COMPARTILHAR
viagem pela América Central
Caye Caulker – Belize

“Mas por que você vai viajar para a América Central? O que é que tem lá?”.

Essa foi uma das perguntas que mais escutei de amigos e familiares quando eu falei qual seria o meu próximo destino.

Até entendo o motivo da surpresa. Talvez com  exceção da Costa Rica, os outros países da América Central não são tão populares para nós brasileiros.

Mas isso não significa que eles não possuem inúmeras atrações e que não merecem ser visitados.

Natureza privilegiada, baixo custo e cultura fascinante são apenas alguns dos motivos para você fazer um mochilão pela América Central.

Ah… E se você é daqueles que sente falta de arroz com feijão quando viaja para o exterior, saiba que esse é um prato bastante popular por lá. Junto com ovos mexidos, esse é um típico café da manhã centro americano.

1- O preço

Não importa se você está sofrendo ou não com a crise, viajar gastando pouco é bom em qualquer momento.

E na América Central isso é possível em praticamente todos os seus países.

Nicarágua, El Salvador, Honduras e Guatemala são as grandes barbadas.

Nesses países, gastava uma média de US$ 25,00/dia. Para você ter uma ideia de preços, um quarto compartilhado em hostel custa em médio US$ 8,00/ noite. Refeições podem ser encontradas a partir de US$ 3,00.

Panamá fica no meio da balança. É um pouco mais caro que os quatro citados acima, mas bem mais barato do que Costa Rica e Belize.

Esses dois últimos devem ser evitados se você realmente não quiser  gastar muito.

Leia também: Quanto custa um mochilão pela América Central

2- O Caribe

Você pode até não gostar de praia, mas é impossível negar a beleza do mar e ilhas caribenhas.

Sim, eu sei que aqui no Brasil temos praias incríveis.  Mas a questão não é comparar, é admitirmos que o Caribe é sim um lugar privilegiado e que vale muito a pena conhece-lo.

Dentre os lugares que visitei, San Blas, no Panamá, é sem dúvida alguma o que mais gostei. O fato de ser desconectada de tudo que estamos habituados no nosso cotidiano e termos apenas o suficiente para viver, faz com que essas ilhas sejam um lugar único.

Bocas del Toro, ainda no Panamá, é outro arquipélago que merece destaque.

Outros lugares que te farão se sentir no paraíso são Isla Maíz na Nicarágua, e Caye Caulker em Belize.

viagem pela América Central
San Blás – Panamá

Leia também: 10 praias para você conhecer no Caribe

3- Os vulcões

Vulcão é um negócio complicado.

Muitas vezes eles causam uma destruição incalculável à cidade e a população que se encontra próximo a ele.

O histórico de tragédias envolvendo vulcões que entraram em erupção é bem grande.

Mas uma coisa é certa, é impossível não ficar encantando com a beleza de alguns deles.

Se você está afim de ter contato bem de perto com eles, saiba que a América Central é o lugar certo.

Na Costa Rica, os vulcões Arenal e Cerro Chato são bastante procurados. É possível fazer hiking em ambos, porém, o segundo exige um bom preparo físico.

Na Nicarágua, a Isla Ometepe  é famosa por possuir dois vulcões no seu território, o Madera e o Concepción.

Ainda na Nicarágua, na cidade de León, é possível praticar o Volcano Boarding no Vulcão Cerro Negro. A “modalidade esportiva” consiste em escorregar pelo vulcão sobre uma prancha de madeira. A velocidade atingida pode ultrapassar 50 km/hora.

Em El Salvador, o Parque Nacional los Volcanes possui três vulcões: o Santa Ana, o Cerro Verde e o Izalco. A trilha mais popular é a que leva ao pequeno lago azul turquesa localizada dentro da cratera do Santa Ana. O lugar ainda possui uma vista incrível para o Lago Coatepeque. Para conhecer o parque, recomendo que você tenha a cidade de Santa Ana como base.

viagem pela América Central
Isla Ometepe – Nicarágua

Leia também: Guia prático para viajar pela América Central

4- Os ckicken buses

Se tem uma coisa que eu sinto falta da América Central, essa coisa são os chicken buses.

Sim. Na maioria das vezes a viagem nesses ônibus  era perrengue total.  Lotação, falta de espaço para a mochila, não saber onde descer, cobradores tentando te cobrar mais pela passagem só porque você é turista e inúmeras conexões para andar menos de cem quilômetros.

Mas é aquela coisa, depois que passa a gente ri e o que sobra são as inúmeras histórias para contar.

Minhas viagens de ônibus são muito mais monótonas e desinteressantes sem eles.

viagem pela América Central

Leia também: Como se locomover pela América Central

5- As cidades coloniais

Inclua em sua viagem pela América Central ao menos uma das varias cidades coloniais que há por lá.

Na Nicarágua a mais famosa delas é Granada. Apesar de realmente ser muito bonita, quem me conquistou nesse país foi León, uma das cidades mais legais que já visitei.

Na Guatemala está um dos lugares mais charmosos que já visitei em toda a América Latina: Antigua. Reserve pelo menos três dias do seu roteiro de viagem pela América Central para conhece-la.

viagem pela América Central
Antigua – Guatemala

6- A cultura maia

Se na América do Sul a cultura Inca é responsável por impulsionar o turismo em diversas regiões, na América Central isso fica por conta da civilização Maia.

Dona de uma cultura misteriosa e cheia de histórias interessantes, uma ótima maneira de aprender um pouco mais sobre eles é visitando alguns dos seus sítios arqueológicos.

