Melhores passeios no Chile: Descubra quais tours incluir no seu roteiro de viagem pelos principais destinos chilenos [Santiago, Atacama, Pucón, Puerto Montt e Patagônia]
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!
Não é de hoje que os passeios no Chile vêm conquistando os viajantes brasileiros. O que é compreensível, afinal, com tantos destinos para conhecer, o território chileno é daqueles lugares que rendem várias viagens.

Embora muitos turistas vão apenas a Santiago – a capital chilena – saiba que de norte a sul não faltam atrações pelo Chile. São tanto lugares para conhecer e atividades para fazer, que dificilmente esgotamos o país em apenas uma ou duas férias.

Aliás, a melhor maneira de organizar os seus passeios no Chile é montando o roteiro por regiões. Ou seja, inclua no itinerário as cidades que sejam próximas umas das outras. Locais mais afastados do seu destino principal devem ficar para uma próxima viagem.

No mais, se você já sabe quais lugares irá visitar, mas ainda não pesquisou sobre os melhores passeios no Chile em cada uma destas cidades, neste texto eu contarei quais as principais atividades nos destinos chilenos mais populares.

Leia também: Seguro viagem para o Chile | Dicas indispensáveis

# Melhores passeios no Chile

Para começar, vamos aos esclarecimentos: listar todos os melhores passeios no Chile em um único texto é insano. Isso porque, há dezenas de destinos espalhados pelo país e, em cada cidade, há outras dezenas de tours que você pode incluir na sua programação.

Portanto, o que você irá encontrar neste post é um breve resumo com as principais atrações nos destinos mais visitados pelos brasileiros.

Caso você sinta falta de alguma atração ou tem dicas de outros passeios no Chile, deixe um comentário no final do texto. Tenho certeza que poderá ajudar outros viajantes!

As atividades que serão indicadas estão separadas levando em conta os seguintes destinos:

» Santiago
» Atacama
» Pucón
» Puerto Montt
» Puntta Arenas e Puerto Natales

agências de passeios no Chile
Em algum lugar do Atacama

# Passeios em Santiago

Seja para conhecer a própria cidade ou para fazer bate-volta pelos seus arredores, não faltam atrações para pelo menos quatro dias de viagem a Santiago.

É possível visitar muitos pontos turísticos da capital chilena por conta própria. No entanto, alguns tours guiados podem deixar sua experiência mais completa. Portanto, o ideal é combinar estes dois tipos de atividade no roteiro.

Reserve um tempo para perambular sozinho pela cidade. Mas também, se junte a alguns passeios com guias para aprender mais sobre os lugares que irá visitar.

Além disso, os tours guiados podem agilizar o seu deslocamento até locais mais afastados de Santiago. O que facilita a vida, principalmente, dos viajantes que estão com os dias contados.

Para contratar seus passeios no Chile antes de sair de casa, e não ter que se preocupar com isso durante as férias, uma boa ferramenta é a Get Your Guide.

Trata-se de um site onde você pode pesquisar, consultar avaliações e reservar as melhores experiências em vários lugares do mundo de um jeito prático, rápido e seguro. Além disso, outra vantagem é que muitas atrações podem ser canceladas até 24 horas antes da data marcada.

Atrações de Santiago

Um dos passeios em Santiago para fazer assim que chegar a cidade é um city tour pelas suas principais atrações.

Além de percorrer o centro-histórico, onde estão a Plaza de Armas, o Palacio de la Moneda e o Cerro Santa Lucia, o tour também leva os viajantes até a parte mais moderna da capital do Chile. (Clique aqui para mais informações deste tour)

Para os mais dispostos, outra possibilidade é fazer um tour de bicicleta. Neste caso, porém, o passeio se limita a parte histórica de Santiago.

Como boa metrópole que é, em Santiago também dá para fazer um passeio para explorar a arte de rua da capital chilena. Embora o badalado bairro de Bellavista tenha ótimos murais coloridos nas paredes, recomendo fazer um passeio pelo bairro San Miguel – que está mais afastado do burburinho turístico.

Na categoria tours bate-volta, dois clássicos saindo de Santiago é o passeio para Isla Negra e o passeio para Cajon del Maipo.

No município de El Quisco, a cento e dez quilômetros de Santiago, a Casa de Isla Negra é uma das casas-museus do poeta Pablo Neruda – chileno vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, em 1971. Além de visitar a casa do poeta, o passeio também inclui visita a uma vinícola da região de Casablanca.

Já o para Cajón del Maipo e Embalse El Yeso, também exige enfrentar pouco mais de cem quilômetros de estrada e ocupa um dia inteiro da viagem pelo Chile. A grande atração deste tour é a paisagem de uma represa com água azulada rodeada por montanhas.

