21 lugares para conhecer na América Central. Descubra quais os principais destinos turísticos, cidades, praias, ilhas e atrações para você incluir em um roteiro de viagem pela América Central.
Salve esta imagem no seu Pinterest!!!

Uma das grandes dificuldades que tive na fase de planejamento da minha viagem por essa região da América Latina, foi descobrir quais cidades e lugares conhecer em cada um dos países da América Central.

No caso de destinos que já são de certo modo populares entre os brasileiros, como a Costa Rica, a tarefa nem era tão difícil. Agora, quando se tratava de países como a Nicarágua, El Salvador ou Guatemala, a história era completamente diferente.

Para que você não tenha esse tipo de dor de cabeça que eu tive, vou listar nesse post quais foram os lugares que conheci em cada país da América Central.

Bom, na verdade, quatro deles eu não visitei: Parque Nacional Manuel Antônio, Monteverde, Isla Maiz e Isla de la Bahia. Estou os indicando mesmo assim porque eles estavam no meu roteiro original, porém, por mudança de itinerário, acabei optando em deixa-los para uma próxima oportunidade.

Outro ponto que vale lembrar é que nessa lista estão apenas lugares dos países continentais da América Central.  Ou seja, a faixa terrestre que vai do Panamá a Belize, que foi exatamente o percurso que eu fiz.

Precisa de uma força para organizar sua viagem?

Meu e-book “América Central | 15 Roteiros Surpreendentes”, certamente pode te ajudar!!!

»»» Clique aqui para baixar agora

# Panamá

>>> Cidade do Panamá

países da América Central
Casco Viejo – Região histórica da Cidade do Panamá

A capital panamenha é uma das cidades mais desenvolvidas e importantes de toda a América.  Central.

Moderna, cheia de prédios e muitos shopping centers, a Cidade do Panamá também é o ponto de partida para conhecer uma das maiores obras de engenharia do mundo: o Canal do Panamá.

Panama City também é a base para quem quer conhecer as ilhas de San Blás. Um verdadeiro paraíso panamenho do qual falarei a seguir.

>>> San Blás

As ilhas Kuna Yalas foram a minha principal motivação para conhecer o Panamá e consequentemente toda a América Central.

O arquipélago de San Blas possui todas as características típicas do Caribe. Mar azul, areia branquinha e grandes coqueiros. O maior diferencial é o fato das suas ilhas serem bem simples e sem nenhum luxo.

Lá você não terá hotéis, restaurantes, bares e muito menos wi-fi. Estará completamente isolado do resto do mundo.

lugares para conhecer na América Central
Isla Senidup

Leia também: San Blás, um paraíso no Panamá

>>> Bocas del Toro

praias para visitar na América Central - dicas
Praia Red Frog

Quase na fronteira com a Costa Rica, Bocas del Torro é mais um arquipélago caribenho que atrai milhares de turistas no Panamá.

Diferentemente de San Blás, Bocas é de fato uma cidade. Lá você encontrará supermercados, restaurantes, diversas opções de hospedagem e uma vida noturna relativamente agitada.

Algumas das praias que você pode incluir no seu roteiro são: Red Frog, Isla Solarte, Isla Batimentos e Cayo Agua.

Leia também: Seguro viagem para América Central | Dicas indispensáveis 

# Costa Rica

>>> Puerto Viejo de Talamanca

principais destinos América Central
Praia em Puerto Viejo

Assim como Bocas del Toro, Puerto Viejo também está  próximo da fronteira entre Panamá e Costa Rica. Um itinerário bastante comum é sair de Bocas e ter como destino final Purto Viejo (ou vice-versa).

Uma maneira fácil e econômica para conhecer as diversas praias da região é alugando uma bike.

Vale lembrar que apesar de possuir uma infraestrutura ok para receber os turistas, Purto Viejo não é um destino para quem quer luxo. Tudo é bem simples na cidade.

>>> La Fortuna

Essa é de longe a minha cidade favorita na Costa Rica.