No norte da Guatemala, Tikal foi uma das maiores cidades Maias e atualmente recebe centenas de turistas todos os dias.

Em Honduras, as Ruínas de Copán fazem as honras da casa para quem quer explorar essa cultura.

Belize é outro país onde a civilização Maia prosperou e há muitos lugares interessantes para se conhecer.

Apesar de não estar na América Central, quem é apaixonado pela história desse povo não pode deixar de visitar o México. Além de conhecer cidades como Cobá e Tulun, é lá onde você poderá conhecer uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno: Chichén Itzá.

viagem pela América Central
Ruínas de Copán – Honduras

Leia também: 5 roteiros de mochilão pela América Central

7- Não precisa de visto

Quem é que não gosta de viajar para algum lugar onde não é necessário ter que lidar com toda a burocracia que envolve solicitar e conseguir um visto?

Pois bem. Na América Central nenhum país exige visto para brasileiros que viajam a turismo.

Na verdade, em alguns deles você até paga uma taxa que eles chamam de visto, mas isso é feito na hora da imigração. Ou seja, quando você já estiver entrando no país.

Mas atenção a outros pontos importantes:

→ É necessário passaporte com validade mínima de seis meses. Os países centro americanos não fazem parte do Mercosul, portanto, não é possível viajar apenas com o RG.

→ Ter tomado vacina contra febre amarela é outro item obrigatório. Na hora da imigração você terá que apresentar o Certificado Internacional de Vacinação Contra a Febre Amarela. Lembre-se de que é necessário tomar a vacina com pelo menos 10 dias antes da viagem.

→ O tempo que você pode viajar em cada país não é o mesmo para todos.

No Panamá, por exemplo, recebi permissão para ficar até 90 dias.

Na Costa Rica, teoricamente seria para ser o mesmo, mas o agente de imigração me concedeu apenas 60. Como ficaria apenas 10 dias nem questionei.

Nicarágua, Honduras, El Salvador e Guatemala possuem um acordo entre eles, e por isso, você pode viajar pelos quatro países durante 90 dias, e não por 90 dias em cada um deles como muita gente imagina.

Em Belize, teoricamente seria para eu ter recebido permissão para viajar por até 30 dias. Mais uma vez acho que o cara da imigração não foi muito com a minha cara e concedeu apenas metade disso.


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links, banners e caixas de pesquisa que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

Compare e contrate seu seguro viagem através da Real Seguros


Ficou com alguma dúvida ou tem outras razões para fazer uma viagem pela América Central? Deixe um comentário abaixo!

Esse post te ajudou ou foi útil de alguma maneira? Curta e compartilha clicando nos botões abaixo. Não custa nada e é uma forma de sabermos se você está gostando do nosso conteúdo. Além de deixar um blogueiro muito feliz! xD

COMPARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

    • Oi Jaque!

      A época mais seca na Costa Rica é da segunda metade de dezembro a abril!!
      Em Julho você pode pegar alguns dias de chuva, mas imagino que não vá atrapalhar a viagem…
      Até porque esse não é o mês mais chuvoso.. Costuma ficar no meio da balança! heheh

      Abraço

    • Jaque,

      Eu moro na Costa Rica. A gente está de férias no mês de julho, porém o ambiente é bem legal e o clima não é problema nenhum. Eu recomendo muito.

      Pd: O mês com mais chuva na Costa Rica é outubro.

  1. Excelente trabalho vc faz aqui no blog, Murilo! Parabéns!
    Acabei de chegar de 16 dias pelo Equador, já comecei a montar a próxima trip, terei 23 dias pela América Central, ao contrário de vc, meu estilo é mais acelerado, faço viagens maratona, como vc mencionou kkkkkkkkkk, pra vc ter ideia, em 16 dias no Equador, me hospedei em 8 cidades diferentes…hehehe. Agora estou estudando quais países pretendo visitar pela América Central.
    Enfim, teria como me ajudar sobre a diferença financeira e a de tempo gasto entre pegar um Ticabus ou um Chicken Bus? Exemplo poderia ser saindo de um país para outro.

  2. Olá Murilo, muitos parabéns pelo blog, tem sido uma preciosa ajuda para ficar a conhecer melhor as Américas!

    Ando a tirar ideias para a minha viagem de 2017, costumo ir por 15 dias, +- no mês de abril. Depois de dois anos na Ásia, gostava de me virar para a América Central. Toda a gente me diz “Vai à Costa Rica”. Pois bem, aproveitava a viagem (desde Portugal) e fazia um combinado com outro país, Panamá ou Nicarágua, que sugeria?! 🙂 8 dias em cada um seria suficiente?!

    Também tenho lido que a Costa Rica é cara. Mas, é cara ou é a mais cara da América Central?!

    Obrigada!

    • Oi Cláudia!

      Que bom que gostou do blog! 🙂 🙂 🙂

      Realmente a Costa Rica é beeem cara se comparada aos outros países da América Central.
      Diria que é a mais cara da América Central, mas é possível viajar não gastando muito.

      Eu amooo a Nicarágua, então a recomendo bastante. Viverá a “veradeira” América Central quando viajar por ela.
      É bem diferente da Costa Rica e Panamá.

      Além disso, é mais barato viajar pela Nicarágua do que pelo Panamá!
      8 dias em cada país da pra conhecer bastante coisa de cada um.

      Espero ter ajudado!

      Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here