O passeio a Cajón del Maipo fica ainda mais divertido se você optar pelo tour que inclui também Baños Colina, onde os viajantes fazem uma parada para aproveitar as águas termais da região.

tours no Chile
Visual durante o passeio para Cajón del Maipo e Embalse

Vinícolas pelos arredores de Santiago

Na categoria de passeios clichê-imperdível no Chile, as vinícolas pelos arredores de Santiago encabeçam qualquer lista do gênero. E, de fato, é uma atividade que garante momentos pra lá de agradáveis.

De um modo geral, as vinícolas oferecem passeios com a mesma dinâmica. É feito um recorrido pelas parreiras, pelos locais de fabricação do vinho e outras possíveis instalações da vinícola. Além disso, os tours guiados incluem a degustação de quatro ou cinco tipos de vinhos da casa.

A viña – como são chamadas as vinícolas em castelhano – mais conhecida em Santiago é a Concha y Toro. Como não poderia deixar de ser, por essa mesma razão também é a mais lotada.

Além da Concha y Toro, outra que costuma atrair muitos viajantes, porém, sem superlotação, é a Vinícola Undurraga. Inclusive, a visita guiada de lá costuma ser melhor avaliada pelos viajantes mais entendidos do assunto.

passeios de vinícolas no Chile
Vinícola no Chile

Valparaíso e Viña del Mar

A cento e vinte quilômetros de Santiago, a dupla litorânea Valparaíso e Viña del Mar são os destinos do passeio bate-volta mais disputado de Santiago. E, embora eu ache que estas cidades mereçam ao menos um pernoite por lá, o passeio de um dia consegue apresentar os principais pontos turísticos de cada uma delas.

Em Valparaíso, espere encontrar uma cidade caótica, repleta de história e paredes grafitadas por todos os cantos. Caminhar sem rumo pelas suas vielas e becos estreitos é o melhor passatempo que há por lá.

Já em Viña del Mar, a grande atração são as praias geladas do Oceano Pacífico e seu agradável calçadão à beira-mar. Com avenidas largas, construções modernas e ares requintados, Viña é o oposto de Valparaíso. (Clique aqui para mais informações sobre o passeio bate-volta para Valparaíso e Viña del Mar)

passeio para Valparaíso no Chile
Valparaíso

Passeios na Neve em Santiago

Para quem for viajar durante o inverno, um dos passeios no Chile que mais encantam os viajantes são os que vão até as estações de esqui.

A menos de duas horas de Santiago, os complexos na neve mais famosos são o Valle Nevado e o Farellones.

A principal diferença entre os dois é que em Farellones há mais brincadeiras além do esqui convencional. Ou seja, quem não manja dos paranauês na neve, provavelmente se diverte mais por lá. Além disso, o preço é mais em conta do que no Valle Nevado.

Antes de contratar seu passeio, verifique o que está incluído no valor do tour. Normalmente, é apenas o transporte e acompanhamento de guia que fazem parte do pacote. Refeições e ingressos ao parque costumam ser cobrados à parte, na própria estação de esqui.

Para mais informações sobre o passeio para Farellones, clique aqui.

# Passeios no Atacama

É ao norte do Chile que se encontra um dos destinos com as paisagens mais lindas da América do Sul: o Deserto do Atacama. Não à toa, a região é uma das queridinhas entre os brasileiros que se aventuram pelo território chileno.

Para fazer o deslocamento até lá valer a pena, recomendo passar pelo menos três dias inteiros no Atacama. No entanto, tenha em mente que para fazer apenas os passeios mais tradicionais serão necessários cinco ou seis dias completos.

E, para acrescentar o Salar de Uyuni, na Bolívia, na mesma rota, será preciso mais quatro dias.

Sobre como fazer seus passeios, fique tranquilo, afinal, há muitas agências em San Pedro de Atacama – o vilarejo base para conhecer as belezas do deserto. Ainda assim, se você estiver com os dias contados – assim como eu estava – recomendo que contrate seus passeios antes de sair de casa.

No meu caso, deixei tudo reservado com a turma do Fui Gostei Trips – inclusive, eles me ajudaram a organizar meu roteiro.

Todos os meus passeios com eles ocorreram conforme o que havia sido combinado e não tive nenhum problema. Pelo contrário. Tive a boa surpresa de encontrar guias pra lá de simpáticos e atenciosos.

agências Chile
Foto clássica durante o passeio para as Lagunas Altiplânicas, no Atacama

Melhores passeios no Atacama

Há pelo menos dez passeios clássicos no Deserto do Atacama. Isso sem mencionar as aventuras para o Salar de Uyuni e os trekkings em vulcões.

Como nem todos os passeios duram o dia inteiro, se organizando adequadamente é possível fazer estes dez passeios em seis dias. É cansativo, mas é possível e foi o que eu fiz.

Em todo caso, você não precisa fazer todos os tours. Seja por falta de tempo ou de orçamento, é comum termos que abrir mão de algumas atividades.

Indicarei abaixo todos os passeios que fiz no Atacama. E, para ver mais informações sobre cada um deles, basta clicar no seu nome destacado com esta cor.

» Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas e Salar de Atacama [Dia Inteiro]

» Tour Astrônomico [Noite]

» Valle del Arco Iris [Meio Período]

» Valle de la Luna e Valle de la Muerte [Meio Período]

» Lagunas Escondidas [Meio Período]

» Tour de Bike na Quebrada de Chulakao [Meio Período]

» Termas de Puritama [Meio Período]

» Salar de Tara [Dia Inteiro]

» Geyser El Tátio [Meio Período]

» Laguna Cejar [Meio Período]

o que fazer no Chile
Laguna Negra, visitada durante o passeio ao Salar de Tara

# Passeios em Pucón

Localizada a quase oitocentos quilômetros de Santiago, na região dos Lagos Andinos, a cidade de Pucón é a porta de entrada para os viajantes que querem conhecer o famoso Vulcão Villarrica.

Embora o trekking até o topo do Vulcão Villarrica seja a grande atração de Pucón, recomendo passar ao menos três dias na cidade.

Primeiro, porque costuma chover bastante nessa região, e por esta razão, às vezes é necessário adiar a subida ao cume do Vulcão Villarica.

Além disso, Pucón oferece outras atividades que não podem ficar de fora de uma lista com os melhores passeios no Chile, como por exemplo, o trekking no Parque Nacional Huerquehue e o banho nas águas quentes das Termas Geometricas. Isso, é claro, se você gostar destes tipos de passeios.

# Passeios em Puerto Montt

Outro destino chileno que costuma surpreender os viajantes é Puerto Montt, que também está na Região dos Lagos Andinos e ostenta belos cenários naturais.

Embora o ideal seria ter uma semana para conseguir explorar essa região com calma, com três dias inteiros já dá para fazer os principais passeios em Puerto Montt. Neste caso, porém, tenha em mente que alguns lugares serão visitados no esquema bate-volta.

Além de fazer um passeio panorâmico por Puerto Montt e sua vizinha Puerto Varas, reserve um dia para ir ao Vulcão Osorno e as Cachoeiras de Petrohué, e mais um dia para um bate-volta até a pitoresca Ilha de Chiloé.

# Passeios em Punta Arenas e Puerto Natales

No extremo sul do Chile, Punta Arenas e Puerto Natales são os destinos mais cobiçados da Patagônia chilena. Porém, não se engane, uma está distante da outra – duzentos e cinquenta quilômetros – e não necessariamente você precisa incluir as duas no seu roteiro.

Embora eu não tenha conhecido Punta Arenas, quem já foi costuma achar a cidade bastante simpática. Além de algumas atrações históricas na própria cidade, faz sucesso entre os viajantes o passeio que tem como objetivo avistar os Condores Andinos – a maior ave voadora do mundo.

Por outro lado, sobre Puerto Natales posso opinar com conhecimento de causa: é um destino que não pode ficar de fora de um itinerário pelo sul do Chile.

O motivo? Parque Nacional Torres del Paine.

Apesar de estar a oitenta quilômetros da cidade, Puerto Natales é a base para quem quer conhecer um dos mais belos cenários do Chile.

Seja num passeio bate-volta de um dia, ou fazendo trekking por algum circuito de Torres, afirmo sem medo de parecer exagerado, que este será um dos lugares mais lindos que você conhecerá na América do Sul.

Para os trilheiros, os circuitos em Torres del Paine são chamados de W e O (completo), que podem ser realizados em quatro e oito dias, respectivamente.

passeios na Patagônia chilena
Parque Nacional Torres del Paine

+ Dicas de passeios no Chile

» Não tenha dúvidas: este é apenas um breve resumo sobre os melhores passeios no Chile. Há ainda muitos outros destinos que não foram indicados. Afinal, o território chileno tem proporções continentais.

Caso você tenha sentido falta de algum lugar – oi, Ilha de Páscoa! – deixe um comentário no final do texto com as suas dicas.

» Muitos viajantes têm dúvida se devem contratar os passeios no Chile antecipadamente, ou somente quando chegar ao destino. E, infelizmente, não há uma regra para isso.

A minha sugestão, é: se você está com os dias contados, viajará na altíssima temporada, ou se sentirá mais seguro se deixar tudo organizado antes de sair de casa, reserve seus passeios com antecedência.

E, para garantir seus tours, uma boa plataforma é a Get Your Guide. Além de se informar sobre as melhores experiências em cada destino, você consegue contratar o seu passeio de um jeito rápido, prático e seguro. Outro beneficio é que, na maioria dos passeios, é possível alterar as datas ou até mesmo cancela-lo com 24 horas de antecedência.

Por outro lado, se você está com seu roteiro de viagem folgado e terá tempo de bater perna em busca de passeios quando chegar na cidade, e não viajará nos períodos mais concorridos do ano, pode considerar reserva-los durante a viagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here