Há dois motivos específicos para isso: primeiro por possuir muitas opções de atividades outdoors, e segundo (por incrível que pareça) foi uma das cidades onde encontrei o melhor custo beneficio de toda a América Central.

Mesmo a Costa Rica sendo uma país caro para o padrão centro americano, consegui gastar bem pouco em La Fortuna.

Uma dica valiosa para quem quer economizar é se hospedar no Gringo Pete’s . O hostel atende muito bem as necessidades básicas do viajante e ainda oferece diversos passeios pela região. Não encontrei nenhuma agência na cidade que tivesse preços melhor do que os dele.

Algumas das atividades que você pode incluir no seu roteiro são: hikings em vulcões, visitar cachoeiras, águas termais e conhecer o Parque Nacional Vulcão Tenório, onde encontra-se o Rio celeste.

o que conhecer na América Central - dicas
Rio Celeste

Leia também: La Fortuna, ecoturismo na Costa Rica

>>> Monteverde

Uma das melhores maneiras de conhecer a grande diversidade de fauna e flora da Costa Rica é incluindo a cidade de Monteverde em sua viagem pelo país.

A grande atração da região é a  Reserva Biológica Bosque Nuboso Monteverde.

Além disso, você pode se aventurar por longas tirolesas e outras praticas esportivas.

>>> Parque Nacional Manuel Antônio

Esse é um dos destinos mais procurados na Costa Rica e o motivo pode ser resumido em duas palavras: natureza exuberante.

Essa reserva natural está localizada na costa pacifica a 157 quilômetros da capital San José. A cidade base para explora-la é Quepos, a sete quilômetros do parque.

Prepare a câmera fotográfica e o protetor solar e vá conhecer umas das praias mais lindas desse país.

Leia também: Roteiro de viagem pela Costa Rica

# Nicarágua

>>> San Juan del Sur

países da América CentralA cinquenta quilômetros da fronteira de Peñas Blanca (Costa Rica), San Juan é um destino para quem está em busca de sol, mar e festas.

Apesar de não possuir boas praias no centro, é lá que estão a grande maioria de hospedagens, supermercados, bares e restaurantes.

Para conhecer os lugares mais bonitos é necessário fazer algum passeio bate-volta. As praias que mais gostei foram a Playa Madera e Playa Hermosa.

San Juan del Sur também é bastante conhecida pelo Sunday Funday, uma pool party que acontece aos domingos e que passa por três hostels diferentes.

>>> Isla Ometepe

países da América Central - o que conhecer
Cenários da Isla Ometepe

Em qualquer lugar da Nicarágua que você esteja provavelmente verá algum apelo turístico para a Isla Ometepe, afinal, esse é um dos principais destinos turísticos do país.

Localizada no Lago Nicarágua e rodeada por dois vulcões, a Isla Ometepe é um prato cheio para quem quer contato com a natureza.

Se você estiver bem fisicamente, pode fazer os hikings pelos vulcões Madera e Concepción. São um pouco cansativos mas a vista faz valer a pena o esforço.

Para quem quiser passeios mais tranquilos, algumas opções são a Reserva Ecológica Charco Verde, Punta Jesus Maria e El Ojo de Agua.

>>> Granada

dicas de lugares para visitar na América Central
Granada

Durante minha viagem pela América Central conheci diversas pessoas que eram perdidamente apaixonadas por Granada, na Nicarágua.

Confesso que por esse motivo criei muita expectativa pela cidade, mas quando a conheci, não me encantou tanto como imaginei que seria.

Independente disso, é indiscutível a beleza das suas casas coloniais e sua arquitetura bem preservada.

Aproveite para conhecer também a Laguna de Apoyo, uma região belíssima com muita natureza a poucos quilômetros de Granada.

>>> León

A pequena cidade de León foi minha casa durante dois meses. Foi lá onde trabalhei no Bigfoot Hostel e onde também fiz grandes amigos.

A cidade possui um centro histórico agradável, mas não tão bem conservado como em Granada.

Outra atração procurada pela maioria dos turistas é o Vulcão Cerro Negro, lugar onde  é possível praticar o Volcano Boarding.

