométrico na região, sendo que normalmente a taxa de precipitação gira perto de 150 mm mensal.

No mais, confira abaixo os lugares que você pode visitar em Vitória nos dias de chuva:

– Convento de São Francisco

– MUCANE (Museu Capixaba do Negro)

– Palácio Anchieta

– Centro Cultural Sesc Glória

– Museu de Artes do Espírito Santo

– Museu Solar Monjardim

– Paneleiras de Goiabeiras

– Shopping Vitória

– Fábrica de Chocolates Garto (Vila Velha)

o que fazer em Vitória com chuva
O Sesc Glória é uma das atrações de Vitória que você pode visitar nos dias de chuva

O que fazer em Vitória em 3 dias?

Deixarei a seguir uma sugestão de passeios para fazer em Vitória em 3 dias inteiros. Ou seja, considerando os dias de ida e volta, o ideal é que a sua viagem tenha um total de cinco dias. Na minha opinião, esse é o período mínimo ideal para visitar os principais pontos turísticos da capital capixaba e também da sua vizinha, Vila Velha.

Porém, é claro: sinta-se à vontade para organizar o itinerário da melhor maneira que atenda à sua disponibilidade e gosto pessoal. Afinal, uma programação que serve para mim não necessariamente será a melhor pedida para você.

No mais, tenha em mente que para este roteiro em Vitória vou considerar o primeiro e o último dia parcialmente livres. No entanto, caso isso não se aplique à sua realidade, tente encaixar as atrações destes dias em outros momentos do itinerário.

» Primeiro dia: Chegada, check-in no hotel e almoço próximo de onde estiver hospedado. À tarde: Paneleiras de Goiabeira e Parque Pedra da Cebola.

» Segundo dia: Orla urbana de Vitória. Passear pela Ilha do Boi, Curva da Jurema, Praia da Guarderia, Ilha do Frade, Praia do Canto e Praia de Camburi.

» Terceiro dia: Bate-volta para Vila Velha. Você pode seguir o itinerário indicado no item 9 do texto.

» Quarto dia: Atrações do centro-histórico de Vitória, Museu Solar Monjardim e Parque da Fonte Grande.

Caso você não faça questão e visitar as atrações históricas e culturais pode aproveitar para passar o dia em alguma praia.

» Quinto dia: Manhã livre e retorno.

3 lugares para se hospedar em Vitória

($$) Um dos hotéis mais econômicos na Praia do Canto é o Hotel Costa Victória.

($$) Outra opção que oferece excelente custo-benefício é o Ibis Vitória Praia do Canto.

($$$) Podendo investir um pouco mais, vale conferir as suítes do Comfort Suítes Vitória.

» Se acaso preferir, clique aqui e confira outras ofertas de hospedagem em Vitória.

Avatar para Anônimo
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here