COMPARTILHAR

ATENÇÃO

Seguro viagem com até 10% de desconto!!!

Contratando seu seguro com a SegurosPromo através deste link , basta aplicar o cupom VOLTOLOGO5 que você ganhará 5% de desconto.
E se o pagamento for em boleto bancário você ganha mais 5%

»»» Clique aqui e faça uma cotação online agora mesmo!
Ushuaia, El Calafate e El Chaltén, na Patagônia argentina. Descubra porque você deveria visitar estes três destinos, quais são as suas principais diferenças, atrações, passeios e quanto tempo ficar durante sua viagem.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Logo que comecei a planejar minha viagem pela Patagônia, tive certeza de que Ushuaia, El Calafate e El Chaltén estariam no meu roteiro. E o motivo é simples: cada uma destas cidades é a base para visitar diferentes lugares fantásticos da região. Não dá pra falar que não vai visitar alguma porque já irá em outra. Ou melhor, você até pode deixar alguma de fora da sua rota, mas esteja ciente que cada uma destas três cidades do sul da Argentina oferece propostas distintas.

Porém, apesar de serem os destinos mais concorridos da Patagônia argentina, a verdade é que organizar a logística do seu roteiro por estas bandas pode dar mais trabalho do que você imaginava. Isso porque, apesar de El Calafate e El Chaltén serem vizinhas, Ushuaia está distante das duas. Além disso, no meio do caminho está Torres del Paine, um dos parques nacionais mais lindos do Chile e que seria uma lástima você conhecer.

Mas não se preocupe, pois neste post eu vou te contar tudo o que você precisa saber para começar a entender os lugares mais famosos da Patagônia. Irei te explicar porque cada uma destas cidades merecem a sua visita, quais suas principais atrações e quantos dias ficar em cada uma delas.

Bienvenida y Bienvenido a Ushuaia, El Calafate y El Chaltén!

Leia também: 7 dicas essenciais para sua viagem pela Patagônia argentina

# Ushuaia

O apelo de marketing é forte: “Ushuaia, la ciudad del fin del mundo”. Por si só, a ideia transmitida de estar no lugar mais austral do mundo já é suficiente para que os viajantes incluam Ushuaia na sua lista de desejos. E, ao chegar à cidade, lojas, restaurantes e hotéis fazem questão de lembrar que você não está em um destino comum. Ao invés de “la ciudad”, os estabelecimentos apenas trocam o termo pelo produto que oferecem, e atiçam os viajantes a gastarem seus dólares na “Cafetería del fin del mundo” ou em outro local qualquer.

Mas é claro, apenas isso não faria de Ushuaia um dos destinos mais desejados da Patagônia. As paisagens que se encontram a poucos quilômetros da cidadezinha justificam qualquer viagem.

Apesar de pequena e visivelmente turística, Ushuaia é a maior e a que tem mais cara de “cidade comum” dentre os três destinos mais concorridos do sul argentino. A estrutura turística é boa e você terá diversas agências, acomodações e restaurantes a sua disposição.

Passeios também não faltam. Para fazê-los, no entanto, você precisará recorrer aos tours oferecidos por agências. Poucos lugares dão pra você conhecer por conta própria, como por exemplo, o Glaciar Martial. Outras atrações que você pode incluir na sua estadia em Ushuaia é o Parque Nacional Tierra del Fuego, Isla Martillo (Pinguinera), Canal Beagle e Laguna Esmeralda.

Recomendo de 3 a 5 dias inteiros na cidade.

Leia também: Onde ficar em Ushuaia?

Ushuaia e o trem do fim do mundo, na Patagônia argentina
O trem do fim do mundo

Leia também: O que fazer em Ushuaia?

# El Calafate

Embora esteja à beira do Lago Argentino, é outra beleza natural que atrai os viajantes até El Calafate: o imponente Glaciar Perito Moreno. Além disso, a cidade também é o ponto de partida para quem quer passar alguns dias no povoado de El Chaltén, ou até mesmo explorar o Parque Nacional Torres del Paine, no Chile.

Com tal localização privilegiada, El Calafate desenvolveu de forma harmoniosa seu centrinho turístico que, apesar de se limitar praticamente a Avenida San Martín, é bem organizado e possui tudo o que o turista precisa. Aliás, quase tudo. Quando fui o único local para trocar dinheiro era o Banco de la Nación Argentina com um horário limitadíssimo. O que resultava numa cotação ruim e uma fila quilométrica.

Sobre quantos dias ficar na cidade, dois ou três dias inteiros são suficientes para as suas atrações. O grandioso Glaciar Perito Moreno, que está no Parque Nacional los Glaciares, levará um dia todo do seu roteiro. Em outras vinte e quatro horas você pode fazer algum passeio alternativo, como navegação entre geleiras ou atividade de aventura. No terceiro você pode explorar o centrinho da cidade e os arredores da Laguna Nimez.

Outra possibilidade é fazer um cansativo bate-volta até Torres del Paine, no Chile, que está a seis horas de estrada de El Calafate. Para explorar o parque o ideal seria ter mais tempo disponível e a chilena Puerto Natales como base. No entanto, caso isso não seja possível para você, conheço diversas pessoas que já fizeram o passeio de um dia saindo de El Calafate e são unanimes em dizer: “É exaustivo, mas a beleza do parque compensa.”.