A apenas vinte minutos de León outro lugar bem legal para você conhecer é a praia Las Peñitas. Popular entre os surfistas e por quem quer aproveitar as animadas festas do Bigfoot Beach House.

melhores destinos na América Central - dicas
Igreja em León

Leia também: León, a cidade mais legal da Nicarágua

>>> Isla Maiz

Essa  é uma região pouco visitada na Nicarágua, não pela falta de belezas naturais, mas sim, por falta de incentivo ao turismo e estrutura adequada para receber os viajantes.

A Isla del Maiz (Corn Island) está localizada na costa caribenha da Nicarágua, portanto, prepare-se para encontrar aquelas praias paradisíacas que se parecem com a proteção de tela do seu computador.

# El Salvador

>>> El Tunco

países da América Central
El Tunco

Esse pequeno vilarejo em El Salvador é uma das praias mais disputadas no país. A boa estrutura para receber turistas, os preços baixos e a proximidade com a capital San Salvador, são as principais razões para isso.

Passei quatro dias na rotina de sol, praia e piscina. Mas confesso que poderia passar outros tantos por ali.

>>> Santa Ana

Segunda maior cidade do país atrás apenas da capital, Santa Ana está localizada em uma das regiões mais turísticas de El Salvador.

Apesar da cidade não possuir grandes atrações, ela está a poucos quilômetros de muitos lugares que merecem ser visitado.

O imenso Lago Coatepeque, o Parque Nacional los Volcanes e as Ruínas de Tezumal são apenas alguns dos destinos que podem ser visitados em um passeio bate volta.

Com mais tempo também é possível conhecer a Ruta de las Flores e o Parque Nacional El Imposible.

lugares para conhecer em El Salvador
Vulcão Santa Ana

Leia também: 7 razões para viajar pela América Central

# Honduras

>>> Copán Ruínas

Próximo da fronteira com a Guatemala, a grande maioria dos turistas que visitam essa pequena cidade hondurenha o fazem com a intenção de conhecer um dos mais importantes sítios arqueológicos Maia que existe na América Central: as Ruínas de Copán.

Mesmo abrigando uma cidade de grande destaque durante a civilização Maia, Copán soube preservar a sua atmosfera interiorana.

Uma das coisas que mais gostei por lá é que apesar dela ser uma cidade que sobrevive basicamente do turismo, o lugar ainda é bem tranquilo, não há grandes filas e os preços são excelentes.

dicas do que conhecer em Honduras
Ruínas de Copán, em Honduras

>>> Isla de la Bahía

Esse é mais um destino no Caribe, e entra nessa lista por ser um dos lugares com melhor custo beneficio no mundo para quem quer mergulhar.

As principais ilhas que formam esse arquipélago são Roatán, Utila e Guanaja. Cada uma delas possuem características distintas, o que faz com que o perfil dos viajantes que as visitam também seja diferente.

Utila, por exemplo, é a opção para quem não quer gastar muito.

Roatán é a maior e mais movimentada entre as três. Há muitos resorts e hotéis pelas orlas da praia. A vida noturna também é bastante agitada.

Guanaja é para os mais endinheirados que querem  tranquilidade e um lugar menos badalado.

Leia também: Quanto custa um mochilão pela América Central

# Guatemala

>>> Antigua

A ex-capital guatemalteca é a cidade mais charmosa que conheci na América Central.

As ruas de paralelepípedo, as construções coloniais e a temperatura amena, ditam o ritmo da cidade.

Só o fato de caminhar pelas suas ruelas já justificaria uma viagem a Antigua, no entanto, a cidade oferece outras atrações.

Para uma vista panorâmica da cidade você pode ir até o Mirante Cerro de la Cruz. Para os que estão em busca de mais adrenalina, uma opção é fazer o hiking pelo vulcão Pacaya.

A partir de Antigua também é possível ir até a região do Lago Atitlán, o próximo destino que vou te recomendar.

lugares para conhecer na Guatemala
Antigua

>>> Lago Atitlán

Não há uma pessoa que chegue aos vilarejos do Lago Atitlán e não se encante com a beleza do lugar.

Além da natureza em si, outro ponto positivo é que há diversas vilazinhas que agradam diversos perfis de público.

San Pedro la Laguna, por exemplo, é famoso pelas festas e pelo público jovem que recebe.

Por outro lado, San Marcos atrai aqueles que estão em busca de tranquilidade.

A minha sugestão é que você escolha um para ter como base e conheça outros em passeios de um dia.

>>> Semuc Champey

viagem pela América Central - principais destinos
Semuc Champey

Localizado próximo da vila de Lanquin, a Reserva Natural Semuc Champey é prova de que quanto mais difícil para se chegar à algum lugar, maior será a recompensa.

Não que seja necessário fazer longas trilhas para ir até lá, mas ainda sim, o acesso não é dos mais fáceis.

Depois de quase quatro horas de viagem  por estradas mal cuidadas entre as cidades de Cobá e Lanquin, ainda é necessário percorrer quase quinze quilômetro de Lanquin até a reserva natural em um veículo 4×4.

Mas é como disse logo o inicio, todo esse esforço valerá a pena!

Leia também: Semuc Champey, um destino imperdível na Guatemala

>>> Flores (Tikal)

No extremo norte do país a pequena ilha de Flores é o ponto de partida para quem quer conhecer ruínas Maias de Tikal.

Com muitos hotéis, restaurantes e agências de turismo, a única inconveniência para o turista fica por conta de só existir um caixa eletrônico na cidade, que por sinal quase nunca está funcionando.

A partir de Flores também é possível tomar um ônibus direto para Belize.

Leia também: Guia prático (e completo) de viagem pela América Central

# Belize

>>> Caye Caulker

“Go slow, welcome to Belize”.

Em nenhum outro lugar desse país a frase que da as boas vindas aos viajantes que ali chegam é mais verdadeira do que em Caye Caulker.

O ritmo realmente é outro.

Mas também, em um lugar com praias lindas e movidas a reggae music, a consequência não poderia ser outra.

Essa ilha é procurada principalmente pelos mochileiros que querem aproveitar o Caribe sem gastar muito como em outras regiões de Belize.

Leia também: Onde se hospedar em Caye Caulker, Belize

lugares para conhecer em Belize - Caye Caulker
Caye Caulker

guia de viagem américa central

Evite este erro na sua viagem pela América Central

Não contratar um bom seguro para sua viagem à América Central é um erro do qual você não gostará de se arrepender. Ainda mais quando descobrir que ele pode custar muito menos do que você imagina.

Clique aqui e faça uma cotação online que compara os planos com melhor custo-benefício do mercado.

E, se sua viagem já estiver com as datas definidas, contrate um plano agora mesmo para não esquecer (e se arrepender) depois.

30 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Murilo! Tudo bem? Desde já, obrigada! Pensando em gastar menos, você acharia mais viável 20 dias na Costa Rica (passagem R$ 1700) ou 20 dias entre Guatemala e Belize (R$ 2700 indo por uma e voltando por outra), considerando que gostaria de sobrevoar o Blue Hole (+- R$ 1000)?

    • Olá Janice, tudo bem?

      Acredito que, neste caso, indo somente pra Costa Rica sua viagem deve ficar mais econômica. Isso porque, apesar de ser um dos países mais caros da América Central, a passagem aérea está bem mais barata. Além do que, Belize também é relativamente mais caro do que os outros países da América Central.

      Abração!
      Murilo

  2. Murilo, bom dia!

    Estou planejando uma viagem começando pelo Panamá e indo até a Cidade do México… A minha dúvida é a seguinte: foi exigido que você apresentasse a passagem de volta em algum posto de imigração? Porque eu só tenho a passagem de ida pro Panamá e a de volta pelo México, o resto eu pretendia resolver por lá mesmo…

    Obrigado desde já!

    • Faaala Luís, tudo bem?

      Pra mim não foi pedido em nenhum posto. Porém, na Costa Rica, é bem comum eles pedirem. Inclusive, durante a minha migração, apesar de não perguntarem nada sobre isso, vi que pediram para vários outros viajantes.