El Calafate e o Perito Moreno, na Argentina
Glaciar Perito Moreno

Leia também: Onde ficar em El Calafate?

# El Chaltén

É difícil dizer o que mais encanta em El Chaltén: se é o fato dela estar dentro de um parque nacional – no caso, o Los Glaciares – se são suas trilhas e paisagens de cair o queixo, ou se é sua autenticidade.

Destino imperdível para quem curte trekkings, El Chaltén está localizado a quatro horas de El Calafate e conquista cada vez mais viajantes. Até mesmo quem não é fã de longas caminhadas pela natureza, acaba se rendendo aos seus cenários estonteantes e inclui o vilarejo em um roteiro pela Patagônia argentina.

Sua estrutura turística se limita a três ruas onde estão bares, restaurantes e hotéis. É do seu singelo centrinho que você poderá pegar o caminho para suas dezenas de trilhas. E o melhor, ir por conta própria sem precisar gastar nenhum centavo pelo passeio é uma realidade. Três dos caminhos mais famosos são: Laguna de los Tres (Fitz Roy), Laguna Torre e Mirador de los Condores.

Se você é do tipo que curte trilhas recomendo que passe pelo menos três dias inteiros na cidade, e que vá com muita disposição.   

El Chaltén e suas famosas trilhas na Patagônia
El Chaltén, na Argentina

Leia também: Onde ficar em El Chaltén?

# BônusParque Nacional Torres del Paine

Grande destaque da Patagônia chilena, Torres del Paine é o tipo de destino que você só acredita que existe quando vê ao vivo e a cores. Poucos lugares que conheci na América Latina tem uma beleza tão inóspita e apaixonante.

Você pode percorrer as curvas deste parque nacional caminhando durante alguns dias ou durante o passeio de um dia só. Independente de qual seja a sua escolha, o melhor ponto de partida é a cidade de Puerto Natales. Lá você encontrará muitas agências que oferecem o passeio bate-volta, além de tudo o que precisar para se preparar para a trilha – que pode levar de 4 a 10 dias dependendo do circuito que optar.

Além disso, também é possível visitar Torres del Paine em um passeio bate-volta saindo de El Calafate. É cansativo e muito pouco perto de todos os cenários que o parque pode te proporcionar, mas se esta for a sua única chance de conhecer Torres, talvez seja uma boa ideia aproveitá-la.


QUER AJUDAR O BLOG SEM PRECISAR GASTAR UM ÚNICO CENTAVO POR ISSO?

Utilizando os serviços dos nossos parceiros através dos links que estão aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão e VOCÊ NÃO PAGA ABSOLUTAMENTE NADA A MAIS POR ISSO.

 Confira as dicas de como pesquisar e reservar sua hospedagem através do Booking.com

 Compare e contrate seu seguro viagem através da Seguros Promo
Não se esqueça de usar nosso cupom para ganhar 5% de desconto (VOLTOLOGO5)


Ficou com alguma dúvida ou tem outras dicas de Ushuaia, El Calafate e El Chaltén?

Me conta aí nos comentários! 🙂

COMPARTILHAR
Desde que comecei a viajar, em 2011, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Em 2014 deixei meu antigo emprego para realizar a minha primeira grande trip: 10 meses viajando e trabalhando pela América Latina. Desde então compartilho minhas experiências de viagem aqui no Volto Logo.

8 COMENTÁRIOS

  1. Um dos lugares mais lindos que ja conheci, USHUAIA… Magico, Passamos nossa lua de mel lá. MAravilhoso, passeios na neve, motoneve. cachorros, no antigo presidio, o tre, . tudo lindo espetacular.
    O passei no canal foi perfeito.

    Recomendo

  2. PELO QUE DESCREVEU ME INTERESSA MAIS EL CHATEN, VOCE RECOMENDA FICAR POR LA?
    GOSTARIA DE TER APENAS UMA BASE E DEPOIS FAZER OS PASSEIOS. AGRADECO A ATENCAO

    • Oi Valeria, tudo bem?

      Que bom que gostou das dicas! xD

      Acredito que sim! Normalmente, em cidades turísticas não tem esse lance de agência fechar de final de semana. hahhaha
      (Ao menos não durante a alta temporada)

      Olhei no Google sobre a Hielo & Aventura , e lá consta que eles ficam direto. De segunda à segunda das 8h às 19:45.
      Então imagino que as outras também fiquem!

      Abração!

  3. Olá, Murilo!!!

    Como bem você escreveu, o bate-volta a Torres del Paine foi exaustivo, mas a beleza do parque compensa! Ficamos com gostinho de quero mais da última vez. Isso foi bom, aí vem a boa notícia: voltaremos em março para fazer o circuito W!!! Uhuuuu, realização de um sonho. Super na expectativa 😉

    Muito obrigado pela indicação no seu post. Que você tenha muito sucesso em 2018 e continue fazendo viagens incríveis e compartilhando por aqui.

    Abraços

    Cristina

    • Heeey Cristina, tudo bem?
      Bom te ver por aqui!

      Ahh… que bacana! Tá vendo só como o bate-volta valeu a pena!? hehehe

      Certamente vão ficar ainda mais encantados com Torres depois do W!
      Já prevejo fotos incríveis! Obviamente acompanharei a trip de vocês!

      Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here