      Porém, tendo a passagem de volta a partir do México acredito que você não terá problemas. Pode apresentar ela mesmo. Como essa é uma rota bastante comum, (Panamá-México), pelo que eu li o pessoal aceita a passagem de volta mesmo que não seja desde o país que você está entrando. Ou seja, basta explicar que você fará os outros trechos por terra..

      Abração!

  3. Olá Murilo! Estou montando meu roteiro pra Costa Rica e quero passar em alguns lugares que você passou tb. Estou com os locais Puerto Viejo, La fortuna, Monteverde e Parque Nacional Manuel Antônio. Depois de Costa Rica, vou para Nicarágua. Então, gostaria de saber como fez essa sequência de lugares. Sei que a primeira que chego, é Puerto Viejo, já que estarei saindo de Bocas. Mas do restante estou um pouco perdido. Obrigado desde já!!!

    • Faaala Diego, tudo bem?

      De Puerto Viejo fui até San José, e em San José peguei um ônibus para La Fortuna.
      Depois de La Fortuna já fui direto para a fronteira com a Nicarágua!

      Como você quer conhecer o Parque Manuel Antonio, talvez tenha que fazer outra sequência. Por exemplo, Puerto Viejo – San José – Manuel Antonio – Monte Verde – La Fortuna. Algo nesse sentido….. De Puerto Viejo não há ônibus direto para nenhuma dessas cidades que você citou, por isso que tem que ir até San José… Infelizmente não sei te dizer se há shuttles (transporte privado) entre elas, mas de qualquer forma, seria bem mais caro.

      Abraço

    • Oi Kelly!
      Bom, viajei beeem devagar e em alguns lugares até trabalhei por um tempo!

      Mas de um modo geral, não ficaria menos que 3 dias inteiros em nenhum deles!!!

      🙂

      Abraço

  4. Baaaaaaaah, maravilha! Em março começo uma trip de Porto Alegre ao Alasca e já estou pesquisando os destinos da América Central. Pergunta clássica de mulher viajando sozinha: como é a segurança? Brigada pelas dicas!

  5. E aí Murilo,tudo bem.
    Primeiramente, parabens pelo site.
    Estou planejando minha trip pela A.Central.. partindo do Panama e subindo até Cancun. Terei mais ou menos 30 dias para completar esse caminho.
    Meu intuito é fazer uma viagem que valorize mais as praias da costa caribenha.
    Se tiver alguma dica extra para me dar com relação as praias eu agradeceria.
    Abraço

  6. Murilo, teu blog tá salvando minha vida rs! Vou pra América Central daqui 2 semanas (Guatemala, Costa Rica, Nicaragua e provavelmente Honduras e El Salvador) a trabalho e vou dar um jeito de encaixar umas trips no caminho (Panamá eu vou conseguir ficar mais porque emendarei 10 dias de férias)! Queria ter tempo pra fazer tudo com calma, mas como não vai rolar, vou focar no que você destacou nesse post =)

    • Oi Carol,

      Mega feliz em saber que o blog tá ajudando!!! 🙂 🙂 🙂
      Como você pode ver tem muitaaaaa coisa legal pra conhecer nesses países!

      Realmente, eu também prefiro conhecer menos lugares e com calma do que ficar naquela correria! hehehe

      Abraço

    • É difícil parar de ir pra alguma região quando a gente gosta muitoooo dela né!?
      hahahahaha

      Sofro do mesmo “problema” com a América Latina! hehehe

      Abraço

  7. Post bem completo! Só faltou aí o parque natural de tortugero onde tens de levar um barco, vês crocodilos, macacos de várias espécies e pássaros coloridos. Uma floresta bem virgem. Agora bateu a saudade da América central, fizemos 4 meses do mexico ao panamá.

  8. * Para evitar comentários spans (falsos), solicitamos que ao deixar sua mensagem você também preencha um campo com seu nome e e-mail.
    Mas não se preocupe, pois estas informações estão seguras e seu e-mail não será exibido e nem compartilhado com outras pessoas!
    Para mais informações clique aqui para ler a nossa Política de Privacidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here